for Journals by Title or ISSN
for Articles by Keywords
help

Publisher: SciELO   (Total: 681 journals)

 A  B  C  D  E  F  G  H  I  J  K  L  M  N  O  P  Q  R  S  T  U  V  W  X  Y  Z  

  First | 1 2 3 4 5 6 7 | Last

Medicina Legal de Costa Rica     Open Access   (1 follower)
Medicina Oral, patología oral y cirugía bucal     Open Access  
Medicina y Seguridad del Trabajo     Open Access   (1 follower)
MEDISAN     Open Access  
MediSur     Open Access  
Memoria Americana     Open Access  
Memoria y Sociedad     Open Access  
Memórias do Instituto Oswaldo Cruz     Open Access  
Meteorologica     Open Access  
Migración y Desarrollo     Open Access  
Migraciones Internacionales     Open Access  
Motriz: Revista de Educação Física     Open Access  
Multequina     Open Access  
Mundo Agrario     Open Access  
Nefrología (Madrid)     Open Access  
Neotropical Ichthyology     Open Access  
Neurocirugia     Open Access  
Nómadas     Open Access  
Norteamérica     Open Access   (1 follower)
Nova Economia     Open Access  
Nova Tellus     Open Access   (1 follower)
Novos Estudos - CEBRAP     Open Access  
Nucleus     Open Access  
Nutrición Hospitalaria     Open Access  
Obras y Proyectos     Open Access  
Odontoestomatología     Open Access   (1 follower)
Oncología (Barcelona)     Open Access  
Onderstepoort Journal of Veterinary Research     Open Access   (2 followers)
Opinião Pública     Open Access  
ORINOQUIA     Open Access  
Paidéia (Ribeirão Preto)     Open Access  
Palabra Clave     Open Access   (1 follower)
Pandaemonium Germanicum     Open Access  
Papéis Avulsos de Zoologia     Open Access   (1 follower)
Papeles de Población     Open Access  
Parasitología al día     Open Access   (1 follower)
Parasitologia latinoamericana     Open Access   (1 follower)
Pastos y Forrajes     Open Access  
Pediatría Atención Primaria     Open Access  
Pensamiento & Gestión     Open Access  
Per Musi     Open Access   (1 follower)
Perfil de Coyuntura Económica     Open Access  
Perfiles ducativos     Open Access  
Perfiles Latinoamericanos     Open Access   (1 follower)
Perspectivas em Ciência da Informação     Open Access   (9 followers)
Pesquisa Agropecuária Brasileira     Open Access   (1 follower)
Pesquisa Odontológica Brasileira     Open Access  
Pesquisa Operacional     Open Access  
Pesquisa Veterinária Brasileira     Open Access  
Pharmacy Practice (Internet)     Open Access   (2 followers)
Physis: Revista de Saúde Coletiva     Open Access   (1 follower)
Phyton (Buenos Aires)     Open Access  
Planta Daninha     Open Access  
Población y Sociedad     Open Access  
Polibotánica     Open Access  
Polímeros: Ciência e Tecnologia     Open Access   (1 follower)
Política Criminal     Open Access  
Política y Cultura     Open Access  
Política y Gobierno     Open Access   (1 follower)
Potchefstroom Electronic Law Journal     Open Access   (3 followers)
Prismas     Open Access  
Pró-Fono Revista de Atualização Científica     Open Access  
Pro-Posições     Open Access  
Produção     Open Access  
Prohistoria     Open Access  
Proyecciones : Revista de matematica     Open Access   (1 follower)
Psic : Revista de Psicologia da Vetor Editora     Open Access  
Psico-USF     Open Access  
Psicologia & Sociedade     Open Access   (1 follower)
Psicologia : Ciência e Profissão     Open Access   (1 follower)
Psicologia Clínica     Open Access   (1 follower)
Psicología desde el Caribe     Open Access  
Psicologia em Estudo     Open Access  
Psicologia Escolar e Educacional     Open Access  
Psicologia USP     Open Access  
Psicologia: Reflexão e Crítica     Open Access  
Psicologia: Teoria e Pesquisa     Open Access  
Psychology & Neuroscience     Open Access   (9 followers)
Psychology in Society     Open Access   (2 followers)
Psykhe (Santiago)     Open Access  
Química Nova     Open Access   (1 follower)
Quinto Sol     Open Access  
Radiologia Brasileira     Open Access   (2 followers)
RAE-eletrônica     Open Access  
RAM. Revista de Administração Mackenzie     Open Access  
RCOE     Open Access  
REAd : Revista eletrônica de administração     Open Access  
Región y Sociedad     Open Access   (1 follower)
Religião e Sociedade     Open Access   (2 followers)
Rem : Revista Escola de Minas     Open Access   (1 follower)
Revista Andaluza de Medicina del Deporte     Open Access  
Revista Archivo Médico de Camagüey     Open Access  
Revista Argentina de Cardiología     Open Access  
Revista Argentina de Dermatología     Open Access  
Revista Argentina de Microbiología     Open Access  
Revista Argentina de Radiología     Open Access   (2 followers)
Revista Argentina de Sociología     Open Access   (1 follower)
Revista Árvore     Open Access   (2 followers)
Revista Brasileira de Biologia     Open Access  
Revista Brasileira de Botânica     Open Access   (3 followers)

  First | 1 2 3 4 5 6 7 | Last

Nova Economia    Follow    
  This is an Open Access Journal Open Access journal
     ISSN (Print) 0103-6351
     Published by SciELO Homepage  [681 journals]   [SJR: 0.166]   [H-I: 3]
  • Igualdade de oportunidade entre os estados brasileiros: uma
           análise microeconométrica com base nos dados da PNAD 2009
    • Abstract: O objetivo deste artigo é mensurar um índice de oportunidade humana para os estados brasileiros e, então, analisar as disparidades existentes no país, no que diz respeito à igualdade de oportunidade. Utiliza-se um modelo de regressão logística para estimar a probabilidade de os indivíduos terem acesso a serviços básicos, como energia elétrica, água limpa, saneamento e escola, e, a partir disso, constrói-se o Índice de Oportunidade Humana (IOH). Os resultados indicam que há grandes diferenças entre os estados brasileiros, principalmente no acesso ao saneamento, sendo esse o serviço que mais necessita de atenção das políticas sociais.The aim of this paper is to calculate a human opportunity index for Brazilian states and then analyze the disparities in the country regarding equality of opportunity. We use a logistic regression model for the probability of individuals having access to basic services, like electricity, clean water, sanitation and schooling. Based on this, we build the Human Opportunity Index. The estimation results indicate that there are great differences between the Brazilian states, especially in the access to sanitation. Thus, this is the service that needs more attention by social policies.
       
  • A aprendizagem organizacional e suas bases econômicas
    • Abstract: Este artigo objetiva apresentar os nexos teóricos que, a partir da Economia, justifiquem a importância do estudo do fenômeno da aprendizagem organizacional, mais tipicamente abordado na Administração. Em primeiro lugar, são discutidas as características das economias baseadas em conhecimento e suas exigências em termos de aprendizado e desenvolvimento de competências organizacionais. Em segundo lugar, a partir das limitações dos pressupostos neoclássicos em relação à organização, é abordada a noção de estratégia. A seguir, são apresentadas origens do conceito de competências na teoria da firma baseada em recursos e seus desdobramentos para os estudos sobre estratégia e competências. No próximo passo, são destacados elementos conceituais do campo da aprendizagem organizacional. Por fim, identificam-se ligações existentes entre a vida organizacional e a abordagem econômica, nos aspectos que relacionam o conhecimento e a aprendizagem organizacionais ao desenvolvimento econômicoThis paper intends to show the theoretical links that justify why it is important to study, from an Economics point of view, the phenomenon of organizational learning - which is traditionally studied in Business Management. The first step shows the characteristics of Knowledge-Based Economies and their needs regarding organizational learning and the development of competencies. The second step criticizes the neoclassical assumptions about organizations and stresses the importance of the notion of strategy. The third step discusses the origins of the concept of competencies, in the Resource-Based View of the Firm, and its influence on organizational competencies and strategy. The fourth step points out the concepts of the field of organizational learning. Finally, the paper shows the links between organizational life and the economic approach, mainly as they relate the concepts of knowledge, organizational learning and economic development.
       
  • A interação universidade-empresa na siderurgia de Minas
           Gerais
    • Abstract: Verifica-se em Minas Gerais a presença de um aparato de apoio à inovação regionalmente identificado e alinhado a uma das principais atividades econômicas locais, a siderurgia. Esse sistema regional de inovação foi constituído a partir do século XIX, sendo caracterizado pelo intenso fluxo de informações entre as instituições de ensino e pesquisa, principalmente o Departamento de Metalurgia da UFMG e o setor produtivo. Observou-se que a parceria entre a universidade e o setor produtivo na qualificação profissional e na busca por soluções para a melhoria de processos e produtos representa a materialização desse fluxo informacional, historicamente constituído, viabilizando a inovação tecnológica na siderurgia mineira.There is in Minas Gerais (Brazil) an institutional apparatus to support innovation processes, especially in the local steel industry - one of the most important economic activities in the state. This regional innovation system, established in the 19th century, is characterized by an intense information flow between the university system and the industry. The partnership involving universities and firms is based on professional qualification and the joint search for new products and processes. We observed that the historically constituted university-firm interaction fosters technological innovation in the Minas Gerais steel industry.
       
  • Discoursing development: the case of the European Investment Bank
    • Abstract: O Banco Europeu de Investimento (BEI), embo­ra tenha se tornado um importante agente do desenvolvimento, não teve sua competência para operar em países em desenvolvimento devida­mente analisada e comprovada. Este artigo procura, em primeiro lugar, reconstruir o argumento sobre como seus investimentos contribuem para os países em desenvolvimento. Em segundo lugar, confronta-se este discurso com as teorias do desenvolvimento econômico, de forma a identificar suas inspirações teóricas. Em seguida, utiliza-se a Análise Crítica do Discurso para avaliar tais práticas discursivas. Argumenta-se no artigo que o discurso de desenvolvimento do BEI é predominantemente inspirado pelo Consenso de Washington, que é minimalista e pouco desenvolvido, bem como emprega técnicas discursivas que promovem e perpetuam as posições hegemônicas e ideológicas do Banco. O artigo conclui que, da perspectiva da economia do desenvolvimento, o BEI é limitado e desqualificado.The European Investment Bank (EIB) has recently become a relevant development player; nevertheless, its theoretical competence to operate in developing countries has not been scrutinised. This paper aims, first, to reconstruct the development argument of EIB, i.e., to map how EIB claims its investments contribute to the economic development of developing countries. Second, we confront the reconstructed Bank's development discourse with development economics theories in an effort to identify its theoretical inspirations. Third, we apply Critical Discourse Analysis to identify EIB's discursive practices. The paper argues that EIB's development discourse is inspired predominantly by the Washington Consensus, that it is minimalist and underdeveloped, and that it uses discursive techniques to promote and perpetuate EIB's hegemonic and ideological positions. We conclude that, from a development economics perspective, EIB is theoretically limited and unqualified.
       
  • A continuidade do processo de desconcentração regional da
           indústria brasileira nos anos 2000
    • Abstract: O artigo dá continuidade ao debate sobre as mudanças locacionais da indústria brasileira nas últimas décadas. A partir dos dados de emprego e massa salarial da indústria de transformação e extrativa mineral no Brasil no período 1997/2007, é identificado um intenso processo de desconcentração regional. Utilizando índices clássicos de concentração, verifica-se que a tendência desconcentradora atinge todos os tipos de indústrias, sejam elas tradicionais, de commodities, difusoras ou de bens duráveis. O artigo propõe ainda a utilização de um novo índice de densidade, destacando algumas mesorregiões onde ele é relativamente elevado. A partir do cálculo do índice de densidade, são selecionadas oito mesorregiões em diferentes regiões do país para ilustrar o processo de desconcentração regional da indústria.The article continues the debate on the changes in the regional distribution of Brazilian industry in recent decades. Based on industry data for employment and wages for the period 1997/2007, it identifies an intense process of regional decentralization. Using classical indices of concentration, it appears that the trend identified affects all types of industries, whether traditional, commodities, diffuser or durable goods. The article also proposes the use of a new density index, highlighting some meso-regions where it is relatively high. From the values encountered for the density index some meso-regions located in different regions of the country are selected and their results discussed, which illustrates various situations of apparent success.
       
  • O Brasil na Era Lula: retorno ao desenvolvimentismo?
    • Abstract: O artigo retoma variáveis sobre o desempenho recente da economia brasileira com o propósito de enfocar a questão se, a partir dessa análise conjuntural, pode-se detectar que o país estaria resgatando, sob nova roupagem, uma matriz de políticas desenvolvimentistas. Para ensaiar resposta à questão, parte-se de uma análise sobre o desempenho recente da economia e da contextualização do referido debate para, por fim, elaborar um contraponto entre o governo Lula e os traços estruturais da experiência histórica da economia brasileira no período que ficou conhecido na literatura como "era do desenvolvimentismo", esta entendida como cinco décadas, a partir de 1930, de elevado crescimento e de modernização do país.This paper analyzes some variables connected to the recent performance of the Brazilian economy in order to assess whether, under this conjunctional analyses, it can be detected that the country returned to a new matrix of developmentalist policies. An analysis is examined regarding the recent performance of the economy and the contextualization of the mentioned debate. Next, a comparison is made between the Lula administration and the structural features of the historical experience of the Brazilian economy during the period referred to in the literature as "the developmentalism era". This era comprehended five decades as of 1930, which presented an elevated growth and a modernization of the country.
       
  • Vulnerabilidade externa e controle de capitais no Brasil: uma
           análise das inter-relações entre câmbio, fluxos de
           capitais, IOF, juros e risco-país
    • Abstract: Diante da severidade da crise financeira internacional de 2007/08, a vulnerabilidade externa de países em desenvolvimento se manifestou mais fortemente, trazendo à baila a rediscussão do controle de capitais. À luz da importância da restrição ao livre fluxo internacional de capitais, o objetivo deste trabalho é investigar a inter-relação entre as seguintes variáveis da economia brasileira: câmbio, fluxos de capitais, IOF, juros e risco-país. Especificamente, pretende-se verificar se uma cobrança mais alta do IOF gera impactos relevantes sobre os fluxos financeiros mais voláteis no período 1995-2011. Por meio da aplicação do modelo VAR, a análise empírica sugere que os capitais especulativos respondem pouco a pequenas alterações de alíquotas desse imposto, estando mais intimamente associados a movimentos da taxa de câmbio e do risco-país. Em virtude da pouca eficácia do controle de capitais via IOF, destaca-se, assim, a necessidade de medidas mais concretas, que inibam efetivamente a especulação dos investidores estrangeiros.In face of the severity of the financial crisis of 2007/08, the external vulnerability of developing countries has increased. This has brought up the reassessment of capital controls. Based on the importance of restricting international capital movements, the aim of this paper is to investigate the interrelation between the following variables of the Brazilian economy: the exchange rate, capital flows, the IOF (Tax on Financial Operations), interest rates and country risk. Specifically, we intend to assess whether a higher IOF on foreign exchange transactions leads to significant impacts on volatile capital flows between 1995 and 2011. By applying a VAR model, the empirical analysis suggests that speculative financial flows respond poorly to small changes in the IOF. They are more closely associated with movements in the exchange rate and in the country risk. Given the low efficacy of capital controls via the IOF, we stress the need for more concrete measures that effectively inhibit foreign investors' speculation.
       
 
 
JournalTOCs
School of Mathematical and Computer Sciences
Heriot-Watt University
Edinburgh, EH14 4AS, UK
Email: journaltocs@hw.ac.uk
Tel: +00 44 (0)131 4513762
Fax: +00 44 (0)131 4513327
 
About JournalTOCs
API
Help
News (blog, publications)
JournalTOCs on Twitter   JournalTOCs on Facebook

JournalTOCs © 2009-2014