for Journals by Title or ISSN
for Articles by Keywords
help
  Subjects -> POLITICAL SCIENCE (Total: 1086 journals)
    - CIVIL RIGHTS (13 journals)
    - INTERNATIONAL RELATIONS (136 journals)
    - POLITICAL SCIENCE (903 journals)
    - POLITICAL SCIENCES: GENERAL (34 journals)

POLITICAL SCIENCE (903 journals)            First | 1 2 3 4 5     

Showing 201 - 281 of 281 Journals sorted alphabetically
Diversité urbaine     Full-text available via subscription  
Dynamics of Asymmetric Conflict: Pathways toward terrorism and genocide     Hybrid Journal   (Followers: 18)
East European Jewish Affairs     Hybrid Journal   (Followers: 16)
East European Politics     Hybrid Journal   (Followers: 11)
Eastern Review     Open Access  
Economia Politica     Hybrid Journal   (Followers: 38)
Ecopolítica     Open Access  
eJournal of eDemocracy and Open Government     Open Access   (Followers: 9)
Ekonomi, İşletme, Siyaset ve Uluslararası İlişkiler Dergisi     Open Access  
El Banquete de los Dioses     Open Access  
El Cotidiano     Open Access   (Followers: 1)
Electoral Studies     Hybrid Journal   (Followers: 43)
Em Pauta : Teoria Social e Realidade Contemporânea     Open Access   (Followers: 1)
Encuentro     Open Access  
Entramados y Perspectivas     Open Access  
Environment and Planning C : Politics and Space     Full-text available via subscription   (Followers: 39)
Environmental Politics     Hybrid Journal   (Followers: 19)
Espacios Públicos     Open Access  
Estudios digital     Open Access   (Followers: 1)
Estudios Políticos     Open Access  
Estudios Políticos     Open Access  
Estudos Avançados     Open Access  
Ethical Theory and Moral Practice     Hybrid Journal   (Followers: 23)
Ethics & International Affairs     Full-text available via subscription   (Followers: 17)
Ethics & Global Politics     Open Access   (Followers: 7)
Ethics in Science and Environmental Politics     Hybrid Journal   (Followers: 4)
Éthique publique     Open Access  
Études internationales     Full-text available via subscription  
Eunomia. Rivista semestrale del Corso di Laurea in Scienze Politiche e delle Relazioni Internazionali     Open Access   (Followers: 2)
Eureka Street     Full-text available via subscription   (Followers: 5)
European Integration Studies     Open Access   (Followers: 13)
European Journal for Security Research     Hybrid Journal   (Followers: 1)
European Journal of American Culture     Hybrid Journal   (Followers: 1)
European Journal of Government and Economics     Open Access   (Followers: 6)
European Journal of International Relations     Hybrid Journal   (Followers: 60)
European Journal of Political Economy     Hybrid Journal   (Followers: 59)
European Journal of Political Research     Hybrid Journal   (Followers: 82)
European Political Science     Hybrid Journal   (Followers: 39)
European Politics and Society     Hybrid Journal   (Followers: 6)
European Review     Hybrid Journal   (Followers: 19)
European Security     Hybrid Journal   (Followers: 19)
European Union Politics     Hybrid Journal   (Followers: 54)
European Yearbook of Minority Issues Online     Hybrid Journal   (Followers: 5)
Eurostudia     Open Access  
Evaluation     Hybrid Journal   (Followers: 22)
Evaluation and Program Planning     Hybrid Journal   (Followers: 11)
Evidence Base : A journal of evidence reviews in key policy areas     Open Access  
Exchange : The Journal of Public Diplomacy     Open Access   (Followers: 2)
Fascism     Open Access   (Followers: 4)
Federal Governance     Open Access   (Followers: 1)
Fédéralisme Régionalisme     Open Access  
FEU Academic Review     Open Access  
Fijian Studies: A Journal of Contemporary Fiji     Full-text available via subscription   (Followers: 1)
Financial Times     Full-text available via subscription   (Followers: 38)
Foreign Policy     Full-text available via subscription   (Followers: 48)
Foreign Policy Analysis     Hybrid Journal   (Followers: 25)
Foreign Policy Bulletin     Hybrid Journal   (Followers: 6)
Foro Interno. Anuario de Teoría Política     Open Access  
French Politics     Hybrid Journal   (Followers: 13)
Gaceta Laboral     Open Access  
Genocide Studies International     Hybrid Journal   (Followers: 9)
Geographische Zeitschrift     Full-text available via subscription  
Geopolítica(s). Revista de estudios sobre espacio y poder     Open Access   (Followers: 1)
Geopolitics     Hybrid Journal   (Followers: 12)
Geopolitics under Globalization     Open Access  
German Politics     Hybrid Journal   (Followers: 15)
German Politics and Society     Full-text available via subscription   (Followers: 8)
Germinal : Marxismo e Educação em Debate     Open Access  
Gestão & Regionalidade     Open Access  
Ghana Journal of Development Studies     Full-text available via subscription   (Followers: 8)
Ghana Studies     Full-text available via subscription   (Followers: 15)
Global Change, Peace & Security: formerly Pacifica Review: Peace, Security & Global Change     Hybrid Journal   (Followers: 409)
Global Discourse : An Interdisciplinary Journal of Current Affairs and Applied Contemporary Thought     Hybrid Journal   (Followers: 3)
Global Environmental Politics     Hybrid Journal   (Followers: 19)
Global Governance: A Review of Multilateralism and International Organizations     Full-text available via subscription   (Followers: 46)
Global Journal of Peace Research and Praxis     Open Access   (Followers: 3)
Global Justice : Theory Practice Rhetoric     Open Access   (Followers: 1)
Global Media Journal : African Edition     Open Access  
Global Policy     Hybrid Journal   (Followers: 10)
Global Societies Journal     Open Access  
Global Society     Hybrid Journal   (Followers: 9)
Global South, The     Full-text available via subscription   (Followers: 2)
Global War Studies     Full-text available via subscription   (Followers: 12)
Göç Dergisi     Full-text available via subscription  
Good Society     Full-text available via subscription   (Followers: 3)
Governare la paura. Journal of interdisciplinary studies     Open Access  
Government and Opposition     Full-text available via subscription   (Followers: 24)
Granì     Open Access  
Group Processes & Intergroup Relations     Hybrid Journal   (Followers: 7)
Hague Journal of Diplomacy     Hybrid Journal   (Followers: 10)
Hegel Bulletin     Full-text available via subscription   (Followers: 2)
Helsinki Monitor     Hybrid Journal  
Hic Rhodus : Crisis capitalista, polémica y controversias     Open Access  
Historia i Polityka     Open Access  
History of Communism in Europe     Full-text available via subscription   (Followers: 3)
Hommes & Migrations     Open Access   (Followers: 5)
HONAI : International Journal for Educational, Social, Political & Cultural Studies     Open Access  
Horyzonty Polityki     Open Access  
Human Relations     Hybrid Journal   (Followers: 57)
Human Rights Case Digest     Hybrid Journal   (Followers: 12)
Human Rights Law Review     Hybrid Journal   (Followers: 64)
Human Rights Quarterly     Full-text available via subscription   (Followers: 70)
Human Rights Review     Hybrid Journal   (Followers: 25)
Icelandic Review of Politics and Administration     Open Access  
Idäntutkimus     Open Access  
identidade!     Open Access  
Identities : Journal for Politics, Gender and Culture     Open Access   (Followers: 1)
Identities: Global Studies in Culture and Power     Hybrid Journal   (Followers: 18)
Identity Papers : A Journal of British and Irish Studies     Open Access   (Followers: 1)
IDP. Revista de Internet, Derecho y Politica     Open Access   (Followers: 2)
Ids Practice Papers     Hybrid Journal  
Indes : Zeitschrift für Politik und Gesellschaft     Hybrid Journal  
Index on Censorship     Hybrid Journal   (Followers: 4)
India Quarterly: A Journal of International Affairs     Hybrid Journal   (Followers: 7)
India Review     Hybrid Journal   (Followers: 7)
Indialogs : Spanish Journal of India Studies     Open Access  
Indonesia Prime     Open Access   (Followers: 1)
Indonesian Journal of Community Engagement     Open Access  
Innovation Policy and the Economy     Full-text available via subscription   (Followers: 9)
Innovations : Technology, Governance, Globalization     Hybrid Journal   (Followers: 9)
Insight on Africa     Hybrid Journal   (Followers: 2)
Intelligence & National Security     Hybrid Journal   (Followers: 28)
Interdisciplinary Political Studies     Open Access   (Followers: 2)
Interdisziplinäre Zeitschrift für Südasienforschung     Open Access  
Interest Groups & Advocacy     Hybrid Journal   (Followers: 4)
Interfaces Brasil/Canadá     Open Access   (Followers: 2)
International Affairs     Hybrid Journal   (Followers: 68)
International Area Studies Review     Hybrid Journal   (Followers: 3)
International Communication of Chinese Culture     Hybrid Journal   (Followers: 6)
International Critical Thought     Hybrid Journal   (Followers: 4)
International Interactions: Empirical and Theoretical Research in International Relations     Hybrid Journal   (Followers: 4)
International Journal : Canada's Journal of Global Policy Analysis     Hybrid Journal   (Followers: 4)
International Journal of Area Studies     Open Access   (Followers: 5)
International Journal of Children's Rights     Hybrid Journal   (Followers: 23)
International Journal of Diplomacy and Economy     Hybrid Journal   (Followers: 6)
International Journal of E-Politics     Full-text available via subscription   (Followers: 4)
International Journal of East Asian Studies     Open Access  
International Journal of Electronic Government Research     Full-text available via subscription   (Followers: 5)
International Journal of Environmental Policy and Decision Making     Hybrid Journal   (Followers: 2)
International Journal of Group Tensions     Hybrid Journal  
International Journal of Human Rights     Hybrid Journal   (Followers: 58)
International Journal of Intelligence and CounterIntelligence     Hybrid Journal   (Followers: 587)
International Journal of Intercultural Relations     Hybrid Journal   (Followers: 14)
International Journal of Politics, Culture, and Society     Hybrid Journal   (Followers: 16)
International Journal of Press/Politics     Hybrid Journal   (Followers: 11)
International Journal of Refugee Law     Hybrid Journal   (Followers: 40)
International Journal of Sexuality and Gender Studies     Hybrid Journal   (Followers: 25)
International Journal of Social Quality     Full-text available via subscription   (Followers: 1)
International Journal of Sustainable Development and World Ecology     Hybrid Journal   (Followers: 9)
International Journal on Minority and Group Rights     Hybrid Journal   (Followers: 8)
International Migration     Hybrid Journal   (Followers: 35)
International Migration Review     Hybrid Journal   (Followers: 275)
International Negotiation     Hybrid Journal   (Followers: 15)
International NGO Journal     Open Access   (Followers: 3)
International Organization     Full-text available via subscription   (Followers: 106)
International Peacekeeping     Hybrid Journal   (Followers: 476)
International Political Science Abstracts     Hybrid Journal   (Followers: 20)
International Political Science Review     Hybrid Journal   (Followers: 91)
International Political Sociology     Hybrid Journal   (Followers: 40)
International Quarterly for Asian Studies     Open Access  
International Regional Science Review     Hybrid Journal   (Followers: 13)
International Relations     Hybrid Journal   (Followers: 34)
International Relations of the Asia-Pacific     Hybrid Journal   (Followers: 24)
International Security     Hybrid Journal   (Followers: 75)
International Socialism     Open Access   (Followers: 1)
International Spectator : Italian Journal of International Affairs     Hybrid Journal   (Followers: 9)
International Studies     Hybrid Journal   (Followers: 10)
International Studies Perspectives     Hybrid Journal   (Followers: 9)
International Studies Quarterly     Hybrid Journal   (Followers: 53)
International Studies Review     Hybrid Journal   (Followers: 24)
International Theory: A Journal of International Politics, Law and Philosophy     Hybrid Journal   (Followers: 19)
Irish Political Studies     Hybrid Journal   (Followers: 8)
Israel Affairs     Hybrid Journal   (Followers: 5)
Israel Journal of Foreign Affairs     Hybrid Journal   (Followers: 3)
Istanbul Journal of Economics and Politics     Open Access  
Italian Political Science Review / Rivista Italiana di Scienza Politica     Hybrid Journal  
Italian Politics     Full-text available via subscription   (Followers: 2)
IZA Journal of Development and Migration     Open Access   (Followers: 2)
Izquierdas     Open Access  
Japan Forum     Hybrid Journal   (Followers: 7)
Japanese Journal of Political Science     Hybrid Journal   (Followers: 7)
JCMS : Journal of Common Market Studies     Hybrid Journal   (Followers: 49)
Jewish Culture and History     Hybrid Journal   (Followers: 19)
JICSA : Journal of Islamic Civilization in Southeast Asia     Open Access  
JKAP (Jurnal Kebijakan dan Administrasi Publik)     Open Access  
Journal des Economistes et des Etudes Humaines     Hybrid Journal  
Journal Exit-Deutschland. Zeitschrift für Deradikalisierung und demokratische Kultur     Open Access  
Journal for Deradicalization     Open Access   (Followers: 3)
Journal for Peace and Justice Studies     Full-text available via subscription   (Followers: 3)
Journal for Perspectives of Economic Political and Social Integration. Journal for Mental Changes     Open Access   (Followers: 4)
Journal for the Study of Radicalism     Full-text available via subscription   (Followers: 8)
Journal für Rechtspolitik     Hybrid Journal  
Journal of African Conflicts and Peace Studies     Open Access   (Followers: 8)
Journal of African Foreign Affairs     Full-text available via subscription   (Followers: 3)
Journal of African Studies and Development     Open Access   (Followers: 3)
Journal of African Union Studies     Full-text available via subscription  
Journal of Borneo-Kalimantan     Open Access  
Journal of Catholic Social Thought     Full-text available via subscription   (Followers: 2)
Journal of Chinese Political Science     Hybrid Journal   (Followers: 7)
Journal of Citizenship and Globalisation Studies     Open Access   (Followers: 3)

  First | 1 2 3 4 5     

Similar Journals
Journal Cover
Germinal : Marxismo e Educação em Debate
Number of Followers: 0  

  This is an Open Access Journal Open Access journal
ISSN (Print) 2175-5604
Published by Universidade Federal da Bahia Homepage  [7 journals]
  • MARX VIVE!!! VIVA MARX!!!

    • Authors: Maria de Fátima Rodrigues Pereira, Elza Margarida de Mendonça Peixoto, Pedro Leão da Costa Netto
      Pages: 1 - 15
      Abstract: Neste ano de 2018, celebrando os 200 anos do nascimento daquele que Friedrich Engels identificou como o maior pensador do seu tempo, Germinal: Marxismo e Educação em Debate – neste Volume 10, Número 3 – homenageia àquele sem o qual o sentido deste projeto editorial não existiria: Karl Marx (5/5/1818 - 14/3/1883). Reafirmamos que Marx permanece referência viva que nos inspira na crítica às relações de produção nas quais vivemos e nos esforços de organização da classe trabalhadora (a classe com cadeias radicais em luta pela superação destas opressivas relações de produção em que os meios de vida já são todos mercadoria.
      PubDate: 2018-05-29
      DOI: 10.9771/gmed.v10i1.26661
      Issue No: Vol. 10, No. 1 (2018)
       
  • DO COMUNISMO AO MARXISMO

    • Authors: Osvaldo Luis Angel Coggiola
      Pages: 16 - 33
      Abstract: O comunismo consolidou-se politicamente na segunda metade do século XIX; sua identificação com o marxismo teve um longo percurso. Este texto trata das teorias sobre comunismo e socialismo em seu processo histórico. Aponta que Marx e Engels trouxeram ao comunismo uma capacidade de formular seus objetivos baseada numa síntese de conhecimentos que nenhum de seus teóricos pregressos possuía.
      PubDate: 2018-05-29
      DOI: 10.9771/gmed.v10i1.26561
      Issue No: Vol. 10, No. 1 (2018)
       
  • A TEORIA POLÍTICA DE MARX E SUA ATUALIDADE NO SÉCULO XXI

    • Authors: Anita Helena Schlesener
      Pages: 34 - 43
      Abstract: Análise da primeira parte do Manifesto, a partir dos pressupostos teórico-metodológicos contidos no Prefácio de 1859, que abre o escrito: Para a Crítica da Economia Política, a fim de explicitar o modo como o movimento histórico se concretiza por meio da geração e superação de contradições e como, a partir delas, se efetiva o movimento do real. A contradição traz uma negação interna que se expressa no devir: os seres são uma realidade dividida em si mesma, permanente devir. A produção e superação das contradições caracteriza o movimento da história, revela o real realizando-se como luta. Destes pressupostos se explicita o movimento produzido pelo antagonismo de classes e o significado de luta de classes. As notas sobre as novas dimensões da luta de classes evidenciam a força mistificadora da ideologia e, para entender este processo, recorremos ao conceito de hegemonia de Gramsci.  Como conclusão, seguem-se algumas notas sobre a atualidade das colocações dos autores sobre luta de classes.
      PubDate: 2018-05-29
      DOI: 10.9771/gmed.v10i1.26022
      Issue No: Vol. 10, No. 1 (2018)
       
  • NOTAS PRELIMINARES SOBRE O CONCEITO DE PROGRESSO EM KARL MARX E FRIEDRICH
           ENGELS

    • Authors: Pedro Leão Da Costa Neto
      Pages: 44 - 53
      Abstract: O conceito deprogresso ocupou um lugar central no interior do pensamento histórico e filosófico. Após ter desempenhado um papel positivo e privilegiado na reflexão teórica do século XIX, desde o final daquele século e início do século XX, o conceito de progresso passou a ser objeto de diferentes críticas, até ser nas ultimas décadas do século passado totalmente desacreditado pelo pensamento burguês hegemônico. Da mesma maneira, desempenhou um papel relevantena obra de Karl Marx e Friedrich Engelse no interior da tradição marxista, entretanto, a sua sorte não foi muito diferente.O objetivo do presente artigo é tentaridentificar a presença, o significado e a importância do conceito de progresso na reflexão dos fundadores da concepção materialista da história e desta forma contribuir para a sua reavaliação.
      PubDate: 2018-05-29
      DOI: 10.9771/gmed.v10i1.26119
      Issue No: Vol. 10, No. 1 (2018)
       
  • O MÉTODO DE MARX: DIMENSÕES FILOSÓFICA, POLÍTICA E
           TEÓRICO-CIENTÍFICA

    • Authors: Manoel Gonçalves dos Santos, Luiz Bezerra Neto
      Pages: 54 - 71
      Abstract: O presente artigo visa discorrer sobre o método de Marx, no sentido de buscar perscrutar, problematizar e apresentar suas dimensões filosófica, política e teórico-científica, entendendo-as como faces que, no método marxiano, se apresentam de forma imbricadas e inseparáveis. A discussão empreendida sustenta que, numa época em que o meio acadêmico está eivado de tendências teórico-epistemológicas que encaminham pesquisas e produção de conhecimento de caráter pulverizado, mistificado e acrítico, reconhecer e registrar a consistência do método de Marx enquanto orientação teórico-epistemológica constitui procedimento que se pode qualificar de revolucionário, pelos desdobramentos que tal ação pode vir a proporcionar no curso da vida dos homens em sociedade. Explicitadas e problematizadas as dimensões supramencionadas do método marxiano, conclui-se que o mesmo reveste-se de inquestionável potencial e operacionalização factível para geração de conhecimento qualificado e engajado com as necessárias lutas que são requeridas pelas conjunturas que cercam as sociedades regidas pelo capital.
      PubDate: 2018-05-29
      DOI: 10.9771/gmed.v10i1.26135
      Issue No: Vol. 10, No. 1 (2018)
       
  • O LEGADO DE KARL MARX PARA A EDUCAÇÃO

    • Authors: Dermeval Saviani
      Pages: 72 - 83
      Abstract: Ao ensejo dos 200 anos do nascimento de Marx, comemorados em 5 de maio de 2018, este artigo aborda o legado educacional de Marx considerando cinco aspectos: 1. Marx, educador de seus filhos; 2. Os escritos de Marx sobre educação; 3. Derivações de sentido da obra de Marx para a educação; 4. Conteúdo educativo da concepção marxiana de mundo, de homem e de sociedade; 5. Potencial educativo das categorias teóricas elaboradas por Marx. Em conclusão indica-se a plena validade do legado de Marx na atual crise estrutural da sociedade capitalista.
      PubDate: 2018-05-29
      DOI: 10.9771/gmed.v10i1.26557
      Issue No: Vol. 10, No. 1 (2018)
       
  • BICENTENÁRIO DE KARL MARX E A ATUALIDADE DE SUAS CONTRIBUIÇÕES PARA A
           EDUCAÇÃO

    • Authors: José Claudinei Lombardi
      Pages: 84 - 94
      Abstract: Trata-se de artigo comemorativo dos 200 anos do nascimento de Karl Marx, pontuando alguns aspectos centrais da contribuição marxiana sobre educação e ensino, a partir do estudo da vasta obra desse atualíssimo clássico. O conteúdo da exposição está organizado em torno de três movimentos indissociáveis sobre o tema na obra de Marx, particularmente n’O capital: a crítica à educação e ao ensino burguês; a possibilidade e necessidade de, sob o modo de produção capitalista, ser ofertada uma educação crítica ao proletariado; o delineamento das características gerais da educação do futuro, não como mera utopia, mas como parte do projeto estratégico em construção pelo proletariado.
      PubDate: 2018-05-29
      DOI: 10.9771/gmed.v10i1.26558
      Issue No: Vol. 10, No. 1 (2018)
       
  • MARX, ENGELS E A CRÍTICA DA RELIGIÃO – Inventário e notas para um
           debate necessário –

    • Authors: Elza Margarida de Mendonça Peixoto
      Pages: 95 - 129
      Abstract: No século XXI a expansão das organizações religiosas torna-se um problema prático das relações políticas que as forças de esquerda devem enfrentar para a reorganização das fileiras da classe trabalhadora. O artigo traz um inventário e notas acerca da abordagem do problema da religião pelos efetuada por Marx e Engels em busca da matriz fundante que nos permita armas para o enfrentar deste desafio conjuntural.
      PubDate: 2018-05-29
      DOI: 10.9771/gmed.v10i1.26424
      Issue No: Vol. 10, No. 1 (2018)
       
  • A CONTRIBUIÇÃO DA CORRELAÇÃO DE FORÇAS NO INTERIOR DA ASSOCIAÇÃO
           INTERNACIONAL DOS TRABALHADORES NA CONSOLIDAÇÃO DA PERSPECTIVA
           EDUCACIONAL MARXIANA

    • Authors: Francisco Gilson Rodrigues Oliveira
      Pages: 130 - 138
      Abstract: O artigo analisa o impacto das tensões entre os comunistas e as outras correntes do movimento operário nos congressos da Associação Internacional dos Trabalhadores e na consolidação da perspectiva educacional marxiana. Recorre à literatura sobre a temática, aos documentos oficiais dos congressos e aos depoimentos de participantes para fundamentar a tese. Conclui que as correlações de força nesses congressos contribuíram sensivelmente para Marx amadurecer sua concepção de educação – ponto de chegada dos princípios educacionais que devem constar no programa de um partido operário.
      PubDate: 2018-05-29
      DOI: 10.9771/gmed.v10i1.26518
      Issue No: Vol. 10, No. 1 (2018)
       
  • PENSAR HISTORICAMENTE: UM LEGADO IMPRESCINDÍVEL DE KARL MARX

    • Authors: Marcos Cesar de Oliveira Pinheiro
      Pages: 139 - 144
      Abstract: No texto aborda-se o legado de Karl Marx para pensar historicamente o mundo, para apontar questionamentos onde muitos só enxergam certezas, partindo do que se pode chamar de uma “nota de leitura” da obra marxiana “O 18 Brumário de Luís Bonaparte”.
      PubDate: 2018-05-29
      DOI: 10.9771/gmed.v10i1.26562
      Issue No: Vol. 10, No. 1 (2018)
       
  • A “VIA RUSSA” E OS LIMITES DA TESE DA UNILINEARIDADE NO
           PENSAMENTO DE MARX

    • Authors: Guilherme Nunes Pires
      Pages: 145 - 157
      Abstract: O objetivo do presente artigo é apontar os limites da tese da unilinearidade na história no pensamento de Marx, através dos desdobramentos da questão russa e a possibilidade da “Via Russa” para o socialismo. A perspectiva da unilinearidade abarca que o pensamento de Marx estaria amparado por uma teleologia na história, ou seja, a história seria compreendida por uma sucessão de modos de produção e suas relações internas que inexoravelmente rumaria a uma sociedade sem classes sociais. Aponta-se que a questão russa fornece subsídios importantes para apontar suas limitações e a oposição de Marx a concepções históricas de tipo teleológicas.
      PubDate: 2018-05-29
      DOI: 10.9771/gmed.v10i1.26006
      Issue No: Vol. 10, No. 1 (2018)
       
  • A PRÁTICA COMO TRANSFORMAÇÃO MATERIAL EM MARX (1843 –
           1844)

    • Authors: João Paulo Dória Santana
      Pages: 158 - 170
      Abstract: O presente texto tem por objetivo analisar como a prática aparece em alguns dos trabalhos da juventude de Marx, em especial, Sobre a Questão Judaica, Crítica da Filosofia do Direito de Hegel: Introdução, Manuscritos Econômicos – Filosóficos. A preocupação de Marx com os problemas do mundo concreto coloca na filosofia, até então uma atividade meramente contemplativa, um papel revolucionário, desde que os homens empregassem um poder prático sobre ela, no caso em questão, que o proletariado buscasse na filosofia um instrumento para a luta política. Contudo, essa relação ainda se encontrava nos limites da emancipação política. Para a emancipação humana seria necessário uma completa revolução do mundo existente, o que demandaria uma compreensão radical do modo de produção e reprodução da vida. 
      PubDate: 2018-05-29
      DOI: 10.9771/gmed.v10i1.22684
      Issue No: Vol. 10, No. 1 (2018)
       
  • Praxis: Idealismo y Materialismo en Alemania y México

    • Authors: Stefan Gandler
      Pages: 171 - 183
      Abstract: Ante la actual tendencia –existente de cierta manera aún en el actual discurso filosófico dominante– de reducir la compleja relación entre lo ideal y subjetivo, por un lado, y lo material y objetivo-corporal, por el otro, a algo que se puede arreglar, reparar, mejorar e incluso sustituir por intervenciones de diferente tipo, cuyo único límite es el de los recursos económicos disponibles, por el momento y por el interesado o la interesada, vale la pena retomar algunas reflexiones de un autor frankfurtiano absolutamente subestimado el día de hoy en el debate mundial, cuya memoria ha sido ocultada por gritos de aleluya de los adeptos de otra corrientes filosóficas, cuyo manera de proceder se parece a veces más a la de vendedores de seguros que a la de pensadores (críticos, o por lo menos serios).
      PubDate: 2018-05-29
      DOI: 10.9771/gmed.v10i1.25862
      Issue No: Vol. 10, No. 1 (2018)
       
  • CRÍTICA DO IMPERIALISMO E DA REFORMA CURRICULAR BRASILEIRA DA EDUCAÇÃO
           BÁSICA: EVIDÊNCIA HISTÓRICA DA IMPOSSIBILIDADE DA LUTA PELA
           EMANCIPAÇÃO DA CLASSE TRABALHADORA DESDE A ESCOLA DO ESTADO

    • Authors: Rosa Maria Correa das Neves, Cláudia Lino Piccinini
      Pages: 184 - 206
      Abstract: A publicação da Base Nacional Comum Curricular que pretende alcançar a educação básica brasileira é parte de reformas contemporâneas que expressam interesses e modo de ação de monopólios brasileiros. Esse evento contribui para desnudar o equívoco teórico e prático que reivindica a escola nacional do Estado burguês como disputável, pela via democrática, numa direção emancipadora da classe trabalhadora, no sentido marxista do termo, ou seja, revolucionária. A investigação específica que fundamenta nossa análise sobre a BNCC iniciou em 2015, com a coleção de posições, através da qual concluímos que seu autor tem sido o Movimento Pela Base, associação de grupos empresariais brasileiros cuja natureza somente pudemos decifrar, recorrendo a análise de Lênin, publicada em 1917, sobre o capitalismo, em sua fase contemporânea - Imperialismo, fase superior do capitalismo.
      PubDate: 2018-05-29
      DOI: 10.9771/gmed.v10i1.26008
      Issue No: Vol. 10, No. 1 (2018)
       
  • COMMODIFICAÇÃO DA EDUCAÇÃO SUPERIOR EM TEMPOS DE
           HEGEMONIA FINANCEIRIZADA

    • Authors: Alisson Slider do Nascimento de Paula, Kátia Regina Rodrigues Lima, Frederico Jorge Ferreira Costa, Emmanoel Lima Ferreira
      Pages: 207 - 215
      Abstract: O presente artigo objetiva expor os elementos subjacentes ao processo de commodificação da educação superior sob o viés da hegemonia financeirizada do capital. Para trato teórico-metodológico, utilizou-se as bases do materialismo histórico-dialético, compreendendo o objeto como um todo articulado. Como procedimento, trata-se de uma pesquisa bibliográfica e documental. Considerou-se que a educação superior localizada no cenário de mundialização do capital, hegemonizado pelo rentismo, é concebida como mercadoria a ser comercializada no mercado educacional. Esse processo tem especificidades em função do Brasil ocupar posição dependente dentro do metabolismo global do capital.
      PubDate: 2018-05-29
      DOI: 10.9771/gmed.v10i1.25310
      Issue No: Vol. 10, No. 1 (2018)
       
  • MOEDA-CRÉDITO: APONTAMENTOS PARA UMA NOVA INTERPRETAÇÃO

    • Authors: Lucas Trentin Rech, Paulo Antonio de Freitas Balanco
      Pages: 216 - 229
      Abstract: RESUMOO presente trabalho busca aprofundar a compreensão da categoria, desenvolvida sobretudo por Alain Lipietz, moeda-crédito. Entretanto, busca-se apontar algumas correções imprescindíveis a partir da utilização rigorosa do método de Marx. Ao tratar da moeda de fidúcia como uma nova etapa do dinheiro, intrinsicamente vinculada às necessidades do capital na sociedade tardo-burguesa, abrem-se os caminhos para uma compreensão revigorada do conceito de moeda-crédito. Não obstante, sobressaltam as indicações da obra marxiana quanto a possibilidade, e porque não a necessidade ontológica, de emancipação do signo do dinheiro, ao mesmo tempo, que a partir do método fecundo deixado pelo pensador alemão, este artigo, busca compreender os desdobramentos do valor no capitalismo contemporâneo.RESUMÉNEste estudio tiene como objetivo profundizar en la comprensión de la categoría, especialmente desarrollada por Alain Lipietz, la moneda-crédito. Sin embargo, el objetivo es señalar algunas correcciones esenciales desde la utilización rigurosa del método de Marx. Al abordar la moneda fiduciaria como una nueva etapa de dinero, intrínsecamente ligada a las necesidades del capital en la sociedad tardo-burguesa, abre el camino para una comprensión revitalizada del concepto de dinero de crédito. Sin embargo, se sobresaltan las indicaciones de la obra de Marx acerca de la posibilidad, y por qué no la necesidad ontológica, de la emancipación del signo de dinero, mientras que a partir del método fructífero dado por el pensador alemán, este artículo trata de comprender las ramificaciones de valor en el capitalismo contemporáneo.ABSTRACTThis study aims to deepen understanding of the category, especially developed by Alain Lipietz, credit-currency. However, the goal is to point out some essential corrections from the rigorous use of the Marx’s method. In addressing the fiduciary currency as a new stage of money, intrinsically linked to the needs of capital in the late-bourgeois society, opens the way for a revitalized understanding of the concept of credit money. However, it contains indications of Marx's work about the possibility, and why not the ontological necessity of the emancipation of the money sign, while from the fruitful method given by the German thinker, this article deals understand the ramifications of value in contemporary capitalism.
      PubDate: 2018-05-29
      DOI: 10.9771/gmed.v10i1.20662
      Issue No: Vol. 10, No. 1 (2018)
       
  • CONTRIBUIÇÕES DA FILOSOFIA HEGELIANA PARA PARA PENSAR A INFLUÊNCIA
           VIGOTSKIANA NA PEDAGOGIA HISTÓRICO-CRÍTICA

    • Authors: Paulo Henrique de Vasconcelos
      Pages: 230 - 238
      Abstract: A formação do pensamento em conceito é central para a teoria do desenvolvimento de Vigotski, no entanto, ao limitar o conceito de conceito à uma concepção formalista, seu entendimento é esfacelado, resultando em uma compreensão reducionista das obras do autor. Assim sendo, é preciso retornar às bases filosóficas do pensamento de Vigotski, aqui representadas por um momento da filosofia hegeliana, tendo em vista a superação das interpretações formais de suas obras. O retorno à Hegel é um esforço essencial para captar de maneira fidedigna não apenas a complexidade teórica de Vigotski, mas também seus reflexos na pedagogia histórico-crítica e na teoria marxiana que as influencia.
      PubDate: 2018-05-29
      DOI: 10.9771/gmed.v10i1.25108
      Issue No: Vol. 10, No. 1 (2018)
       
  • CONTRIBUIÇÕES DE HENRI LEFEBVRE PARA A LEITURA DA CIDADE

    • Authors: Priscila de Souza Chisté
      Pages: 239 - 249
      Abstract: O texto busca apresentar, por meio de pesquisa bibliográfica, aspectos que abarcam a proposta de leitura do urbano realizada po Lefebvre por meio de recorte da análise diacrônica do eixo espaço temporal da cidade política, comercial, industrial e urbana. Apresenta um episódio que marcou o rompimento com a lógica do capital expressada pelos graffitisde Blu; e algumas reflexões sobre o eixo sincrônico com ênfase no tema “rua” como exemplo do nível misto, tendo como objeto de análise uma entrevista sobre o tema que intentou abarcar outros aspectos importantes para a leitura da cidade. De modo geral, o texto exibe recortes sobre a leitura do urbano sem perder de vista a dimensão da obra de Lefebvre e o radical aprofundamento do autor ao longo de sua produção intelectual. 
      PubDate: 2018-05-29
      DOI: 10.9771/gmed.v10i1.22701
      Issue No: Vol. 10, No. 1 (2018)
       
  • TRABALHO, IDEOLOGIA E EMANCIPAÇÃO HUMANA

    • Authors: Rafael Rossi, Aline Cristina Santana Rossi
      Pages: 250 - 258
      Abstract: Várias são as maneiras para abordar a relação que se estabelece entre ideologia e trabalho na sua vinculação com a problemática da emancipação humana. Todavia, entendemos que a análise ontológica instaurada pela teoria social marxiana pode contribuir com uma análise fundamentada na processualidade histórica da reprodução social. Desse modo, partimos das contribuições da ontologia marxiana para compreender o trabalho enquanto fundamento do ser social e a ideologia em sua função social, ou seja, para além do critério gnosiológico que a investiga apenas em seu caráter negativo. Entendemos que a teoria a deve permitir a reprodução ideal do objeto que investiga ao longo do processo histórico e real.
      PubDate: 2018-05-29
      DOI: 10.9771/gmed.v10i1.23409
      Issue No: Vol. 10, No. 1 (2018)
       
  • A REPRODUÇÃO DO SER SOCIAL E A MEDIAÇÃO DA
           EDUCAÇÃO

    • Authors: Maria Escolástica Moura Santos, Maria Suana Vasconcelos Jimenez, Ruth Maria de Paula Gonçalves
      Pages: 259 - 268
      Abstract: Resumo Este trabalho discute o processo de reprodução do ser social com base na perspectiva da ontologia marxiano-lukacsiana que considera o trabalho como ato gênese, responsável pela individuação e pela generidade. Deste modo, a reprodução se refere ao movimento de continuidade do ser que se dá tanto na esfera biológica quanto social e tem o complexo da educação como um importante mediador desse processo. Entretanto, na sociedade capitalista a educação assume um formato diferenciado e passa a atender mais aos interesses de classes do que ao processo de humanização verdadeiramente.Palavras-chave: Ser social. Trabalho. Educação. Capitalismo.
      PubDate: 2018-05-29
      DOI: 10.9771/gmed.v10i1.18472
      Issue No: Vol. 10, No. 1 (2018)
       
  • ESTUDO PRELIMINAR DA RELAÇÃO ENTRE A IGREJA E O ESTADO NA EDUCAÇÃO
           BRASILEIRA E DE SUA INFLUÊNCIA NA ABORDAGEM TEÓRICA DOS OBJETOS DAS
           CIÊNCIAS NATURAIS

    • Authors: Hugo Rodrigues Silva
      Pages: 269 - 277
      Abstract: Ao longo do processo histórico de constituição do Estado Brasileiro identifica-se a atuação da Igreja como partido ideológico das classes dominantes, seja instituindo o poder aos monarcas e imperadores, em aliança com os nobres, seja ao lado da burguesia industrial e financeira. O trabalho analisou a influência das instituições religiosas nas diretrizes educacionais produzidas no parlamento, por meio da análise crítica das legislações aprovadas no Congresso. Observou-se que as igrejas conservaram seus privilégios e imprimiram sua doutrina em grande parte dos documentos legais, e que o Ensino Religioso, sem contar com objeto de estudo bem delimitado, aborda conteúdos mediados por outras disciplinas sob a óptica de sua doutrina.Palavras-chave: Estado; religião; educação; Ciências Naturais.
      PubDate: 2018-05-29
      DOI: 10.9771/gmed.v10i1.26390
      Issue No: Vol. 10, No. 1 (2018)
       
  • “ANTÍPODAS DAS ESPERANÇAS DE POLANYI”: CONTRARRAZÕES ÀS TEORIAS DO
           TRABALHO IMATERIAL

    • Authors: Adriane Karina Amin Azevedo, Ana Lúcia de Sousa
      Pages: 278 - 286
      Abstract: Busca-se, neste artigo, realizar uma breve discussão sobre a categoria marxiana trabalho, como foi apropriada ideologicamente pelas teorias do trabalho imaterial para justificar a exploração da força de trabalho no contexto das transformações tecnológicas do pós-guerra, sobretudo, no contexto da reestruturação produtiva das décadas de 1970/1980. Para isso, discorremos sobre o caráter ontológico do trabalho como valor de uso, o trabalho produtivo gerador de mais-valia, as teorias do trabalho imaterial e as mudanças no/do mundo do trabalho que refutam as teorias do trabalho imaterial e sua crítica à categoria marxiana."ANTÍPODAS DE LAS ESPERANZAS DE POLANYI": CONTRARAZONES A LAS TEORÍAS DEL TRABAJO INMATERIALSe busca, en este artículo, realizar una breve discusión sobre la categoría marxiana trabajo   cómo fue apropiada ideológicamente por las teorías del trabajo inmaterial para justificar la explotación de la fuerza de trabajo en el contexto de las transformaciones tecnológicas de la posguerra, sobre todo, en contexto de la reestructuración productiva de las décadas de 1970/1980. Para ello, discordamos sobre el carácter ontológico del trabajo como valor de uso, el trabajo productivo generador de plusvalías, las teorías del trabajo inmaterial y los cambios en el mundo del trabajo que refuta las teorías del trabajo inmaterial y su crítica a la categoría marxiana trabajo."ANTIPODES OF POLANYI'S HOPES": CONTRAREASONS TO THE THEORIES OF IMMATERIAL LABORThis article seeks to make a brief discussion about the work category marxian and how it was appropriated ideologically by the theories of immaterial labor to justify the exploitation of the labor force in the context of post - war technological transformations, especially in the context of productive restructuring of the 1970s and 1980s. For this, we discuss the ontological character of work as value of use, productive work generating surplus value, theories of immaterial labor and changes in the world of work that refute the theories of immaterial work and its critique of the category Marxian work.

      PubDate: 2018-05-29
      DOI: 10.9771/gmed.v10i1.26206
      Issue No: Vol. 10, No. 1 (2018)
       
  • O TRABALHO PEDAGÓGICO NA ESCOLA E A PRÁXIS PEDAGÓGICA:
           ALGUNS APONTAMENTOS

    • Authors: Daiane Dalla Nora, Janaíne Welter, Jaqueline Welter, João Francisco Magno Ribas, Liliana Soares Ferreira
      Pages: 287 - 298
      Abstract: O objetivo deste estudo consiste em analisar a evidência da práxis pedagógica na escola. Esta investigação tem como abordagem a análise dialética e como procedimento um estudo, cujas técnicas de produção de dados são a pesquisa teórica e sua sistematização. A práxis criadora, reflexiva, revolucionária, produtiva, política e social, possibilita uma ação objetiva que visa à transformação da realidade concreta. Evidenciou-se que os sentidos do trabalho pedagógico recuperam-se através da práxis pedagógica, que é o trabalho pedagógico em uma etapa superior, quando visa à transformação consciente e sistemática da realidade. A evidência da práxis pedagógica na escola se dá a partir de um projeto histórico social de autonomia dos sujeitos.
      PubDate: 2018-05-29
      DOI: 10.9771/gmed.v10i1.25272
      Issue No: Vol. 10, No. 1 (2018)
       
  • ENSINO MÉDIO INTEGRADO E O CONCEITO DE ESCOLA UNITÁRIA DE
           GRAMSCI

    • Authors: Katharine Ninive Pinto Silva
      Pages: 299 - 307
      Abstract: Refletimos sobre a relação entre os conceitos de Educação Integrada e de escola unitária para Gramsci, através de estudo bibliográfico, análise documental e entrevistas. Concluímos que a educação profissional integrada ao ensino médio não é a principal modalidade adotada no Brasil, considerando o número de matrículas; que não há uma perspectiva da articulação teoria/prática e que a relação entre conteúdos propedêuticos e técnicos não prioriza a autonomia e reflexão crítica. Questões que estão distanciando a Educação Integrada da noção de Escola Unitária no ensino médio. 
      PubDate: 2018-05-29
      DOI: 10.9771/gmed.v10i1.22295
      Issue No: Vol. 10, No. 1 (2018)
       
  • DA PROLETARIZAÇÃO DOS PROFESSORES NA DITADURA EMPRESARIAL-MILITAR AOS
           DESAFIOS EDUCACIONAIS DA TRANSIÇÃO DEMOCRÁTICA: AS CONTRIBUIÇÕES DE
           FLORESTAN FERNANDES SOBRE A FORMAÇÃO POLÍTICA DO PROFESSOR

    • Authors: Lucelma Silva Braga, Fabiana Rodrigues
      Pages: 308 - 315
      Abstract: Durante os vinte e um anos da ditadura empresarial-militar no Brasil (1964-1985), alterou-se a realidade das condições de vida e de trabalho dos professores das escolas públicas brasileiras. Uma das importantes decorrências das mudanças foi o crescimento das organizações que reivindicavam melhores condições de trabalho e salário para os professores. Diante deste quadro, investigamos a maneira pela qual o intelectual e militante das causas educacionais, Florestan Fernandes, discute a formação do professor em tempos de rearticulação das organizações dos trabalhadores que recolocou em cena o debate e a intensificação as lutas em torno das reformas democráticas não realizadas, entre elas a universalização da educação pública que rompesse com a histórica dualidade educacional.
      PubDate: 2018-05-29
      DOI: 10.9771/gmed.v10i1.26401
      Issue No: Vol. 10, No. 1 (2018)
       
  • A PRECARIZAÇÃO DO TRABALHO DOCENTE NA EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA (EAD) NO
           BRASIL: UMA DISCUSSÃO TEÓRICA

    • Authors: Filipe Bellinaso, Henrique Tahan Novaes
      Pages: 316 - 325
      Abstract: Esta investigação propôs-se a estudar as condições de trabalho enfrentadas pelo profissional docente nas universidades do Brasil que utilizam da modalidade de ensino via a distância (Ead), através de uma discussão teórica acerca de sua totalidade. Compreendendo o avanço histórico do Ead no país, entende-se que este fenômeno não ocorre de forma isolada de seu contexto histórico, desta forma, se levantou o questionamento sob o impacto da implementação desta nova modalidade de ensino no trabalho docente. Sem querer dicotomizar as diferentes modelos de ensino, constatou-se que na Ead uma intensificação da precarização na medida em que, o profissional docente se encontra sujeito a uma forte divisão hierárquica do trabalho, a um processo de objetivação, racionalização e por fim, estranhamento.
      PubDate: 2018-05-29
      DOI: 10.9771/gmed.v10i1.23735
      Issue No: Vol. 10, No. 1 (2018)
       
  • MARXISMO E A ORGANIZAÇÃO DO ENSINO DE MATEMÁTICA: SIGNIFICAÇÕES DE
           SUJEITOS EM GRUPO DE ESTUDOS E PESQUISAS

    • Authors: Everaldo Gomes Leandro, Maria do Carmo de Sousa, José Antônio Araujo Andrade
      Pages: 326 - 337
      Abstract: Neste artigo, objetivamos apresentar um recorte de uma pesquisa de mestrado, no qual buscamos compreender quais as possibilidades de inter-relação entre a teoria marxista e a organização do ensino de Matemática. Para isso, investigamos o processo de significação de sujeitos-participantes de um grupo de estudos e pesquisas ao discutirem coletivamente pressupostos da obra marxista para a organização do ensino de Matemática. A partir da análise interpretativa, constatamos que um ponto de aproximação, entre a obra marxista com a organização do ensino de Matemática na perspectiva lógico-histórica, está associado à compreensão de como se dá o desenvolvimento do conhecimento por meio da ótica do materialismo histórico-dialético. Os dados construídos pela pesquisa revelaram a necessidade de reflexão conjunta sobre pressupostos da teoria marxista para a organização do ensino de Matemática. 
      PubDate: 2018-05-29
      DOI: 10.9771/gmed.v10i1.25069
      Issue No: Vol. 10, No. 1 (2018)
       
  • MARX por MARX - O CAPITAL CRÍTICA DA ECONOMIA POLÍTICA POSFÁCIO À
           SEGUNDA EDIÇÃO

    • Authors: Karl Marx
      Pages: 338 - 346
      Abstract: Marx comenta as principais alterações na edição. O ponto alto deste prefácio é o acerto de contas com a dialética Hegeliana, no destaque da diferença entre a perspectiva dialética que caracteriza a abordagem de Marx e Engels.
      PubDate: 2018-05-29
      DOI: 10.9771/gmed.v10i1.26658
      Issue No: Vol. 10, No. 1 (2018)
       
  • RECORDAÇÕES DA VIDA ÍNTIMA DE CARLOS MARX

    • Authors: Paul Lafargue
      Pages: 347 - 361
      Abstract: Paula Lafargue escreve suas memórias de convívio com Karl Marx oferecendo-nos um precioso depoimento sobre a perspectiva do grande revolucionário acerca da história dos homens e quanto à sua própria auto-organização de trabalho e estudo.
      PubDate: 2018-05-29
      DOI: 10.9771/gmed.v10i1.26653
      Issue No: Vol. 10, No. 1 (2018)
       
  • Karl Marx

    • Authors: Eleanor Marx
      Pages: 362 - 366
      Abstract: Eleanor Marx, a filha mais nova do grande revolucionário alemão, nos brinda com delicadas recordaÇões do convívio com "Moor".
      PubDate: 2018-05-29
      DOI: 10.9771/gmed.v10i1.26654
      Issue No: Vol. 10, No. 1 (2018)
       
  • DISCURSO DIANTE DO TÚMULO DE KARL MARX

    • Authors: Friedrich Engels
      Pages: 367 - 368
      Abstract: A 14 de Março, um quarto para as três da tarde, o maior pensador vivo deixou de pensar. Deixado só dois minutos apenas, ao chegar, encontrámo-lo tranquilamente adormecido na sua poltrona — mas para sempre.O que o proletariado combativo europeu e americano, o que a ciência histórica perderam com [a morte de] este homem não se pode de modo nenhum medir. Muito em breve se fará sentir a lacuna que a morte deste [homem] prodigioso deixou. Assim como Darwin descobriu a lei do desenvolvimento da Natureza orgânica, descobriu Marx a lei do desenvolvimento da história humana: o simples facto, até aqui encoberto sob pululâncias ideológicas, de que os homens, antes do mais, têm primeiro que comer, beber, abrigar-se e vestir-se, antes de se poderem entregar à política, à ciência, à arte, à religião, etc; de que, portanto, a„pro-dução dos meios de vida materiais imediatos (e, com ela, o estádio de desenvolvimento económico de um povo ou de um período de tempo) forma a base, a partir da qual as instituições do Estado, as visões do Direito, a arte e mesmo as representações religiosas dos homens em questão, se desenvolveram e a partir da qual, portanto, das têm também que ser explicadas — e não, como até agora tem acontecido, inversamente.
      PubDate: 2018-05-29
      DOI: 10.9771/gmed.v10i1.26655
      Issue No: Vol. 10, No. 1 (2018)
       
  • A ATUALIDADE DOS 170 ANOS DO MANIFESTO COMUNISTA

    • Authors: Otávio Luiz Aranha
      Pages: 369 - 375
      Abstract: Este ano comemoramos o bicentenário de nascimento de Karl Marx (1818-1883) e dentre o conjunto de suas obras, o Manifesto do Partido Comunista também faz aniversário de 170 anos. Resenha-se este livro, escrito conjuntamente com Friedrich Engels, por representar uma obra clássica do marxismo, pela síntese das ideias expostas ao mundo inteiro do modo de ver do comunismo científico e pela atualidade que esse texto resguarda em pleno século XXI.
      PubDate: 2018-05-29
      DOI: 10.9771/gmed.v10i1.26483
      Issue No: Vol. 10, No. 1 (2018)
       
  • A ATIVIDADE DE ENSINO NA EDUCAÇÃO FÍSICA: A RELAÇÃO DIALÉTICA ENTRE
           CONTEÚDO E FORMA.

    • Authors: Antonio Leonan Alves Ferreira
      First page: 376
      Abstract: Esta pesquisa tem como objeto de estudo a prática de ensino na educação física. A preponderância da lógica das formas em detrimento à lógica dos conteúdos na prática de ensino na educação física tem comprometido o desenvolvimento do pensamento conceitual dos alunos, pois a abordagem dos conteúdos fica no limite do pensamento subjugado à captação sensorial. Para a análise do problema, definimos dois objetivos: primeiro, destacar o papel dos conteúdos de ensino da educação física no desenvolvimento do pensamento conceitual nos alunos; segundo, elucidar a relação dialética entre forma e conteúdo no ensino da educação física. O método de investigação constitui-se na caracterização geral da estrutura da atividade engendrada por condições históricas concretas, para depois, a partir desta estrutura, pôr em evidência as particularidades psicológicas do processo de interiorização da estrutura na consciência dos homens. Na atividade de ensino na educação física, a apropriação pelos indivíduos do conteúdo das formas mais complexas do desenvolvimento histórico-social da corporalidade, a atividade esportiva, determinada pelas leis da natureza e da sociedade, é objetivada no autodomínio da corporalidade; o procedimento de formação de hábitos motores pela via da adaptação às condições existentes durante a realização da ação é substituído pela formação de habilidades motoras desde as formas mais desenvolvidas do conteúdo da atividade, pela via da transformação de ações conscientes autônomas em operações motoras auxiliares, o que só poderá se realizar pela formação e realização do movimento voluntário nos alunos nas aulas de educação física. A forma mais desenvolvida da experiência sócio-histórica e ontogenética da corporalidade humana acumulada em objetos sociais é a atividade esportiva complexa culturalmente formada. A sua estrutura condensa atividade humano-genérica com graus elevados de complexidade. Sua gênese é a atividade produtiva e o jogo, a sua forma embrionária – quando os fins das ações passaram a motivo da atividade, dando origem a novas necessidades. Assim, a atividade esportiva é uma expressão universal do desenvolvimento da corporalidade humana, uma relação ativa, consciente e intencional, porém indireta, entre o indivíduo e seu corpo, do indivíduo consigo mesmo e com os outros homens, produzida na história do gênero humano, portanto, a expressão mais geral deste tipo particular de atividade. A transformação de ações conscientes autônomas, que tem por base o conteúdo acumulado na atividade, em operações motoras auxiliares, possibilitará aos alunos a superação do pensamento subjugado à captação sensorial em direção ao pensamento conceitual, pelo desenvolvimento da percepção, atenção, memória, linguagem e pensamento na esteira deste tipo particular de atividade complexa, requisito ao autodomínio da corporalidade, quando a imagem, que é subjetivação do objetivado historicamente, realiza-se, necessariamente, na corporalidade dos indivíduos.
      PubDate: 2018-05-29
      DOI: 10.9771/gmed.v10i1.17309
      Issue No: Vol. 10, No. 1 (2018)
       
 
 
JournalTOCs
School of Mathematical and Computer Sciences
Heriot-Watt University
Edinburgh, EH14 4AS, UK
Email: journaltocs@hw.ac.uk
Tel: +00 44 (0)131 4513762
Fax: +00 44 (0)131 4513327
 
Home (Search)
Subjects A-Z
Publishers A-Z
Customise
APIs
Your IP address: 35.172.111.215
 
About JournalTOCs
API
Help
News (blog, publications)
JournalTOCs on Twitter   JournalTOCs on Facebook

JournalTOCs © 2009-