for Journals by Title or ISSN
for Articles by Keywords
help
  Subjects -> LAW (Total: 1235 journals)
    - CIVIL LAW (37 journals)
    - CONSTITUTIONAL LAW (43 journals)
    - CORPORATE LAW (82 journals)
    - CRIMINAL LAW (20 journals)
    - CRIMINOLOGY AND LAW ENFORCEMENT (138 journals)
    - FAMILY AND MATRIMONIAL LAW (21 journals)
    - INTERNATIONAL LAW (162 journals)
    - JUDICIAL SYSTEMS (22 journals)
    - LAW (703 journals)
    - LAW: GENERAL (7 journals)

LAW (703 journals)                  1 2 3 4 | Last

Showing 1 - 200 of 354 Journals sorted alphabetically
ABA Journal Magazine     Full-text available via subscription   (Followers: 20)
Acta Juridica     Full-text available via subscription   (Followers: 9)
Acta Politica     Hybrid Journal   (Followers: 13)
Acta Universitatis Danubius. Juridica     Open Access  
Actualidad Jurídica Ambiental     Open Access   (Followers: 1)
Adelaide Law Review     Full-text available via subscription   (Followers: 20)
Administrative Law Review     Open Access   (Followers: 39)
Aegean Review of the Law of the Sea and Maritime Law     Hybrid Journal   (Followers: 7)
African Journal of Legal Studies     Hybrid Journal   (Followers: 6)
African Journal on Conflict Resolution     Open Access   (Followers: 15)
Afrilex     Open Access   (Followers: 4)
Air and Space Law     Full-text available via subscription   (Followers: 19)
Akron Law Review     Open Access   (Followers: 4)
Alaska Law Review     Open Access   (Followers: 10)
Albany Law Review     Free   (Followers: 6)
Alberta Law Review     Full-text available via subscription   (Followers: 15)
Alternative Law Journal     Hybrid Journal   (Followers: 3)
Alternatives : Global, Local, Political     Hybrid Journal   (Followers: 16)
Amazon's Research and Environmental Law     Open Access   (Followers: 2)
American Journal of Comparative Law     Full-text available via subscription   (Followers: 55)
American Journal of Jurisprudence     Hybrid Journal   (Followers: 16)
American Journal of Law & Medicine     Full-text available via subscription   (Followers: 12)
American Journal of Legal History     Full-text available via subscription   (Followers: 5)
American Journal of Trial Advocacy     Full-text available via subscription   (Followers: 8)
American University Law Review     Open Access   (Followers: 16)
American University National Security Law Brief     Open Access   (Followers: 9)
Amicus Curiae     Open Access   (Followers: 5)
Amsterdam Law Forum     Open Access   (Followers: 9)
Annales Canonici     Open Access  
Annual Survey of South African Law     Full-text available via subscription   (Followers: 5)
Anuario de Psicología Jurídica     Open Access   (Followers: 1)
ANZSLA Commentator, The     Full-text available via subscription   (Followers: 4)
Appeal : Review of Current Law and Law Reform     Open Access   (Followers: 1)
Arbitration Law Monthly     Full-text available via subscription   (Followers: 2)
Arbitration Law Reports and Review     Hybrid Journal   (Followers: 13)
Arctic Review on Law and Politics     Open Access   (Followers: 1)
Arena Hukum     Open Access  
Argumenta Journal Law     Open Access   (Followers: 1)
Arizona Law Review     Open Access   (Followers: 4)
Arizona State Law Journal     Free   (Followers: 2)
Arkansas Law Review     Free   (Followers: 6)
Ars Aequi Maandblad     Full-text available via subscription   (Followers: 2)
Art + Law     Full-text available via subscription   (Followers: 11)
Article 40     Open Access   (Followers: 2)
Artificial Intelligence and Law     Hybrid Journal   (Followers: 10)
Asian American Law Journal     Open Access   (Followers: 3)
Asian Journal of Legal Education     Full-text available via subscription   (Followers: 5)
Asian Pacific American Law Journal     Open Access   (Followers: 2)
AStA Wirtschafts- und Sozialstatistisches Archiv     Hybrid Journal   (Followers: 5)
Asy-Syir'ah : Jurnal Ilmu Syari'ah dan Hukum     Open Access  
Australasian Law Management Journal     Full-text available via subscription   (Followers: 7)
Australian and New Zealand Sports Law Journal     Full-text available via subscription   (Followers: 8)
Australian Feminist Law Journal     Hybrid Journal   (Followers: 10)
Australian Indigenous Law Review     Full-text available via subscription   (Followers: 17)
Australian Journal of Legal History     Full-text available via subscription   (Followers: 18)
Ave Maria Law Review     Free   (Followers: 3)
Badamai Law Journal     Open Access  
Ballot     Open Access  
Baltic Journal of Law & Politics     Open Access   (Followers: 7)
Bar News: The Journal of the NSW Bar Association     Full-text available via subscription   (Followers: 5)
Behavioral Sciences & the Law     Hybrid Journal   (Followers: 23)
Beijing Law Review     Open Access   (Followers: 7)
Berkeley Journal of Entertainment and Sports Law     Open Access   (Followers: 6)
Berkeley Technology Law Journal     Free   (Followers: 11)
Bioethics Research Notes     Full-text available via subscription   (Followers: 14)
Bond Law Review     Open Access   (Followers: 18)
Boston College Environmental Affairs Law Review     Open Access   (Followers: 7)
Boston College Journal of Law & Social Justice     Open Access   (Followers: 10)
Boston College Law Review     Open Access   (Followers: 18)
Boston University Law Review     Free   (Followers: 11)
BRICS Law Journal     Open Access  
Brigham Young University Journal of Public Law     Open Access   (Followers: 8)
Brigham Young University Law Review     Full-text available via subscription   (Followers: 8)
British Journal of American Legal Studies     Open Access  
Brooklyn Law Review     Open Access   (Followers: 2)
Bulletin of Legal Medicine     Open Access  
Bulletin of Medieval Canon Law     Full-text available via subscription   (Followers: 3)
C@hiers du CRHIDI     Open Access  
Cadernos de Dereito Actual     Open Access   (Followers: 1)
Cadernos do Programa de Pós-Graduação em Direito - PPGDir./UFRGS     Open Access   (Followers: 1)
Cadernos Ibero-Americanos de Direito Sanitário     Open Access  
Cahiers, Droit, Sciences et Technologies     Open Access  
California Law Review     Open Access   (Followers: 20)
California Lawyer     Free  
California Western Law Review     Open Access   (Followers: 3)
Cambridge Law Journal     Hybrid Journal   (Followers: 142)
Campbell Law Review     Open Access   (Followers: 5)
Campus Legal Advisor     Hybrid Journal   (Followers: 2)
Case Western Reserve Law Review     Open Access   (Followers: 2)
Časopis pro právní vědu a praxi     Open Access  
Časopis zdravotnického práva a bioetiky     Open Access  
Catalyst : A Social Justice Forum     Open Access   (Followers: 10)
Catholic University Law Review     Open Access   (Followers: 3)
Chicago-Kent Law Review     Full-text available via subscription   (Followers: 4)
Chicana/o-Latina/o Law Review     Open Access   (Followers: 2)
China : An International Journal     Full-text available via subscription   (Followers: 16)
China-EU Law Journal     Hybrid Journal   (Followers: 4)
Chinese Journal of Comparative Law     Hybrid Journal   (Followers: 3)
Chinese Law & Government     Full-text available via subscription   (Followers: 6)
Cleveland State Law Review     Free   (Followers: 2)
College Athletics and The Law     Hybrid Journal   (Followers: 1)
Colombia Forense     Open Access  
Columbia Journal of Environmental Law     Free   (Followers: 9)
Columbia Journal of Law and Social Problems     Full-text available via subscription   (Followers: 15)
Columbia Law Review (Sidebar)     Open Access   (Followers: 15)
Commercial Law Quarterly: The Journal of the Commercial Law Association of Australia     Full-text available via subscription   (Followers: 5)
Comparative Law Review     Open Access   (Followers: 41)
Comparative Legal History     Full-text available via subscription   (Followers: 5)
Con-texto     Open Access  
Conflict Resolution Quarterly     Hybrid Journal   (Followers: 22)
Conflict Trends     Full-text available via subscription   (Followers: 8)
Cornell Law Review     Open Access   (Followers: 7)
Criterio Jurídico     Open Access  
Critical Analysis of Law : An International & Interdisciplinary Law Review     Open Access   (Followers: 2)
Cuadernos de Historia del Derecho     Open Access   (Followers: 6)
Cuestiones Juridicas     Open Access   (Followers: 1)
Current Legal Problems     Hybrid Journal   (Followers: 26)
Danube : The Journal of European Association Comenius - EACO     Open Access   (Followers: 2)
De Jure     Open Access   (Followers: 1)
De Rebus     Full-text available via subscription  
Deakin Law Review     Full-text available via subscription   (Followers: 14)
Defense Counsel Journal     Full-text available via subscription   (Followers: 1)
Democrazia e diritto     Full-text available via subscription   (Followers: 2)
Denning Law Journal     Full-text available via subscription   (Followers: 8)
DePaul Journal of Women, Gender and the Law     Open Access   (Followers: 2)
DePaul Law Review     Open Access   (Followers: 2)
Der Staat     Full-text available via subscription   (Followers: 13)
Derecho PUCP     Open Access   (Followers: 3)
Derecho y Ciencias Sociales     Open Access   (Followers: 1)
Die Verwaltung     Full-text available via subscription   (Followers: 10)
Dikaion     Open Access   (Followers: 1)
Dike     Open Access  
Direito e Desenvolvimento     Open Access   (Followers: 1)
Direito e Liberdade     Open Access  
Diritto penale contemporaneo     Free   (Followers: 2)
Diritto, immigrazione e cittadinanza     Open Access   (Followers: 4)
Dixi     Open Access  
Droit et Cultures     Open Access   (Followers: 6)
Droit et Médecine Bucco-Dentaire     Full-text available via subscription   (Followers: 1)
Droit, Déontologie & Soin     Full-text available via subscription   (Followers: 2)
Drug Science, Policy and Law     Full-text available via subscription  
Duke Environmental Law & Policy Forum     Open Access   (Followers: 6)
Duke Forum for Law & Social Change     Open Access   (Followers: 8)
Duke Journal of Gender Law & Policy     Open Access   (Followers: 15)
Duke Law & Technology Review     Open Access   (Followers: 10)
Duke Law Journal     Open Access   (Followers: 26)
DULR Online     Open Access   (Followers: 1)
East Asia Law Review     Open Access   (Followers: 1)
ECI Interdisciplinary Journal for Legal and Social Policy     Open Access   (Followers: 2)
Ecology Law Quarterly     Free   (Followers: 3)
Edinburgh Law Review     Hybrid Journal   (Followers: 21)
Education and the Law     Hybrid Journal   (Followers: 11)
El Cotidiano     Open Access   (Followers: 1)
Election Law Journal     Hybrid Journal   (Followers: 23)
Energy Law Journal     Full-text available via subscription   (Followers: 4)
Environmental Justice     Hybrid Journal   (Followers: 10)
Environmental Law Review     Full-text available via subscription   (Followers: 23)
Environmental Policy and Law     Hybrid Journal   (Followers: 16)
ERA-Forum     Hybrid Journal   (Followers: 5)
Espaço Jurídico : Journal of Law     Open Access   (Followers: 1)
ESR Review : Economic and Social Rights in South Africa     Open Access   (Followers: 4)
Ethnopolitics     Hybrid Journal   (Followers: 4)
Ethos: Official Publication of the Law Society of the Australian Capital Territory     Full-text available via subscription   (Followers: 4)
EU agrarian Law     Open Access   (Followers: 3)
Europaisches Journal fur Minderheitenfragen     Hybrid Journal   (Followers: 2)
European Energy and Environmental Law Review     Full-text available via subscription   (Followers: 16)
European Journal for Education Law and Policy     Hybrid Journal   (Followers: 8)
European Journal of Comparative Law and Governance     Hybrid Journal   (Followers: 4)
European Journal of Law and Technology     Open Access   (Followers: 15)
European Journal of Psychology Applied to Legal Context     Open Access   (Followers: 5)
European Law Journal     Hybrid Journal   (Followers: 135)
European Public Law     Full-text available via subscription   (Followers: 33)
European Review of Contract Law     Hybrid Journal   (Followers: 21)
European Review of Private Law     Full-text available via subscription   (Followers: 29)
European Yearbook of Minority Issues Online     Hybrid Journal   (Followers: 3)
Evaluation Review     Hybrid Journal   (Followers: 12)
Evidence & Policy : A Journal of Research, Debate and Practice     Full-text available via subscription   (Followers: 9)
Faulkner Law Review     Full-text available via subscription   (Followers: 1)
Federal Communication Law Journal     Full-text available via subscription   (Followers: 1)
Federal Law Review     Full-text available via subscription   (Followers: 22)
Federal Probation     Full-text available via subscription   (Followers: 2)
Feminist Legal Studies     Hybrid Journal   (Followers: 16)
feminists@law     Open Access   (Followers: 4)
Fiat Justisia     Open Access  
First Amendment Studies     Hybrid Journal  
Florida Bar News     Free  
Florida Law Review     Open Access   (Followers: 4)
Florida State University Law Review     Open Access   (Followers: 4)
Fordham Environmental Law Review     Open Access   (Followers: 4)
Fordham Intellectual Property, Media and Entertainment Law Journal     Open Access   (Followers: 18)
Fordham Law Review     Open Access   (Followers: 13)
FORO. Revista de Ciencias Jurídicas y Sociales, Nueva Época     Open Access   (Followers: 2)
Fundamina : A Journal of Legal History     Open Access   (Followers: 7)
Geoforum     Hybrid Journal   (Followers: 23)
George Washington Law Review     Free   (Followers: 8)
Georgia Law Review     Open Access   (Followers: 2)
Georgia State University Law Review     Open Access   (Followers: 2)
Global Journal of Comparative Law     Hybrid Journal   (Followers: 2)
Global Labour Journal     Open Access   (Followers: 7)
Golden Gate University Environmental Law Journal     Open Access   (Followers: 3)

        1 2 3 4 | Last

Journal Cover Cadernos Ibero-Americanos de Direito Sanitário
  [0 followers]  Follow
    
  This is an Open Access Journal Open Access journal
   ISSN (Online) 2358-1824
   Published by Fundação Oswaldo Cruz Homepage  [2 journals]
  • Editorial

    • Authors: Sandra Mara Campos Alves
      Pages: 8 - 9
      Abstract: Editorial
      PubDate: 2017-06-29
      DOI: 10.17566/ciads.v6i2.393
      Issue No: Vol. 6, No. 2 (2017)
       
  • Las Voluntades Anticipadas: una perspectiva ético-jurídica

    • Authors: Alejando Alfieri Marín Mora
      Pages: 10 - 24
      Abstract: Objectivo es analizar y discutir la declaración anticipada de voluntad desde el punto de vista ético-jurídico. El derecho a la autodeterminación y la libertad de los individuos en lo que se refiere a la asistencia sanitaria se instrumentaliza en las declaraciones de voluntad anticipadas. El principio de la autonomía así se materializa, se convierte así en el paciente en un sujeto activo en el proceso de atención médica. Una revisión de literatura utilizando la doctrina del Derecho Constitucional y del Derecho Civil. Los resultados obtenidos en este aspecto, que la práctica médica está siendo influenciada negativamente por el surgimiento del fenómeno de la medicina defensiva. Si hay un fundamento ético-jurídico sólido sobre la declaración anticipada de voluntad, se les ofrecen beneficios para los pacientes, que verían Sus voluntades atendidas, y para los médicos, que tomar decisiones con mayor seguridad y atendiendo a la voluntad del paciente. 
      PubDate: 2017-06-29
      DOI: 10.17566/ciads.v6i2.371
      Issue No: Vol. 6, No. 2 (2017)
       
  • A dignidade humana enquanto princípio de proteção e garantia dos
           direitos fundamentais sociais: o direito à saúde

    • Authors: Sandra Regina Martini, Janaína Machado Sturza
      Pages: 25 - 41
      Abstract: O princípio da dignidade da pessoa humana é garantido constitucionalmente no Brasil e a sua realização conduz à garantia de vários outros direitos, dentre os quais a saúde. À partir deste cenário, o presente texto tem como objetivo fomentar a discussão acerca da temática dos direitos fundamentais sociais, especialmente sobre a garantia e efetivação do direito à saúde sob a ótica do princípio da dignidade humana. Através de um estudo bibliográfico, tendo como método de abordagem o hipotético-dedutivo, verificou-se que a saúde se constituiu como um direito reconhecido igualmente a todo o povo, consolidando-se como meio de preservação da vida.
      PubDate: 2017-06-29
      DOI: 10.17566/ciads.v6i2.367
      Issue No: Vol. 6, No. 2 (2017)
       
  • A regionalização da saúde no federalismo brasileiro

    • Authors: Ana Cristina Carvalho Curvina
      Pages: 42 - 57
      Abstract: A abordagem sobre a regionalização, diretriz constitucional organizadora do Sistema Único de Saúde (SUS), teve como base os fundamentos dispostos no ordenamento constitucional e seus conceitos, com vistas a verificar a efetividade da regionalização no sistema federativo brasileiro. Foi abordado, também, o conceito de descentralização, processo que possibilitou a transferência do poder decisório da esfera federal para os estados e municípios. A partir da revisão da literatura e da legislação federal, foram analisadas as implicações das relações intergovernamentais para a efetivação da regionalização das ações e serviços de saúde. A estrutura institucional do SUS demonstra que a coordenação da regionalização é orientada pelo modelo do federalismo, com atribuições e competências definidas na Constituição Federal e na Lei Orgânica da Saúde, para os três entes federados.  Concluiu-se que a regionalização no SUS representa o federalismo cooperativo, expresso nas relações intergovernamentais, com base normativa bem definida, entretanto, ainda persistem alguns fatores críticos, como a heterogeneidade da estrutura federativa brasileira, a cultura política do país, as responsabilidades do poder executivo municipal, e a gestão da cooperação entre os entes no âmbito regional.
      PubDate: 2017-06-29
      DOI: 10.17566/ciads.v6i2.385
      Issue No: Vol. 6, No. 2 (2017)
       
  • HumanizaSUS e a garantia do Princípio da Integralidade

    • Authors: Karina de Morais Gomes
      Pages: 58 - 77
      Abstract: Este artigo traz uma breve reflexão sobre a importância da humanização e sua incorporação no atual sistema de saúde brasileiro. A pesquisa foi realizada por meio de revisão bibliográfica, utilizando-se livros, e artigos científicos na base de pesquisa SCIELO Brasil, complementada pela realização de uma entrevista com o Coordenador Nacional da Política Nacional de Humanização da Atenção e Gestão em Saúde. Aborda-se como esta política pública de saúde pode contribuir para a efetivação dos princípios constitucionais referentes ao direito à saúde, em especial, o direito à atenção integral em saúde. São explanados aspectos da reforma sanitária brasileira, com especial foco na integralidade como um direito constitucional e um pouco da trajetória do direito à saúde. São abordados alguns conceitos sobre integralidade tanto em seu aspecto jurídico como sociológico, além de avaliar sua importância para nortear a construção de uma política pública. A Política Nacional de Humanização da Atenção e Gestão em Saúde é, segundo esta nossa perspectiva, um instrumento que pode ser utilizado para que o direito à assistência à saúde seja efetivado, respeitando parâmetros técnicos, bem como, as subjetividades de todos os atores envolvidos no processo assistencial: usuários, profissionais e gestores. Esta efetivação passa pelo reconhecimento da necessidade de conscientização, da superação de limites e barreiras, tendo como ponto chave a construção dialógica, acerca de quais mudanças precisam acontecer para que tenhamos um Sistema Único de Saúde cada vez melhor.
      PubDate: 2017-06-29
      DOI: 10.17566/ciads.v6i2.375
      Issue No: Vol. 6, No. 2 (2017)
       
  • Categorias institucionais das políticas de saúde no Brasil
           (1990-2017)

    • Authors: Lourdes Lemos Almeida, Luiz Carlos Pelizari Romero, Joao Alberto de Oliveira Lima, Marcio Iorio Aranha
      Pages: 78 - 94
      Abstract: Propósito: Identificar as categorias essenciais à forma institucional prevalentes das políticas públicas setoriais de saúde instituídas pelo Ministério da Saúde no período de 1990 a 2017. Método: Partindo-se do arcabouço teórico da Teoria Gramatical Generativa de Chomsky, e da Hermenêutica Prescritiva de Schleiermacher, Dilthey e Betti como pressupostos, e a Teoria Neo-Institucional, como ancoragem teórica, foram identificados, no banco de dados de informação legislativa do Ministério da Saúde (Saúde Legis), o conjunto de normas infralegais que instituíram políticas setoriais de saúde no período de 20 de setembro de 1990 a 30 de março de 2017. A análise dos documentos de política respectivos permitiu a identificação de categorias essenciais à forma institucional das políticas setoriais de saúde. Resultados: Analisou-se uma amostra de 58 documentos de política. Do ponto de vista do objeto, as políticas que compuseram a amostra estavam voltadas para a organização da atenção (51,7%), a saúde pública (39,7%) e a organização e gestão do sistema de saúde (8,6%). Das políticas estudadas, 86,2% tinham norma instituidora. Os conceitos integrantes da forma institucional das políticas setoriais de saúde mais prevalentemente encontrados foram: objeto, objetivo ou propósito, território e diretrizes. Essas quatro categorias institucionais estão presentes em mais de 60% dos documentos de política. Prioridades, controle social (mecanismos, forma, relevância), financiamento e avaliação constituem categorias institucionais de menos de 30% das políticas analisadas. Os padrões de categorias institucionais variam segundo a natureza do objeto da política. Conclusões: Apenas um conjunto pequeno de categorias institucionais – objeto, objetivo ou propósito, território e diretrizes – é encontrado sistematicamente nos documentos de política. 
      PubDate: 2017-06-29
      DOI: 10.17566/ciads.v6i2.381
      Issue No: Vol. 6, No. 2 (2017)
       
  • O fim dos manicômios em detrimento da Reforma Psiquiátrica e a
           reinserção do paciente com transtorno mental na sociedade no âmbito do
           Distrito Federal, Brasil

    • Authors: Danilo da Silva Pinto
      Pages: 95 - 110
      Abstract: Este trabalho tem por objeto identificar como a Reforma Psiquiátrica é aplicada no âmbito do Distrito Federal, analisando as instituições psiquiátricas mais tradicionais (Hospital São Vicente de Paulo e Instituto de Saúde Mental) que atuam no tratamento dos pacientes acometidos de transtornos mentais. Ademais, será questionado o tratamento desses pacientes, apontando estudos científicos que demonstram que o paciente institucionalizado possui a saúde mental ainda mais agravada e que, mesmo assim, a política pública não é efetiva em reinserir o paciente na sociedade, ainda que não o cure, mas o adapte ao meio social. Por fim, o trabalho tem o escopo de analisar a estrutura do Distrito Federal no atendimento aos pacientes com transtornos mentais, bem como verificar as formas de inserção desses pacientes na sociedade, criticando as formas de tratamento desses usuários psiquiátricos no âmbito daquelas instituições públicas.
      PubDate: 2017-06-29
      DOI: 10.17566/ciads.v6i2.374
      Issue No: Vol. 6, No. 2 (2017)
       
  • Garantias constitucionais e a geração de externalidades negativas no
           sistema de saúde brasileiro

    • Authors: Maria Celia Delduque
      Pages: 111 - 119
      Abstract: Objetivo: conhecer as demandas judiciais sobre saúde e discursos do paciente, da defesa e do juiz da causa. Metodologia: utilizou-se o método da pesquisa jurisprudencial, levantando-se nos 27 tribunais brasileiros os processos cujo objeto material fosse demandas sobre saúde, decididos em 2012 e 2013. Resultados: os resultados demonstraram uma manutenção nos argumentos constitucionais para a solicitação e para a decisão, enquanto que a defesa do sistema de saúde tem elegido a teses jurídicas dispersas e obsoletas. Conclusão: os juízes têm decidido questões sobre saúde utilizando-se de argumentos meramente jurídicos e repetidos do paciente. A defesa do sistema de saúde brasileiro é frágil em função dos inócuos argumentos trazidos para os autos.
      PubDate: 2017-06-29
      DOI: 10.17566/ciads.v6i2.388
      Issue No: Vol. 6, No. 2 (2017)
       
  • Judicialização da saúde: gastos Federais para o Sistema Único de
           Saúde (SUS) entre 2011-2014

    • Authors: Karina Pires Nogueira, Erika Barbosa Camargo
      Pages: 120 - 132
      Abstract: Introdução: Em função da crescente demanda judicialização da saúde no Brasil estima-se que o aumento dos custos pode inviabilizar a sustentabilidade do SUS. Objetivo: analisar os gastos Federais para o sistema público de saúde Brasileiro com medicamentos obtidos por meio de ações judiciais entre os anos de 2011-2014. Metodologia: estudo transversal, com características descritivas e analíticas. Dados levantados na plataforma DW/COMPRASNET. Resultados: De 12.578 processos de judicialização na esfera federal foram extraídos 15 medicamentos com maior valor de aquisição, destes, 7 medicamentos corresponderam a R$ 1,45 bilhão do orçamento federal o que significou 87% do gasto total das ações estudadas. Dos 15, 14,28% (n=4) tinham registro na Anvisa, estavam incorporados pela Comissão Nacional de Incorporação de Tecnologias no SUS (CONITEC) e eram integrantes da Relação de Medicamentos Essenciais (RENAME); 46,42% (n=13) possuíam registro na Anvisa, porém não incorporados pela CONITEC e não integrantes da RENAME; 3,57% (n=1) com registro na Anvisa, incorporados pela CONITEC e não integrantes da RENAME e 35,71% (n=10) sem registro na Anvisa, não incorporados pela CONITEC e não integrantes da RENAME. Conclusão: Com a judicialização da saúde as aquisições são realizadas sem planejamento ou estabelecimento de critérios mínimos o que pode comprometer a sustentabilidade do SUS.  
      PubDate: 2017-06-29
      DOI: 10.17566/ciads.v6i2.387
      Issue No: Vol. 6, No. 2 (2017)
       
  • A iniciativa popular em Saúde: a participação da sociedade no Congresso
           Nacional no período de 2011 a 2016.

    • Authors: Ivan Pricken Bem
      Pages: 133 - 144
      Abstract: Objetivo: analisar e discutir as formas de participação da comunidade na proposição de leis com o tema da saúde na instância legislativa federal representada pela Câmara dos Deputados e Senado Federal. Metodologia: Foi feita uma pesquisa exploratória na base de dados das duas casas legislativas nos projetos de lei considerados de iniciativa popular na área da saúde, para conhecer seu conteúdo material e tramitação. Resultados: há um baixo número de proposições legislativas por iniciativa popular no tema da saúde em vista do desconhecimento dos cidadãos e do baixo interesse dos parlamentares sobre essas comissões de participação. Conclusão: Apesar de garantido, o instrumento da iniciativa popular em especial na saúde ainda é pouco utilizado no Brasil e não se vislumbra um apoio parlamentar para tais iniciativas.
      PubDate: 2017-06-29
      DOI: 10.17566/ciads.v6i2.392
      Issue No: Vol. 6, No. 2 (2017)
       
  • Concepção e prática do O Direito Achado na Rua: plataforma para um
           Direito Emancipatório

    • Authors: Jose Geraldo de Sousa Junior
      Pages: 145 - 158
      Abstract: Objetivo: o artigo tem o objetivo de resgatar a história da série O Direito Achado na Rua, lançado em 1987. Metodologia: fez-se um resumo histórico das publicações seriadas sobre o tema a fim de organizar a memória da coleção. Resultados: todos os números da série compõe uma coleção de referência do Direito e da Cidadania estabelecendo um diálogo entre a justiça social e o conhecimento necessário para sua realização e concretização. Conclusão: o Direito não é; ele se faz nesse processo histórico de libertação enquanto desvenda progressivamente os impedimentos da liberdade não lesiva aos demais. Nasce na rua, no clamor dos espoliados e oprimidos, até se consumar, vale repetir, pela mediação dos direitos humanos, na enunciação dos princípios de uma legítima organização social da liberdade
      PubDate: 2017-06-29
      DOI: 10.17566/ciads.v6i2.389
      Issue No: Vol. 6, No. 2 (2017)
       
  • La autonomía del derecho sanitario en la organización institucional de
           las provincias argentinas

    • Authors: Jose Emilio Ortega, Santiago Martin Espósito
      Pages: 159 - 179
      Abstract: Una vez planteada la autonomía del derecho sanitario en la Argentina, a partir de sentar sus bases, se observará la relación a través de los distintos niveles de gobierno, ya que la existencia de un Estado Federal en la Argentina se traduce en un sistema jurídico multinivel y plurilegislativo en el cual coexisten diversos ordenamientos jurídicos. Por ello resulta necesario conocer el ámbito de competencia específico de cada orden de gobierno y que asuma fundamental importancia la articulación y cooperación en las relaciones intergubernamentales, lo que no está exento de algunas dificultades: ¿En qué consisten los deberes positivos de los distintos órdenes de gobierno, cuál es su alcance y quiénes responden por su cumplimiento' Así como la doctrina ha trabajado muchas cuestiones atinentes a la organización institucional de las provincias argentinas, ha faltado, a nuestro criterio, un estudio transversal en relación con una rama del derecho sumamente importante: el derecho sanitario.
      PubDate: 2017-06-29
      DOI: 10.17566/ciads.v6i2.373
      Issue No: Vol. 6, No. 2 (2017)
       
  • É o Sistema Único de Saúde-SUS para os pobres'

    • Authors: Oswaldo Jose Barbosa Silva
      Pages: 180 - 192
      Abstract: Objetivo: Discutir oss princípios que norteiam o SUS, especialmente o da universalidade e o da igualdade evoluíram em um processo histórico no curso do qual, apropriados pela reforma sanitária brasileira, foram positivados na Constituição Federal e nas leis que os regulamentam. Contudo, contrariamente a esses princípios subsiste em todas as instâncias da federação brasileira, uma clientela exclusiva beneficiária de ações e serviços públicos de saúde ou, ainda de verbas públicas aplicadas em sua aquisição: os servidores públicos. Metodologia: mediante uma revisão de literatura, do arcabouço legal, da hermenêutica constitucional e de levantamento de dados orçamentários, verifica-se que os resultados revelam a inconstitucionalidade das leis orçamentárias que autorizam prover essas ações e serviços. Resultados: a discussão do tema autoriza a dizer que politicamente e juridicamente é muito difícil reverter tal situação em prol da credibilidade do SUS o que leva à conclusão, título do presente trabalho.
      PubDate: 2017-06-29
      DOI: 10.17566/ciads.v6i2.391
      Issue No: Vol. 6, No. 2 (2017)
       
  • Sistemas públicos universais de saúde e cobertura universal dos
           serviços de assistência médica

    • Authors: Sueli Gandolfi Dallari
      Pages: 193 - 200
      Abstract: O texto aborda a questão dos sistemas públicos universais de saúde e a cobertura universal.
      PubDate: 2017-06-29
      DOI: 10.17566/ciads.v6i2.363
      Issue No: Vol. 6, No. 2 (2017)
       
  • Direito à Saúde: Análise à luz da
           Judicialização

    • Authors: Alethele de Oliveira Santos
      Pages: 201 - 203
      Abstract: Resenha
      PubDate: 2017-06-29
      DOI: 10.17566/ciads.v6i2.390
      Issue No: Vol. 6, No. 2 (2017)
       
 
 
JournalTOCs
School of Mathematical and Computer Sciences
Heriot-Watt University
Edinburgh, EH14 4AS, UK
Email: journaltocs@hw.ac.uk
Tel: +00 44 (0)131 4513762
Fax: +00 44 (0)131 4513327
 
Home (Search)
Subjects A-Z
Publishers A-Z
Customise
APIs
Your IP address: 54.80.174.49
 
About JournalTOCs
API
Help
News (blog, publications)
JournalTOCs on Twitter   JournalTOCs on Facebook

JournalTOCs © 2009-2016