for Journals by Title or ISSN
for Articles by Keywords
help
  Subjects -> LAW (Total: 1247 journals)
    - CIVIL LAW (37 journals)
    - CONSTITUTIONAL LAW (44 journals)
    - CORPORATE LAW (82 journals)
    - CRIMINAL LAW (20 journals)
    - CRIMINOLOGY AND LAW ENFORCEMENT (139 journals)
    - FAMILY AND MATRIMONIAL LAW (21 journals)
    - INTERNATIONAL LAW (163 journals)
    - JUDICIAL SYSTEMS (22 journals)
    - LAW (712 journals)
    - LAW: GENERAL (7 journals)

LAW (712 journals)                  1 2 3 4 | Last

Showing 1 - 200 of 354 Journals sorted alphabetically
ABA Journal Magazine     Full-text available via subscription   (Followers: 20)
Acta Juridica     Full-text available via subscription   (Followers: 9)
Acta Politica     Hybrid Journal   (Followers: 13)
Acta Universitatis Danubius. Juridica     Open Access  
Actualidad Jurídica Ambiental     Open Access   (Followers: 1)
Adelaide Law Review     Full-text available via subscription   (Followers: 20)
Administrative Law Review     Open Access   (Followers: 39)
Aegean Review of the Law of the Sea and Maritime Law     Hybrid Journal   (Followers: 7)
African Journal of Legal Studies     Hybrid Journal   (Followers: 6)
African Journal on Conflict Resolution     Open Access   (Followers: 15)
Afrilex     Open Access   (Followers: 4)
Air and Space Law     Full-text available via subscription   (Followers: 20)
Akron Law Review     Open Access   (Followers: 4)
Alaska Law Review     Open Access   (Followers: 10)
Albany Law Review     Free   (Followers: 6)
Alberta Law Review     Full-text available via subscription   (Followers: 15)
Alternative Law Journal     Hybrid Journal   (Followers: 3)
Alternatives : Global, Local, Political     Hybrid Journal   (Followers: 16)
Amazon's Research and Environmental Law     Open Access   (Followers: 2)
American Journal of Comparative Law     Full-text available via subscription   (Followers: 56)
American Journal of Jurisprudence     Hybrid Journal   (Followers: 16)
American Journal of Law & Medicine     Full-text available via subscription   (Followers: 12)
American Journal of Legal History     Full-text available via subscription   (Followers: 6)
American Journal of Trial Advocacy     Full-text available via subscription   (Followers: 8)
American University Law Review     Open Access   (Followers: 16)
American University National Security Law Brief     Open Access   (Followers: 8)
Amicus Curiae     Open Access   (Followers: 5)
Amsterdam Law Forum     Open Access   (Followers: 9)
Anales de la Cátedra Francisco Suárez     Open Access  
Annales Canonici     Open Access  
Annual Survey of South African Law     Full-text available via subscription   (Followers: 5)
Anuario da Facultade de Dereito da Universidade da Coruña     Open Access  
Anuario de Psicología Jurídica     Open Access   (Followers: 1)
ANZSLA Commentator, The     Full-text available via subscription   (Followers: 4)
Appeal : Review of Current Law and Law Reform     Open Access   (Followers: 1)
Arbitration Law Monthly     Full-text available via subscription   (Followers: 2)
Arbitration Law Reports and Review     Hybrid Journal   (Followers: 13)
Arctic Review on Law and Politics     Open Access   (Followers: 1)
Arena Hukum     Open Access  
Argumenta Journal Law     Open Access   (Followers: 1)
Arizona Law Review     Open Access   (Followers: 4)
Arizona State Law Journal     Free   (Followers: 2)
Arkansas Law Review     Free   (Followers: 6)
Ars Aequi Maandblad     Full-text available via subscription   (Followers: 2)
Art + Law     Full-text available via subscription   (Followers: 11)
Article 40     Open Access   (Followers: 2)
Artificial Intelligence and Law     Hybrid Journal   (Followers: 10)
Asian American Law Journal     Open Access   (Followers: 3)
Asian Journal of Legal Education     Full-text available via subscription   (Followers: 5)
Asian Pacific American Law Journal     Open Access   (Followers: 2)
AStA Wirtschafts- und Sozialstatistisches Archiv     Hybrid Journal   (Followers: 5)
Asy-Syir'ah : Jurnal Ilmu Syari'ah dan Hukum     Open Access  
Australasian Law Management Journal     Full-text available via subscription   (Followers: 7)
Australian and New Zealand Sports Law Journal     Full-text available via subscription   (Followers: 8)
Australian Feminist Law Journal     Hybrid Journal   (Followers: 10)
Australian Indigenous Law Review     Full-text available via subscription   (Followers: 17)
Australian Journal of Legal History     Full-text available via subscription   (Followers: 18)
Ave Maria Law Review     Free   (Followers: 3)
Badamai Law Journal     Open Access  
Ballot     Open Access  
Baltic Journal of Law & Politics     Open Access   (Followers: 7)
Bar News: The Journal of the NSW Bar Association     Full-text available via subscription   (Followers: 5)
Behavioral Sciences & the Law     Hybrid Journal   (Followers: 24)
Beijing Law Review     Open Access   (Followers: 7)
Berkeley Journal of Entertainment and Sports Law     Open Access   (Followers: 6)
Berkeley Technology Law Journal     Free   (Followers: 11)
Bioethics Research Notes     Full-text available via subscription   (Followers: 14)
Bond Law Review     Open Access   (Followers: 18)
Boston College Environmental Affairs Law Review     Open Access   (Followers: 7)
Boston College Journal of Law & Social Justice     Open Access   (Followers: 10)
Boston College Law Review     Open Access   (Followers: 18)
Boston University Law Review     Free   (Followers: 11)
BRICS Law Journal     Open Access  
Brigham Young University Journal of Public Law     Open Access   (Followers: 8)
Brigham Young University Law Review     Full-text available via subscription   (Followers: 8)
British Journal of American Legal Studies     Open Access  
Brooklyn Law Review     Open Access   (Followers: 2)
Bulletin of Legal Medicine     Open Access  
Bulletin of Medieval Canon Law     Full-text available via subscription   (Followers: 3)
C@hiers du CRHIDI     Open Access  
Cadernos de Dereito Actual     Open Access   (Followers: 1)
Cadernos do Programa de Pós-Graduação em Direito - PPGDir./UFRGS     Open Access   (Followers: 1)
Cadernos Ibero-Americanos de Direito Sanitário     Open Access  
Cahiers, Droit, Sciences et Technologies     Open Access  
California Law Review     Open Access   (Followers: 20)
California Lawyer     Free  
California Western Law Review     Open Access   (Followers: 3)
Cambridge Law Journal     Hybrid Journal   (Followers: 143)
Campbell Law Review     Open Access   (Followers: 5)
Campus Legal Advisor     Hybrid Journal   (Followers: 2)
Case Western Reserve Law Review     Open Access   (Followers: 2)
Časopis pro právní vědu a praxi     Open Access  
Časopis zdravotnického práva a bioetiky     Open Access  
Catalyst : A Social Justice Forum     Open Access   (Followers: 10)
Catholic University Law Review     Open Access   (Followers: 3)
Chicago-Kent Law Review     Full-text available via subscription   (Followers: 4)
Chicana/o-Latina/o Law Review     Open Access   (Followers: 2)
China : An International Journal     Full-text available via subscription   (Followers: 16)
China-EU Law Journal     Hybrid Journal   (Followers: 4)
Chinese Journal of Comparative Law     Hybrid Journal   (Followers: 3)
Chinese Law & Government     Full-text available via subscription   (Followers: 6)
Cleveland State Law Review     Free   (Followers: 2)
College Athletics and The Law     Hybrid Journal   (Followers: 1)
Colombia Forense     Open Access  
Columbia Journal of Environmental Law     Free   (Followers: 9)
Columbia Journal of Law and Social Problems     Full-text available via subscription   (Followers: 15)
Columbia Law Review (Sidebar)     Open Access   (Followers: 15)
Commercial Law Quarterly: The Journal of the Commercial Law Association of Australia     Full-text available via subscription   (Followers: 5)
Comparative Law Review     Open Access   (Followers: 41)
Comparative Legal History     Full-text available via subscription   (Followers: 6)
Con-texto     Open Access  
Conflict Resolution Quarterly     Hybrid Journal   (Followers: 22)
Conflict Trends     Full-text available via subscription   (Followers: 8)
Cornell Law Review     Open Access   (Followers: 7)
Criterio Jurídico     Open Access  
Critical Analysis of Law : An International & Interdisciplinary Law Review     Open Access   (Followers: 2)
Cuadernos de Historia del Derecho     Open Access   (Followers: 6)
Cuestiones Juridicas     Open Access   (Followers: 1)
Current Legal Problems     Hybrid Journal   (Followers: 26)
Danube : The Journal of European Association Comenius - EACO     Open Access   (Followers: 2)
De Jure     Open Access   (Followers: 1)
De Rebus     Full-text available via subscription   (Followers: 1)
Deakin Law Review     Full-text available via subscription   (Followers: 14)
Defense Counsel Journal     Full-text available via subscription   (Followers: 1)
Democrazia e diritto     Full-text available via subscription   (Followers: 2)
Denning Law Journal     Full-text available via subscription   (Followers: 8)
DePaul Journal of Women, Gender and the Law     Open Access   (Followers: 2)
DePaul Law Review     Open Access   (Followers: 2)
Der Staat     Full-text available via subscription   (Followers: 13)
Derecho PUCP     Open Access   (Followers: 3)
Derecho y Ciencias Sociales     Open Access   (Followers: 1)
Die Verwaltung     Full-text available via subscription   (Followers: 10)
Dikaion     Open Access   (Followers: 1)
Dike     Open Access  
Direito e Desenvolvimento     Open Access   (Followers: 1)
Direito e Liberdade     Open Access  
Diritto penale contemporaneo     Free   (Followers: 2)
Diritto, immigrazione e cittadinanza     Open Access   (Followers: 4)
Dixi     Open Access  
Droit et Cultures     Open Access   (Followers: 6)
Droit et Médecine Bucco-Dentaire     Full-text available via subscription   (Followers: 1)
Droit, Déontologie & Soin     Full-text available via subscription   (Followers: 2)
Drug Science, Policy and Law     Full-text available via subscription  
Duke Environmental Law & Policy Forum     Open Access   (Followers: 6)
Duke Forum for Law & Social Change     Open Access   (Followers: 8)
Duke Journal of Gender Law & Policy     Open Access   (Followers: 15)
Duke Law & Technology Review     Open Access   (Followers: 10)
Duke Law Journal     Open Access   (Followers: 26)
DULR Online     Open Access   (Followers: 1)
East Asia Law Review     Open Access   (Followers: 1)
ECI Interdisciplinary Journal for Legal and Social Policy     Open Access   (Followers: 2)
Ecology Law Quarterly     Free   (Followers: 3)
Edinburgh Law Review     Hybrid Journal   (Followers: 21)
Education and the Law     Hybrid Journal   (Followers: 11)
El Cotidiano     Open Access   (Followers: 1)
Election Law Journal     Hybrid Journal   (Followers: 23)
Energy Law Journal     Full-text available via subscription   (Followers: 4)
Environmental Justice     Hybrid Journal   (Followers: 10)
Environmental Law Review     Full-text available via subscription   (Followers: 22)
Environmental Policy and Law     Hybrid Journal   (Followers: 15)
ERA-Forum     Hybrid Journal   (Followers: 5)
Espaço Jurídico : Journal of Law     Open Access   (Followers: 1)
ESR Review : Economic and Social Rights in South Africa     Open Access   (Followers: 4)
Ethnopolitics     Hybrid Journal   (Followers: 4)
Ethos: Official Publication of the Law Society of the Australian Capital Territory     Full-text available via subscription   (Followers: 4)
EU agrarian Law     Open Access   (Followers: 3)
Europaisches Journal fur Minderheitenfragen     Hybrid Journal   (Followers: 2)
European Energy and Environmental Law Review     Full-text available via subscription   (Followers: 16)
European Journal for Education Law and Policy     Hybrid Journal   (Followers: 8)
European Journal of Comparative Law and Governance     Hybrid Journal   (Followers: 4)
European Journal of Law and Technology     Open Access   (Followers: 15)
European Journal of Psychology Applied to Legal Context     Open Access   (Followers: 5)
European Law Journal     Hybrid Journal   (Followers: 136)
European Public Law     Full-text available via subscription   (Followers: 33)
European Review of Contract Law     Hybrid Journal   (Followers: 21)
European Review of Private Law     Full-text available via subscription   (Followers: 29)
European Yearbook of Minority Issues Online     Hybrid Journal   (Followers: 3)
Evaluation Review     Hybrid Journal   (Followers: 12)
Evidence & Policy : A Journal of Research, Debate and Practice     Full-text available via subscription   (Followers: 9)
Faulkner Law Review     Full-text available via subscription   (Followers: 1)
Federal Communication Law Journal     Full-text available via subscription   (Followers: 1)
Federal Law Review     Full-text available via subscription   (Followers: 22)
Federal Probation     Full-text available via subscription   (Followers: 2)
Feminist Legal Studies     Hybrid Journal   (Followers: 16)
feminists@law     Open Access   (Followers: 4)
Fiat Justisia     Open Access  
First Amendment Studies     Hybrid Journal  
Florida Bar News     Free  
Florida Law Review     Open Access   (Followers: 4)
Florida State University Law Review     Open Access   (Followers: 4)
Fordham Environmental Law Review     Open Access   (Followers: 4)
Fordham Intellectual Property, Media and Entertainment Law Journal     Open Access   (Followers: 18)
Fordham Law Review     Open Access   (Followers: 13)
FORO. Revista de Ciencias Jurídicas y Sociales, Nueva Época     Open Access   (Followers: 2)
Fundamina : A Journal of Legal History     Open Access   (Followers: 7)
Geoforum     Hybrid Journal   (Followers: 23)
George Washington Law Review     Free   (Followers: 8)
Georgia Law Review     Open Access   (Followers: 2)
Georgia State University Law Review     Open Access   (Followers: 2)
Global Journal of Comparative Law     Hybrid Journal   (Followers: 2)

        1 2 3 4 | Last

Journal Cover Ballot
  [0 followers]  Follow
    
  This is an Open Access Journal Open Access journal
   ISSN (Online) 2448-2277
   Published by Universidade do Estado do Rio de Janeiro Homepage  [34 journals]
  • Two faces of internal life of political parties in Western Balkans

    • Authors: Gordana Siljanovska-Davkova
      Abstract: O aprimoramento da democracia interna partidária e o desenvolvimento de estruturas organizacionais democráticas dos partidos são tópicos de grande relevância nas democracias em consolidação dos Balcãs Ocidentais. O grau de democracia partidária interna depende dos seguintes fatores: compartilhamento de poder vertical; o papel e o status individual dos filiados; o papel do líder e da liderança partidária; a forma de eleição dos funcionários públicos; estruturas horizontais e a relação do partido com seus apoiadores e sociedade civil. Explorar-se-á tanto as razões e obstáculos mais óbvios para o desenvolvimento de uma vida partidária democrática quanto aqueles mais velados. Primeiramente, será feita uma análise da legislação pertinente à organização partidária e democracia interna dos partidos. Depois, uma tentativa de diferenciar o modelo de organização partidária através de suas três facetas: a base do partido, a gestão interna do partido, o partido no exercício de cargos públicos2. Ao final, serão tomadas conclusões e dadas recomendações para mudanças necessárias à democratização interna dos partidos. A democracia partidária interna, assim como o deus romano Jano, possui duas faces: uma oligárquica e autoritária e outra poliárquica e democrática. A primeira predomina em relação à segunda. Pior, as tendências oligárquicas dentro da vida partidária interna são regularmente transferidas para instituições, infectando-as com partidocracia.
      PubDate: 2016-04-01
      Issue No: Vol. 2 (2016)
       
  • Regulating nominations in political parties: Candidates, open primaries
           and Law

    • Authors: Miguel Pérez-Moneo
      Abstract: A nomeação de candidatos é tópico central de qualquer ordem democrática. Partidos políticos requerem um processo de nomeação eficiente que deve alcançar três objetivos: 1) determinar de forma clara um vencedor, 2) promover um político capaz e 3) impedir os efeitos negativos da competição interna. Para regular esse processo os interesses de todos os agentes envolvidos devem ser postos em equilíbrio. Especialmente os interesses dos filiados, que almejam exercer algum controle sobre o processo e o candidato escolhido; o interesse do partido enquanto organização, que almeja selecionar um candidato competitivo; o interesse do pré-candidato, que almeja saber de antemão os aspectos procedimentais da nomeação; e, finalmente, o interesse do eleitorado, que almeja participar na elaboração das candidaturas (electoral ticket). Ao se levar em conta que em países como Espanha, Italia e França a nomeação é um processo não regulamentado, partidos políticos têm uma larga margem de autonomia ao regular esse processo. Analisando eleições primárias passadas (do Parti Socialiste francês e do Partito Democratico Italiano) e propostas de regulamentação (do partido espanhol PSOE), este trabalho objetiva estudar os aspectos básicos da regulamentação da nomeação de candidatos por partidos políticos. Dessa forma, o trabalho indicará quando deve ser conduzido o processo de nomeação, qual órgão partidário pode tomar a decisão e regular o processo, quem (e como) pode se candidatar, quem compõe a convenção partidária (selectorate), como a convenção expressa suas preferencias e como o processo é financiado. Os resultados obtidos determinarão os requerimentos internos que os partidos políticos impõem ao direito de se candidatar em um processo eleitoral formal, sublinhando seu importante papel na democracia representativa.
      PubDate: 2016-04-01
      Issue No: Vol. 2 (2016)
       
  • The new challenges against corruption: the response of the Brazilian
           Juridical System

    • Authors: Vicenzo Laruffa
      Abstract: Este trabalho irá discutir e avaliar crimes relacionados a corrupção, com atenção especial à legislação vigente em dois sistemas jurídicos geograficamente distantes entre si, mas legalmente similares. Estes sistemas estão atravessando grandes mudanças, passando por reformas realizadas por seus parlamentos nacionais. São eles os sistemas legais Italiano e brasileiro.Primeiramente, iremos discutir a questão da legislação anticorrupção na Itália, fazendo referencia à nova  Lei nº 69/2015, que reformula a estratégia de prevenção e repressão criminal do fenômeno da corrupção de crimes contra a administração pública. De fato, essa nova lei aumentou as penas e expandiu o número de pessoas processadas por responsabilidade criminal.Em seguida, há a necessidade de analisar a legislação vigente no Brasil, objeto de alterações recentes que cada vez mais se mostram como expressões de princípios constitucionais como os da “transparência da administração pública”, “responsabilidade política”, “eficiência e exercício do interesse público”. Outro fator importante no sistema brasileiro é o incremento das atividades de controle ao invés da prevenção político-criminal do crime de corrupção.Esses são os elementos a serem analisados que apontam as semelhanças e diferenças de dois sistemas legais muito diferentes, mas tendentes, futuramente, a uma provável aproximação no que diz respeito ao combate à corrupção.

      PubDate: 2016-04-01
      Issue No: Vol. 2 (2016)
       
  • Controle externo social funciona no Brasil? A importância da
           participação social no controle das contas públicas através da Lei da
           Transparência

    • Authors: Stenio De  Freitas Barretto
      Abstract: resumo
      PubDate: 2016-04-01
      Issue No: Vol. 2 (2016)
       
  • O advento do Constitucionalismo na China

    • Authors: Egas Moniz Bandeira
      Abstract: No século XIX e no início do século XX, o constitucionalismo era uma tendência mundial, não só na Europa e nas Américas, como também na Ásia: O Japão outorgou uma constituição em 1889/90, a Coréia, em 1899, e a Pérsia, em 1906. O governo chinês anunciou a sua intenção de outorgar uma constituição em 1906, mas a dinastia imperial foi forçada a abdicar em 1912 sem haver promulgado uma carta constitucional definitiva.O presente artigo apresenta essa primeira tentativa de introdução do constitucionalismo na China como reação a fatores internos e externos. Ao mesmo tempo que a constituição era uma nova forma de legitimar-se internamente, ela trazia vantagens no cenário internacional. A experiência chinesa mostra que, mesmo que superficial, ter uma forma constitucional de governo estava a tornar-se um dos elementos definidores do Estado na ordem mundial emergente.
      PubDate: 2016-04-01
      Issue No: Vol. 2 (2016)
       
  • A independência do poder judicial em Moçambique versus morosidade e
           incerteza das decisões judiciais

    • Authors: Antônio Costa David Ucama
      Abstract: O presente artigo discute uma das vertentes consequenciais do Estado de Direito enquanto princípio constitucional vigente em Moçambique. O autor parte do princípio de que, num Estado de Direito, vigora a independência do poder judicial, em consequência da separação de poderes. Prosseguindo, o autor não admite, com base nesses pressupostos, que a justiça seja morosa, nem que abundem focos de incerteza da justiça. Em incerteza (ou mesmo insegurança) da justiça, ele refere-se aos desesperados resultados das decisões judiciais (setenças dos juízes) que, em Moçambique, justificando-se com base na independência do poder judicial (ou do juiz), aparecem desarticuladas com a lei. E, nesses casos, mesmo quando prejudicam cidadãos, estes, ou não reclamam (por não saberem) ou reclamam e nada é feito ao magistrado, como sanção da sua má acção.O autor defende que num Estado de Direito, como Moçambique, deve haver justiça e isso passa necessariamente, pela existência de um poder judicial que seja fiscalizado e impulsionado a trabalhar duro. É isso que significa poder judicial forte.

      PubDate: 2016-04-01
      Issue No: Vol. 2 (2016)
       
  • O controle do Poder Religioso no processo eleitoral, à luz dos
           princípios constitucionais vigentes, como garantia do Estado Democrático
           de Direito

    • Authors: Amilton Augusto
      Abstract: O presente artigo busca realizar uma análise minuciosa acerca da influência da Religião no cenário político, como causa do desvirtuamento dos princípios norteadores aplicáveis ao processo eleitoral.O estudo passa pela análise da Constituição Federal e das normas aplicáveis ao processo eleitoral, em especial no que diz respeito às condutas vedadas e as questões relacionadas ao abuso de poder eleitoral.Atém-se o presente trabalho, aos casos de abuso de poder religioso, tratando-os como espécie do gênero abuso do poder carismático ou ideológico, podendo ser conceituado como o desvirtuamento das práticas e crenças religiosas, visando influenciar ilicitamente a vontade dos fiéis para a obtenção do voto, para a própria autoridade religiosa ou terceiro, casos que extrapolam os atos considerados como de condutas vedadas, previstos no art. 37, § 4º, da Lei nº 9.504/97, que vão desde o registro de candidatura até o dia das eleições.Cumpre ressaltar se tratar de tema controverso ainda na doutrina e na jurisprudência, em especial na emanada no Egrégio Tribunal Superior Eleitoral, mas de rápida evolução, havendo decisões nos Tribunais Regionais no sentido da aplicação das regras atinentes aos demais casos de abuso de poder eleitoral ao âmbito do desvirtuamento religioso.Assim, o presente artigo busca trazer uma reflexão neoconstitucionalista, com uma interpretação sistemática e evolucionista acerca da matéria, no sentido de reconhecer o abuso do poder religioso de modo autônomo e com contornos próprios, em respeito aos princípios constitucionais da moralidade e da lisura das eleições.
      PubDate: 2016-04-01
      Issue No: Vol. 2 (2016)
       
  • Sistemas eleitorais e partidários: Duverger, Sartori e Nohlen

    • Authors: Bruno Rangel
      Abstract: São corriqueiras as propostas de alterações no sistema eleitoral com objetivo de diminuir fragmentação partidária para atribuir maior governabilidade à Chefia de Governo. Nessa perspectiva, o presente estudo busca verificar se o sistema eleitoral possui efeitos diretos sobre o sistema partidário, de forma a moldá-lo. Para tanto, é trazido diálogo entre Maurice Duverger, Giovanni Sartori e Dieter Nohlen.
      PubDate: 2016-04-01
      Issue No: Vol. 2 (2016)
       
  • Os direitos políticos perante a Corte Interamericana de Direitos Humanos
           após a Carta Democrática de 2001

    • Authors: Charlotth Back
      Abstract: Este artigo pretende demonstrar a atuação da Corte Interamericana de Direitos Humanos na temática dos direitos políticos após a Carta Democrática da Organização dos Estados Americanos de 2001. O advento da Carta Democrática, que reconheceu a democracia representativa como o modelo político ideal para a região americana, aumentou de maneira significativa as demandas perante a Corte relacionadas à violação de direitos políticos. Tal conclusão se refere tanto a demandas relacionadas ao exercício da democracia por parte dos cidadãos, como a demandas relacionadas a regras eleitorais aplicáveis ao momento do pleito.

      PubDate: 2016-04-01
      Issue No: Vol. 2 (2016)
       
  • É a inelegibilidade condição, sanção ou
           causa?

    • Authors: Daniela Maroccolo Arcuri
      Abstract: O presente trabalho tem por objeto a análise da natureza jurídica da inelegibilidade, em razão das várias faces que o instituto pode apresentar. A inelegibilidade vista como condição, precisa ser analisada em sua concepção negativa. Como causa, a sua incidência está vinculada à conduta do pretenso candidato. A inelegibilidade não deixa de ser uma restrição ao exercício da capacidade eleitoral passiva, todavia, em razão de impossibilitar o cidadão de obter a elegibilidade, discute-se a sua natureza de sanção. Não se pretende esgotar o assunto acerca da natureza jurídica das inelegibilidades, mas trazer à baila teses passíveis de questionamento.
      PubDate: 2016-04-01
      Issue No: Vol. 2 (2016)
       
  • O princípio da separação de poderes e a crise da representação
           política: a dinâmica legislativa no município de Curitiba

    • Authors: Eneida Desireé Salgado, João Pedro Kostin Felipe de Natividade
      Abstract: Neste trabalho, identifica-se a crise da representação política e o arranjo da separação de poderes no Estado constitucional. Verifica-se que a preponderância do poder Executivo se deve, em muito, à perda de credibilidade do Parlamento, desgastado em razão da deslegitimação representativa. Com o objetivo de constatar a dinâmica institucional na esfera local, bem assim visualizar tais fenômenos, realiza-se levantamento dos Projetos de Lei Ordinária apresentados pelo prefeito e vereadores de Curitiba nos anos de 2009 e 2013.  Conclui-se que o prefeito participa ativamente do processo legislativo local, aprovando seus projetos rápida e facilmente. Ao revés, os vereadores enfrentam muitas dificuldades, propondo muito e aprovando pouco. Tal cenário ratifica a crise da representação e a liderança política desempenhada pelo Executivo local.
      PubDate: 2016-04-01
      Issue No: Vol. 2 (2016)
       
  • A incoveniência dos TACs eleitorais

    • Authors: José Luiz Blaszak
      Abstract: Os Termos de Ajustamento de Condutas Eleitorais têm sido utilizados como instrumentos coercitivos nas eleições brasileiras, especialmente no tocante à propaganda. Após um tempo razoável de utilização destes instrumentos é momento de refletir a sua aplicabilidade. A presença dos TACs Eleitorais passou a ser um fator inibidor das manifestações políticas por parte dos candidatos, coligações, partidos, cabos eleitorais, simpatizantes e pelo eleitor. A argumentação de que a população não suportava mais as práticas de propaganda eleitorais não legitima o nascimento de um instrumento sem previsão legal eleitoral e coercitivo.
      PubDate: 2016-04-01
      Issue No: Vol. 2 (2016)
       
  • A nocividade da reforma eleitoral

    • Authors: Lenine Póvoas
      Abstract: Trata-se de artigo visando demonstrar que a Reforma Política (Lei nº 13.165/2015) trará muito mais malefícios do que benefícios à democracia, uma vez que a redação da Legislação está voltada para a perpetuação dos agente políticos já conhecidos no Poder. Os métodos utilizados serão o dedutivo e o sociológico, e, de forma auxiliar, o sistêmico, lógico, histórico e finalístico, objetivando demonstrar que o discurso de redução do tempo de campanha, utilizado para elaboração da norma, não irá baratear as eleições e nem tampouco barrar a influência do poder econômico no certame. Além disso, a minimização do período eleitoral dificulta um debate mais aprofundado entre o agente político e os eleitores no que se refere aos problemas sociais, impossibilitando o surgimento de novas bandeiras e lideranças. A Reforma Política não alterou a estrutura do Poder Público e nem tampouco atenderá as prioridades e necessidades da sociedade, de modo que ainda trará grande problemática na questão da legitimidade da representação popular.
      PubDate: 2016-04-01
      Issue No: Vol. 2 (2016)
       
  • Sistema Proporcional Brasileiro e Lei 13165/2015: Um breve estudo sob o
           prisma da Qualidade da Democracia

    • Authors: Polianna Santos
      Abstract: A Lei 13165/2015 promoveu diversas modificações na legislação eleitoral, afetando, entre outros temas, a distribuição das cadeiras no sistema proporcional brasileiro a partir da exigência de percentual mínimo de votação nominal e modificação no cálculo de distribuição de vagas remanescentes. O presente estudo tem a finalidade de analisar essas modificações relacionadas ao sistema proporcional brasileiro sob a perspectiva da qualidade da democracia, além de testar possíveis efeitos da Minirreforma de 2015 a partir da comparação dos resultados obtidos em eleições anteriores com a antiga e a nova regulamentação legal.
      PubDate: 2016-04-01
      Issue No: Vol. 2 (2016)
       
  • O problema da identidade entre ações eleitorais: da litispendência e da
           coisa julgada à ação temática eleitoral

    • Authors: Roberta Maia Gresta
      Abstract: O presente artigo aborda o problema da identidade entre as ações eleitorais que versam sobre a legitimidade das candidaturas, das eleições e de seus resultados. A partir da análise dos elementos dessas ações – partes, pedido e causa de pedir –, promove-se a crítica ao tratamento dado à questão pela jurisprudência do TSE e, mais recentemente, pela alteração promovida pela Lei 13.165/2015, que inseriu o art. 96-B na Lei 9.504/97. Na condução da argumentação, será tomada, como marco teórico, a compreensão de processo coletivo democrático apresentada por Vicente de Paula Maciel Júnior e que resultou, na pesquisa deste, à enunciação da ação temática. Ao final, apresenta-se a ação temática eleitoral, proposta de estruturação dos procedimentos eleitorais em compatibilidade com o caráter coletivo destes.
      PubDate: 2016-04-01
      Issue No: Vol. 2 (2016)
       
 
 
JournalTOCs
School of Mathematical and Computer Sciences
Heriot-Watt University
Edinburgh, EH14 4AS, UK
Email: journaltocs@hw.ac.uk
Tel: +00 44 (0)131 4513762
Fax: +00 44 (0)131 4513327
 
Home (Search)
Subjects A-Z
Publishers A-Z
Customise
APIs
Your IP address: 54.80.180.248
 
About JournalTOCs
API
Help
News (blog, publications)
JournalTOCs on Twitter   JournalTOCs on Facebook

JournalTOCs © 2009-2016