A  B  C  D  E  F  G  H  I  J  K  L  M  N  O  P  Q  R  S  T  U  V  W  X  Y  Z  

        1 2 3 | Last   [Sort by number of followers]   [Restore default list]

  Subjects -> SCIENCES: COMPREHENSIVE WORKS (Total: 413 journals)
Showing 1 - 200 of 265 Journals sorted alphabetically
ABC Journal of Advanced Research     Open Access  
Academic Voices : A Multidisciplinary Journal     Open Access   (Followers: 2)
Accountability in Research: Policies and Quality Assurance     Hybrid Journal   (Followers: 18)
Acta Materialia Transilvanica     Open Access  
Acta Nova     Open Access   (Followers: 1)
Acta Scientifica Malaysia     Open Access  
Acta Scientifica Naturalis     Open Access   (Followers: 3)
Adıyaman University Journal of Science     Open Access  
Advanced Science     Open Access   (Followers: 12)
Advanced Science, Engineering and Medicine     Partially Free   (Followers: 9)
Advanced Theory and Simulations     Hybrid Journal   (Followers: 1)
Advances in Research     Open Access   (Followers: 1)
Advances in Science and Technology     Full-text available via subscription   (Followers: 14)
African Journal of Science, Technology, Innovation and Development     Hybrid Journal   (Followers: 8)
Afrique Science : Revue Internationale des Sciences et Technologie     Open Access   (Followers: 2)
AFRREV STECH : An International Journal of Science and Technology     Open Access   (Followers: 3)
Akademik Platform Mühendislik ve Fen Bilimleri Dergisi     Open Access   (Followers: 2)
American Academic & Scholarly Research Journal     Open Access   (Followers: 6)
American Journal of Applied Sciences     Open Access   (Followers: 27)
American Journal of Humanities and Social Sciences     Open Access   (Followers: 13)
Anadol University Journal of Science and Technology B : Theoritical Sciences     Open Access  
Anadolu University Journal of Science and Technology A : Applied Sciences and Engineering     Open Access  
ANALES de la Universidad Central del Ecuador     Open Access   (Followers: 3)
Anales del Instituto de la Patagonia     Open Access  
Annali dell'Istituto e Museo di storia della scienza di Firenze     Hybrid Journal  
Applied Mathematics and Nonlinear Sciences     Open Access  
Apuntes de Ciencia & Sociedad     Open Access  
Arab Journal of Basic and Applied Sciences     Open Access  
Arabian Journal for Science and Engineering     Hybrid Journal   (Followers: 5)
Archives Internationales d'Histoire des Sciences     Partially Free   (Followers: 6)
Archives of Current Research International     Open Access   (Followers: 1)
ARO. The Scientific Journal of Koya University     Open Access  
Asia-Pacific Journal of Science and Technology     Open Access  
Asian Journal of Advanced Research and Reports     Open Access   (Followers: 1)
Asian Journal of Applied Science and Engineering     Open Access   (Followers: 2)
Asian Journal of Scientific Research     Open Access   (Followers: 3)
Asian Journal of Technology Innovation     Hybrid Journal   (Followers: 8)
Australian Field Ornithology     Full-text available via subscription   (Followers: 4)
Australian Journal of Social Issues     Hybrid Journal   (Followers: 6)
Avances en Ciencias e Ingeniería     Open Access  
Avrasya Terim Dergisi     Open Access  
AZimuth     Full-text available via subscription   (Followers: 1)
Bangladesh Journal of Scientific Research     Open Access   (Followers: 1)
Beni-Suef University Journal of Basic and Applied Sciences     Open Access   (Followers: 3)
Berichte Zur Wissenschaftsgeschichte     Hybrid Journal   (Followers: 10)
Berkeley Scientific Journal     Full-text available via subscription  
BIBECHANA     Open Access   (Followers: 2)
BibNum     Open Access  
Bilge International Journal of Science and Technology Research     Open Access   (Followers: 1)
Bioethics Research Notes     Full-text available via subscription   (Followers: 14)
Bistua : Revista de la Facultad de Ciencias Básicas     Open Access  
Bitlis Eren Üniversitesi Fen Bilimleri Dergisi     Open Access  
Bitlis Eren University Journal of Science and Technology     Open Access   (Followers: 1)
Black Sea Journal of Engineering and Science     Open Access  
Borneo Journal of Resource Science and Technology     Open Access  
Brazilian Journal of Science and Technology     Open Access   (Followers: 2)
Bulletin de la Société Royale des Sciences de Liège     Open Access  
Bulletin of the National Research Centre     Open Access  
Butlletí de la Institució Catalana d'Història Natural     Open Access  
Celal Bayar Üniversitesi Fen Bilimleri Dergisi     Open Access   (Followers: 1)
Central European Journal of Clinical Research     Open Access  
Chain Reaction     Full-text available via subscription  
Ciencia & Natura     Open Access   (Followers: 1)
Ciencia Amazónica (Iquitos)     Open Access   (Followers: 1)
Ciencia en Desarrollo     Open Access  
Ciencia en su PC     Open Access   (Followers: 1)
Ciencia Ergo Sum     Open Access  
Ciência ET Praxis     Open Access  
Ciencia y Tecnología     Open Access  
Ciencia, Docencia y Tecnología     Open Access  
Ciencias Holguin     Open Access   (Followers: 3)
CienciaUAT     Open Access   (Followers: 1)
Citizen Science : Theory and Practice     Open Access   (Followers: 1)
Communications Faculty of Sciences University of Ankara Series A2-A3 Physical Sciences and Engineering     Open Access  
Communications in Applied Sciences     Open Access  
Comprehensive Therapy     Hybrid Journal   (Followers: 3)
Comunicata Scientiae     Open Access  
ConCiencia     Open Access  
Conference Papers in Science     Open Access   (Followers: 2)
Configurations     Full-text available via subscription   (Followers: 9)
COSMOS     Hybrid Journal  
Crea Ciencia Revista Científica     Open Access   (Followers: 2)
Cuadernos de Investigación UNED     Open Access  
Cumhuriyet Science Journal     Open Access  
Current Issues in Criminal Justice     Hybrid Journal   (Followers: 15)
Current Research in Geoscience     Open Access   (Followers: 8)
Dalat University Journal of Science     Open Access  
Data     Open Access   (Followers: 3)
Data Curation Profiles Directory     Open Access   (Followers: 4)
Dhaka University Journal of Science     Open Access  
Dharmakarya     Open Access  
Diálogos Interdisciplinares     Open Access  
Digithum     Open Access   (Followers: 2)
Eastern Anatolian Journal of Science     Open Access  
Educação, Ciência e Cultura     Open Access  
Einstein (São Paulo)     Open Access  
Ekaia : EHUko Zientzia eta Teknologia aldizkaria     Open Access  
Elkawnie : Journal of Islamic Science and Technology     Open Access  
Emergent Scientist     Open Access   (Followers: 1)
Enhancing Learning in the Social Sciences     Open Access   (Followers: 9)
Enseñanza de las Ciencias : Revista de Investigación y Experiencias Didácticas     Open Access  
Entramado     Open Access  
Entre Ciencia e Ingeniería     Open Access   (Followers: 1)
Epiphany     Open Access   (Followers: 4)
Episteme Transversalis     Open Access  
Ergo     Open Access  
Estação Científica (UNIFAP)     Open Access   (Followers: 1)
Ethiopian Journal of Education and Sciences     Open Access   (Followers: 6)
Ethiopian Journal of Science and Technology     Open Access  
European Online Journal of Natural and Social Sciences     Open Access   (Followers: 13)
European Scientific Journal     Open Access   (Followers: 4)
Evidência - Ciência e Biotecnologia - Interdisciplinar     Open Access  
Exchanges : the Warwick Research Journal     Open Access   (Followers: 2)
Facets     Open Access  
Fides et Ratio : Revista de Difusión Cultural y Científica     Open Access   (Followers: 1)
Fırat Üniversitesi Fen Bilimleri Dergisi     Open Access  
Fırat University Turkish Journal of Science & Technology     Open Access  
Fontanus     Open Access  
Forensic Science Policy & Management: An International Journal     Hybrid Journal   (Followers: 382)
Frontiers for Young Minds     Open Access  
Frontiers in Climate     Open Access   (Followers: 1)
Frontiers in Science     Open Access   (Followers: 1)
Futures & Foresight Science     Hybrid Journal   (Followers: 1)
Gazi University Journal of Science     Open Access  
Gaziosmanpaşa Bilimsel Araştırma Dergisi     Open Access  
Ghana Studies     Full-text available via subscription   (Followers: 15)
Global Journal of Pure and Applied Sciences     Full-text available via subscription  
Global Journal of Science Frontier Research     Open Access   (Followers: 2)
Globe, The     Full-text available via subscription   (Followers: 4)
HardwareX     Open Access  
Heidelberger Jahrbücher Online     Open Access  
Heliyon     Open Access  
Himalayan Journal of Science and Technology     Open Access   (Followers: 1)
Hoosier Science Teacher     Open Access  
Iğdır Üniversitesi Fen Bilimleri Enstitüsü Dergisi / Journal of the Institute of Science and Technology     Open Access  
Impact     Open Access   (Followers: 2)
Indonesian Journal of Science and Mathematics Education     Open Access   (Followers: 2)
Indonesian Journal of Science and Technology     Open Access  
Ingenieria y Ciencia     Open Access   (Followers: 1)
Innovare : Revista de ciencia y tecnología     Open Access  
Instruments     Open Access  
Integrated Research Advances     Open Access  
Interciencia     Open Access   (Followers: 1)
Interface Focus     Full-text available via subscription  
International Annals of Science     Open Access  
International Archives of Science and Technology     Open Access  
International Journal of Academic Research in Business, Arts & Science     Open Access   (Followers: 1)
International Journal of Advanced Multidisciplinary Research and Review     Open Access  
International Journal of Advancement in Education and Social Sciences     Open Access   (Followers: 1)
International Journal of Advances in Engineering, Science and Technology     Open Access   (Followers: 3)
International Journal of Applied Science     Open Access  
International Journal of Basic and Applied Sciences     Open Access   (Followers: 4)
International Journal of Computational and Experimental Science and Engineering (IJCESEN)     Open Access  
International Journal of Engineering, Science and Technology     Open Access  
International Journal of Engineering, Technology and Natural Sciences     Open Access  
International Journal of Innovation and Applied Studies     Open Access   (Followers: 7)
International Journal of Innovative Research and Scientific Studies     Open Access   (Followers: 4)
International Journal of Innovative Research in Social and Natural Sciences     Open Access   (Followers: 1)
International Journal of Network Science     Hybrid Journal   (Followers: 3)
International Journal of Recent Contributions from Engineering, Science & IT     Open Access   (Followers: 1)
International Journal of Research in Science     Open Access   (Followers: 2)
International Journal of Science & Emerging Technologies     Open Access   (Followers: 1)
International Journal of Sciences : Basic and Applied Research     Open Access  
International Journal of Social Sciences and Management     Open Access   (Followers: 2)
International Journal of Technology Policy and Law     Hybrid Journal   (Followers: 7)
International Letters of Social and Humanistic Sciences     Open Access   (Followers: 1)
International Review of Applied Sciences     Open Access  
International Scientific and Vocational Studies Journal     Open Access   (Followers: 1)
InterSciencePlace     Open Access   (Followers: 1)
Investiga : TEC     Open Access  
Investigación Joven     Open Access  
Investigación Valdizana     Open Access  
Investigacion y Ciencia     Open Access   (Followers: 1)
Iranian Journal of Science and Technology, Transactions A : Science     Hybrid Journal  
iScience     Open Access  
Issues in Science & Technology     Free   (Followers: 7)
İstanbul Ticaret Üniversitesi Fen Bilimleri Dergisi / İstanbul Commerce University Journal of Science     Open Access  
Istituto Lombardo - Accademia di Scienze e Lettere - Rendiconti di Scienze     Open Access  
Ithaca : Viaggio nella Scienza     Open Access  
J : Multidisciplinary Scientific Journal     Open Access  
Journal de la Recherche Scientifique de l'Universite de Lome     Full-text available via subscription   (Followers: 2)
Journal for New Generation Sciences     Open Access   (Followers: 4)
Journal of Chromatography & Separation Techniques     Open Access   (Followers: 12)
Journal of Advanced Research     Open Access   (Followers: 2)
Journal of Al-Qadisiyah for Pure Science     Open Access   (Followers: 1)
Journal of Analytical Science & Technology     Open Access   (Followers: 6)
Journal of Applied Science and Technology     Full-text available via subscription   (Followers: 1)
Journal of Applied Sciences and Environmental Management     Open Access   (Followers: 2)
Journal of Big History     Open Access   (Followers: 2)
Journal of Composites Science     Open Access   (Followers: 2)
Journal of Critical Thought and Praxis     Open Access   (Followers: 2)
Journal of Deliberative Mechanisms in Science     Open Access  
Journal of Diversity Management     Open Access   (Followers: 4)
Journal of Indian Council of Philosophical Research     Hybrid Journal  
Journal of Institute of Science and Technology     Open Access  
Journal of Integrated Science and Technology     Open Access  
Journal of Interaction Science     Open Access   (Followers: 1)
Journal of Kerbala University     Open Access   (Followers: 1)
Journal of King Saud University - Science     Open Access   (Followers: 1)
Journal of Law, Information and Science     Full-text available via subscription   (Followers: 19)

        1 2 3 | Last   [Sort by number of followers]   [Restore default list]

Similar Journals
Journal Cover
Educação, Ciência e Cultura
Number of Followers: 0  

  This is an Open Access Journal Open Access journal
ISSN (Print) 1413-7321 - ISSN (Online) 2236-6377
Published by Unilasalle Homepage  [4 journals]
  • Sumário

    • Authors: Leonidas Roberto Taschetto
      Pages: 01 - 06
      PubDate: 2018-05-03
      DOI: 10.18316/recc.v23i1.4738
      Issue No: Vol. 23, No. 1 (2018)
       
  • Apresentação Dossiê Temático - Por um deserto no pensamento: a modo de
           apresentação

    • Authors: Claudia Glavam Duarte, Josaine de Moura Pinheiro, Suelen Assunção Santos
      Pages: 07 - 12
      Abstract: Apresentação Dossiê Temático - Educação Matemática: Tendências Contemporâneas Por um deserto no pensamento: a modo de apresentação
      PubDate: 2018-05-03
      DOI: 10.18316/recc.v23i1.4740
      Issue No: Vol. 23, No. 1 (2018)
       
  • Salas de aula como espaços de com-posições da diferença na formação
           docente

    • Authors: Alexandirna Monteiro, Jackeline Rodrigues Mendes
      Pages: 13 - 25
      Abstract: Nosso objetivo é problematizar questões curriculares, em especial, relacionadas ao ensino de matemática a partir de conceitos da filosofia da diferença. Pretendemos voltar-nos para estudos que problematizam o modelo curricular disciplinar. E nos guiaremos pelas questões: Que propostas curriculares não disciplinares poderiam emergir no contexto de cursos de formação docente' Sobre quais bases teóricas se sustentariam' Pretendemos, a partir destes questionamentos, problematizar algumas das amarras curriculares que sustentam matrizes formativas do futuro professor.  
      PubDate: 2018-05-03
      DOI: 10.18316/recc.v23i1.4231
      Issue No: Vol. 23, No. 1 (2018)
       
  • Modelagem Matemática na Educação Matemática: uma engrenagem da
           maquinaria curricular

    • Authors: Ademir Donizeti Caldeira, Maria Carolina Machado Magnus, Betina Cambi
      Pages: 27 - 39
      Abstract: O presente artigo tem por objetivo problematizar alguns enunciados que foram colocados em circulação nos anais da IX Conferência Nacional sobre Modelagem na Educação Matemática. Para o empreendimento da análise, utilizamos ferramentas metodológicas advindas da oficina do Michel Foucault. Os enunciados decorrentes das regularidades encontrados a partir das enunciações foram: as atividades de Modelagem despertam o interesse dos alunos e os motivam pela aprendizagem dos conteúdos matemáticos; as atividades de Modelagem tornam os alunos mais ativos e corresponsáveis pela aprendizagem; as atividades de Modelagem dão visibilidade aos conteúdos matemáticos. A problematização destes nos mostrou que as atividades de Modelagem privilegiam o ensino dos conteúdos matemáticos, tornando-se uma engrenagem da maquinaria curricular.
      PubDate: 2018-05-03
      DOI: 10.18316/recc.v23i1.4125
      Issue No: Vol. 23, No. 1 (2018)
       
  • A pragmática filosófica de Wittgenstein e a Educação
           Matemática

    • Authors: Thiago Pedro Pinto
      Pages: 41 - 55
      Abstract: Este artigo aborda a leitura de textos da Educação Matemática que se utilizam da pragmática filosófica de Wittgenstein para apoiar seus trabalhos. É grande e crescente o número de trabalhos que se enquadram nesta característica, configurando-se, a nosso ver, em uma tendência dentro do campo científico. Tentamos nesta leitura abordar os principais motivos declarados pelos autores para o uso de tal abordagem filosófica nestes trabalhos, suas contribuições e limitações, bem como, quando era o caso, a discussão que se era feita ao trazer outros filósofos (ou teorias) de forma conjunta. Em certa medida, delineamos aqui alguns movimentos que vimos percebendo no campo da Educação Matemática quanto a estes usos. Certamente, muitos trabalhos ficaram de fora desta leitura, tentamos trazer aqueles que efetivamente têm nos apoiado nas discussões no grupo de pesquisa História da Educação Matemática em Pesquisa (HEMEP) e em disciplinas específicas sobre Wittgenstein e Educação Matemática, que vêm ocorrendo semestralmente desde 2014 no Programa de Pós-Graduação em Educação Matemática da Universidade  Federal de Mato Grosso do Sul (UFMS). Os trabalhos elencados aqui versam sobre sala de aula de matemática, a matemática em outros ambientes, Etnomatemática, formação de professores e sobre pesquisas historiográficas em Educação Matemática apoiadas nas ideias do segundo Wittgenstein. Quanto às interlocuções, alguns destes trabalhos nos trazem diálogos desta pragmática filosófica com ideias de Romulo Lins, Jacques Derrida e Michel Foucault. Por fim, trazemos alguns breves apontamentos sobre esta leitura e algumas questões que ela nos coloca.
      PubDate: 2018-05-03
      DOI: 10.18316/recc.v23i1.4168
      Issue No: Vol. 23, No. 1 (2018)
       
  • O GEEMCo em sua primeira fase: Wittgenstein e Foucault mobilizados para
           pensar a Educação Matemática

    • Authors: Juliano Espezim Soares Faria, Alice Stephanie Tapia Sartori
      Pages: 57 - 67
      Abstract: Neste texto, procuramos mostrar como algumas referências contemporâneas foram mobilizadas pelos integrantes do Grupo de Estudos em Educação Matemática e Contemporaneidade (GEEMCo) em sete produções escritas no âmbito acadêmico: quatro dissertações e três artigos, produzidos entre 2013 e 2015, período de “maturidade” da primeira fase do grupo. Mostramos a significativa influência dos filósofos Ludwig Wittgenstein e Michel Foucault sobre este conjunto de trabalhos, destacando a forma como as autoras e autores, integrantes do GEEMCo, realizaram suas análises teóricas.
      PubDate: 2018-05-03
      DOI: 10.18316/recc.v23i1.4242
      Issue No: Vol. 23, No. 1 (2018)
       
  • Aleturgias: rituais de verdade que se movimentam no Colégio Militar de
           Porto Alegre (CMPA) e na Olimpíada Brasileira de Matemática das Escolas
           Públicas (OBMEP)

    • Authors: Josaine de Moura Pinheiro
      Pages: 69 - 87
      Abstract: Este artigo apresenta um estudo de como rituais de verdade são colocados em operação no Colégio Militar de Porto Alegre (CMPA) e na Olimpíada Brasileira de Matemática das Escolas Públicas (OBMEP) e como eles se conjugam e se reforçam mutuamente, de modo a posicionar os alunos do CMPA como indivíduos assujeitados à racionalidade neoliberal, tornando-os competitivos e empreendedores de si mesmos. Os aportes teóricos que sustentam a investigação advêm do campo da Educação Matemática, vinculam-se às teorizações de Michel Foucault, principalmente àquelas desenvolvidas em suas obras Segurança, Território e População e Do Governo dos Vivos, convergentes às teorizações pós-estruturalistas. A tática metodológica adotada para analisar o material de pesquisa foi balizada pela análise do discurso, tratada e discutida por Michel Foucault. O material de pesquisa abrange documentos do CMPA e o site oficial da OBMEP. O exercício analítico efetivado sobre o material de pesquisa mostrou que as aleturgias colocadas em movimento no CMPA e na OBMEP possuem aproximação de táticas que convergem para os princípios da sociedade de controle e de regulação.
      PubDate: 2018-05-03
      DOI: 10.18316/recc.v23i1.4240
      Issue No: Vol. 23, No. 1 (2018)
       
  • Quando o instante é para sempre (ou: a experiência como oportunidade de
           formações matemáticas de diferentes professores)

    • Authors: João Ricardo Viola dos Santos
      Pages: 89 - 100
      Abstract: Neste ensaio, produzo movimentos de escrita na tentativa de provocar efeitos nas discussões a respeito da formação matemática de futuros professores de matemática nos cursos de Licenciatura dessa área. No primeiro, minhas produções/travessias são em habitar espaços com as noções de experiência, estranhamento e descentramento, instituindo-as como oportunidades de diferentes formações. No segundo, minhas produções/travessias são com textualizações de entrevistas com educadores matemáticos e matemáticos que se posicionam a respeito de uma formação matemática de futuros professores de matemática. Em meio à afirmação “quando o instante é para sempre”, produzo efeitos não na direção de postular, prescrever, determinar, elencar aquilo que o professor precisa saber. Produzo, enfim, efeitos em tentativas de problematizar algumas verdades, em demarcar fronteiras fluídas que nos ofereçam outros horizontes, em fazer-me acreditar que outras formações são possíveis.
      PubDate: 2018-05-03
      DOI: 10.18316/recc.v23i1.4174
      Issue No: Vol. 23, No. 1 (2018)
       
  • Formarse en la crítica para educar. Análisis del discurso sobre la
           reglamentación de la formación de profesores de matemáticas

    • Authors: José Torres Duarte, Andrea Ochoa Valencia
      Pages: 101 - 112
      Abstract: En el presente artículo se realiza un análisis del discurso sobre la reglamentación de la formación de profesores de matemáticas en Colombia respecto a la noción de “crítica” con la que futuros profesores de matemáticas se han de formar para luego educar. La investigación de la que se da cuenta se enmarcó dentro del enfoque cualitativo en investigación, tomó del postestructuralismo aspectos teóricos y metodológicos, las nociones de discurso y subjetivación propuestas por Michel Foucault. El análisis permitió visibilizar como estas enunciaciones generan tensión entre las nociones que pueden ser atribuidas a la “crítica”, las intenciones de su formulación o enunciación y los mecanismos de subjetivación de futuros profesores de matemáticas al respecto de la formación crítica. Tensión porque por un lado, las nociones de “crítica” son demasiado débiles para la potencia que la palabra posee; por otro, las intenciones en su formulación resultan ser  enormes en términos de la mejora en la calidad educativa y desarrollo humano; y finalmente, en términos de subjetivación se aprecia una despolitización de las prácticas de formación.
      PubDate: 2018-05-03
      DOI: 10.18316/recc.v23i1.4177
      Issue No: Vol. 23, No. 1 (2018)
       
  • A atividade matemática escolar como introdução de
           paradigmas na linguagem

    • Authors: Cristiane Maria Cornelia Gottschalk
      Pages: 113 - 124
      Abstract: De uma perspectiva wittgensteiniana, este artigo parte do pressuposto de que o uso que fazemos de nossos enunciados matemáticos é de natureza diferente das hipóteses das ciências naturais, as quais têm um uso predominantemente referencial. Enquanto estas têm uma finalidade explicativa e descritiva, os objetos da matemática e suas relações expressas através de axiomas e teoremas desempenham um papel normativo. Em contraposição a uma concepção referencial do conhecimento matemático, tem-se como objetivo mostrar a importância desta distinção para a atividade matemática no contexto escolar, desde o nível mais elementar de introdução de paradigmas em jogos de linguagem preparatórios, até o nível mais complexo de suas demonstrações, que, por sua vez, produzem novos paradigmas. Conclui-se que determinadas interpretações dos enunciados matemáticos advindas de uma concepção referencial da linguagem matemática podem conduzir a imagens dogmáticas, acarretando diversos equívocos em suas práticas pedagógicas, em particular, quando estas se ancoram em teorias mentalistas ou empiristas do significado.
      PubDate: 2018-05-03
      DOI: 10.18316/recc.v23i1.4192
      Issue No: Vol. 23, No. 1 (2018)
       
  • Identidade e representação na docência em Matemática: contribuições
           da filosofia da diferença

    • Authors: Suelen Assunção Santos
      Pages: 125 - 139
      Abstract: Este artigo tem como problemática pensar nos efeitos da representação na formação identitária da docência contemporânea. Aproxima-se das contribuições teóricas de Deleuze, Foucault, Bergson e de outros teóricos das filosofias da diferença para pensar as linhas discursivas que constituem a docência em matemática. Mostra-se, a partir de discursos teóricos da área da Formação de Professores, que a forma da docência que se atualiza na contemporaneidade é carregada por um discurso dual da vida, do mundo e do humano. Foi preciso revisitar as filosofias da representação, mais especificamente o pensamento platônico-aristotélico, para mostrar que a lógica dual da docência em matemática herda da representação muitos de seus pressupostos antagônicos e de imposição de significados. Mostra-se, sobretudo, que o que se denominou de Docência-repouso é um fenômeno identitário cujo desdobramento se dá na formação inicial de professores e que, mesmo que haja ‘n’ possibilidades identitárias, a docência permanece assemelhando-se a um modelo universal ou geral, permanece na perspectiva de um falso movimento.
      PubDate: 2018-05-03
      DOI: 10.18316/recc.v23i1.4238
      Issue No: Vol. 23, No. 1 (2018)
       
  • Pensamento e verdade na Educação (Matemática): conversações com
           Foucault e Deleuze

    • Authors: Samuel Edmundo Lopez Bello, Virgínia Crivellaro Sanchotene
      Pages: 141 - 147
      Abstract: Este artigo tem por objetivo problematizar as noções de verdade e pensamento, especialmente com aporte das Filosofias da Diferença de Michel Foucault e Gilles Deleuze. Considera-se que essa problematização serve de ferramenta para pensar a Educação Matemática Contemporânea, a qual pode resultar na produção de espaços que acolham maneiras outras de pensar, agir, sentir, interpretar o mundo, através de relações mais amplas e dinâmicas.
      PubDate: 2018-05-03
      DOI: 10.18316/recc.v23i1.4197
      Issue No: Vol. 23, No. 1 (2018)
       
  • Por uma política do ínfimo: relações étnico-raciais em suas
           interfaces com a Educação Matemática

    • Authors: Claudia Glavam Duarte, Carlos Eduardo Ferreira Monteiro, Ana Quele Gomes de Almeida
      Pages: 149 - 160
      Abstract: A maioria da população brasileira é constituída por pessoas que se reconhecem negras ou pardas. Apesar disso, os processos de discriminação e preconceito contra as pessoas e a cultura afrodescendentes fazem parte do cotidiano, inclusive em situações educacionais escolares. Este artigo problematiza, a partir de uma perspectiva foucaultiana, alguns aspectos do racismo e de suas repercussões. No que diz respeito à noção de raça, Foucault argumenta que este conceito, com sua vinculação aos aspectos biológicos, vai aparecer somente no final do século XIX com a ideia de uma superioridade entre as raças. O artigo apresenta elementos de pesquisas que analisaram aspectos do racismo em textos e imagens presentes nos livros didáticos e microagressões. tais como risadas e deboches presentes em piadas que inferiorizam o “outro”. O texto também problematiza as ressonâncias das políticas públicas, em especial a lei 10.639, e discute aspectos da Afroetnomatemática como uma possibilidade de dar visibilidade aos estudos das matemáticas criadas no continente africano e articuladas com as discussões étnico-raciais nas práticas escolares e na educação matemática. Para contribuir com a problematização desenvolvida, trazem-se aspectos de um estudo de campo realizado em escola de uma comunidade Quilombola do Nordeste brasileiro. As reflexões deste artigo nos sinalizam a necessidade de, no currículo escolar, estarem presentes diferentes formas de matematizar o mundo, todavia com o cuidado de que tal incorporação possa empoderar o outro e não subordiná-lo a matemática hegemônica. Neste sentido, o artigo defende a ideia de considerarmos uma política do ínfimo que dê conta de analisar os micropoderes que incidem sobre nossas práticas no âmbito escolar.
      PubDate: 2018-05-03
      DOI: 10.18316/recc.v23i1.4267
      Issue No: Vol. 23, No. 1 (2018)
       
  • A terapia filosófica wittgensteiniana: perspectivas para a
           Educação Matemática

    • Authors: Marisa Rosâni Abreu da Silveira, Paulo Vilhena da Silva, Valdomiro Pinheiro Teixeira Júnior
      Pages: 161 - 175
      Abstract: Esse texto propõe apontar como a terapia filosófica, proposta por L. Wittgenstein, pode trazer à luz algumas questões que são objetos de debate na Educação Matemática. A terapia wittgensteiniana busca livrar-nos do “enfeitiçamento” causado pela busca de essências que expliquem o que é um dado conceito, reflexo da adoção de uma concepção referencial de linguagem. Ao negar os fundamentos últimos, paramos de buscar descobrir o que tal conceito é e passamos a procurar enxergar como esse conceito é usado na linguagem ordinária. Essa mudança de perspectiva nos permite questionar algumas teorias pedagógicas vigentes, que se debruçam sobre o ensino da matemática, que buscam significados para os objetos matemáticos fora de sua linguagem, seja num mundo empírico, seja num mental. Para tanto, buscaremos esclarecer o conceito de terapia wittgensteiniana, discutiremos o papel das regras e técnicas em habilidades linguísticas, como a compreensão, para então discutir sobre a importância de dominar tais regras para um aprendizado exitoso em matemática.
      PubDate: 2018-05-03
      DOI: 10.18316/recc.v23i1.4247
      Issue No: Vol. 23, No. 1 (2018)
       
  • As mobilizações dos usos dos números e dos seus registros na produção
           e no governo das condutas em práticas escolares

    • Authors: Patrícia dos Santos Moura
      Pages: 177 - 190
      Abstract: Esta pesquisa tem como questão investigar de que maneira os usos dos números e de seus registros nas práticas escolares operam estrategicamente nas formas de governo do indivíduo na contemporaneidade. Aproximo as contribuições teóricas de Foucault e Wittgenstein, aprofundando a noção de práticas, concebendo-as estreitamente relacionadas às atividades humanas e às formas de vida, instituídas pela linguagem. Foram realizadas observações de cenas de salas de aula, acompanhando uma turma de classe de alfabetização durante o seu 1º e 2º anos do ensino fundamental, no período 2011-2012. Analiso desconstrutivamente as práticas escolares, observando como estas são mobilizadas pela professora e pelos alunos nas atividades realizadas. Também lancei meu olhar, quando pertinente às cenas observadas, às atividades escritas realizadas pelas crianças.  As mobilizações de jogos de práticas que ocorriam na escola tornaram-se meu foco de pesquisa, bem como a busca por rastros de outras práticas em tais cenas escolares. O que se delineou filosoficamente, então, a partir de uma problematização indisciplinar das matemáticas, foram os diferentes usos da linguagem, tendo-se como foco os números e os modos como eles operam na vida diária de crianças em processo de alfabetização, não se restringindo este uso aos conteúdos de matemática como campo disciplinar. Esses jogos de prática mobilizam jogos de verdade, produzindo e orientando condutas, constituindo as crianças em sujeitos alunos. A manifestação da verdade na sala de aula está presente de diferentes formas, através dos diferentes recursos utilizados pela professora, da sua fala e dos alunos, dos seus gestos, das atividades propostas. O interessante é o jogo que se constitui nos deslocamentos de uma prática a outra. A escola pode problematizar os diferentes jogos de prática de diferentes maneiras e, ao mesmo tempo, problematizar-se ao praticar tais jogos.
      PubDate: 2018-05-03
      DOI: 10.18316/recc.v23i1.4182
      Issue No: Vol. 23, No. 1 (2018)
       
  • Os rituais da matemática escolar nas escolas da imigração alemã no Rio
           Grande do Sul

    • Authors: Débora de Lima Velho Junges
      Pages: 191 - 203
      Abstract:  O artigo tem como objetivo analisar como a escola e, em particular, a matemática escolar, operavam como parte dos processos de subjetivação de escolares descendentes de imigrantes alemães no Rio Grande do Sul, no período da Campanha de Nacionalização. As ferramentas teóricas do estudo estão vinculadas às teorizações de Foucault. O material de pesquisa consiste em narrativas de sete pessoas que estudaram em escolas da imigração alemã no Rio Grande do Sul, no período da Campanha de Nacionalização (1938-1945). Diante do exercício analítico, foi possível identificar dois rituais da matemática escolar que operavam nessa forma de vida. A respeito do primeiro ritual, se observou que apropriar-se dos jogos de linguagem da matemática escolar era valorizado tanto pelos professores, quanto pelos familiares. O segundo ritual se centrou na prática de realização de contas consideradas difíceis e foi considerado que os alunos que as realizavam corretamente eram posicionados como inteligentes e exemplos a serem seguidos.
      PubDate: 2018-05-03
      DOI: 10.18316/recc.v23i1.3925
      Issue No: Vol. 23, No. 1 (2018)
       
  • Diferentes possibilidades de análise de um caderno escolar

    • Authors: Lidiane Gomes dos Santos Felisberto, Alboni Marisa Dudeque Pianovski Vieira
      Pages: 205 - 214
      Abstract: O presente artigo, conduzido na perspectiva da História Cultural, tem como objetivo discutir diferentes possibilidades de análise diante de uma mesma fonte histórica. Considerando os cadernos escolares como importantes produtos da cultura escolar que revelam os vestígios das práticas escolares, foram selecionados dos anais do “XV Seminário Temático – Cadernos escolares de alunos e professores e a história da educação matemática, 1890-1990” três artigos que utilizaram como fonte de pesquisa o mesmo caderno escolar. Trata-se do caderno do ex-aluno Juvenal Rosa Nunes denominado “diário escolar”, produzido no ano de 1954 quando frequentava o 4º ano do ensino primário no Grupo Escolar Ramiz Galvão, localizado em Rio Pardo, no Estado do Rio Grande do Sul. Os autores dos artigos em suas análises selecionaram o conteúdo de divisibilidade e os problemas aritméticos. Confrontaram o referido caderno com diferentes documentos, como legislações educacionais, periódicos e manuais pedagógicos do período. As análises do caderno revelam não apenas aspectos relativos ao aluno, mas também vestígios sobre o que a professora privilegiava ao ensinar, o método, as atividades, suas táticas, bem como vestígios do contexto social e econômico no qual foi produzido. O artigo revela que, mesmo os autores partindo do mesmo lugar, que é o campo interdisciplinar da História da Educação Matemática, as pesquisas consideraram diferentes perspectivas e revelaram vestígios que se complementaram, compondo um todo inteligível. Isso reafirma a importância do caderno escolar enquanto fonte de pesquisa para a História da Educação e permite afirmar que outros pesquisadores, ocupando lugares distintos, podem explorar o mesmo caderno escolar e desvendar muitos outros vestígios das práticas escolares deste contexto histórico.
      PubDate: 2018-03-14
      DOI: 10.18316/recc.v23i1.3983
      Issue No: Vol. 23, No. 1 (2018)
       
  • Os sentidos da educação e inserção profissional para jovens e adultos
           com síndrome de down: desafios e expectativas

    • Authors: Jéssica Pereira Cardozo, Tânia Regina Raitz
      Pages: 215 - 229
      Abstract: Este artigo trata de um estudo que buscou investigar os sentidos da educação e da inserção profissional de jovens e adultos com síndrome de down que trabalham ou que já trabalharam. A abordagem do estudo se configura numa pesquisa qualitativa em que a coleta de dados priorizou a entrevista semiestruturada e aberta com pessoas com síndrome de Down. Por meio da análise de conteúdo, as informações foram analisadas a partir da teoria histórico-cultural, auxiliando no processo de compreensão de que o sujeito se constitui como sujeito com deficiência mediante as relações que estabelece na sociedade, bem como que a criação da deficiência é uma criação social, estabelecida nas interações entre os sujeitos, os instrumentos e os signos que o rodeiam. A educação foi elencada como preponderante à preparação para o mundo do trabalho, os sujeitos atribuíram à trajetória escolar e à aprendizagem os ganhos que obtiveram posteriormente na vida adulta e que os levaram a alcançar práticas profissionais. As descobertas consideram que a inclusão social da pessoa com síndrome de Down torna-se real na medida em que ela passa a ocupar espaços e desempenhar atividades comuns a todas as pessoas.
      PubDate: 2018-03-27
      DOI: 10.18316/recc.v23i1.4109
      Issue No: Vol. 23, No. 1 (2018)
       
  • Formação para a prática docente especializada na educação inclusiva:
           o que dizem os educadores

    • Authors: Gilberto Ferreira da Silva, Amanda Selle Bortolotti, Natacha Scheffer
      Pages: 231 - 241
      Abstract: Este trabalho faz parte de uma pesquisa, intitulada Formação continuada de professores: a pesquisa-ação colaborativa em contextos de práticas educativas inclusivas/2ª. Fase, financiada pelo Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq). Neste trabalho, exploramos uma das etapas do processo da pesquisa-ação, método que ampara a execução da pesquisa de um modo geral. Nesta etapa, já ao final da pesquisa, realizou-se um conjunto de entrevistas com educadores, procurando conhecer melhor suas aspirações e necessidades no campo da educação inclusiva. Estes educadores fazem parte de um Centro de Atendimento Educacional Especializado vinculado à rede pública municipal de ensino. Partimos da seguinte questão: Qual a importância da formação específica para atendimento especializado no âmbito da Educação inclusiva' Como apoio teórico, consideramos os estudos de Imbernón (2010), Nóvoa (2007; 2009) e Perrenoud (1997). Para o tratamento dos dados, recorreu-se às contribuições da análise de conteúdo (BARDIN, 2011). Observa-se um hiato entre os depoimentos oferecidos pelos educadores. De um lado, afirma-se a necessidade da formação específica, incluindo o conhecimento “médico” das síndromes e dificuldades, o que, segundo os educadores, permite uma melhor atuação pedagógica. Esta formação, na visão dos educadores, não é oferecida. De outro lado, encontra-se uma segunda afirmação em que as formações específicas se dão nas relações do próprio fazer cotidiano, ou seja, são os próprios educadores que vão se especializando a partir de suas buscas e ações rotineiras. Abre-se um campo de análise para proceder à reflexão sobre o lugar da formação específica.
      PubDate: 2018-04-10
      DOI: 10.18316/recc.v23i1.4641
      Issue No: Vol. 23, No. 1 (2018)
       
  • A Gazeta Infantil e a busca pela constituição do ideário de criança na
           República (1929-1930)

    • Authors: Gizeli Fermino Coelho, Raquel dos Santos Quadros, Taís Renata Maziero Giraldelli, Maria Cristina Gomes Machado
      Pages: 243 - 257
      Abstract: O presente artigo tem como objetivo analisar o modo como o Suplemento A Gazeta Infantil, que circulava no jornal A Gazeta, propagava as ideias vinculadas à questão da constituição da criança na República, tendo em vista a construção da cidadania, em um momento singular que trata da transição do Governo de Washington Luís para o Governo de Getúlio Vargas. Trata-se de uma pesquisa documental e bibliográfica, que tem como fonte de pesquisa os textos publicados pelo Suplemento A Gazeta Infantil entre os anos de 1929 e 1930. A imagem da criança que se divulgava neste momento, estava intimamente associada à nova nação que se almejava construir, isto significava trabalhar a infância, modelar o futuro cidadão, para mudar os rumos do país. Diante deste cenário é possível verificar temas como: a ordem; a questão higienista; saúde; bons modos; respeito ao próximo e aos animais e a ênfase na constituição de um novo homem: o trabalhador patriota. A Gazeta Infantil se mostrou como um manual didático complementar com instruções claras e divertidas, que buscava auxiliar os pais na educação de seus filhos. Neste espaço, eram publicados textos ilustrados, em forma de charge e quadrinhos revelando histórias de personagens importantes no cenário nacional e mundial, com instruções educativas claras e objetivas que tinham como finalidade formar um novo cidadão, o indivíduo nacional, o trabalhador da República.
      PubDate: 2018-03-14
      DOI: 10.18316/recc.v23i1.4040
      Issue No: Vol. 23, No. 1 (2018)
       
  • LIMA, Maria Nazaré de. Relações étnico-raciais na escola: o papel das
           linguagens. Salvador, EDUNEB, 2015.

    • Authors: Maurício Silva
      Pages: 259 - 261
      Abstract: Resenha do livro: LIMA, Maria Nazaré de. Relações étnico-raciais na escola: o papel das linguagens. Salvador, EDUNEB, 2015.
      PubDate: 2018-03-27
      DOI: 10.18316/recc.v23i1.3938
      Issue No: Vol. 23, No. 1 (2018)
       
 
JournalTOCs
School of Mathematical and Computer Sciences
Heriot-Watt University
Edinburgh, EH14 4AS, UK
Email: journaltocs@hw.ac.uk
Tel: +00 44 (0)131 4513762
 


Your IP address: 3.235.77.252
 
Home (Search)
API
About JournalTOCs
News (blog, publications)
JournalTOCs on Twitter   JournalTOCs on Facebook

JournalTOCs © 2009-