for Journals by Title or ISSN
for Articles by Keywords
help
  Subjects -> LANGUAGE AND LITERATURE (Total: 1733 journals)
    - LANGUAGE AND LITERATURE (647 journals)
    - LANGUAGES (242 journals)
    - LITERARY AND POLITICAL REVIEWS (189 journals)
    - LITERATURE (GENERAL) (125 journals)
    - NOVELS (11 journals)
    - PHILOLOGY AND LINGUISTICS (506 journals)
    - POETRY (13 journals)

LANGUAGE AND LITERATURE (647 journals)                  1 2 3 4     

Showing 1 - 127 of 127 Journals sorted alphabetically
3L : Language, Linguistics, Literature     Open Access   (Followers: 20)
@nalyses     Open Access   (Followers: 2)
A Cor das Letras     Open Access  
a/b : Auto/Biography Studies : Journal of The Autobiography Society     Hybrid Journal   (Followers: 15)
Abgadiyat     Hybrid Journal   (Followers: 4)
Abril : Revista do Núcleo de Estudos de Literatura Portuguesa e Africana da UFF     Open Access  
Abusões     Open Access  
Ação Midiática : Estudos em Comunicação, Sociedade e Cultura     Open Access  
ACME : Annali della Facoltà di Studi Umanistici dell'Università degli Studi di Milano     Open Access   (Followers: 1)
Acquisition et interaction en langue étrangère     Open Access   (Followers: 4)
Acta Baltico-Slavica     Open Access   (Followers: 3)
Acta Literaria     Open Access   (Followers: 3)
Acta Neophilologica     Open Access  
AFRREV IJAH : An International Journal of Arts and Humanities     Open Access   (Followers: 4)
Aksara     Open Access   (Followers: 2)
Aksara : International Journal of Indonesian Literature     Open Access  
Alea : Estudos Neolatinos     Open Access   (Followers: 2)
Aletria : Revista de Estudos de Literatura     Open Access  
Algazarra : Revista do Centro de Pesquisa Comunicação e Cultura : Barroco e Mestiçagem     Open Access  
Alpha (Osorno)     Open Access  
American Book Review     Full-text available via subscription   (Followers: 9)
American Journal of Philology     Full-text available via subscription   (Followers: 9)
American Literary Realism     Full-text available via subscription   (Followers: 8)
American Literature     Full-text available via subscription   (Followers: 28)
Anagramas : Rumbos y Sentidos de la Comunicación     Open Access  
Anales Galdosianos     Full-text available via subscription  
Anàlisi : Quaderns de Comunicació i Cultura     Open Access  
Âncora : Revista Latino-Americana de Jornalismo     Open Access  
andererseits : Yearbook of Transatlantic German Studies     Open Access   (Followers: 3)
Aniki : Revista Portuguesa da Imagem em Movimento     Open Access  
Annales islamologiques     Open Access  
ANTARES (Letras e Humanidades)     Open Access  
Anuari de Filologia. Llengües i Literatures Modernes     Open Access  
Anuário de Literatura     Open Access  
Anuario Lope de Vega. Texto, literatura, cultura     Open Access  
Appalachian Heritage     Full-text available via subscription   (Followers: 4)
Arabia     Open Access  
Arbitrium     Hybrid Journal   (Followers: 8)
Arcadia - International Journal for Literary Studies     Hybrid Journal   (Followers: 9)
Arethusa     Full-text available via subscription   (Followers: 4)
Argumentation et analyse du discours     Open Access   (Followers: 5)
Arizona Quarterly: A Journal of American Literature, Culture, and Theory     Full-text available via subscription   (Followers: 14)
Ars Aeterna     Open Access  
Artelogie     Open Access   (Followers: 2)
Arthuriana     Full-text available via subscription   (Followers: 5)
Artl@s Bulletin     Open Access   (Followers: 1)
Arts et Savoirs     Open Access  
Asia Minor Studies     Open Access   (Followers: 3)
Atalanta : Revista de las Letras Barrocas     Open Access  
Atalaya     Open Access   (Followers: 1)
Aturá : Revista Pan-Amazônica de Comunicação     Open Access  
Australian Journal of French Studies     Full-text available via subscription   (Followers: 7)
Australian Literary Studies     Full-text available via subscription   (Followers: 5)
Azalea: Journal of Korean Literature & Culture     Full-text available via subscription   (Followers: 4)
Babel     Hybrid Journal   (Followers: 11)
Bahasa dan Seni : Jurnal Bahasa, Sastra, Seni, dan Pengajarannya     Open Access  
Bahastra     Open Access  
Balkanologie : Revue d'Études Pluridisciplinaires     Open Access   (Followers: 3)
Baltic International Yearbook of Cognition, Logic and Communication     Open Access   (Followers: 1)
Barnboken : Journal of Children's Literature Research     Open Access   (Followers: 4)
Between     Open Access   (Followers: 2)
Beyond Words     Open Access   (Followers: 1)
Biblioteca Escolar em Revista     Open Access  
Biography     Full-text available via subscription   (Followers: 17)
Black Camera     Full-text available via subscription   (Followers: 7)
Boletim de Pesquisa NELIC     Open Access  
Book History     Full-text available via subscription   (Followers: 117)
Bookbird: A Journal of International Children's Literature     Full-text available via subscription   (Followers: 12)
Brasiliana - Journal for Brazilian Studies     Open Access   (Followers: 1)
Brazilian Journalism Research     Open Access   (Followers: 1)
Bronte Studies     Full-text available via subscription   (Followers: 4)
Brookings-Wharton Papers on Financial Services     Full-text available via subscription   (Followers: 3)
Brumal. Revista de investigación sobre lo Fantástico     Open Access  
Bulletin for Spanish and Portuguese Historical Studies     Open Access   (Followers: 8)
Bulletin of the Center for Children's Books     Full-text available via subscription   (Followers: 5)
Bunron : Zeitschrift für literaturwissenschaftliche Japanforschung     Open Access   (Followers: 1)
Byron Journal     Hybrid Journal   (Followers: 1)
Byzantinische Zeitschrift     Hybrid Journal   (Followers: 14)
Byzantion Nea Hellás     Open Access   (Followers: 2)
Caderno de Letras     Open Access  
Caderno Seminal     Open Access  
Cadernos de Letras da UFF     Open Access  
Cahiers Balkaniques     Open Access   (Followers: 2)
Cahiers d'histoire. Revue d'histoire critique     Open Access   (Followers: 12)
Cahiers de civilisation espagnole contemporaine     Open Access   (Followers: 2)
Cahiers de littérature orale     Open Access  
Cahiers de recherches médiévales et humanistes     Open Access   (Followers: 10)
Cahiers du Monde Russe     Open Access   (Followers: 10)
Cahiers d’études italiennes     Open Access   (Followers: 6)
Cahiers franco-canadiens de l'Ouest     Full-text available via subscription   (Followers: 1)
Callaloo     Full-text available via subscription   (Followers: 12)
Cambridge Quarterly     Hybrid Journal   (Followers: 9)
Carnets : Revue électronique d'études françaises     Open Access  
Catedral Tomada. Revista de crítica literaria latinoamericana     Open Access  
CELEHIS : Revista del Centro de Letras Hispanoamericanas     Open Access  
Cervantes : Bulletin of the Cervantes Society of America     Full-text available via subscription   (Followers: 1)
Ceræ: An Australasian Journal of Medieval and Early Modern Studies     Open Access   (Followers: 2)
Chasqui. Revista Latinoamericana de Comunicación     Open Access   (Followers: 1)
Children's Literature Association Quarterly     Full-text available via subscription   (Followers: 16)
Chloe: Beihefte zum Daphnis     Full-text available via subscription   (Followers: 4)
Chrétiens et sociétés     Open Access   (Followers: 2)
Cipango     Open Access   (Followers: 4)
Cipango - French Journal of Japanese Studies. English Selection     Open Access   (Followers: 4)
CLCWeb : Comparative Literature and Culture     Open Access   (Followers: 11)
CLEaR     Open Access  
Cognitive Studies : Études cognitives     Open Access  
College Literature     Full-text available via subscription   (Followers: 11)
Colonial Academic Alliance Undergraduate Research Journal     Open Access   (Followers: 3)
Colorado Review     Full-text available via subscription   (Followers: 1)
Comparative Critical Studies     Hybrid Journal   (Followers: 18)
Comparative Literature     Full-text available via subscription   (Followers: 33)
Comparative Literature Studies     Full-text available via subscription   (Followers: 28)
Comparative Mythology     Open Access   (Followers: 4)
Comunicação & Sociedade     Open Access  
Configurations     Full-text available via subscription   (Followers: 6)
Conradiana     Full-text available via subscription   (Followers: 1)
Contemporary Literature     Full-text available via subscription   (Followers: 20)
Contemporary Pacific     Full-text available via subscription   (Followers: 7)
Contemporary Women's Writing     Hybrid Journal   (Followers: 9)
COnTEXTES     Open Access   (Followers: 1)
CoSMo | Comparative Studies in Modernism     Open Access  
CR : The New Centennial Review     Full-text available via subscription   (Followers: 3)
Criticism     Full-text available via subscription   (Followers: 9)
Criticón     Open Access   (Followers: 1)
Critique: Studies in Contemporary Fiction     Full-text available via subscription   (Followers: 9)
Cuadernos AISPI     Open Access  
Cuadernos de Ilustración y Romanticismo     Open Access  
Cuadernos de Rusística Española     Open Access  
Cuadernos LIRICO : Revista de la Red Interuniversitaria de Estudios sobre las Literaturas Rioplatenses Contemporáneas en Francia     Open Access   (Followers: 1)
Cuban Studies     Full-text available via subscription   (Followers: 5)
Cultures et conflits     Open Access   (Followers: 1)
Current Narratives     Open Access   (Followers: 12)
Current Objectives of Postgraduate American Studies     Open Access   (Followers: 1)
Current Writing : Text and Reception in Southern Africa     Hybrid Journal   (Followers: 3)
De Signos y Sentidos     Open Access  
De Zeventiende Eeuw. Cultuur in de Nederlanden in interdisciplinair perspectief     Open Access   (Followers: 3)
Deuterocanonical and Cognate Literature Yearbook     Hybrid Journal  
Dialektika : Jurnal Bahasa, Sastra, dan Pendidikan Bahasa dan Sastra Indonesia     Open Access  
Diálogos Latinoamericanos     Open Access  
Dialogues : An Interdisciplinary Journal of English Language Teaching and Research     Open Access  
Dicenda. Cuadernos de Filología Hispánica     Open Access  
Dickens Quarterly     Full-text available via subscription   (Followers: 1)
Diegesis : Interdisziplinäres E-Journal für Erzählforschung     Open Access  
DIGILEC : Revista Internacional de Lenguas y Culturas     Open Access  
Discours     Open Access   (Followers: 1)
Dix-Neuf     Hybrid Journal   (Followers: 3)
Drammaturgia     Open Access   (Followers: 1)
Dublin James Joyce Journal     Full-text available via subscription   (Followers: 1)
Dutch Crossing : Journal of Low Countries Studies     Hybrid Journal   (Followers: 3)
e-Journal of Linguistics     Open Access   (Followers: 2)
E-rea     Open Access   (Followers: 2)
e-Scripta Romanica     Open Access  
e-Spania     Open Access   (Followers: 1)
e-TEALS     Open Access   (Followers: 1)
Early American Literature     Full-text available via subscription   (Followers: 6)
Early Modern Culture Online     Open Access   (Followers: 35)
Ecotone     Full-text available via subscription  
Ecozon@ : European Journal of Literature, Culture and Environment     Open Access   (Followers: 4)
EDGE - A Graduate Journal for German and Scandinavian Studies     Open Access   (Followers: 4)
Educação & Linguagem     Open Access  
EID&A : Revista Eletrônica de Estudos Integrados em Discurso e Argumentação     Open Access  
Eighteenth-Century Fiction     Full-text available via subscription   (Followers: 17)
Éire-Ireland     Full-text available via subscription   (Followers: 7)
El Hilo de la Fabula     Open Access  
ELH     Full-text available via subscription   (Followers: 18)
ELOPE : English Language Overseas Perspectives and Enquiries     Open Access  
Eltin Journal : Journal of English Language Teaching in Indonesia     Open Access  
Emily Dickinson Journal     Full-text available via subscription   (Followers: 2)
Encyclopedia     Open Access  
English in Africa     Full-text available via subscription   (Followers: 3)
English in Aotearoa     Full-text available via subscription   (Followers: 1)
English in Australia     Full-text available via subscription   (Followers: 2)
English in Education     Hybrid Journal   (Followers: 10)
English Literature in Transition 1880-1920     Full-text available via subscription   (Followers: 6)
English Studies in Africa     Hybrid Journal   (Followers: 2)
English Text Construction     Hybrid Journal   (Followers: 6)
English Today     Hybrid Journal   (Followers: 9)
English: Journal of the English Association     Hybrid Journal   (Followers: 14)
Englisia Journal     Open Access  
Enthymema     Open Access  
Entrelaces     Open Access  
Entrevous : Littérature organique     Full-text available via subscription  
Epiphany     Open Access   (Followers: 4)
ESC: English Studies in Canada     Full-text available via subscription   (Followers: 3)
Escritura e Imagen     Open Access   (Followers: 1)
Eslavística Complutense     Open Access   (Followers: 1)
ESQ: A Journal of the American Renaissance     Full-text available via subscription   (Followers: 1)
Essays in Criticism     Hybrid Journal   (Followers: 16)
Essays in French Literature and Culture     Full-text available via subscription   (Followers: 6)
Estudios de Literatura Colombiana     Open Access  
Estudios de Teoría Literaria - Revista digital: artes, letras y humanidades     Open Access  
Estudios Ingleses de la Universidad Complutense     Open Access  
Estudis de Literatura Oral Popular / Studies in Oral Folk Literature     Open Access  
Estudos Linguísticos e Literários     Open Access  
Etnolingual     Open Access  
Études canadiennes / Canadian Studies     Open Access   (Followers: 1)
Études de lettres     Open Access   (Followers: 3)
Études Épistémè     Open Access  
Études françaises     Full-text available via subscription   (Followers: 4)
Études littéraires     Full-text available via subscription   (Followers: 4)

        1 2 3 4     

Journal Cover A Cor das Letras
  [0 followers]  Follow
    
  This is an Open Access Journal Open Access journal
   ISSN (Print) 1415-8973
   Published by Universidade Estadual de Feira de Santana, Brazil Homepage  [2 journals]
  • Editorial

    • Authors: Patrício Nunes Barreiros
      Pages: 1 - 4
      PubDate: 2017-06-03
      Issue No: Vol. 18, No. 1 (2017)
       
  • Apresentação

    • Authors: Patrício Nunes Barreiros, Flávia Aninger de Barros Rocha, Mariana Fagundes de Oliveira Lacerda, Silvana Silva de Farias Araujo
      Pages: 5 - 6
      PubDate: 2017-06-03
      DOI: 10.13102/cl.v18i1.1776
      Issue No: Vol. 18, No. 1 (2017)
       
  • A coruja como símbolo de morte em “as corujas” de Moreira
           Campos

    • Authors: Adelannia Chaves Dantas, Manoel Freire
      Pages: 7 - 18
      Abstract: O presente trabalho é resultado de um estudo sobre a obra de Moreira Campos, no qual se faz uma análise da coruja que simboliza a morte, observando que a simbologia ligada a ela vem sendo criada no decorrer dos séculos, influenciando direta ou indiretamente o folclore brasileiro. As formas como a morte se configura no conto do escritor cearense constitui o foco deste estudo, ressaltando-se como símbolo de morte a coruja (anunciadora da morte). Nesse sentido, procura-se relacionar os aspectos simbólicos dos animais e da morte nos contos, aprofundando-se nos estudos sobre os misticismos, os símbolos e as crenças populares.
      PubDate: 2017-06-03
      DOI: 10.13102/cl.v18i1.1614
      Issue No: Vol. 18, No. 1 (2017)
       
  • A lâmpada do desejo: uma leitura do conto “A fuga” de
           Clarice Lispector

    • Authors: Flávia Aninger de Barros Rocha, Alana de Oliveira Freitas El Fahl
      Pages: 19 - 27
      Abstract: No presente trabalho propõe-se a analisar o conto A Fuga, de Clarice Lispector, escrito em 1940 e publicado em A Bela e a Fera (1979), à luz dos conceitos freudianos do Princípio do Prazer e do Princípio da Realidade e outras ideias também desenvolvidas no texto O Mal-Estar na Civilização (1930). Além disso, tomaremos como referências da representação feminina para a protagonista do conto em estudo, a personagem Sara, do Antigo Testamento, Sofia, personagem do romance Atire em Sofia, de Sônia Coutinho (1989) e Penélope, personagem clássica de Homero. 
      PubDate: 2017-06-03
      DOI: 10.13102/cl.v18i1.1683
      Issue No: Vol. 18, No. 1 (2017)
       
  • A parrhesia como ética/estética da existência em Caim de
           José Saramago

    • Authors: Marcos Fellipe Costa Marques, Alana de Oliveira Freitas El Fahl
      Pages: 28 - 40
      Abstract: No último romance do escritor português José Saramago (1922-2010), Caim (2009), o discurso religioso é retomado como tema através de uma releitura paródica de textos bíblicos fundantes da tradição judaico-cristã. No romance, narrador e herói passeiam por cenas bíblicas questionando interpretações sedimentadas na cultura pelas teologias oficiais e dogmas da tradição. As críticas construídas no romance têm como alvo privilegiado os discursos religiosos, sobretudo a moral criada a partir de tais discursos. Este artigo tem como objetivo demonstrar como, no romance Caim a parrhesia, o franco falar, funciona como possibilidade ética diante de construções discursivas monológicas dogmáticas e retóricas. Para isso, discutiremos a relação entre o discurso literário de Saramago e o discurso religioso dogmático, destacaremos a função da paródia para apresentar novas versões de discursos já sedimentados na cultura para enfim discutir o conceito de parrhesia em Michel Foucalt (1926-1984) e possibilidades interpretativas do romance supracitado a partir desse conceito.
      PubDate: 2017-06-03
      DOI: 10.13102/cl.v18i1.1689
      Issue No: Vol. 18, No. 1 (2017)
       
  • A simbologia do animal na construção da personagem: o real e o irreal no
           conto “Tigrela” de Lygia Fagundes Telles

    • Authors: Antonia Marly Moura Silva
      Pages: 41 - 56
      Abstract: No discurso mimético de Lygia Fagundes Telles, eventos aparentemente verossímeis cedem lugar à imaginação, imprimindo uma atmosfera de confronto entre o estranho e o familiar, o real e o irreal. No conto “Tigrela”, integrante da obra Mistérios (1981), a personagem feminina é delineada com traços que confundem sua identidade. Trata-se da história de Romana e seu animal de estimação, Tigrela, uma fêmea de tigre com quem a mulher partilha o luxo e o conforto de um apartamento, adaptado para tal convivência. Na trama, a mulher ora vela ora revela seus traços animalescos ao mesmo tempo em que acentua atributos humanos na representação do animal. A caracterização dessa relação binária constitui terreno fértil para uma reflexão sobre os limites entre homem e bicho. Sob tal enfoque, faremos uma leitura da narrativa à luz dos conceitos de fantástico formulados por Roger Bozzetto (2001), Irène Bessière (2005), David Roas (2001, 2011, 2014), Julio Cortázar (1993), dentre outras referências da Teoria da Literatura.
      PubDate: 2017-06-03
      DOI: 10.13102/cl.v18i1.1621
      Issue No: Vol. 18, No. 1 (2017)
       
  • A voz feminina na narrativa infantil da angolana Maria Celestina Fernandes

    • Authors: Marcio Jean Fialho de Sousa
      Pages: 57 - 66
      Abstract: O objetivo deste artigo é analisar como a contribuição da escritora angolana, Maria Celestina Fernandes, no rol das obras das Literaturas Africanas de Língua Portuguesa, apresenta aspectos inovadores e significativos para a formação do leitor infantil. Além disso, demonstrar como os valores das culturas tradicionais são constantemente atualizados como forma de perpetuação das culturas africanas, simbolicamente demonstrada na figura do “velho” e da contação de história.
      PubDate: 2017-06-03
      DOI: 10.13102/cl.v18i1.1609
      Issue No: Vol. 18, No. 1 (2017)
       
  • Bolaño, o investigador da vida e dos versos pelas trilhas do valor e
           do medo

    • Authors: Edson Oliveira da Silva
      Pages: 67 - 78
      Abstract: A leitura do romance Los detectives salvajes do escritor chileno Roberto Bolaño nos coloca diante de uma narrativa inquietante, pautada no jogo sinuoso entre ficção e realidade, de modo que as ambições e experiências do escritor, enquanto "homem vulgar" e intelectual se confundam, em diferentes circunstâncias, com as tramas vividas pela legião de personagens que povoam a ficção. Nesse sentido, para além de representar a história latino-americana, marcada pela explosão de vozes e conflitos entranhados, desde séculos atrás na genealogia deste espaço, onde o vazio e a errância se destacam muito mais do que os encontros e as convicções, esta narrativa nos apresenta um fluxo descontínuo de experiências e discursos, em que a literatura se apresenta como um caminho para compreender melhor os nossos instintos e mazelas. Sob esse ponto de vista, partindo da possibilidade de que alinhemos a produção literária de Bolaño a uma onda de fenômenos políticos e culturais, quase sempre ligados à ideia de deslocamento e fragmentação, que assinalam a contemporaneidade, este estudo se preocupa em reconhecer a figura do escritor como uma espécie de detetive incansável, que, tanto dentro quanto fora da ficção, se propõe a investigar a vida e a poesia, percorrendo os campos invisíveis do valor e do medo.
      PubDate: 2017-06-03
      DOI: 10.13102/cl.v18i1.1660
      Issue No: Vol. 18, No. 1 (2017)
       
  • Edward Said/Erich Auerbach: humanismo mundano e fenomenologia do
           exílio

    • Authors: Marcos Cezar Botelho
      Pages: 79 - 96
      Abstract: Para Edward Said, o exílio e a migração são operadores de leitura caros ao pensamento crítico dissonante. Na perspectiva daquilo que chamo de uma fenomenologia saidiana do exílio, o lócus enunciativo do exilado é, para o pensador palestino, um estilo ético que implica numa posicionalidade diferencial indispensável para a compreensão crítica do mundo atual. Como veremos neste artigo, mesmo que os personagens conceituais do humanismo mundano de Said sejam, por excelência, filósofos, escritores e pensadores que experimentaram a condição de exilados, “perspectivismo do exílio” é lido, contudo, como o valor heurístico de uma posicionalidade crítica sempre fora do lugar e disponível até mesmo para aqueles que não experimentaram diretamente a migração e o desterro. Em outras palavras, este artigo procura comentar a releitura que o pensador palestino realiza, em Humanismo e crítica democrática, de Mimesis, de Erich Auerbach, propondo que o ponto de diálogo entre esses autores esteja na potência que migração e exílio desempenharam em suas trajetórias críticas. 
      PubDate: 2017-06-03
      DOI: 10.13102/cl.v18i1.1680
      Issue No: Vol. 18, No. 1 (2017)
       
  • (Ence)nação teatral: A representação do feminino em The Countess
           Cathleen, de William Yeats

    • Authors: Raimundo Expedito dos Santos Sousa, Adelaine LaGuardia
      Pages: 97 - 106
      Abstract: Este artigo examina as figurações do feminino em The Countess Cathleen, primeira peça que o escritor William Yeats escreveu para o Irish Literary Theatre, veio teatral do nacionalismo cultural irlandês. A peça foi produzida em um projeto de nação que, a fim de provar a virilidade dos homens nativos, subestimada pelo imperialismo britânico, instaurou um código de hipermasculinidade que demandava, em complemento, um código de hiperfeminilidade análogo. Atento às especificidades desse contexto de produção, o trabalho focaliza a construção da protagonista, a Condessa Cathleen, com ênfase na dicotomia entre erotismo e sacrifício. A análise permite considerar que Yeats se valeu de elementos da hagiografia como forma de heroificar a personagem como emblema da resignação feminina e, sobretudo, como modo de salientar a incompatibilidade entre o ethos sacrificial e o amor romântico. 
      PubDate: 2017-06-03
      DOI: 10.13102/cl.v18i1.1618
      Issue No: Vol. 18, No. 1 (2017)
       
  • Eros e Thanatos em “Tempos Sombrios”: aspectos da teoria pulsional em
           diálogo com Stefan Zweig e Hannah Arendt

    • Authors: Érica Schlude Wels
      Pages: 107 - 118
      Abstract: O presente artigo reflete sobre aspectos ligados à propensão do homem pela destruição e domínio do outro por meio da violência.  Nesse sentido, elencamos reflexões sobre os conceitos psicanalíticos de Eros e Thanatos, além de contribuições do pensamento de Hannah Arendt  (1987; 1995; 1997), sobretudo o conceito de “Banalidade do Mal”;  O mal concretizado pelo nazismo é monstruosamente banal e burocrático, ao mesmo tempo que eficiente e sistemático, levado a cabo por agentes superficiais (LECHTE, 2002).  Buscar-se-á estabelecer um diálogo entre esse arcabouço teórico e três novelas do escritor austríaco Stefan Zweig, ele próprio uma vítima declaradamente pacifista do exílio imposto aos escritores judeus no período da Segunda Guerra:  “A coleção invisível” (2015, [1924]), “O Livreiro Mendel” (1999, [1929])  e “Xadrez, uma novela” (2015, [1944]) têm a guerra como pano-de-fundo; O presente trabalho objetiva explorar aspectos da chamada “mitologia psicanalítica”, campo definido por Freud como obscuro.  Além do caráter destruidor intrínseco à natureza humana, como postulado nos textos freudianos que abordam a guerra (1916; 1933, [1932]), destacamos o protótipo da pulsão de morte: compulsão à repetição e ao retorno do inorgânico, movimento regressivo de retorno a um estado anterior (ROUDINESCO; PLON, 1998).  Ao explorar a teoria das pulsões em seu dualismo Eros/Thanatos, lançamos luzes sobre o que Arendt define como “Tempos sombrios”.
      PubDate: 2017-06-03
      DOI: 10.13102/cl.v18i1.1630
      Issue No: Vol. 18, No. 1 (2017)
       
  • Fernão Mendes Pinto, cronista de viagem ou prosador de
           ficção'

    • Authors: Cid Seixas
      Pages: 119 - 127
      Abstract: As leituras da obra de Mendes Pinto giram em torno de duas vertentes: uma que vê ironia e crítica à hipocrisia do mundo cristão e outra que descarta a natureza satírica do texto, entendido como expressão do pensamento cristão no Renascimento português.
      PubDate: 2017-06-03
      DOI: 10.13102/cl.v18i1.1589
      Issue No: Vol. 18, No. 1 (2017)
       
  • In Shadows and Darkness: being authentic in Céline and Hillman
           (“intimité des choses” and “pathologizing” )

    • Authors: Cláudio Cledson Novaes, Aleš Vrbata
      Pages: 128 - 141
      Abstract: Aim of this paper is to demonstrate a proximity or even complementarity between James Hillman’s and Louis-Ferdinand Céline’s vision of  human soul and human condition. Even though their cultural and intellectual context differed significantly and they both used very different forms of expression, they repeatedly invoked intimate dimension of human existence as permeated by somehow pathological, peripherial or dark aspects of being. Nevertheless, both of them shared deep interest in bottom-line dimension of being which they called “soul” and which they linked with death, darkness, weakness and which they associated with  socially disapproved ways of being. Even though Hillman could be labeled as reformist and Céline as nihilist, for both of them modern society and its programming cut modern man off his deeper sense of meaningfulness or as Céline puts it in from “intimité des choses”. Questioning intellectual legacy of Enlightenment, both Céline and Hillman find soul of modern man as pathologized and threatened but at the same time as the very source of meaningfulness. Like that Hillman and Céline can be viewed not just as cultural critics but as actively deconstructing, questioning modern project and modern subjectivity
      PubDate: 2017-06-03
      DOI: 10.13102/cl.v18i1.1677
      Issue No: Vol. 18, No. 1 (2017)
       
  • Nem Florida, nem Boedo: assegura o 'escritor fracassado' de
           Roberto Arlt

    • Authors: Adriana de Borges Gomes
      Pages: 142 - 152
      Abstract: Florida e Boedo são nomes de ruas da cidade de Buenos Aires, com características distintas bem expressivas: Florida era a rua do “ócio distraído”, da boemia da arte gratuita, sem motivações que não fossem estéticas. Boedo era a rua do “tráfego fabril”, situada num bairro onde muitas fábricas estavam instaladas, o que fomentava a agitação das consciências para o levante de uma bandeira subversiva. Das designações topográficas do bairrismo portenho nasceu uma contenda cultural de classes, em que a literatura foi o veio central. A polêmica literária deve ser vista no seu interior, recorrendo-se ao momento histórico em que ocorreu, pois somente com a distância temporal o historiador da literatura pode avaliar o que representou na época e o que significa na contemporaneidade tal controvérsia para a história da literatura argentina. E, ainda assim, manter certa desconfiança, pois o historiador é um pesquisador que muitas vezes recorta acontecimentos e os dota de significado de acordo com suas ideologias; como chama a atenção o historiador da literatura latino-americana Antonio Cornejo Polar (2000). Na conformação dos dois grupos e na localização dos escritores em cada um deles, houve muitas discrepâncias. Castelnuovo, nos diz Adolfo Prieto (2009), declarou que o grupo Boedo não existiu, o que existia era uma literatura de arrabalde. Assim, Prieto mapeia em seu ensaio “Boedo e Florida” algumas esclarecimentos e tentativas de encaixar os escritores em um grupo ou outro. Em uma dessas demonstrações está claro que Roberto Arlt não se localizava em nenhum dos dois grupos.
      PubDate: 2017-06-03
      DOI: 10.13102/cl.v18i1.1657
      Issue No: Vol. 18, No. 1 (2017)
       
  • "O Menino", de Luiz Canabrava: o infante silenciado na periferia da
           cultura mineira em transformação

    • Authors: Leonardo Tadeu Nogueira Palhares, Ivana Ferrante Rebello
      Pages: 153 - 162
      Abstract: Este trabalho pretende asseverar sobre a personagem da criança no conto "O Menino", integrante do livro Sangue de Rosaura, de Luiz Canabrava. Pretende-se fazer algumas observações sobre de que forma o menino é percebido na narrativa, o que o silêncio desta figura pode pressupor e como isto reflete em sua presença no espaço de Minas Gerais que se situa. Para isso, recorreremos a teóricos que tragam algumas percepções da infância— Maria Cristina Gouvêa (2000), Anderson Luiz Nunes da Mata (2015) — e sobre a cultura mineira — Ângela Maria Guida e Joelma Sampaio Evangelista (2005), Silvio Romero (1980) — entre outros, para fomentar nossa discussão.
      PubDate: 2017-06-03
      DOI: 10.13102/cl.v18i1.1646
      Issue No: Vol. 18, No. 1 (2017)
       
  • O que é feito da sombra' As manifestações do fantástico no conto
           “Luzeiro”, de James Frederico Rocha Coelho

    • Authors: Francisco Perna Filho; Heleno Godói de Sousa
      Pages: 163 - 176
      Abstract: Este ensaio analisa o conto “Luzeiro”, de James Frederico Rocha Coelho, autor brasileiro contemporâneo, sob a perspectiva do fantástico. Para tanto, discute os conceitos de estranho, maravilho e fantástico, ao mesmo tempo em que enfatiza o papel do narrador-personagem como condutor e mantenedor da ambiguidade desse tipo de narrativa. 
      PubDate: 2017-06-03
      DOI: 10.13102/cl.v18i1.1624
      Issue No: Vol. 18, No. 1 (2017)
       
  • (Re)Construção Mítica de Eva Perón no Romance Santa Evita (1996) –
           Tomás Eloy Martínez

    • Authors: Josiane Valcarenghi Ribeiro Nantes
      Pages: 177 - 189
      Abstract: Eva Perón é um nome significativo na história política da Argentina, sua influência surtiu, e continua surtindo efeito, no povo desse país até os dias atuais. “Evita” foi odiada/amada em níveis extremos, tanto que foi considerada uma santa, um mito para muitas pessoas. Tomás Eloy Martínez escreveu o romance – Santa Evita (1995) – em que narra como viveu a esposa de Juan Domingo Perón. Nesta obra encontra-se muitos elementos que dão indícios da (re)mitificação de Eva, por isso tenta-se aqui, explorar como se deu a (re)construção mitológica de Eva Perón, personagem histórica no romance Santa Evita (1996) de Tomás Eloy Martínez, e ainda, expor quais foram os procedimentos adotados pelo autor que (re)construíram esse mito. Utiliza-se, como base teórica, Linda Hutcheon (1991) e Fleck (2007) no conceito de metaficção historiográfica, Mircea Eliade (1991) e Martín Cezar Feijó (1984) no que cabe à análise do Mito. Esta breve pesquisa se dará a partir da análise bibliográfica e de forma comparativa entre a história e a escrita ficcional do romance Santa Evita (1996) de Tomás Eloy Martínez, discute-se os elementos utilizados e o caminho percorrido para a (re)construção do mito Eva Perón na obra citada.
      PubDate: 2017-06-03
      DOI: 10.13102/cl.v18i1.1619
      Issue No: Vol. 18, No. 1 (2017)
       
  • Relações de poder: sedução e religiosidade em Maria Luísa, de Lúcia
           Miguel Pereira

    • Authors: Edwirgens Aparecida Ribeiro Lopes de Almeida
      Pages: 190 - 202
      Abstract: O presente texto tem o propósito de estudar as relações de poder configuradas pela educação religiosa católica e pela sedução masculina exercidas sobre a personagem Maria Luísa, na obra homônima, de Lúcia Miguel Pereira. Publicada em 1933, Maria Luísa traz intensa sintonia com os princípios ideológicos daqueles tempos e conserva, de certo modo, uma preocupação com a ordem social, prevista e reiterada pelos meios de difusão do pensamento católico, como a revista A Ordem, a quem Lúcia contribui como escritora
      PubDate: 2017-06-03
      DOI: 10.13102/cl.v18i1.1588
      Issue No: Vol. 18, No. 1 (2017)
       
 
 
JournalTOCs
School of Mathematical and Computer Sciences
Heriot-Watt University
Edinburgh, EH14 4AS, UK
Email: journaltocs@hw.ac.uk
Tel: +00 44 (0)131 4513762
Fax: +00 44 (0)131 4513327
 
About JournalTOCs
API
Help
News (blog, publications)
JournalTOCs on Twitter   JournalTOCs on Facebook

JournalTOCs © 2009-