for Journals by Title or ISSN
for Articles by Keywords
help
  Subjects -> LANGUAGE AND LITERATURE (Total: 1795 journals)
    - LANGUAGE AND LITERATURE (679 journals)
    - LANGUAGES (249 journals)
    - LITERARY AND POLITICAL REVIEWS (192 journals)
    - LITERATURE (GENERAL) (131 journals)
    - NOVELS (11 journals)
    - PHILOLOGY AND LINGUISTICS (520 journals)
    - POETRY (13 journals)

LANGUAGE AND LITERATURE (679 journals)                  1 2 3 4     

Showing 1 - 127 of 127 Journals sorted alphabetically
3L : Language, Linguistics, Literature     Open Access   (Followers: 23)
A Cor das Letras     Open Access  
a/b : Auto/Biography Studies : Journal of The Autobiography Society     Hybrid Journal   (Followers: 15)
Abgadiyat     Hybrid Journal   (Followers: 4)
Abril : Revista do Núcleo de Estudos de Literatura Portuguesa e Africana da UFF     Open Access  
Abusões     Open Access  
Ação Midiática : Estudos em Comunicação, Sociedade e Cultura     Open Access  
ACME : Annali della Facoltà di Studi Umanistici dell'Università degli Studi di Milano     Open Access   (Followers: 1)
Acquisition et interaction en langue étrangère     Open Access   (Followers: 4)
Acta Baltico-Slavica     Open Access   (Followers: 3)
Acta Literaria     Open Access   (Followers: 3)
Acta Neophilologica     Open Access  
Actio Nova : Revista de Teoría de la Literatura y Literatura Comparada     Open Access  
AFRREV IJAH : An International Journal of Arts and Humanities     Open Access   (Followers: 4)
Aksara     Open Access   (Followers: 2)
Aksara : International Journal of Indonesian Literature     Open Access  
Alea : Estudos Neolatinos     Open Access   (Followers: 2)
Aletria : Revista de Estudos de Literatura     Open Access  
Algazarra : Revista do Centro de Pesquisa Comunicação e Cultura : Barroco e Mestiçagem     Open Access  
Alpha (Osorno)     Open Access  
American Book Review     Full-text available via subscription   (Followers: 9)
American Journal of Philology     Full-text available via subscription   (Followers: 9)
American Literary Realism     Full-text available via subscription   (Followers: 8)
American Literature     Full-text available via subscription   (Followers: 28)
Anagramas : Rumbos y Sentidos de la Comunicación     Open Access  
Anales Galdosianos     Full-text available via subscription  
Anàlisi : Quaderns de Comunicació i Cultura     Open Access  
Âncora : Revista Latino-Americana de Jornalismo     Open Access  
andererseits : Yearbook of Transatlantic German Studies     Open Access   (Followers: 3)
Aniki : Revista Portuguesa da Imagem em Movimento     Open Access  
Annales islamologiques     Open Access  
ANTARES (Letras e Humanidades)     Open Access  
Anuari de Filologia. Llengües i Literatures Modernes     Open Access  
Anuário de Literatura     Open Access  
Anuario Lope de Vega. Texto, literatura, cultura     Open Access  
Appalachian Heritage     Full-text available via subscription   (Followers: 4)
Arabia     Open Access  
Arbitrium     Hybrid Journal   (Followers: 8)
Arcadia - International Journal for Literary Studies     Hybrid Journal   (Followers: 9)
Arethusa     Full-text available via subscription   (Followers: 4)
Argumentation et analyse du discours     Open Access   (Followers: 5)
Arizona Quarterly: A Journal of American Literature, Culture, and Theory     Full-text available via subscription   (Followers: 15)
Ars Aeterna     Open Access  
Artelogie     Open Access   (Followers: 2)
Arthuriana     Full-text available via subscription   (Followers: 5)
Artl@s Bulletin     Open Access   (Followers: 1)
Arts et Savoirs     Open Access  
Asia Minor Studies     Open Access   (Followers: 3)
Atalanta : Revista de las Letras Barrocas     Open Access  
Atalaya     Open Access   (Followers: 1)
Aturá : Revista Pan-Amazônica de Comunicação     Open Access  
Australian Journal of French Studies     Full-text available via subscription   (Followers: 7)
Australian Literary Studies     Full-text available via subscription   (Followers: 5)
Australian Slavonic and East European Studies     Open Access   (Followers: 5)
Azalea: Journal of Korean Literature & Culture     Full-text available via subscription   (Followers: 4)
Babel     Hybrid Journal   (Followers: 11)
Bahasa dan Seni : Jurnal Bahasa, Sastra, Seni, dan Pengajarannya     Open Access  
Bahastra     Open Access  
Balkanologie : Revue d'Études Pluridisciplinaires     Open Access   (Followers: 3)
Baltic International Yearbook of Cognition, Logic and Communication     Open Access   (Followers: 1)
Barnboken : Journal of Children's Literature Research     Open Access   (Followers: 4)
Between     Open Access   (Followers: 2)
Beyond Words     Open Access   (Followers: 1)
Biblioteca Escolar em Revista     Open Access  
Biography     Full-text available via subscription   (Followers: 17)
Black Camera     Full-text available via subscription   (Followers: 7)
Black Women, Gender & Families     Full-text available via subscription   (Followers: 13)
Boletim de Pesquisa NELIC     Open Access  
Book History     Full-text available via subscription   (Followers: 119)
Bookbird: A Journal of International Children's Literature     Full-text available via subscription   (Followers: 12)
Brasiliana - Journal for Brazilian Studies     Open Access   (Followers: 1)
Brazilian Journalism Research     Open Access   (Followers: 2)
Bronte Studies     Full-text available via subscription   (Followers: 4)
Brookings-Wharton Papers on Financial Services     Full-text available via subscription   (Followers: 3)
Brumal. Revista de investigación sobre lo Fantástico     Open Access  
Bulletin for Spanish and Portuguese Historical Studies     Open Access   (Followers: 8)
Bulletin of the Center for Children's Books     Full-text available via subscription   (Followers: 5)
Bunron : Zeitschrift für literaturwissenschaftliche Japanforschung     Open Access   (Followers: 1)
Byron Journal     Hybrid Journal   (Followers: 1)
Byzantinische Zeitschrift     Hybrid Journal   (Followers: 14)
Byzantion Nea Hellás     Open Access   (Followers: 2)
Caderno de Letras     Open Access  
Caderno Seminal     Open Access  
Cadernos de Letras da UFF     Open Access  
Cahiers Balkaniques     Open Access   (Followers: 2)
Cahiers d'histoire. Revue d'histoire critique     Open Access   (Followers: 12)
Cahiers de civilisation espagnole contemporaine     Open Access   (Followers: 2)
Cahiers de littérature orale     Open Access  
Cahiers de Narratologie     Open Access   (Followers: 3)
Cahiers de recherches médiévales et humanistes     Open Access   (Followers: 10)
Cahiers du Monde Russe     Open Access   (Followers: 11)
Cahiers d’études italiennes     Open Access   (Followers: 8)
Cahiers franco-canadiens de l'Ouest     Full-text available via subscription   (Followers: 1)
Callaloo     Full-text available via subscription   (Followers: 12)
Cambridge Quarterly     Hybrid Journal   (Followers: 9)
Carnets : Revue électronique d'études françaises     Open Access  
Catedral Tomada. Revista de crítica literaria latinoamericana     Open Access  
CELEHIS : Revista del Centro de Letras Hispanoamericanas     Open Access  
Cervantes : Bulletin of the Cervantes Society of America     Full-text available via subscription   (Followers: 2)
Ceræ: An Australasian Journal of Medieval and Early Modern Studies     Open Access   (Followers: 2)
Chasqui. Revista Latinoamericana de Comunicación     Open Access   (Followers: 1)
Children's Literature Association Quarterly     Full-text available via subscription   (Followers: 16)
Chloe: Beihefte zum Daphnis     Full-text available via subscription   (Followers: 4)
Chrétiens et sociétés     Open Access   (Followers: 2)
Cipango     Open Access   (Followers: 4)
Cipango - French Journal of Japanese Studies. English Selection     Open Access   (Followers: 4)
Circe de clásicos y modernos     Open Access  
CLCWeb : Comparative Literature and Culture     Open Access   (Followers: 21)
CLEaR     Open Access  
Cognitive Studies : Études cognitives     Open Access  
College Literature     Full-text available via subscription   (Followers: 11)
Colonial Academic Alliance Undergraduate Research Journal     Open Access   (Followers: 4)
Colorado Review     Full-text available via subscription   (Followers: 1)
Comparative Critical Studies     Hybrid Journal   (Followers: 18)
Comparative Literature     Full-text available via subscription   (Followers: 43)
Comparative Literature Studies     Full-text available via subscription   (Followers: 38)
Comparative Mythology     Open Access   (Followers: 5)
Comunicação & Sociedade     Open Access  
Comunicação e Sociedade     Open Access  
Configurations     Full-text available via subscription   (Followers: 6)
Conradiana     Full-text available via subscription   (Followers: 1)
Contemporary Literature     Full-text available via subscription   (Followers: 20)
Contemporary Pacific     Full-text available via subscription   (Followers: 8)
Contemporary Women's Writing     Hybrid Journal   (Followers: 9)
COnTEXTES     Open Access   (Followers: 1)
CoSMo | Comparative Studies in Modernism     Open Access  
CR : The New Centennial Review     Full-text available via subscription   (Followers: 3)
Criticism     Full-text available via subscription   (Followers: 9)
Criticón     Open Access   (Followers: 1)
Critique: Studies in Contemporary Fiction     Full-text available via subscription   (Followers: 9)
Cuadernos AISPI     Open Access  
Cuadernos de Ilustración y Romanticismo     Open Access  
Cuadernos de Rusística Española     Open Access  
Cuadernos LIRICO : Revista de la Red Interuniversitaria de Estudios sobre las Literaturas Rioplatenses Contemporáneas en Francia     Open Access   (Followers: 1)
Cuban Studies     Full-text available via subscription   (Followers: 5)
Cultura de la República : Revista de Análisis Crítico (CRRAC)     Open Access  
Cultures et conflits     Open Access   (Followers: 1)
Current Narratives     Open Access   (Followers: 12)
Current Writing : Text and Reception in Southern Africa     Hybrid Journal   (Followers: 3)
De Signos y Sentidos     Open Access  
De Zeventiende Eeuw. Cultuur in de Nederlanden in interdisciplinair perspectief     Open Access   (Followers: 3)
Deuterocanonical and Cognate Literature Yearbook     Hybrid Journal  
Diagonal : Zeitschrift der Universität Siegen     Hybrid Journal  
Dialektika : Jurnal Bahasa, Sastra, dan Pendidikan Bahasa dan Sastra Indonesia     Open Access  
Diálogos Latinoamericanos     Open Access  
Dialogues : An Interdisciplinary Journal of English Language Teaching and Research     Open Access  
Dicenda. Cuadernos de Filología Hispánica     Open Access  
Dickens Quarterly     Full-text available via subscription   (Followers: 1)
Diegesis : Interdisziplinäres E-Journal für Erzählforschung     Open Access  
DIGILEC : Revista Internacional de Lenguas y Culturas     Open Access  
Dil ve Edebiyat Araştırmaları     Open Access  
Discours     Open Access   (Followers: 1)
Dix-Neuf     Hybrid Journal   (Followers: 3)
Doblele : Revista de lengua y literatura     Open Access  
Drammaturgia     Open Access   (Followers: 1)
Dublin James Joyce Journal     Full-text available via subscription   (Followers: 1)
Dutch Crossing : Journal of Low Countries Studies     Hybrid Journal   (Followers: 3)
e-Journal of Linguistics     Open Access   (Followers: 2)
E-rea     Open Access   (Followers: 2)
e-Scripta Romanica     Open Access  
e-Spania     Open Access   (Followers: 1)
e-TEALS     Open Access   (Followers: 1)
Early American Literature     Full-text available via subscription   (Followers: 6)
Early Modern Culture Online     Open Access   (Followers: 35)
Ecotone     Full-text available via subscription  
Ecozon@ : European Journal of Literature, Culture and Environment     Open Access   (Followers: 4)
EDGE - A Graduate Journal for German and Scandinavian Studies     Open Access   (Followers: 4)
Educação & Linguagem     Open Access  
Educación, Lenguaje y Sociedad     Open Access  
EID&A : Revista Eletrônica de Estudos Integrados em Discurso e Argumentação     Open Access  
Eighteenth-Century Fiction     Full-text available via subscription   (Followers: 17)
Éire-Ireland     Full-text available via subscription   (Followers: 7)
El Hilo de la Fabula     Open Access  
ELH     Full-text available via subscription   (Followers: 19)
ELOPE : English Language Overseas Perspectives and Enquiries     Open Access   (Followers: 1)
Eltin Journal : Journal of English Language Teaching in Indonesia     Open Access  
Emily Dickinson Journal     Full-text available via subscription   (Followers: 2)
En Líneas Generales     Open Access  
Encyclopedia     Open Access  
English in Africa     Full-text available via subscription   (Followers: 3)
English in Aotearoa     Full-text available via subscription   (Followers: 2)
English in Australia     Full-text available via subscription   (Followers: 2)
English in Education     Hybrid Journal   (Followers: 10)
English Literature in Transition 1880-1920     Full-text available via subscription   (Followers: 6)
English Studies in Africa     Hybrid Journal   (Followers: 2)
English Text Construction     Hybrid Journal   (Followers: 6)
English Today     Hybrid Journal   (Followers: 8)
English: Journal of the English Association     Hybrid Journal   (Followers: 14)
Englisia Journal     Open Access  
Enthymema     Open Access  
Entrelaces     Open Access  
Entrevous : Littérature organique     Full-text available via subscription  
Epiphany     Open Access   (Followers: 4)
ESC: English Studies in Canada     Full-text available via subscription   (Followers: 3)
Escritura e Imagen     Open Access   (Followers: 1)
Eslavística Complutense     Open Access   (Followers: 1)
ESQ: A Journal of the American Renaissance     Full-text available via subscription   (Followers: 1)
Essays in Criticism     Hybrid Journal   (Followers: 16)
Essays in French Literature and Culture     Full-text available via subscription   (Followers: 7)
Estudios de Literatura Colombiana     Open Access   (Followers: 1)

        1 2 3 4     

Journal Cover
A Cor das Letras
Number of Followers: 0  

  This is an Open Access Journal Open Access journal
ISSN (Print) 1415-8973
Published by Universidade Estadual de Feira de Santana, Brazil Homepage  [2 journals]
  • Editorial

    • Authors: Patrício Nunes Barreiros
      Pages: 1 - 4
      PubDate: 2018-03-07
      DOI: 10.13102/cl.v19i4Especial.2868
      Issue No: Vol. 19, No. 4Especial (2018)
       
  • Ampliando as redes, fortalecendo os contatos

    • Authors: Raquel Meister Ko Freitag, Norma da Silva Lopes, Silvana Silva de Farias Araújo
      Pages: 5 - 11
      PubDate: 2018-03-07
      DOI: 10.13102/cl.v19i4Especial.2855
      Issue No: Vol. 19, No. 4Especial (2018)
       
  • O contato entre línguas na constituição da realidade sócio-histórica
           do português brasileiro: aspectos para um estudo sociolinguístico

    • Authors: Josane Moreira de Oliveira, Marcelo da Silva Souza, Silvana Silva de Farias Araujo
      Pages: 12 - 22
      Abstract: Este artigo busca refletir sobre o processo de formação sócio-histórica do português brasileiro (PB), colocando como peça central a situação de contato linguístico por que passaram as línguas europeia, indígenas e africanas no decurso temporal de quatro séculos. A partir daí, são revisitados conceitos que dão conta de remontar o contexto histórico em cujo âmago os elementos do PB foram se desenvolvendo. Discutem-se, assim, conceitos emergentes como o processo de Transmissão Linguística Irregular (TLI), colocando-a como principal norteadora do estudo e enfatizando-se o seu lugar na constituição das variedades do PB e na desconstrução da ideia de que poderia ter surgido no Brasil uma língua crioula típica. Por fim, apresentamos o processo histórico da polarização sociolinguística do Português Brasileiro, situando-o em períodos diferentes.
      PubDate: 2018-03-07
      DOI: 10.13102/cl.v19i4Especial.2856
      Issue No: Vol. 19, No. 4Especial (2018)
       
  • O PEPP e os estudos sobre o português de Salvador

    • Authors: Norma da Silva Lopes
      Pages: 23 - 39
      Abstract: Este artigo trata do acervo de fala intitulado Programa de Estudos sobre o Português Popular de Salvador, o PEPP (LOPES; SOUZA; SOUZA, 2009), muito utilizado por pesquisadores baianos, para o estudo do português de Salvador. O referido acervo foi constituído de início para servir de corpus para três teses de doutorado, na época em realização na Universidade Federal da Bahia. O PEPP se guiou pelas orientações de entrevista sociolinguística (LABOV, 2008[1972]). Esse texto objetiva, primeiramente, (1) apresentar os fundamentos teóricos do acervo PEPP já constituído, o PEPP 1; (2) caracterizar o PEPP 1, seus objetivos e pesquisadores responsáveis; (3) expor dados sobre sua composição: número de faixas etárias, escolaridades e gêneros, metodologia das entrevistas, etc; (4) listar alguns estudos com base nos dados do PEPP e (5) discutir a importância e representativa do PEPP no contexto dos estudos sociolinguísticos na Bahia. No presente momento, o PEPP 2 está em fase de planejamento, duas décadas depois, buscando colocar à disposição um novo acervo que dê margem a estudos em duas sincronias em análises sociolinguísticas diversas. Além da caracterização do PEPP 1, este artigo pretende apresentar o que se planeja como PEPP 2 e como esse acervo deve se caracterizar. Dessa forma, este texto objetiva colocar a proposta do PEPP 2 em discussão/apreciação pela comunidade científica da área, para possibilitar sugestões para que o PEPP possa dar sua contribuição para os estudos atuais sobre o português brasileiro.
      PubDate: 2018-03-07
      DOI: 10.13102/cl.v19i4Especial.2857
      Issue No: Vol. 19, No. 4Especial (2018)
       
  • Aspectos fonéticos da variação linguística-identitária das
           comunidades rurais do 3º Distrito de Nova Friburgo-RJ

    • Authors: Jaqueline de Moraes Thurler Dália
      Pages: 40 - 63
      Abstract: Este trabalho se dedicou a investigar, no âmbito da Sociolinguística, a variedade dialetal das comunidades rurais do 3º Distrito de Nova Friburgo, partindo da hipótese de que nela havia uma arquicomunidade de fala. Pretendeu-se identificar se a variedade falada pelas famílias agricultoras da região orientava-se para o prestígio ou para a manutenção da identidade, de acordo com os estudos de Labov (2008) e com os preceitos de comunidades de prática e de redes sociais. No que tange ao levantamento de dados, foram realizadas 39 entrevistas com moradores do território analisado. Nos aspectos fonéticos, perceberam-se, no interior friburguense, variações fonéticas identitárias como monotongação, metafonia, principalmente na elevação de vogais temáticas, despalatização e paragoge. Os traços característicos da fala local foram mais recorrentes gradualmente nos seguintes grupos: faixa etária 1, com baixa escolaridade; gênero masculino; estudantes do curso de agropecuária.
      PubDate: 2018-03-07
      DOI: 10.13102/cl.v19i4Especial.2858
      Issue No: Vol. 19, No. 4Especial (2018)
       
  • Variação fonético-fonológica na música popular
           nordestina

    • Authors: Gilvan da Costa Santana
      Pages: 64 - 78
      Abstract: Lançamos mão, neste estudo, de conceitos relevantes enfatizados pela Sociolinguística, relacionando-os a músicas do cancioneiro nordestino brasileiro, objetivando a construção de conhecimentos que se contraponham a preconceitos de ordem social e linguística, por reconhecimento de legitimidade das variações diatópicas. Esta abordagem visa fomentar o respeito à identidade sociolinguística. Para tanto, interessou-nos, precipuamente, verificar e analisar a presença de variação fonético-fonológica e figuras de dicção ou metaplasmos em textos clássicos do cancioneiro nacional-regional, tais como: Asa Branca, Assum Preto e Sussuarana. Nessa perspectiva, compositores de origem nordestina como Luiz Gonzaga, Humberto Teixeira, Heckel Tavares, Luiz Peixoto, dentre tantos outros, legitimam a realidade diatópica e diastrática do Brasil por meio da canção popular, a despeito de todo e qualquer preconceito sociolinguístico ainda renitente. Salientamos, por fim, que, para consecução de tal intento, nossa pesquisa estabelece diálogo com as contribuições de Amadeu Amaral, Antenor Nascentes e, especificamente, Mário Marroquim.
      PubDate: 2018-03-07
      DOI: 10.13102/cl.v19i4Especial.2859
      Issue No: Vol. 19, No. 4Especial (2018)
       
  • Os fraseologismos no português falado no Nordeste brasileiro: unidades
           fraseológicas para designar a pessoa que não gosta de gastar seu
           dinheiro

    • Authors: Marcela Moura Torres Paim, Silvana Soares Costa Ribeiro
      Pages: 79 - 90
      Abstract: Este trabalho apresenta resultados de investigação sobre a fraseologia referente ao campo lexical convívio e comportamento social com base nos dados do Projeto Atlas Linguístico do Brasil (Projeto ALiB). Está vinculado ao Projeto VALEXTRA (Variação lexical: teorias, recursos e aplicações): do condicionamento lexical às constrições pragmáticas, convênio CAPES/COFECUB 838/15 celebrado entre a Universidade Federal da Bahia e a Universidade Paris 13 (Laboratoire Lexiques Dictionnaires Informatique). Busca-se, a partir do material coletado na pesquisa, apresentar um estudo sobre a presença de fraseologismos nas entrevistas dos informantes, oriundos das capitais brasileiras, estratificados por sexo – homem e mulher – faixa etária – de 18 a 30 anos e de 50 a 65 anos – e nível de escolaridade – fundamental e universitário. O termo fraseologismo está sendo aqui concebido como o fenômeno da linguagem que se exprime através de associações sintagmáticas recorrentes (MEJRI, 1997). Parte-se do princípio de que as unidades fraseológicas são combinações de unidades léxicas, relativamente estáveis, com certo grau de idiomaticidade, formadas por duas ou mais palavras, que constituem a competência discursiva dos falantes, em língua materna, segunda ou estrangeira, utilizadas convencionalmente em contextos precisos, com objetivos específicos, como, por exemplo, as respostas que se obtém para a questão referente à pessoa sovina “como se chama a pessoa que não gosta de gastar seu dinheiro e, às vezes, até passa dificuldades para não gastar'” – mão de vaca, mão-fechada, pão-duro e unha de fome. No que diz respeito aos fraseologismos analisados, podem-se fazer algumas considerações: as criações lexicais analisadas contemplam a polilexicalidade; as unidades fraseológicas refletem uma expressão cristalizada, cujo sentido geral não é literal. Demonstra-se também o uso das expressões fraseológicas no território brasileiro relacionado aos fatores sexo, faixa etária e nível de escolaridade. Assim, as designações enfocadas possibilitam a documentação da diversidade lexical do português falado no Brasil, seguindo os princípios da Geolinguística Pluridimensional Contemporânea em que o registro segue os parâmetros diatópicos, diageracionais, diassexuais e diastráticos.
      PubDate: 2018-03-07
      DOI: 10.13102/cl.v19i4Especial.2860
      Issue No: Vol. 19, No. 4Especial (2018)
       
  • Ditongação diante de em áreas baianas: Sudoeste e
           Centro-sul

    • Authors: Amanda dos Reis Silva
      Pages: 91 - 108
      Abstract: Este trabalho se volta à ditongação diante de <S>, como em ‘pa(i)z’, ‘trê(i)s’ e ‘de(i)z’. Vincula-se ao Projeto Atlas Linguístico do Brasil (ALiB). Destacam-se, dentre as 22 cidades da rede de pontos da Bahia, as do Sudoeste do Estado – Carinhanha e Jequié – e do Centro-Sul (Caetité, Itapetinga e Vitória da Conquista). Com base no aporte variacionista, objetiva averiguar as informações pertinentes à distribuição diatópica da ditongação e às características sociais dos informantes. A observação dos dados das cinco localidades demonstrou que, quando consideradas no conjunto das 22 cidades, caracterizam-se como áreas em que o fenômeno é restringido, à exceção de Caetité, que demonstra um comportamento próximo à neutralidade. A análise quantitativa das variáveis sociais é inconclusiva, em face do pequeno número de informantes. Informações não quantificadas, porém, são relevantes. Salienta-se que parte dos indivíduos migrou, residiu ou esteve em contato com cidades de Estados vizinhos, como Minas Gerais e São Paulo, representativas de outras áreas dialetais. A melhor compreensão desses e outros aspectos permitirão que se obtenha um retrato pormenorizado do fenômeno.
      PubDate: 2018-03-07
      DOI: 10.13102/cl.v19i4Especial.2861
      Issue No: Vol. 19, No. 4Especial (2018)
       
  • Avaliação social da palatalização de /t, d/ em Sergipe

    • Authors: Cristiane Conceição de Santana Ribeiro, Thaís Regina de Andrade Corrêa
      Pages: 109 - 123
      Abstract: O estudo das atitudes linguísticas mostra múltiplos aspectos linguísticos inerentes a uma comunidade. A percepção de um fenômeno linguístico depende do julgamento do ouvinte, que correlaciona fatores sociais a traços sociolinguísticos. A avaliação social das variáveis costuma ser inferida por meio de padrões de uso sendo ela um fator decisivo na constituição da identidade linguística dos falantes (FREITAG, 2016). Este foi um estudo piloto desenvolvido com o objetivo de analisar as percepções e atitudes linguísticas de informantes do interior e da capital de Sergipe diante da palatalização regressiva e progressiva. Adotamos uma abordagem indireta utilizando a técnica de matched guise (LAMBERT et. al. 1966). Foram criados 48 estímulos com contextos de palatalização regressiva, progressiva e frases distratoras. Realizamos uma testagem inicial de naturalizada a um contexto de fala e criamos os estímulos pareados utilizando 12 estímulos oito deles com as variáveis sob análise e quatro distratores. O instrumento segue o modelo proposto por Oushiro (2015) e participaram 58 juízes do estado de Sergipe, residentes no interior e capital. Os resultados deste teste apontaram para uma diferença na percepção dos informantes do interior em relação aos da capital diante da palatalização de /t,d/, tanto antecedida quanto posposta ao /i/. Esse resultado pode estar atrelado à questão do estigma e do prestígio social que cada uma dessas variantes apresenta na comunidade em questão.
      PubDate: 2018-03-07
      DOI: 10.13102/cl.v19i4Especial.2862
      Issue No: Vol. 19, No. 4Especial (2018)
       
  • A influência da escolaridade no processo de variação de concordância
           verbal na língua usada em Serra Talhada

    • Authors: Juliana da Silva, Renata Lívia de Araújo Santos
      Pages: 124 - 139
      Abstract: O presente artigo tem o propósito de analisar a influência da variável extralinguística escolaridade no processo de variação de concordância verbal na língua usada no sertão pernambucano. Nossa fundamentação teórica- metodológica segue os pressupostos da Sociolinguística Variacionista de Labov (2008[1972]). Os estudos variacionistas sobre a concordância verbal no português brasileiro apontam que esse fenômeno é altamente variável, e condicionado pela influência de fatores linguísticos e sociais. Neste trabalho, estamos considerando os seguintes níveis de escolaridade: o ensino fundamental, o ensino médio e o ensino superior, para que possamos verificar quais destes níveis de escolarização propiciam um favorecimento na marcação da regra de concordância verbal. Os resultados alcançados apontam um favorecimento na marcação de CV no falar serra-talhadense, sendo que a variável social escolaridade foi apontada como a segunda variável mais significativa para o nosso estudo.
      PubDate: 2018-03-07
      DOI: 10.13102/cl.v19i4Especial.2863
      Issue No: Vol. 19, No. 4Especial (2018)
       
  • Funções discursivas dos marcadores olhe, olha e repare na fala
           sergipana

    • Authors: Rebeca Rodrigues de Santana
      Pages: 140 - 153
      Abstract: Os marcadores discursivos são itens que exercem um importante papel comunicativo, articulando simultaneamente valores distintos: de caráter textual, ao estabelecer ligações coesivas entre partes do texto e de caráter interpessoal, ao manter a interação entre os interlocutores e auxiliar no planejamento da fala (MARCUSCHI, 1989). O presente trabalho tem como objetivo geral descrever as funções dos marcadores discursivos olhe, olha, veja e repare em um corpus sergipano, e como objetivos específicos: identificar todas as ocorrências dos referidos marcadores na amostra Redes Sociais de Informantes Universitários de Itabaiana/SE (ARAÚJO; SANTOS; FREITAG, 2014); analisar tais ocorrências quanto às funções desempenhadas, e contribuir com a descrição e sistematização de tal categoria. Para tanto, selecionou-se 24 interações conduzidas da amostra Redes Sociais de Informantes Universitários de Itabaiana/SE (ARAÚJO; SANTOS; FREITAG, 2014), pertencente ao Banco de Dados Falares Sergipanos (FREITAG, 2013, 2017). Selecionadas as interações, realizou-se a extração de todas as ocorrências dos marcadores propostos para análise. Em seguida, tais ocorrências foram analisadas quanto ao seu valor funcional nos contextos empregados, sendo as ocorrências de olhe e olha também ouvidas para constatar usos vocalizados (ói e óia). Por fim, os dados obtidos foram submetidos à análise estatística descritiva. Os resultados alcançados nesse estudo podem contribuir com os trabalhos descritivos de marcadores discursivos, mais especificamente de chamada de atenção do ouvinte, e também com estudos acerca da fala sergipana, uma vez que o corpus utilizado é uma amostra de fala de uma comunidade universitária do estado de Sergipe.
      PubDate: 2018-03-07
      DOI: 10.13102/cl.v19i4Especial.2864
      Issue No: Vol. 19, No. 4Especial (2018)
       
  • A expressão do passado absoluto em variedades argentinas

    • Authors: Leandro Silveira de Araujo
      Pages: 154 - 179
      Abstract: Este trabalho analisa a expressão do passado absoluto (PA – El Ministerio de Seguridad difundió ayer la identidad de las víctimas) em Buenos Aires e San Miguel de Tucumán. O interesse decorre da variação observada entre as formas do perfecto compuesto (PC – han tirado) e simple (PS – difundió) na expressão desse sentido e das descrições ainda limitadas, que proporcionam um conhecimento incipiente sobre o uso do PC e do PS expressando PA nas duas regiões argentinas. Em complemento, o estudo diacrônico dessas formas indica a existência de um processo de mudança que opera sobre o PC – originalmente marcada por valores aspectuais –, transformando-a em uma construção temporal que expressa valor de anterioridade à fala, isto é, antepresente e, mais adiante, passado absoluto. A fim de proceder ao estudo desse comportamento do pretérito perfecto, valemo-nos do referencial teórico-metodológico da Sociolinguística Variacionista, isso para identificar o encaixamento dessa variação nas variedades e avaliar se os estados descritos correspondem a diferentes estágios de evolução. A análise de dados pautou-se em um corpus constituído por enunciados de entrevistas radiofônicas, pois esse gênero propicia um contexto para a recorrência do PA e resgata uma fala mais espontânea. Finalmente, procedemos a análise multivariada que indicou estatisticamente fatores que ajudam a explicar o encaixamento dessa variação nas duas variedades diatópicas. Os resultados apontam um uso mais recorrente da forma composta em San Miguel de Tucumán. Em especial, essa variedade aponta um percentual maior no uso do PC no PA. Em Buenos Aires, por sua vez, observa-se um uso quase categórico do PS no PA.
      PubDate: 2018-03-07
      DOI: 10.13102/cl.v19i4Especial.2865
      Issue No: Vol. 19, No. 4Especial (2018)
       
  • Como estudantes do ensino médio acham que falam' Crenças sobre a
           palatalização de oclusivas e expressão da 1a pessoa do plural

    • Authors: Bruno Felipe Marques Pinheiro, Lucas Santos Silva, Paloma Batista Cardoso
      Pages: 180 - 195
      Abstract: Todo processo de variação linguística sofre influência de fatores linguísticos e extralinguísticos. Além das atitudes e julgamentos sociais, atuam as crenças linguísticas. Controlando as variantes africadas /tʃ/ e /dʒ/ das oclusivas dentais /t/ e /d/ antecedidas pela vogal anterior alta [i], bem como a variação no uso de nós e a gente na função de sujeito da primeira pessoa do plural, este trabalho analisa as crenças que os estudantes da educação básica quanto a esses fenômenos. À luz da Sociolinguística Variacionista, na perspectiva da percepção e dos estudos sobre crenças linguísticas, constituímos um corpus com 18 entrevistas sociolinguísticas em duas escolas da rede pública de Aracaju/SE. Os resultados sugerem uma correlação entre uso, crença e julgamento das variáveis em questão, bem como a saliência na estrutura linguística e a consciência.
      PubDate: 2018-03-07
      DOI: 10.13102/cl.v19i4Especial.2866
      Issue No: Vol. 19, No. 4Especial (2018)
       
  • Variação linguística e leitura: fenômenos variáveis da fala na
           leitura em voz alta

    • Authors: Alessandra Pereira Gomes Machado
      Pages: 196 - 218
      Abstract: Estabelecendo um contraponto à análise da precisão na decodificação da palavra escrita na avaliação da fluência em leitura oral baseada no certo e errado (RASINSKI, 2004), este estudo funda-se na Sociolinguística Educacional (BORTONI-RICARDO, 2004) que propõe o tratamento do “erro” considerando as variantes e estilos da língua a partir de três contínuos: urbanização, oralidade-letramento e monitoração estilística. Esses contínuos compreendem a heterogeneidade da língua e a avaliação social desta, possibilitando identificar traços descontínuos, fenômenos que recebem maior estigma social, e traços graduais, presentes na oralidade de quase todos os brasileiros. Este estudo objetiva analisar os fenômenos variáveis transpostos para a leitura em voz alta de estudantes do 6º ano do ensino fundamental de duas escolas públicas de Sergipe e verificar qual a rota de leitura esses estudantes estão acessando que podem nos dar pistas da proficiência em leitura. A sessão de gravação foi realizada, no ano letivo de 2016, com 74 estudantes, com idade entre 10 e 14 anos. A análise foi realizada em 1 minuto da leitura em voz alta de 2 textos adequados ao currículo do leitor (DENO, 2003), totalizando um corpus de 148 minutos de áudio. Os resultados mostram que foi possível verificar os fenômenos variáveis na leitura em voz alta e que eles podem nos dar pistas das rotas de leitura, possibilitando identificar os possíveis leitores proficientes e não taxar como “erro” o apagamento de R na desinência verbal de infinitivo ou de S no núcleo de SN na posição mais à direita ou ainda na monotongação de /ow/ numa avaliação de leitura. 
      PubDate: 2018-03-07
      DOI: 10.13102/cl.v19i4Especial.2867
      Issue No: Vol. 19, No. 4Especial (2018)
       
 
 
JournalTOCs
School of Mathematical and Computer Sciences
Heriot-Watt University
Edinburgh, EH14 4AS, UK
Email: journaltocs@hw.ac.uk
Tel: +00 44 (0)131 4513762
Fax: +00 44 (0)131 4513327
 
Home (Search)
Subjects A-Z
Publishers A-Z
Customise
APIs
Your IP address: 54.198.158.24
 
About JournalTOCs
API
Help
News (blog, publications)
JournalTOCs on Twitter   JournalTOCs on Facebook

JournalTOCs © 2009-