A  B  C  D  E  F  G  H  I  J  K  L  M  N  O  P  Q  R  S  T  U  V  W  X  Y  Z  

              [Sort by number of followers]   [Restore default list]

  Subjects -> ALTERNATIVE MEDICINE (Total: 111 journals)
Showing 1 - 15 of 15 Journals sorted alphabetically
Acupuncture & Electro-Therapeutics Research     Full-text available via subscription   (Followers: 8)
Acupuncture and Related Therapies     Hybrid Journal   (Followers: 10)
Acupuncture in Medicine     Hybrid Journal   (Followers: 19)
Advanced Herbal Medicine     Open Access   (Followers: 8)
Advances in Traditional Medicine     Hybrid Journal   (Followers: 8)
African Journal of Traditional, Complementary and Alternative Medicines     Open Access   (Followers: 7)
Akupunktur & Aurikulomedizin     Full-text available via subscription   (Followers: 1)
Allgemeine Homöopathische Zeitung     Hybrid Journal   (Followers: 3)
Alternative & Integrative Medicine     Open Access   (Followers: 16)
Alternative and Complementary Therapies     Hybrid Journal   (Followers: 22)
Alternative Medicine     Full-text available via subscription   (Followers: 4)
Alternative Medicine Studies     Open Access   (Followers: 14)
Anales de Hidrología Médica     Open Access   (Followers: 2)
Ancient Science of Life     Open Access   (Followers: 6)
Arabian Journal of Medicinal and Aromatic Plants     Open Access   (Followers: 4)
Arteterapia. Papeles de arteterapia y educación artística para la inclusión social     Open Access   (Followers: 5)
Asian Journal of Plant Pathology     Open Access   (Followers: 4)
Australian Journal of Acupuncture and Chinese Medicine     Full-text available via subscription   (Followers: 4)
Australian Journal of Herbal Medicine     Full-text available via subscription   (Followers: 5)
Australian Journal of Music Therapy     Full-text available via subscription   (Followers: 11)
Avicenna Journal of Phytomedicine     Open Access   (Followers: 1)
AYU : An international quarterly journal of research in Ayurveda     Open Access   (Followers: 6)
BMC Complementary and Alternative Medicine     Open Access   (Followers: 23)
Boletín Latinoamericano y del Caribe de Plantas Medicinales y Aromáticas     Open Access   (Followers: 2)
Botanics : Targets and Therapy     Open Access   (Followers: 6)
Cadernos de Naturologia e Terapias Complementares     Open Access   (Followers: 1)
Chinese Herbal Medicines     Full-text available via subscription   (Followers: 1)
Chinese Medicine     Open Access   (Followers: 5)
Cognitive Neuroscience     Hybrid Journal   (Followers: 31)
Complementary Therapies in Clinical Practice     Hybrid Journal   (Followers: 23)
Complementary Therapies in Medicine     Hybrid Journal   (Followers: 19)
Current Traditional Medicine     Hybrid Journal   (Followers: 5)
Deutsche Heilpraktiker-Zeitschrift     Hybrid Journal   (Followers: 3)
Deutsche Zeitschrift für Akupunktur     Full-text available via subscription   (Followers: 2)
Erfahrungsheilkunde     Hybrid Journal   (Followers: 1)
European Journal of Medicinal Plants     Open Access  
Evidence-based Complementary and Alternative Medicine     Open Access   (Followers: 30)
Experimental and Therapeutic Medicine     Full-text available via subscription   (Followers: 1)
Fitoterapia     Hybrid Journal   (Followers: 9)
Focus on Alternative and Complementary Therapies     Hybrid Journal   (Followers: 12)
Global Journal of Integrated Chinese Medicine and Western Medicine     Open Access   (Followers: 1)
Global Journal of Traditional Medicine     Open Access   (Followers: 2)
Herba Polonica     Open Access   (Followers: 1)
Herbal Medicines Journal     Open Access   (Followers: 1)
Indian Journal of Research in Homoeopathy     Open Access   (Followers: 2)
Indian Journal of Traditional Knowledge (IJTK)     Open Access   (Followers: 2)
Innovare Journal of Ayurvedic Sciences     Open Access   (Followers: 10)
Intas Polivet     Full-text available via subscription   (Followers: 5)
Integrative Medicine Research     Open Access   (Followers: 3)
International Journal of Health and Medicine     Open Access   (Followers: 1)
International Journal of High Dilution Research     Open Access  
International Journal of Qualitative Studies on Health and Well-Being     Open Access   (Followers: 22)
International Journal of Yoga     Open Access   (Followers: 17)
International Journal of Yoga : Philosophy, Psychology and Parapsychology     Open Access   (Followers: 7)
Ipnosi     Full-text available via subscription  
Journal of Acupuncture and Herbs     Open Access   (Followers: 3)
Journal of Acupuncture and Meridian Studies     Open Access   (Followers: 1)
Journal of Acupuncture and Tuina Science     Hybrid Journal   (Followers: 4)
Journal of Alternative and Complementary Medicine     Hybrid Journal   (Followers: 17)
Journal of Applied Arts and Health     Hybrid Journal   (Followers: 1)
Journal of Applied Research on Medicinal and Aromatic Plants     Hybrid Journal   (Followers: 1)
Journal of Asian Natural Products Research     Hybrid Journal   (Followers: 5)
Journal of Ayurveda and Integrative Medicine     Open Access   (Followers: 7)
Journal of AYUSH :- Ayurveda, Yoga, Unani, Siddha and Homeopathy     Full-text available via subscription   (Followers: 10)
Journal of Bodywork and Movement Therapies     Hybrid Journal   (Followers: 18)
Journal of Complementary and Alternative Medical Research     Open Access   (Followers: 1)
Journal of Complementary and Integrative Medicine     Hybrid Journal   (Followers: 12)
Journal of Dance Medicine & Science     Full-text available via subscription   (Followers: 14)
Journal of Evidence-Based Integrative Medicine     Open Access   (Followers: 18)
Journal of Fasting and Health     Open Access   (Followers: 1)
Journal of Ginseng Research     Open Access  
Journal of Health Science and Alternative Medicine     Open Access   (Followers: 1)
Journal of Health Sciences Scholarship     Open Access  
Journal of Herbal Drugs (An International Journal on Medicinal Herbs)     Open Access   (Followers: 1)
Journal of Herbal Medicine     Hybrid Journal   (Followers: 2)
Journal of Herbal Science     Full-text available via subscription   (Followers: 6)
Journal of Integrative Medicine     Full-text available via subscription   (Followers: 4)
Journal of Integrative Medicine & Therapy     Open Access   (Followers: 2)
Journal of Manual & Manipulative Therapy     Hybrid Journal   (Followers: 17)
Journal of Medicinal Plants for Economic Development     Open Access  
Journal of Medicinally Active Plants     Open Access   (Followers: 2)
Journal of Natural Remedies     Open Access   (Followers: 3)
Journal of Nutraceuticals and Herbal Medicine     Open Access   (Followers: 4)
Journal of Palliative Medicine     Hybrid Journal   (Followers: 48)
Journal of the Australian Traditional-Medicine Society     Full-text available via subscription   (Followers: 1)
Journal of Traditional and Complementary Medicine     Open Access   (Followers: 4)
Journal of Traditional Chinese Medical Sciences     Open Access   (Followers: 1)
Journal of Yoga & Physical Therapy     Open Access   (Followers: 9)
Lekovite Sirovine     Open Access  
Médecine Palliative : Soins de Support - Accompagnement - Éthique     Full-text available via subscription   (Followers: 2)
Medical Acupuncture     Hybrid Journal   (Followers: 6)
Medicines     Open Access   (Followers: 1)
Mersin Üniversitesi Tıp Fakültesi Lokman Hekim Tıp Tarihi ve Folklorik Tıp Dergisi     Open Access  
Muller Journal of Medical Sciences and Research     Open Access  
Natural solutions     Full-text available via subscription  
Natural Volatiles & Essential Oils     Open Access   (Followers: 1)
Nigerian Journal of Natural Products and Medicine     Full-text available via subscription  
OA Alternative Medicine     Open Access   (Followers: 1)
Oriental Pharmacy and Experimental Medicine     Partially Free   (Followers: 3)
Research Journal of Medicinal Plant     Open Access   (Followers: 2)
Research Journal of Pharmacognosy     Open Access  
Revista Brasileira de Plantas Medicinais     Open Access   (Followers: 1)
Revista Internacional de Acupuntura     Full-text available via subscription  
South African Journal of Plant and Soil     Hybrid Journal   (Followers: 1)
Synfacts     Hybrid Journal   (Followers: 7)
Traditional & Kampo Medicine     Full-text available via subscription  
Traditional Medicine Journal     Open Access   (Followers: 2)
World Journal of Acupuncture - Moxibustion     Full-text available via subscription   (Followers: 1)
World Journal of Traditional Chinese Medicine     Open Access   (Followers: 1)
Yoga Mimamsa     Open Access   (Followers: 2)
Zeitschrift für Orthomolekulare Medizin     Hybrid Journal   (Followers: 2)

              [Sort by number of followers]   [Restore default list]

Similar Journals
Journal Cover
Cadernos de Naturologia e Terapias Complementares
Number of Followers: 1  

  This is an Open Access Journal Open Access journal
ISSN (Print) 2316-7580 - ISSN (Online) 2316-915X
Published by Universidade do Sul de Santa Catarina Homepage  [3 journals]
  • A relação de interagência como abordagem central do
           naturólogo

    • Authors: Mayara Aparecida Passos, Roberta Adriana De La Verne da Cruz Jorge, Raquel de Luna Antonio, Daniel Maurício de Oliveira Rodrigues
      Pages: 9 - 10
      PubDate: 2017-10-19
      DOI: 10.19177/cntc.v6e1120179-10
      Issue No: Vol. 6, No. 11 (2017)
       
  • Práticas integrativas e complementares: a contribuição donaturólogo
           como integrante de equipes de saúde no SUS

    • Authors: Rita Iolanda Ferreira Mesquita Gohara, Caio Fábio Schlechta Portella
      Pages: 11 - 19
      Abstract: Introdução: Por conta da Política Nacional de Práticas Integrativas e Complementares – PNPIC, instituída em 2006, ocorre uma busca crescen¬te por profissionais capacitados para a atuação com as Práticas Integrati¬vas e Complementares (PIC). O naturólogo é um profissional de saúde for¬mado a partir de uma articulação do conhecimento transdisciplinar que nasce do diálogo entre conhecimentos tradicionais e a biomedicina. Obje-tivo: Levantar discussões e reflexões sobre a atuação do naturólogo no contexto de equipe multiprofissional com as PIC, em equipes de saúde no SUS. Material e método: O estudo foi de caráter qualitativo e exploratório, realizado por meio de pesquisa de campo; os dados foram coletados atra-vés de questionário semiestruturado com doze profissionais não naturó-logos, dois gestores e seis naturólogos, em um programa vinculado ao SUS de Atenção à Saúde do Adolescente do Estado de São Paulo. Os dados fo¬ram tratados por meio de Análise de Conteúdo de Bardin. Resultados: Com base nas respostas, foram encontradas quatro categorias temáticas: (1) Opinião dos profissionais da equipe sobre as PIC, (2) Naturologia na opinião dos profissionais da equipe multiprofissional. (3) Contribuição do naturólogo junto à equipe multiprofissional no SUS e (4) Integração das ações entre os profissionais da equipe multiprofissional. Considerações finais: Os dados obtidos demonstraram boa aceitação do naturólogo em sua atuação profissional junto às equipes de saúde estudas. O que possibilita pensar na Naturologia como uma profissão que contribui na promoção de integralidade e na atuação das Práticas Integrativas e Comple¬mentares no contexto de equipes de saúde multiprofissional, no SUS.
      PubDate: 2017-10-19
      DOI: 10.19177/cntc.v6e11201711-19
      Issue No: Vol. 6, No. 11 (2017)
       
  • A contribuição da Naturologia para a implementação da política
           nacional de práticas integrativas e complementares na concepção dos
           naturólogos que atuam no Sistema Único de Saúde

    • Authors: Thaís Cristina Duarte Ribeiro, Livia Crespo Drago, Joana Anschau Roman, Fernando Hellmann
      Pages: 21 - 32
      Abstract: Introdução: Organização Mundial de Saúde (OMS) demonstrou a valorização das Medicinas Tradicionais e Medicinas Alternativas/Complementares como forma de melhorar resultados no campo da saúde. O Brasil atendeu as recomendações da OMS e instituiu a Política Nacional de Práticas Integrativas e Complementares (PNPIC). A PNPIC legitimou a institucionalização destas práticas inaugurando novas perspectivas com foco na saúde e em sua complexidade, visando garantir a integralidade na atenção à saúde. Objetivo: compreender a contribuição da Naturologia para a implementação da PNPIC na concepção de naturólogos que atuam no Sistema Único de Saúde (SUS). Percurso metodológico: realizou-se, no primeiro semestre de 2015, um estudo de campo com abordagem qualitativa, exploratória e descritiva, aprovado pelo Comitê de Ética em Pesquisa da Universidade do Sul de Santa Catarina. Os dados foram coletados através de entrevista semi estruturada com oito naturólogos atuantes em quatro estados brasileiros e tratados por meio da análise do conteúdo de Bardin. Resultados: foram descritos cinco categorias temáticas: (1) O naturólogo em equipe multidisciplinar de saúde, (2) Abordagem do naturólogo no SUS, (3) A implementação da PNPIC nos municípios de atuação, (4) Princípios da Naturologia que contribuem com a implementação da PNPIC e (5) Estratégias para a inserção dos naturólogos no SUS. Considerações finais: Considera-se que a atuação dos naturólogos em equipe multiprofissional contribui com a implementação da PNPIC no SUS, cooperando para que as práticas abarcadas pela PNPIC sejam incorporadas em sua potencialidade desmedicalizante. Esta pesquisa contribui também para refletir a inserção da Naturologia no contexto da saúde pública.
      PubDate: 2017-10-19
      DOI: 10.19177/cntc.v6e11201721-32
      Issue No: Vol. 6, No. 11 (2017)
       
  • Análise da assistência à saúde com a Naturologia na
           perspectiva do usuário

    • Authors: Luisa Nuernberg Losso, Daniel Maurício de Oliveira Rodrigues
      Pages: 33 - 43
      Abstract: A pesquisa realizada objetivou analisar a assistência à saúde na perspectiva do usuário, atendido na Seção de Naturologia Aplicada da Assembleia Legislativa do Estado de Santa Catarina (ALESC). Trata-se de um estudo descritivo, exploratório de natureza quantitativa. Foi realizado entre o período de Setembro a Outubro de 2012. A amostra foi constituída por 80 usuários. Os dados foram obtidos por meio de questionário. A coleta de dados enfocou questões referentes ao conhecimento e aceitação das práticas naturais, à satisfação do usuário e à resolutividade da assistência à saúde com a Naturologia. A análise dos dados ocorreu através da estatística descritiva e para comparação entre as porcentagens utilizou-se o Teste Exato de Fisher. Os resultados demonstraram que a maioria (67,1%) conhecia as práticas naturais, mas grande parte (52,5%) não fazia uso. A prática natural mais popular foram os florais, tanto no conhecimento quanto no uso. A análise da satisfação dos usuários pela assistência com a Naturologia mostrou-se positiva, onde a maioria (83,8%) se considera satisfeito pelo atendimento no local, (85,3%) relataram que o atendimento com a Naturologia melhorou sua saúde e (49,4%) que o seu problema de saúde foi resolvido com o atendimento. A maioria (97,4%) acredita que a Seção de Naturologia tem resolutividade no atendimento de seu usuário, (95,0%) acredita no efeito das práticas naturais, (97,4%) indicariam o tratamento com a Naturologia para outras pessoas, demonstrando que as práticas naturais são aceitas. Este estudo apontou que é possível analisar a assistência à saúde sob as diferentes perspectivas do usuário, identificando fatores que possam melhorar a qualidade das ações prestadas pela Naturologia.
      PubDate: 2017-10-19
      DOI: 10.19177/cntc.v6e11201733-43
      Issue No: Vol. 6, No. 11 (2017)
       
  • Contribuições da Naturologia para a autonomia do interagente

    • Authors: Stephany Nicolli Dourado Fonseca, Paula Cristina Ischkanian, Adriana Elias Magno da Silva
      Pages: 45 - 58
      Abstract: Introdução: a Promoção da Saúde é corresponsabilidade dos diversos setores que constituem a sociedade, sendo também dever dos profissionais da saúde contribuir para a construção de maiores graus de autonomia dos usuários por meio de ações de Educação em Saúde. A Naturologia aproxima-se da Promoção e Educação em Saúde, a partir da Relação de Interagência, por ser uma relação transversal que propõe a corresponsabilidade no processo terapêutico, bem como o reconhecimento e a valorização dos sujeitos, referidos como interagentes. Objetivo: identificar de que forma os naturólogos atuantes no Sistema Único de Saúde (SUS) têm contribuído para maiores graus de autonomia de seus interagentes a partir da Relação de Interagência, além de conhecer suas opiniões sobre a inter-relação entre Interagência e Autonomia, e as contribuições da Naturologia para a Promoção da Saúde. Método: o estudo foi de caráter qualitativo e exploratório; os dados foram coletados em campo através de entrevista semiestruturada com nove naturólogos atuantes no SUS e analisados por meio da análise de conteúdo de Bardin. Resultados: foram elaboradas seis categorias: 1) Percepção e atuação dos naturólogos quanto à Autonomia; 2) Repercussões do atendimento naturológico para a autonomia dos interagentes; 3) Desafios na coconstrução da autonomia; 4) Percepções sobre a Relação de Interagência; 5) Inter-relações entre Interagência e Autonomia; 6) Contribuições da Naturologia para a Promoção da Saúde. Considerações finais: é possível afirmar que a Naturologia a partir da abordagem terapêutica em Interagência pode atender os pressupostos da Promoção e da Educação em Saúde, contribuindo para a autonomia dos interagentes.
      PubDate: 2017-10-19
      DOI: 10.19177/cntc.v6e11201745-58
      Issue No: Vol. 6, No. 11 (2017)
       
  • Origem e desenvolvimento da Naturologia no Brasil: aspectos conceituais,
           históricos e políticos

    • Authors: Silvia Helena Fabbri Sabbag, Beatriz Mendes Reis Nogueira, Andrea Lucila Lanfranchi De Callis, Ana Claúdia Moraes Barros Leite-Mor, Caio Fábio Schlechta Portella, Raquel de Luna Antonio, Flavia Placeres, Daniel Maurício de Oliveira Rodrigues
      Pages: 59 - 68
      Abstract: O primeiro bacharelado reconhecido pelo MEC de Naturolo¬gia completa 20 anos em 2018. A naturologia é uma profissão recente no Brasil, a qual busca entender o ser-humano multi¬dimensionalmente e respeitar a singularidade humana na busca de bem-estar, qualidade de vida e saúde através da rela¬ção de interagência e das Práticas Integrativas e Complemen¬tares. Este texto aborda um breve histórico das Práticas Inte-grativas e Complementares e Naturologia no Brasil, o proces¬so de reconhecimento da ocupação e regulamentação da pro¬fissão. O texto também explora os campos de atuação do na¬turólogo, órgãos de representação profissional, principais eventos científicos e publicações importantes da área.
      PubDate: 2017-10-19
      DOI: 10.19177/cntc.v6e11201759-68
      Issue No: Vol. 6, No. 11 (2017)
       
  • Perfil socioeconômico profissional dos naturólogos do Brasil

    • Authors: Mayara Aparecida Passos, André Luiz Ribeiro, Daniel Maurício de Oliveira Rodrigues
      Pages: 69 - 79
      Abstract: Objetivo: A pesquisa objetivou descrever o perfil sócio econômico profissional dos naturólogos do Brasil. Materiais e método: Tratou-se de um estudo com abrangência nacional, classificado como pesquisa descritiva, de natureza quantitativa e de levantamento. Para a coleta de dados foi utilizado um questionário desenvolvido pelos autores. Os sujeitos da pesquisa foram 386 bacharéis em naturologia formados por instituições brasileiras até o ano de 2014 e a coleta de dados realizada entre fevereiro a maio de 2015. Resultados: Segundo os dados obtidos, observa-se que atualmente a Naturologia é uma profissão de predominância feminina (82,5%), cuja idade variou entre 21 e 64 anos, com média de 31 anos. A prevalência dos profissionais concentra-se no estado de São Paulo (45,6%), seguido por Santa Catarina (30,5%). Dentre os respondentes, a maioria (60,6%) atua com a Naturologia, predominando os que atuam no setor privado (78,9%), sendo as práticas mais utilizadas a aromaterapia (85,3%), a terapia floral (77,4%) e a massoterapia (76,1%). Considerações finais: A inserção de naturólogos dentro do Sistema Único de Saúde ainda é baixa, necessitando de maior estimulação para que a atuação deste profissional não corra o risco de se restringir a uma determinada classe social. Universidade Anhembi Morumbi: 960.513.
      PubDate: 2017-10-19
      DOI: 10.19177/cntc.v6e11201769-79
      Issue No: Vol. 6, No. 11 (2017)
       
  • Princípios centrais da relação de interagência: uma contribuição
           para a clínica naturológica

    • Authors: Raquel de Luna Antonio
      Pages: 81 - 91
      Abstract: Introdução: A Naturologia é um conhecimento que preconiza uma visão ampliada dos processos de saúde e oferece uma perspectiva de promoção e educação para a saúde. Tem sua origem no Brasil nos mesmos movimentos que consolidaram a Naturopatia neste país e no mundo, e suas especificidades são o diálogo entre as racionalidades de saúde como proposta epistemológica e a Relação de Interagência. Relação de Interagência é o nome dado à relação terapêutica na Naturologia. Objetivo: Revisar a literatura sobre a Relação de Interagência para identificar, sumarizar, sistematizar e discutir os princípios centrais que a norteiam, sob uma perspectiva clínica. Percurso metodológico: Foi realizada uma revisão narrativa da literatura, e os achados sobre a Relação de Interagência foram dialogados com saberes de outras áreas. Desenvolvimento: Dentre diversos conceitos citados como norteadores da Relação de Interagência na literatura disponível, 5 princípios centrais foram destacados para fins de sintetização: presença; empatia; integralidade; autonomia; e corresponsabilidade. Estes princípios são apresentados e discutidos ao longo do artigo, e foram feitos apontamentos de aplicação prática quando pertinente.
      PubDate: 2017-10-19
      DOI: 10.19177/cntc.v6e11201781-91
      Issue No: Vol. 6, No. 11 (2017)
       
  • Código de Ética Profissional do Naturólogo

    • Authors: Daniel Maurício de Oliveira Rodrigues
      Pages: 93 - 100
      PubDate: 2017-10-19
      DOI: 10.19177/cntc.v6e11201793-100
      Issue No: Vol. 6, No. 11 (2017)
       
  • “A Naturologia não pode se acomodar ou estagnar”

    • Authors: Luana Wedekin
      Pages: 101 - 103
      PubDate: 2017-10-19
      DOI: 10.19177/cntc.v6e112017101-103
      Issue No: Vol. 6, No. 11 (2017)
       
 
JournalTOCs
School of Mathematical and Computer Sciences
Heriot-Watt University
Edinburgh, EH14 4AS, UK
Email: journaltocs@hw.ac.uk
Tel: +00 44 (0)131 4513762
 


Your IP address: 184.72.102.217
 
Home (Search)
API
About JournalTOCs
News (blog, publications)
JournalTOCs on Twitter   JournalTOCs on Facebook

JournalTOCs © 2009-