for Journals by Title or ISSN
for Articles by Keywords
help
Em Pauta : Teoria Social e Realidade Contemporânea    Follow    
  This is an Open Access Journal Open Access journal
     ISSN (Print) 1414-8609 - ISSN (Online) 2238-3786
     Published by Universidade do Estado do Rio de Janeiro Homepage  [8 journals]
  • Editorial
    • Authors: Em Pauta
      PubDate: 2013-09-30
      Issue No: Vol. 11 (2013)
       
  • Sumário
    • Authors: Em Pauta
      PubDate: 2013-09-30
      Issue No: Vol. 11 (2013)
       
  • Expediente
    • Authors: Em Pauta
      PubDate: 2013-09-30
      Issue No: Vol. 11 (2013)
       
  • Contracapa
    • Authors: Em Pauta
      PubDate: 2013-09-30
      Issue No: Vol. 11 (2013)
       
  • A ruptura entre economia e política no mundo do capital
    • Authors: Jaime Osorio
      Abstract: Se o capital é unidade diferenciada de relações de exploração e domínio, cabe se perguntar sobre as razões que o fazem suscitar a ruptura entre economia e política, de modo que cada uma destas dimensões acabam por se constituir como disciplinas sociais autônomas. Cabe também a questão sobre as consequências de uma segunda ruptura, agora das relações sociais que formam tais disciplinas, e de suas expressões enquanto coisas, como o mercado, o contrato social. A recriação do imaginário de um mundo de homens livres e iguais está na base dessa dupla ruptura.
      PubDate: 2013-09-30
      Issue No: Vol. 11 (2013)
       
  • Greves, relações laborais e direitos sociais na
           Revolução dos Cravos em Portugal (1974-1975)
    • Authors: Raquel Varela
      Abstract: No biénio 1974-1975 Portugal viveu o maior surto grevista do país no século XX. Neste artigo olhamos para os contornos destas paralisações, para colocar hipóteses que nos ajudem a compreender a relação entre factores objectivos e subjectivos no processo revolucionário português, considerando que os dados empíricos sobre a forma mais radical de conflito capital-trabalho, a paralisação da produção, permitir-nos-ão uma melhor percepção, ainda que incompleta, sobre a disponibilidade de sectores da classe trabalhadora portuguesa para lutar por um projecto político de ruptura com o capitalismo.
      PubDate: 2013-09-30
      Issue No: Vol. 11 (2013)
       
  • Entrevista com Miriam Limoeiro Cardoso: A ideologia persistente do
           desenvolvimento
    • Authors: Silene de Moraes Freire, Mariela Nathalia Becher
      Abstract: A entrevista que ora apresentamos foi realizada com a pesquisadora Miriam Limoeiro Cardoso, uma das mais importantes cientistas sociais de nosso país. Doutora em sociologia, hoje professora (aposentada) da Universidade Federal do Rio de Janeiro e da Universidade Federal Fluminense, é autora de inúmeras obras, dentre elas “Ideologia do desenvolvimento: Brasil: JK – JQ”, um marco de referência no debate sobre o desenvolvimento como elemento central da ideologia dominante no Brasil dos anos 1950.
      PubDate: 2013-09-30
      Issue No: Vol. 11 (2013)
       
  • Homenagem de vida: Francisco de Oliveira, a coragem da crítica
           radical
    • Authors: Cibele Saliba Rizek
      Abstract: Quantos alunos, mestres e doutores formados sob a orientação de Francisco de Oliveira, Chico como o chamamos, quantos de seus leitores gostariam de homenageá-lo, quantos gostariam de estar no meu lugar! Sem dúvida o porte de sua intransigência crítica, sua capacidade de ler sob a opacidade das aparências a espessura dos processos sociais e políticos é sempre um apelo ao pensamento e serviu de guia e cifra para gerações de cientistas sociais. Seus textos tiveram assim um comprometimento imprescindível com o momento em que foram escritos e com a formação de quem quer que se dispusesse a entender o Brasil.
      PubDate: 2013-09-30
      Issue No: Vol. 11 (2013)
       
  • Resenha: O caráter social do valor
    • Authors: Marina Machado Gouvêa
      Abstract: Resenha do livro "Ricardo e Smith: sobre a teoria dovalor-trabalho", de Reinaldo Carcanholo - Vitória: EDUFES, 2012, 248p.
      PubDate: 2013-09-30
      Issue No: Vol. 11 (2013)
       
  • Resenha: Serviço Social e a questão agrária
    • Authors: Elaine Martins Moreira
      Abstract: Resenha do livro "Trabalho bruto no canavial: questão agrária, assistência e Serviço Social", de Raquel Santos Sant'Ana - São Paulo: Cortez, 2012.
      PubDate: 2013-09-30
      Issue No: Vol. 11 (2013)
       
  • Crise do capital e dilemas do desenvolvimento: padrão brasileiro de
           inserção no capitalismo mundializado
    • Authors: Alba Maria Pinho de Carvalho, Alba Tereza Barroso de Castro
      Abstract: Este artigo consubstancia uma reflexão sobre o sistema do capital na contemporaneidade, delineando a sua crise estrutural. Configura os circuitos da acumulação rentista, enfatizando a emergência do neodesenvolvimentismo no contexto da crise e da recessão, no século XXI. Demarca, de modo particular, o padrão de inserção do Brasil no capitalismo mundializado, discutindo a inflexão na política econômica, nos últimos sete anos, ao manter o núcleo duro da política de ajuste, incorporando a dimensão do desenvolvimentismo. Circunscreve o arranjo brasileiro de uma economia cujo dinamismo está focado no consumo do mercado interno, com destaque para a política de redução de pobreza. Assim, sinaliza para os riscos e tensões no contexto do país no século XXI. A nossa pretensão é apontar interpelações postas ao pensamento crítico no presente.
      PubDate: 2013-09-30
      Issue No: Vol. 11 (2013)
       
  • Desenvolvimento, pobreza e políticas sociais
    • Authors: Ana Paula Ornellas Mauriel
      Abstract: O presente artigo discorre sobre como e com que sentido a questão da pobreza veio sendo incorporada na agenda social do desenvolvimento da periferia capitalista. Caracteriza, inicialmente, a política social na primeira geração de ajustes neoliberais de enfrentamento à crise, cuja principal feição da política social era a focalização e o alívio da pobreza mais urgente. Em seguida, mostram-se evidências de uma segunda geração de ajustes, autointitulada com face humana, que, com o intuito de manter a política econômica austera em curso, incorpora a temática do desenvolvimento atrelada ao combate à pobreza para o centro do discurso oficial da política social, ampliando o escopo das ações do Estado na área social, tentando compatibilizar a focalização com um novo tipo de universalismo básico sob uma nova roupagem ideológica: o discurso da equidade.
      PubDate: 2013-09-30
      Issue No: Vol. 11 (2013)
       
  • O canto da sereia: socialliberalismo, novo desenvolvimentismo e supremacia
           burguesa no capitalismo dependente brasileiro
    • Authors: Rodrigo Castelo
      Abstract: Em meados dos anos 2000, a ideologia neodesenvolvimentista surgiu no cenário político brasileiro e apresentou-se como uma alternativa ao neoliberalismo. Desde então, criou-se uma controvérsia em torno da suposta ruptura dos governos do Partido dos Trabalhadores (PT) com o projeto neoliberal. Recuperando correntes clássicas do pensamento social brasileiro, que remete a autores como Caio Prado Jr., Florestan Fernandes, Octavio Ianni, Ruy Mauro Marini, dentre outros, o presente artigo pretende trazer uma contribuição àquela polêmica, centrando-se no debate sobre a política econômica e seus impactos sobre a economia política do capitalismo dependente brasileiro. As suas perguntas centrais são: qual é o papel do novo desenvolvimentismo na etapa contemporânea do capitalismo dependente? É correto afirmar que esta ideologia supera o social-liberalismo e detém a hegemonia na pavimentação do capitalismo no nosso país, deslocando a plutocracia dos seus postos dominantes no bloco histórico neoliberal?
      PubDate: 2013-09-30
      Issue No: Vol. 11 (2013)
       
  • “Maquinarias do pensamento”: o conhecimento socialmente
           produzido e a crise capitalista contemporânea
    • Authors: Scheilla Nunes Gonçalves
      Abstract: O presente artigo se concentra em lançar o que parecem ser algumas pistas sobre o trajeto no qual a ciência se torna força produtiva e se entrelaça com o processo autocontraditório do desenvolvimento da forma social capitalista, desembocando no contexto regressivo da crise estrutural contemporânea. Objetiva, deste modo, chamar a atenção para o curso que segue o conhecimento socialmente produzido, uma vez que este parece ter degenerado seu potencial elucidativo em sombra que obscurece os escombros que são acumulados sob a égide de seu desenvolvimento. A dificuldade colocada para que o sujeito compreenda a objetividade por ele produzida, e para que se reconheça como parte desta, resulta na incapacidade de autorreflexão da razão objetiva. Se assim for, o que explica a incoerência entre uma forma social que se supõe racional e o seu conteúdo irracional configurado pela acumulação capitalista?
      PubDate: 2013-09-30
      Issue No: Vol. 11 (2013)
       
  • Transformações na educação formal de jovens frente ao
           mundo do trabalho: Brasil e Venezuela
    • Authors: José Manoel Montanha da Silveira Soares
      Abstract: Este artigo tem como objetivo analisar as mudanças que se processaram dentro dos sistemas de ensino a partir da metade do século XX na América Latina. Estas mudanças são produto das grandes transformações nos sistemas produtivos em escala mundial. A população economicamente ativa que mais tem enfrentado desafios é a composta por jovens entre 15 e 24 anos, que apresentam, aproximadamente, o dobro da taxa de desemprego dos adultos. O resultado do estudo mostra um paradoxo: a luta pela igualdade e a universalização de direitos reatualiza a tradição de uma cidadania restrita, típica de países em desenvolvimento, assentada na lógica da expansão de privilégios e não na universalização de direitos.
      PubDate: 2013-09-30
      Issue No: Vol. 11 (2013)
       
  • As raízes da crise econômica mundial
    • Authors: François Chesnais
      Abstract: Este artigo aborda a raiz e a natureza das crises capitalistas, considerando os traços da crise em curso, tendo em vista o elevado grau de densidade nas relações de interconexão e de rapidez de interações na atualidade. É neste quadro que as questões mais essenciais, tais como superacumulação, superprodução, superpoder das instituições financeiras e concorrência intercapitalista são abordadas. Parece não haver uma “saída” para o capital no horizonte próximo, frente à patente fraqueza dos instrumentos de política econômica. Neste contexto, o futuro dos trabalhadores e dos jovens depende em grande medida de sua capacidade de abrir espaços e “tempos de respiro” político próprios, a partir de dinâmicas nas quais somente eles podem ser o motor. Torna-se decisiva a capacidade que terão os movimentos de se organizar para uma ação que abra vias ao pensamento coletivo.
      PubDate: 2013-09-30
      Issue No: Vol. 11 (2013)
       
  • Trabalho precário na indústria de confecções:
           apontamentos sobre a realidade brasileira e a portuguesa
    • Authors: Ana Elizabete Mota
      Abstract: O texto contém uma reflexão sobre o trabalho na indústria do vestuário no Nordeste do Brasil e na região Noroeste de Portugal. Destacaa atual conjuntura econômica dos dois países e discute sobre o processo de precarização do trabalho nas duas realidades. Além de fazer uma revisão da literatura sobre a precarização do trabalho, qualifica o caso do Nordeste brasileiro como ambiente de superexploração do trabalhador. A exposição dos dados empíricos e os apontamentos analíticos permitem concluir que tanto no “cluster de confecção” localizado numa das regiões mais pobres do Brasil, como na secular indústria têxtil-confecção no Noroeste de Portugal, a precarização do trabalho é determinada pela desregulação do trabalho e pelas reformas do Estado Social. Conclui sobre a mediação das políticas ativas de emprego na formação da ideologia do empreendedorismo e na tendência de assistencialização da proteção social, cuja figura do trabalhador-pobre substituiria a do cidadão-trabalhador ao apagar a referência do direito ao trabalho.
      PubDate: 2013-09-30
      Issue No: Vol. 11 (2013)
       
  • Las grietas del modelo
    • Authors: Claudio Katz
      Abstract: O modelo econômico argentino atual surgiu de uma inédita derrocada e recompôs a acumulação, mantendo a inserção agroexportadora. Modificou as hegemonias no bloco dominante e, sem aderir ao neoliberalismo, evitou rupturas pós-neoliberais. Procura recuperar gravitação industrial, apresenta tintas neodesenvolvimentistas, limitou a valorização financeira e não prioriza o setor primário. O governo resiste aos ajustes cambiais, porém fornece subsídios que minam o superávit fiscal e induzem o endividamento. Como na América do Sul, se renova a dependência das exportações básicas. A Argentina mantém um lugar intermediário, diferenciado da periferia inferior e dos BRICs, enquanto aumenta a distância com o Brasil. As consequências atenuadas da crise global não obedecem aos ajustes da ortodoxia, nem as intervenções estatais da heterodoxia.
      PubDate: 2013-09-30
      Issue No: Vol. 11 (2013)
       
  • Normas Editoriais
    • Authors: Em Pauta
      PubDate: 2013-09-30
      Issue No: Vol. 11 (2013)
       
 
 
JournalTOCs
School of Mathematical and Computer Sciences
Heriot-Watt University
Edinburgh, EH14 4AS, UK
Email: journaltocs@hw.ac.uk
Tel: +00 44 (0)131 4513762
Fax: +00 44 (0)131 4513327
 
About JournalTOCs
API
Help
News (blog, publications)
JournalTOCs on Twitter   JournalTOCs on Facebook

JournalTOCs © 2009-2014