for Journals by Title or ISSN
for Articles by Keywords
help
  Subjects -> EDUCATION (Total: 1675 journals)
    - ADULT EDUCATION (24 journals)
    - COLLEGE AND ALUMNI (9 journals)
    - E-LEARNING (21 journals)
    - EDUCATION (1395 journals)
    - HIGHER EDUCATION (113 journals)
    - INTERNATIONAL EDUCATION PROGRAMS (3 journals)
    - ONLINE EDUCATION (27 journals)
    - SCHOOL ORGANIZATION (12 journals)
    - SPECIAL EDUCATION AND REHABILITATION (34 journals)
    - TEACHING METHODS AND CURRICULUM (37 journals)

EDUCATION (1395 journals)                  1 2 3 4 5 6 7 | Last

Showing 1 - 200 of 857 Journals sorted alphabetically
@tic. revista d'innovació educativa     Open Access  
Abant İzzet Baysal Üniversitesi Eğitim Fakültesi Dergisi     Open Access  
About Campus     Hybrid Journal   (Followers: 6)
Academic Medicine     Full-text available via subscription   (Followers: 58)
Academic Psychiatry     Full-text available via subscription   (Followers: 22)
Academic Questions     Hybrid Journal   (Followers: 7)
Academy of Educational Leadership Journal     Full-text available via subscription   (Followers: 52)
Academy of Management Learning and Education     Full-text available via subscription   (Followers: 47)
Accounting & Finance     Hybrid Journal   (Followers: 41)
Accounting Education: An International Journal     Hybrid Journal   (Followers: 13)
ACM Transactions on Computing Education (TOCE)     Hybrid Journal   (Followers: 3)
Across the Disciplines     Open Access   (Followers: 7)
Acta Didactica Norge     Open Access  
Acta Scientiarum. Education     Open Access  
Acta Technologica Dubnicae     Open Access  
Action in Teacher Education     Hybrid Journal   (Followers: 54)
Action Learning: Research and Practice     Hybrid Journal   (Followers: 38)
Action Research     Hybrid Journal   (Followers: 38)
Active Learning in Higher Education     Hybrid Journal   (Followers: 229)
Actualidades Pedagógicas     Open Access  
Administration & Society     Hybrid Journal   (Followers: 11)
Administrative Science Quarterly     Full-text available via subscription   (Followers: 135)
Adult Education Quarterly     Hybrid Journal   (Followers: 134)
Advanced Education     Open Access   (Followers: 4)
Advances in Health Sciences Education     Hybrid Journal   (Followers: 23)
Advances in High Energy Physics     Open Access   (Followers: 21)
Advances in School Mental Health Promotion     Partially Free   (Followers: 9)
AERA Open     Open Access   (Followers: 2)
Africa Education Review     Partially Free   (Followers: 24)
African Journal of Chemical Education     Open Access   (Followers: 2)
African Journal of Educational Studies in Mathematics and Sciences     Full-text available via subscription   (Followers: 5)
African Journal of Health Professions Education     Open Access   (Followers: 4)
African Journal of Research in Mathematics, Science and Technology Education     Full-text available via subscription   (Followers: 8)
Agora     Full-text available via subscription   (Followers: 3)
AGORA Magazine     Open Access  
Ahmad Dahlan Journal of English Studies     Open Access  
AIDS Education and Prevention     Full-text available via subscription   (Followers: 7)
Akadémiai Értesítö     Full-text available via subscription  
AKSIOMA Journal of Mathematics Education     Open Access   (Followers: 1)
Al Ibtida : Jurnal Pendidikan Guru MI     Open Access  
Alexandria : Revista de Educação em Ciência e Tecnologia     Open Access  
Alsic     Open Access   (Followers: 18)
Alteridad     Open Access  
Amasya Universitesi Egitim Fakültesi Dergisi     Open Access  
American Annals of the Deaf     Full-text available via subscription   (Followers: 11)
American Biology Teacher     Full-text available via subscription   (Followers: 12)
American Educational Research Journal     Hybrid Journal   (Followers: 131)
American Journal of Business Education     Open Access   (Followers: 10)
American Journal of Distance Education     Hybrid Journal   (Followers: 28)
American Journal of Education     Full-text available via subscription   (Followers: 153)
American Journal of Educational Research     Open Access   (Followers: 53)
American Journal of Health Education     Hybrid Journal   (Followers: 25)
American Journal of Physics     Full-text available via subscription   (Followers: 55)
ANALES de la Universidad Central del Ecuador     Open Access   (Followers: 1)
Annali dell'Universita di Ferrara     Hybrid Journal  
Annals of Dyslexia     Hybrid Journal   (Followers: 9)
Annals of Modern Education     Full-text available via subscription   (Followers: 3)
Annual Review of Economics     Full-text available via subscription   (Followers: 29)
Apertura. Revista de innovación educativa‏     Open Access   (Followers: 2)
Applied Environmental Education & Communication     Hybrid Journal   (Followers: 13)
Applied Measurement in Education     Hybrid Journal   (Followers: 9)
Art Design & Communication in Higher Education     Hybrid Journal   (Followers: 20)
Arts and Humanities in Higher Education     Hybrid Journal   (Followers: 29)
Arts Education Policy Review     Hybrid Journal   (Followers: 4)
ASHE Higher Education Reports     Hybrid Journal   (Followers: 14)
Asia Pacific Education Review     Hybrid Journal   (Followers: 9)
Asia Pacific Journal of Education     Hybrid Journal   (Followers: 17)
Asia-Pacific Education Researcher     Hybrid Journal   (Followers: 11)
Asia-Pacific Journal of Health, Sport and Physical Education     Hybrid Journal   (Followers: 9)
Asia-Pacific Journal of Teacher Education     Hybrid Journal   (Followers: 18)
Asian Association of Open Universities Journal     Open Access  
Asian Education and Development Studies     Hybrid Journal   (Followers: 5)
Asian Journal of English Language Teaching     Full-text available via subscription   (Followers: 11)
Asian Journal of Legal Education     Full-text available via subscription   (Followers: 6)
ASp     Open Access   (Followers: 1)
Assessing Writing     Hybrid Journal   (Followers: 10)
Assessment & Evaluation in Higher Education     Hybrid Journal   (Followers: 117)
Assessment for Effective Intervention     Hybrid Journal   (Followers: 14)
Assessment in Education: Principles, Policy & Practice     Hybrid Journal   (Followers: 35)
Assessment Update     Hybrid Journal   (Followers: 5)
AStA Wirtschafts- und Sozialstatistisches Archiv     Hybrid Journal   (Followers: 5)
At-Ta'dib Jurnal Kependidikan Islam     Open Access  
At-Tajdid : Jurnal Ilmu Tarbiyah     Open Access   (Followers: 2)
At-Turats     Open Access  
Athenea Digital     Open Access  
Aula Abierta     Open Access   (Followers: 1)
Australasian Journal of Educational Technology     Open Access   (Followers: 11)
Australasian Journal of Gifted Education     Full-text available via subscription   (Followers: 4)
Australasian Marketing Journal (AMJ)     Hybrid Journal   (Followers: 8)
Australian Art Education     Full-text available via subscription   (Followers: 6)
Australian Educational and Developmental Psychologist, The     Full-text available via subscription   (Followers: 6)
Australian Educational Computing     Open Access  
Australian Educational Researcher     Hybrid Journal   (Followers: 18)
Australian Journal of Adult Learning     Full-text available via subscription   (Followers: 12)
Australian Journal of Career Development     Hybrid Journal   (Followers: 2)
Australian Journal of Dyslexia and Learning Difficulties     Full-text available via subscription   (Followers: 8)
Australian Journal of Education     Hybrid Journal   (Followers: 28)
Australian Journal of Learning Difficulties     Hybrid Journal   (Followers: 4)
Australian Journal of Music Education     Full-text available via subscription   (Followers: 3)
Australian Journal of Public Administration     Hybrid Journal   (Followers: 375)
Australian Journal of Teacher Education     Open Access   (Followers: 21)
Australian Mathematics Teacher, The     Full-text available via subscription   (Followers: 7)
Australian Primary Mathematics Classroom     Full-text available via subscription   (Followers: 2)
Australian Screen Education Online     Full-text available via subscription   (Followers: 2)
Australian TAFE Teacher     Full-text available via subscription   (Followers: 2)
Australian Universities' Review, The     Full-text available via subscription   (Followers: 3)
Autism     Hybrid Journal   (Followers: 176)
Avaliação : Revista da Avaliação da Educação Superior (Campinas)     Open Access  
Azalea: Journal of Korean Literature & Culture     Full-text available via subscription   (Followers: 4)
Balkan Region Conference on Engineering and Business Education     Open Access   (Followers: 1)
BELIA : Early Childhood Education Papers     Open Access   (Followers: 4)
BELT - Brazilian English Language Teaching Journal     Open Access   (Followers: 5)
Berkeley Review of Education     Open Access   (Followers: 4)
Biblioteka i Edukacja     Open Access   (Followers: 4)
Bildung und Erziehung     Hybrid Journal   (Followers: 2)
Biosaintifika : Journal of Biology & Biology Education     Open Access   (Followers: 6)
BMC Medical Education     Open Access   (Followers: 40)
BMJ Simulation & Technology Enhanced Learning     Full-text available via subscription   (Followers: 7)
BoEM - Boletim online de Educação Matemática     Open Access  
Boletim Cearense de Educação e História da Matemática     Open Access  
Boletim de Educação Matemática     Open Access  
British Educational Research Journal     Hybrid Journal   (Followers: 155)
British Journal of Educational Studies     Hybrid Journal   (Followers: 129)
British Journal of Educational Technology     Hybrid Journal   (Followers: 120)
British Journal of Religious Education     Hybrid Journal   (Followers: 8)
British Journal of Sociology of Education     Hybrid Journal   (Followers: 45)
British Journal of Special Education     Hybrid Journal   (Followers: 36)
British Journal of Visual Impairment     Hybrid Journal   (Followers: 10)
Brookings Trade Forum     Full-text available via subscription   (Followers: 3)
Business, Management and Education     Open Access   (Followers: 17)
Caderno Brasileiro de Ensino de Física     Open Access  
Caderno Intersabares     Open Access  
Cadernos CEDES     Open Access   (Followers: 1)
Cadernos de Educação, Tecnologia e Sociedade     Open Access  
Cadernos de Pesquisa     Open Access  
Cadernos de Pesquisa     Open Access   (Followers: 2)
Cadernos de Pesquisa em Educação     Open Access  
Cadmo     Full-text available via subscription  
Cahiers de la recherche sur l'éducation et les savoirs     Open Access   (Followers: 4)
Calidad en la educación     Open Access   (Followers: 1)
Cambridge Journal of Education     Hybrid Journal   (Followers: 97)
Campus Legal Advisor     Hybrid Journal   (Followers: 2)
Campus Security Report     Hybrid Journal  
Canadian and International Education     Open Access   (Followers: 8)
Canadian Journal for New Scholars in Education/ Revue canadienne des jeunes chercheures et chercheurs en éducation     Open Access   (Followers: 7)
Canadian Journal for the Scholarship of Teaching and Learning     Open Access   (Followers: 13)
Canadian Journal of Education : Revue canadienne de l'éducation     Open Access   (Followers: 5)
Canadian Journal of Higher Education     Open Access   (Followers: 22)
Canadian Journal of Learning and Technology / La revue canadienne de l’apprentissage et de la technologie     Open Access   (Followers: 12)
Canadian Journal of School Psychology     Hybrid Journal   (Followers: 9)
Canadian Journal of Science, Mathematics and Technology Education     Hybrid Journal   (Followers: 18)
Career Development and Transition for Exceptional Individuals     Hybrid Journal   (Followers: 7)
Catalejos. Revista sobre lectura, formación de lectores y literatura para niños     Open Access  
Catharsis : Journal of Arts Education     Open Access  
CELE Exchange, Centre for Effective Learning Environments     Full-text available via subscription   (Followers: 1)
Cendekia : Jurnal Kependidikan dan Kemasyarakatan     Open Access  
Change: The Magazine of Higher Learning     Hybrid Journal   (Followers: 14)
Changing English: Studies in Culture and Education     Hybrid Journal   (Followers: 6)
Charrette     Open Access  
Chemical Engineering Education     Full-text available via subscription  
Chemistry Education Research and Practice     Free   (Followers: 5)
Chemistry in Education     Open Access   (Followers: 8)
Chi'e : Journal of Japanese Learning and Teaching     Open Access   (Followers: 1)
Child Language Teaching and Therapy     Hybrid Journal   (Followers: 25)
Child Psychiatry & Human Development     Hybrid Journal   (Followers: 9)
Childhood Education     Hybrid Journal   (Followers: 15)
Children's Literature in Education     Hybrid Journal   (Followers: 8)
Chinese Education & Society     Full-text available via subscription   (Followers: 2)
Christian Higher Education     Hybrid Journal   (Followers: 2)
Christian Perspectives in Education     Open Access   (Followers: 6)
Ciência & Educação (Bauru)     Open Access  
Ciência & Saúde Coletiva     Open Access   (Followers: 2)
Ciencia en Desarrollo     Open Access  
Ciencias Sociales y Educación     Open Access   (Followers: 2)
Citizenship, Social and Economics Education     Full-text available via subscription   (Followers: 5)
Classroom Discourse     Hybrid Journal   (Followers: 8)
Clinical Child and Family Psychology Review     Hybrid Journal   (Followers: 7)
Clio y Asociados     Open Access  
CME     Hybrid Journal   (Followers: 1)
Coaching: An International Journal of Theory, Research and Practice     Hybrid Journal   (Followers: 9)
Cogent Education     Open Access   (Followers: 1)
College Athletics and The Law     Hybrid Journal   (Followers: 1)
College Teaching     Hybrid Journal   (Followers: 12)
Colóquio Internacional de Educação e Seminário de Estratégias e Ações Multidisciplinares     Open Access  
Communication Disorders Quarterly     Hybrid Journal   (Followers: 14)
Communication Education     Hybrid Journal   (Followers: 19)
Communication Methods and Measures     Hybrid Journal   (Followers: 11)
Community College Journal of Research and Practice     Hybrid Journal   (Followers: 8)
Community College Review     Hybrid Journal   (Followers: 7)
Community Development     Hybrid Journal   (Followers: 16)
Community Literacy Journal     Partially Free   (Followers: 2)
Comparative Education     Hybrid Journal   (Followers: 27)
Comparative Education Review     Full-text available via subscription   (Followers: 32)
Comparative Professional Pedagogy     Open Access   (Followers: 2)
Compare: A journal of comparative education     Hybrid Journal   (Followers: 19)
Computer Applications in Engineering Education     Hybrid Journal   (Followers: 6)
Computer Science Education     Hybrid Journal   (Followers: 12)
Computers & Education     Hybrid Journal   (Followers: 123)
Computers in the Schools     Hybrid Journal   (Followers: 7)
Conhecimento & Diversidade     Open Access  

        1 2 3 4 5 6 7 | Last

Journal Cover Caderno Brasileiro de Ensino de Física
  [0 followers]  Follow
    
  This is an Open Access Journal Open Access journal
   ISSN (Print) 1677-2334 - ISSN (Online) 2175-7941
   Published by Universidade Federal de Santa Catarina Homepage  [26 journals]
  • Editorial

    • Authors: Marinês Domingues Cordeiro
      Pages: 741 - 743
      Abstract: http://dx.doi.org/10.5007/2175-7941.2016v33n3p741
      PubDate: 2016-12-15
      Issue No: Vol. 33, No. 3 (2016)
       
  • Os conceitos de espaço e de tempo como protagonistas no ensino de
           Física: um relato sobre uma sequência didática com abordagem
           histórico-filosófica

    • Authors: Ueslei Vieira dos Reis, José Claudio Reis
      Pages: 744 - 778
      Abstract: http://dx.doi.org/10.5007/2175-7941.2016v33n3p744O presente trabalho busca discutir a importância de abordar histórica e filosoficamente os conceitos de espaço e tempo na educação básica e apresentar os relatos de uma experiência realizada em sala de aula. Para isso, realizou-se uma pesquisa-ação com a finalidade de avaliar a relevância de determinadas estratégias pedagógicas onde discutiu-se não apenas a ciência, mas também o processo de construção do conhecimento científico. Após uma vasta pesquisa histórica sobre esses conceitos elegeu-se alguns momentos, que julgamos os mais relevantes dentro da Educação Básica, para serem abordados em sala de aula. Esses momentos foram: 1) Galileu e a geometrização do espaço e tempo; 2) A Mecânica de Newton e o espaço e tempo absoluto; 3) A Relatividade de Einstein e o espaço e tempo relativo. À luz desse panorama histórico e filosófico, construiu-se uma sequência didática que foi implantada e avaliada através de uma pesquisa-ação com os seguintes itens: contextualização histórica; apresentação/Problematização dos conceitos; realização de atividades; atividade de avaliação. Esse processo permitiu que ao final de um ano letivo tivéssemos um farto material para análise e avaliação. 
      PubDate: 2016-12-15
      Issue No: Vol. 33, No. 3 (2016)
       
  • Caracterização dos focos de estudo da produção acadêmico-científica
           brasileira sobre experimentação no Ensino de Física

    • Authors: Fernanda Sauzem Wesendonk, Eduardo Adolfo Terrazzan
      Pages: 779 - 821
      Abstract: http://dx.doi.org/10.5007/2175-7941.2016v33n3p779Neste artigo, apresentamos uma caracterização da produção acadêmico-científica recente sobre experimentação no Ensino de Física, em termos de focos e intenções de pesquisa, bem como de resultados construídos no âmbito dessas investigações. Para isso, utilizamos como fontes de informações 10 Periódicos Acadêmico-Científicos nacionais, com publicações disponíveis em websites. Identificamos, mediante consulta nesses periódicos, 147 trabalhos publicados no período de 2009 a 2013, que apresentavam como foco principal de investigação a experimentação. Classificamos os trabalhos identificados em categorias estabelecidas a priori e em subcategorias estabelecidas a posteriori. Ao final, constatamos que a frequência relativa de artigos que tratam sobre essa temática é baixa (9%). Além disso, na maior parte das produções não há um debate aprofundado de aportes teóricos referentes à utilização da experimentação no ensino. Isso faz com que a contribuição dessas produções para o desenvolvimento de discussões conceituais a respeito das potencialidades e das limitações de uso da experimentação no Ensino de Física seja relativamente pequena.
      PubDate: 2016-12-15
      Issue No: Vol. 33, No. 3 (2016)
       
  • Aspectos da teoria de Vigotski no processo de medição de grandezas
           físicas na universidade

    • Authors: Raphael Nunes Púpio Maia, Rubem Raphael dos Santos Caetano, Franciole Marinho
      Pages: 822 - 838
      Abstract: http://dx.doi.org/10.5007/2175-7941.2016v33n3p822Investigamos o uso intencional de signos científicos por parte de estudantes universitários no laboratório didático de física analisando a resolução de tarefas simples de tratamento estatístico de dados num experimento hipotético de mecânica por meio de um levantamento discursivo. Interpretamos nossos resultados com base na Teoria Histórico-Cultural de Vigotski, descrevendo a forma com que estímulos externos auxiliares podem alterar o comportamento do indivíduo ao relatar, comparar, e reunir dados experimentais. Nossa abordagem naturalmente permite delinear como os signos associados às medições experimentais são gradualmente incorporados pelos indivíduos ao longo da instrução formal no ensino superior.
      PubDate: 2016-12-15
      Issue No: Vol. 33, No. 3 (2016)
       
  • Ensino interativo na abordagem de Eletricidade numa escola portuguesa

    • Authors: Maria José Quintas, Paulo Simeão Carvalho
      Pages: 839 - 860
      Abstract: http://dx.doi.org/10.5007/2175-7941.2016v33n3p839A exploração de materiais didáticos interactivos é vista como potenciadora de uma melhor aprendizagem da Física. Neste trabalho apresentam-se alguns resultados obtidos da realização de atividades práticas de laboratório (APL) e exploração de ferramentas baseadas em recursos educativos digitais (RED), na abordagem de Eletricidade em algumas escolas portuguesas. Nesta investigação, os alunos foram divididos em Grupo Experimental (GE) e Grupo de Controlo (GC). Na recolha dos dados foram usadas fichas, relatórios de aula, inquéritos e entrevistas. Os resultados apontam para uma melhor aprendizagem dos alunos do GE, validando assim as hipóteses de qualidade e de continuidade desta prática de ensino e aprendizagem nas escolas. Este trabalho mostra também que quer a utilização pelos alunos dos materiais interativos quer a formação dos professores na exploração desses materiais, são necessárias para promover uma aprendizagem colaborativa.
      PubDate: 2016-12-15
      Issue No: Vol. 33, No. 3 (2016)
       
  • Termomagnetismo ou termoeletricidade? Um estudo do trabalho de Thomas
           Johan Seebeck

    • Authors: Éwerton Jefferson Barbosa Ferreira, Ana Paula Bispo Silva
      Pages: 861 - 878
      Abstract: http://dx.doi.org/10.5007/2175-7941.2016v33n3p861O efeito Seebeck é aquele presente nos termopares para medição de temperaturas a longas distâncias. Ele envolve a relação entre a eletricidade e a diferença de temperatura entre dois metais. Neste trabalho apresentamos a análise e tradução de partes do trabalho de Thomas Johan Seebeck em que o fenômeno é estudado. A análise mostrou que há diferenças consideráveis entre o trabalho original e o efeito como entendemos hoje.
      PubDate: 2016-12-15
      Issue No: Vol. 33, No. 3 (2016)
       
  • Detecção de ondas gravitacionais

    • Authors: José Maria Filardo Bassalo, M. Cattani
      Pages: 879 - 895
      Abstract: http://dx.doi.org/10.5007/2175-7941.2016v33n3p879Em 11 de fevereiro de 2016, por ocasião de uma Conferência realizada na National Science Foundation (NSF), em Washington, D.C., o físico norte-americano David Reitze, Diretor Executivo do Laser Interferometer Gravitacional-Wave Observatory (LIGO) anunciou que haviam sido observadas em 14 de setembro de 2015 Ondas Gravitacionais (OG). Esse evento foi denominado GW150914. Uma segunda observação de OG foi feita também pelo LIGO em 26 de dezembro de 2015 denominado de GW151226. Os sinais detectados nesses eventos são similares e foram gerados pela coalescência (fusão) de um sistema binário formado pois dois Buracos-Negros (BN). As fontes de OG estariam localizados, respectivamente, a distâncias de ~ 410 Mpc e de ~ 440 Mpc da Terra. Para entendermos o significado desses extraordinários eventos, faremos um breve resumo histórico sobre as OG e os BN. 
      PubDate: 2016-12-15
      Issue No: Vol. 33, No. 3 (2016)
       
  • Física em Ação através de Tirinhas e Histórias em
           Quadrinhos

    • Authors: Moisés Lobo D’Almada Alves Pereira, Laudileni Olenka, Paloma Emanuelle Duarte Fernandes Oliveira
      Pages: 896 - 926
      Abstract: http://dx.doi.org/10.5007/2175-7941.2016v33n3p896 Este artigo trata de uma experiência didática, como proposta do PIBID de Física, de Porto Velho/RO, realizada numa Escola Pública da rede estadual de ensino, para alunos do 1º Ano do Ensino Médio. Neste trabalho analisa-se a viabilidade de se ensinar Física com base numa sequência didática alicerçada na aplicação diversificada de tirinhas e inspirada nos ideais construtivistas, com foco na participação do aluno, objetivando-se a Aprendizagem Significativa. As tirinhas foram usadas como organizadores prévios, como instigadoras do raciocínio e da criatividade em algumas etapas. Também são aproveitadas para se promover a diferenciação progressiva e a reconciliação integradora. A avaliação da metodologia revelou satisfação dos alunos com as atividades, bem como mostrou um maior desempenho em relação às outras turmas que não participaram deste projeto. A atividade culminou na produção de tirinhas por parte dos próprios alunos, reunidos em grupos, para facilitar uma possível troca de conhecimentos e experiências. Os resultados mostraram que é possível tirar proveito do uso das tirinhas e Histórias em Quadrinhos (HQs) nas aulas de ciências, pois são estratégias que permitem um planejamento de aula capaz de envolver os alunos, facilitando um ensino que leve à aprendizagem eficaz, por servir de ponte entre a realidade do aluno e os conceitos científicos ensinados. 
      PubDate: 2016-12-15
      Issue No: Vol. 33, No. 3 (2016)
       
  • Olimpíada Brasileira de Física das escolas públicas: uma análise dos
           conteúdos e da evolução do exame em todas suas edições

    • Authors: João Paulo Casaro Erthal, Matheus de Oliveira Louzada
      Pages: 927 - 942
      Abstract: http://dx.doi.org/10.5007/2175-7941.2016v33n3p927Em nosso país, projetos estão surgindo com o objetivo de estimular e despertar o interesse dos estudantes por distintas áreas do conhecimento e, alguns deles, têm tomado grandes proporções, atingindo a esfera nacional. Um bom exemplo desses projetos são as olimpíadas escolares. Neste artigo iremos discorrer sobre a Olimpíada Brasileira de Física das Escolas Públicas (OBFEP) e apresentar uma análise e caracterização das questões dessas provas, evidenciando os conteúdos mais abordados em todas as edições do exame. Os resultados mostram que, em todos os níveis, o conteúdo mais evidenciado nas questões da OBFEP foi mecânica e que em suas resoluções, a utilização de cálculos matemáticos era mais necessária do que o conhecimento de conceitos físicos. Além disso, percebermos a evolução no perfil das provas, que em sua primeira edição estava menos contextualizada e estruturada ao redor de um tema quando comparada aos anos posteriores.
      PubDate: 2016-12-15
      Issue No: Vol. 33, No. 3 (2016)
       
  • Einstein e a Relatividade entram em cena: diálogos sobre o teatro na
           escola e um ensino de física criativo

    • Authors: Letícia Maria Oliveira, Maria Letícia Gomes
      Pages: 943 - 961
      Abstract: http://dx.doi.org/10.5007/2175-7941.2016v33n3p943Nesse trabalho, buscou-se inovar a maneira de apresentar a Física aos alunos, incluindo nessa inovação: como ela aconteceu, o que proporcionou e a forma de apresentá-la aos leitores. Para tanto foi escolhido o teatro, sob a ótica do qual o conhecimento científico pode ser representado sem o rigor que o engessa, ao mesmo tempo em que a arte de encenar contagia e provoca reflexões no ator e no espectador. O produto gerado a partir desse trabalho foi a formação de um grupo de teatro científico em uma escola de Brejo Santo, no interior do Ceará, com a encenação de peças teatrais e a elaboração de um site. Os personagens “Ensino Tradicional” e “Física Nova” são os protagonistas dessa história e nos mostrarão em seus diálogos, como é difícil, porém possível, semear nas escolas, possibilidades de um ensino atrativo e divertido. Entre os resultados, foram percebidas positivas mudanças no grupo, como a postura do aluno em sala de aula, além de receptividade e respeito entre os colegas e com o professor. Além de começarem a enxergar a Física de outra maneira, deixando-os mais motivados a aprender essa ciência. Nesse sentido, diante do quadro atual da educação brasileira, o objetivo do trabalho concentrou-se na necessidade do docente atuar de forma diferenciada, através de estratégias e novas metodologias. Logo, a prática teatral, mais especificamente, o teatro científico, pode ser uma ferramenta de grande potencial didático na prática didático-pedagógica dos professores, contribuindo, assim, no processo de ensino e aprendizagem de Física. 
      PubDate: 2016-12-15
      Issue No: Vol. 33, No. 3 (2016)
       
  • Aprendizagem Baseada em Equipes (Team-Based Learning): um método ativo
           para o Ensino de Física

    • Authors: Tobias Espinosa de Oliveira, Ives Solano Araujo, Eliane Angela Veit
      Pages: 962 - 986
      Abstract: http://dx.doi.org/10.5007/2175-7941.2016v33n3p962 O método tradicional de ensino, caracterizado basicamente por aulas expositivas centradas no professor e pela resolução de longas listas de exercícios como atividade de fixação dos conteúdos, é ainda presente em grande parte das aulas de Física em nível médio e superior, apesar de sua baixa eficiência. O uso de tal método é um dos fatores que pode contribuir para agravar os altos índices de reprovação, abandono e desmotivação do aluno, o que denota a importância de repensarmos sua prática. Diversos métodos ativos de ensino têm mostrado resultados positivos, principalmente, no que diz respeito à aprendizagem de conteúdos e a construção de habilidades, contudo ainda mostram-se pouco conhecidos pelos professores de Física brasileiros. O propósito deste artigo é apresentar um destes métodos, o Team-Based Learning (TBL), ou Aprendizagem Baseada em Equipes, que vem sendo empregado com sucesso em cursos da área de Ciências da Saúde e Administração em universidades norte americanas, mas ainda pouco difundido no ensino de Ciências Naturais. O TBL busca melhorar os resultados de aprendizagem e desenvolver habilidades de trabalho colaborativo através de atividades de preparação prévia, resolução de problemas (individualmente e em pequenos grupos), entre outras estratégias. No presente artigo, descrevemos em detalhe o método e apresentamos os principais resultados da escassa literatura de seu emprego no ensino de Física.
      PubDate: 2016-12-15
      Issue No: Vol. 33, No. 3 (2016)
       
  • Atividades experimentais e simulações computacionais: integração para
           a construção de conceitos de transferência de energia térmica no
           Ensino Médio

    • Authors: Fernanda Teresa Moro, Italo Gabriel Neide, Márcia Jussara Hepp Rehfeldt
      Pages: 987 - 1008
      Abstract: http://dx.doi.org/10.5007/2175-7941.2016v33n3p987 Este trabalho resulta de uma pesquisa qualitativa que foi desenvolvida com estudantes do 2º ano do Ensino Médio de uma escola particular do município de Erechim, Rio Grande do Sul. A pesquisa buscou investigar as implicações do uso de simulações vinculadas às atividades experimentais na aprendizagem significativa dos estudantes no tópico transferência de energia térmica. Para as atividades experimentais e as simulações computacionais foram planejadas atividades para desenvolver o senso crítico do aluno frente aos experimentos. Os dados analisados apontaram que: a) os estudantes evidenciaram, no questionário semiestruturado dos conhecimentos prévios, antes da intervenção pedagógica, a falta de alguns subsunçores relacionados aos conceitos de propagação da energia térmica, pois não diferenciavam calor e temperatura, o que para muitos significavam sinônimos; b) o material elaborado e proposto nesta prática mostrou ser potencialmente significativo, pois contribuiu para que houvesse modificação, enriquecimento e elaboração de subsunçores presentes nas estruturas cognitivas de alguns alunos, possibilitando a relação entre o conteúdo e fenômenos que muitas vezes são observados no cotidiano, bem como a diferenciação entre as três formas de transferência de energia térmica e, a existência concomitante delas; c) os estudantes, diante da proposta apresentada, estavam motivados e predispostos para trabalhar com as atividades experimentais e as simulações, realizando estas com entusiasmo e demonstrando interesse, favorecendo a ocorrência da aprendizagem significativa; d) a elaboração dos mapas conceituais e sua apresentação (ao término das atividades propostas) evidenciaram alterações nos subsunçores dos estudantes, bem como apontaram que as atividades experimentais vinculadas às simulações computacionais podem ser uma ferramenta para auxiliar na aprendizagem de alguns conceitos de transferência de energia térmica. Ao final da pesquisa, foi disponibilizado um produto educacional para auxiliar outros professores em suas práticas pedagógicas.
      PubDate: 2016-12-15
      Issue No: Vol. 33, No. 3 (2016)
       
  • Astronomia nos anos iniciais do Ensino Fundamental: uma parceria entre
           universidade e escola

    • Authors: Alexandre Barai, João Teles de Carvalho Neto, Douglas Garrido, Gustavo Ityanagui, Matheus Navi
      Pages: 1009 - 1025
      Abstract: http://dx.doi.org/10.5007/2175-7941.2016v33n3p1009 Este trabalho descreve a experiência de interação e parceria entre uma escola e um dos campi da Universidade Federal de São Carlos (UFSCar), ambos localizados em Araras-SP, com o objetivo de ensinar e divulgar conhecimentos de astronomia e astronáutica entre alunos dos cinco primeiros anos do Ensino Fundamental. Esta iniciativa utilizou-se da Olimpíada Brasileira de Astronomia e Astronáutica como evento motivador para a exploração do tema. As ações foram divididas em duas frentes: um curso de aperfeiçoamento para professores da escola realizado por professores da universidade e palestras ministradas para os alunos por estudantes da UFSCar sob orientação dos professores da universidade e dos coordenadores da escola. Dos resultados observados, constatamos a importância do estreitamento da distância escola-universidade, promovendo ações de aprendizagem para ambos e ajudando a elevar o nível de ensino desde o infantil ao superior.
      PubDate: 2016-12-15
      Issue No: Vol. 33, No. 3 (2016)
       
  • Proposta de construção de espectroscópio como alternativa
           para o ensino de Astronomia

    • Authors: Lucas Guimarães Barros, Alice Assis, Rodolfo Langhi
      Pages: 1026 - 1046
      Abstract: http://dx.doi.org/10.5007/2175-7941.2016v33n3p1026Este trabalho apresenta uma proposta para o ensino de Astronomia em sala de aula, por meio da construção de espectroscópio simples e de baixo custo, a ser construído e utilizado pelos estudantes para demonstração do espectro eletromagnético de diferentes fontes luminosas. Dentre as inúmeras possibilidades de uso do espectroscópio para o ensino de diversos temas pertinentes à Física, Astronomia e Química, destaca-se o ensino de conceitos relativos à espectroscopia. Apresenta-se fundamentação teórica sobre ensino de física e astronomia, bem como a inserção de atividades experimentais para o ensino dessas duas ciências, e o uso de materiais de baixo custo como alternativa para o ensino laboratorial. Em seguida, discute-se a técnica da espectroscopia, os fundamentos físicos que a constituem e as aplicações da mesma. Por fim, descreve-se a montagem do instrumento, sua utilização em sala de aula e sugestões de uso e abordagem oferecidas ao professor.
      PubDate: 2016-12-15
      Issue No: Vol. 33, No. 3 (2016)
       
  • A gênese do Inferno e do Purgatório na Divina Comédia de Dante: uma
           ponte possível entre Física e Literatura

    • Authors: Elso Drigo Filho, Maurizio Babini
      Pages: 1047 - 1063
      Abstract: http://dx.doi.org/10.5007/2175-7941.2016v33n3p1047Nas primeiras décadas de 1300, o escritor florentino Dante Alighieri compõe a Divina Comédia, uma viagem ao além, em que o autor descreve, baseando-se nas teorias cosmológicas, filosóficas e teológicas do seu tempo, o Inferno, o Purgatório e o Paraíso. A cratera do Inferno e a montanha do Purgatório teriam sido formadas pela queda de Lúcifer na Terra, após sua rebelião contra Deus. A ideia central desse texto é motivar a aprendizagem através de cálculos de grandezas físicas tendo como pano de fundo a cosmogonia da Idade Média. Nesse sentido, são estimadas, levando em conta as hipóteses formuladas, a velocidade de queda e a massa de Lúcifer. Espera-se que este trabalho possa contribuir para estreitar as relações entre Física e Literatura.
      PubDate: 2016-12-15
      Issue No: Vol. 33, No. 3 (2016)
       
  • Aparato educacional para estudo da queda livre com análise do
           movimento

    • Authors: Denicezar Ângelo Baldo, José Luiz Antunes de Almeida, José Martins de Oliveira Jr., Norberto Aranha, Waldemar Bonventi Jr.
      Pages: 1064 - 1078
      Abstract: http://dx.doi.org/10.5007/2175-7941.2016v33n3p1064Este artigo apresenta um projeto experimental para a medição eletrônica da queda de objetos em queda livre para fins educacionais. O aparelho é constituído por um tubo de PVC, dentro das quais os objetos são abandonados. Sensores de movimento foram colocados no interior do tubo, a distâncias regulares. Objetos passando por eles disparam um sinal, que é coletado, processado pela plataforma Arduino e enviado via porta serial para um módulo XBEE. Este envia dados remotamente para outro módulo XBEE conectado a uma porta USB do computador, onde um programa calcula a aceleração do movimento e serve como interface do usuário. Uma solução original foi concebida para evitar a interferência entre os sensores. Como estudo de caso, as medidas da aceleração gravitacional foram feitas com objetos de diferentes geometrias. Foram utilizados os modelos sem e com resistência do ar e obtido o coeficiente de arrasto.
      PubDate: 2016-12-15
      Issue No: Vol. 33, No. 3 (2016)
       
  • Velocidade, taxa de captura de quadros e tipo de lente como limitantes
           experimentais para o uso de fotografias estroboscópicas digitais

    • Authors: João Matheus Mendes, Lucas Anedino de Souza, Rafael João Ribeiro, Luiz Diego Marestoni
      Pages: 1079 - 1093
      Abstract: http://dx.doi.org/10.5007/2175-7941.2016v33n3p1079O uso de imagens estroboscópicas é antigo e sua aplicabilidade no ensino de física se torna cada vez mais útil com o desenvolvimento de novos aplicativos e softwares. Imagens estroboscópicas digitais se apresentam como promissoras em diversas áreas da ciência, em especial para o ensino de cinemática, pois são baratas e simples. No entanto, estes experimentos têm suas limitações, tais como, contraste com o fundo, iluminação, taxa de frames da câmera, velocidade do corpo e distorção das imagens pelas lentes. No presente artigo demonstra-se quantitativamente e qualitativamente algumas limitações desta técnica a fim de ajudar no planejamento de experimentos.
      PubDate: 2016-12-15
      Issue No: Vol. 33, No. 3 (2016)
       
  • Usando as tecnologias da informação no ensino de Física: o
           blog da Lua

    • Authors: Antonio Augusto Soares, Renato Rodrigues Medina, Ariovaldo Carboni, Farley William Costa
      Pages: 1094 - 1114
      Abstract: http://dx.doi.org/10.5007/2175-7941.2016v33n3p1094Os recursos tecnológicos dos quais dispomos em nosso dia a dia exigem que repensemos nossas atuações enquanto professores e trabalhemos no sentido de fazer bom uso desses recursos em nossas atividades profissionais, isto é, na docência. Isso se mostra ainda mais marcante quando nos referimos ao ensino da física, principal responsável pelas bases e desenvolvimento de tais recursos. Neste trabalho apresentamos os resultados de um estudo de caso onde construímos e utilizamos um blog, com conteúdos relacionados à Lua, junto a diferentes turmas do ensino médio regular. Partindo de uma análise qualitativa das observações feitas pelos professores das turmas e de um teste aplicado aos estudantes, concluímos que o uso dessa ferramenta leva a um maior protagonismo por parte dos estudantes no estudo do tema aqui abordado, contribuindo no processo ensino-aprendizagem de tópicos sobre a Lua e suas propriedades físicas.
      PubDate: 2016-12-15
      Issue No: Vol. 33, No. 3 (2016)
       
  • Experimentos virtuais no estágio supervisionado de Física

    • Authors: Ivanderson Pereira da Silva, Emanuelly Torres Nunes, Luis Paulo Leopoldo Mercado
      Pages: 1115 - 1144
      Abstract: http://dx.doi.org/10.5007/2175-7941.2016v33n3p1115Esse estudo investiga as contribuições dos experimentos virtuais para a formação de professores de Física. Teve por objetivos explorar as potencialidades didáticas dos experimentos virtuais a partir do componente curricular estágio supervisionado e analisar as contribuições desses recursos para a formação inicial de professores de Física. Trata-se de uma pesquisa de natureza qualitativa que se deu a partir da análise da experiência de exploração dos experimentos virtuais, na qual foram utilizados como técnica de coleta de dados a observação direta, os diários de campo e a gravação, em áudio, de um grupo focal realizado com os estagiários. Os dados coletados foram transcritos e submetidos à Análise Textual Discursiva que favoreceu sua categorização e interpretação. Como resultado desses movimentos, constatou-se que os modelos empirista e apriorista são muito persistentes no ideário pedagógico dos sujeitos da docência em Física, mesmo entre aqueles que estão em processo de formação inicial. Verificamos que mesmo reconhecendo o modelo construtivista como uma abordagem ideal para o trabalho com experimentos virtuais, as condições objetivas do trabalho docente e o ideário pedagógico desses professores em formação, determinaram que as práticas pedagógicas com experimentos virtuais se concentrem em torno de demonstrações cujas principais funções são despertar a curiosidade dos alunos, motivá-los, contextualizar o conteúdo abordado e ilustrar fenômenos que foram anteriormente expostos pelo professor. Observou-se também que o moderador desempenha um papel central na problematização. Em razão dessa abordagem, embora em face das limitações impostas pela precariedade do sistema público de Educação, os sujeitos puderam ampliar suas concepções acerca da ciência e de seu desenvolvimento.
      PubDate: 2016-12-15
      Issue No: Vol. 33, No. 3 (2016)
       
  • O livro paradidático no ensino de Física: uma análise fabular,
           científica e metafórica da obra Alice no País do Quantum: A Física
           Quântica ao alcance de todos

    • Authors: Aguinaldo Robinson de Souza, Laura Aparecida dos Santos Neves
      Pages: 1145 - 1160
      Abstract: http://dx.doi.org/10.5007/2175-7941.2016v33n3p1145Neste artigo apresentamos uma análise fabular, científica e metafórica da obra Alice no País do Quantum: A Física Quântica ao alcance de todos. O objetivo é apresentar, através da análise, subsídios que contemplem ao professor de escolas de Ensino Médio, como um livro paradidático pode ser utilizado em sala de aula para o ensino de conceitos de Física Quântica. O tema, apesar de complexo, é passível de ser desenvolvido numa perspectiva analógica e metafórica, dentro do nível fabular, científico, temporal e espacial. O livro paradidático deve ser considerado como um material de suporte ao livro didático complementando as atividades que propiciem o desenvolvimento do entendimento de conceitos não contemplados numa abordagem de senso comum.

      PubDate: 2016-12-15
      Issue No: Vol. 33, No. 3 (2016)
       
  • Resenha do livro “Aulas de Marie Curie: anotadas por Isabelle
           Chavannes em 1907”

    • Authors: Graziela Ferreira de Souza
      Pages: 1161 - 1165
      Abstract: http://dx.doi.org/10.5007/2175-7941.2016v33n3p1161 Resenha do livro “Aulas de Marie Curie: anotadas por Isabelle Chavannes em 1907”Edusp: Editora da Universidade de São Paulo, São Paulo, 2007, 1. ed. 136p.ISBN: 978-85-314-1003-1
      PubDate: 2016-12-15
      Issue No: Vol. 33, No. 3 (2016)
       
  • Pareceristas do v. 33

    • Authors: Sônia S. Peduzzi
      Pages: 1166 - 1171
      Abstract: http://dx.doi.org/10.5007/2175-7941.2016v33n3p1166 Pareceristas dos n. 1, n. 2 e n. 3 do volume 33
      PubDate: 2016-12-15
      Issue No: Vol. 33, No. 3 (2016)
       
 
 
JournalTOCs
School of Mathematical and Computer Sciences
Heriot-Watt University
Edinburgh, EH14 4AS, UK
Email: journaltocs@hw.ac.uk
Tel: +00 44 (0)131 4513762
Fax: +00 44 (0)131 4513327
 
Home (Search)
Subjects A-Z
Publishers A-Z
Customise
APIs
Your IP address: 107.22.30.231
 
About JournalTOCs
API
Help
News (blog, publications)
JournalTOCs on Twitter   JournalTOCs on Facebook

JournalTOCs © 2009-2016