for Journals by Title or ISSN
for Articles by Keywords
help

Publisher: Universidade Federal de São Carlos   (Total: 3 journals)   [Sort by number of followers]

Showing 1 - 3 of 3 Journals sorted alphabetically
Agenda Política     Open Access  
Crítica Educativa     Open Access  
Laplage em Revista     Open Access   (Followers: 1)
Journal Cover
Laplage em Revista
Number of Followers: 1  

  This is an Open Access Journal Open Access journal
ISSN (Online) 2446-6220
Published by Universidade Federal de São Carlos Homepage  [3 journals]
  • Alfabetização, gestão escolar e políticas educacionais no Brasil:
           diálogos e discussões

    • Authors: Paulo Gomes Lima
      Pages: 1 - 2
      Abstract: Na várias páginas do presente Dossiê as professoras Maria Alice e Vilma fizeram um rigoroso escrutínio de textos que anunciam, ampliam o debate, denunciam, propõem encaminhamentos sobre a gestão do processo alfabetizador de forma caleidoscópica, isto é, fazem uma tessitura temática de caráter multirreferencial, na qual as interfaces de todas as tratativas das políticas públicas da educação (sem pretender se qualificar como “estado da arte”) foram discorridas etapa por etapa, documento por documento e transversalizadas por leituras críticas, ora a partir de pesquisas empíricas, ora por meio de discussões e reflexões de pesquisadores de renomadas instituições brasileiras e de Portugal. E finalmente chegam à gestão do processo alfabetizador e seus responsáveis tanto em nível de gestores de programas (governamentais e institucionais) até a gestão na escola – trazendo a criança como sujeito ativo, que deve vir antes de qualquer arquitetura, entendendo-se essa (a arquitetura) por conta daquela (a criança, o alfabetizando).
      PubDate: 2018-05-15
      DOI: 10.24115/S2446-6220201842468p.1-2
      Issue No: Vol. 4, No. 2 (2018)
       
  • O processo alfabetizador da criança na perspectiva da gestão escolar e
           da política educacional

    • Authors: Maria Alice de Miranda Aranda, Vilma Miranda de Brito
      Pages: 3 - 7
      Abstract: O dossiê em pauta, proposto pela Laplage em Revista, como o título já prenuncia, reúne artigos que discutem o processo alfabetizador da criança no tempo presente. Artigos estes que se situam numa relação intervalar entre a perspectiva da gestão escolar e da política educacional. Diante da conjuntura atual permeada por contradições decorrentes do processo histórico – em que desafios são colocados, rupturas várias nas conquistas alcançadas por estudiosos e pesquisadores do tema são colocadas em cheque, projetos em disputa são constantes, numa clara demonstração que aspectos políticos e econômicos pretendem dar o tom para a política educacional brasileira – esta obra é instigante e coaduna com a demonstração de que a luta por uma educação de qualidade social, justa e humana, continua sendo o horizonte.
      PubDate: 2018-05-15
      DOI: 10.24115/S2446-6220201842467p.3-7
      Issue No: Vol. 4, No. 2 (2018)
       
  • Em tempos sombrios, a produção acadêmica brasileira sobre
           alfabetização: avaliação da qualidade e impacto científico e social

    • Authors: Maria do Rosario Mortatti
      Pages: 8 - 26
      Abstract: Visando a contribuir para avaliação crítica da qualidade e do impacto científico e social da produção acadêmica brasileira sobre alfabetização, problematiza-se a correlação entre teses/dissertações e artigos sobre o tema, em periódicos avaliados pela CAPES. Destacam-se os seguintes aspectos: apesar de avanços quantitativos, é ainda incipiente a circulação desse conhecimento como “produção qualificada”; apesar da relativa pluralidade de enfoques analíticos decorrentes da característica interdisciplinar do tema, vêm sendo reiterados objetos de estudo e resultados semelhantes, com dispersão do possível impacto social e científico; é necessária definição conjunta de ações para proposição de novos problemas e objetos, discussão de finalidades científicas e sociais, relação com agências financiadoras e políticas públicas, ampliação/fortalecimento de espaços de discussão, veículos e formas de divulgação do conhecimento sobre o tema.
      PubDate: 2018-05-15
      DOI: 10.24115/S2446-6220201842469p.8-26
      Issue No: Vol. 4, No. 2 (2018)
       
  • Avaliação nacional da alfabetização: o que as
           pesquisas apontam'

    • Authors: Elizabeth Gottschalg Raimann, Náfren Ferreira Lima
      Pages: 27 - 39
      Abstract: Este artigo objetiva responder a seguinte questão: como as teses e dissertações abordam a Avaliação Nacional da Alfabetização (ANA) no Brasil' Para isso analisou-se os dados obtidos entre 2013 a 2017 nos bancos de dados da BDTD e CAPES. Os dados levantados apontam para treze dissertações e quatro teses relacionados à ANA. As áreas do conhecimento que trataram da temática foram educação, letras, ciência política e administração. Das pesquisas, 70% mostraram que a avaliação externa é uma ferramenta utilizada pelo Estado avaliador para controlar o trabalho do professor, bem como os conteúdos que serão ensinados ou não. Os outros 30% abordaram a ANA na perspectiva do Aprender-a-Aprender como orientação pedagógica, embasada na pedagogia das competências.
      PubDate: 2018-05-15
      DOI: 10.24115/S2446-6220201842470p.27-39
      Issue No: Vol. 4, No. 2 (2018)
       
  • O pacto nacional pela alfabetização na idade certa (PNAIC) como
           política educacional

    • Authors: Maria Alice de Miranda Aranda, Silvia Cristiane Alfonso Viédes, Cristina Pires Dias Lins
      Pages: 40 - 53
      Abstract: O presente estudo analisou o Pacto Nacional pela Alfabetização na Idade Certa (PNAIC) como política educacional redimensionada no que tange ao processo alfabetizador da criança. Metodologicamente, com base na abordagem qualitativa, fez-se uso da pesquisa bibliográfica e documental. Por um lado, apreendeu-se com o estudo que ao constatar no cenário brasileiro um alto índice de crianças que não estavam alfabetizadas ao final do 3º ano do Ensino Fundamental, o governo apressou em sua defesa e instituiu o PNAIC como um meio de reverter o referido cenário. Contudo, o desafio continua tendo em vista que os resultados da ANA retratam que a estagnação da alfabetização da criança persiste no Brasil. Por outro lado, constatou-se que o PNAIC, desde sua implantação à implementação, cumpriu o papel como política educacional alicerçada pela pactuação entre os entes federados.
      PubDate: 2018-05-15
      DOI: 10.24115/S2446-6220201842471p.40-53
      Issue No: Vol. 4, No. 2 (2018)
       
  • Análise do processo de gestão do pacto nacional pela alfabetização na
           idade certa no município de Campo Grande – MS

    • Authors: Vilma Miranda de Brito, Gilvania Marques Rosa Leonardo
      Pages: 54 - 66
      Abstract: O presente texto analisou a atuação da gestão escolar no Pacto Nacional pela Alfabetização na Idade Certa (PNAIC) buscando apontar sua relação com a qualidade do ensino. Tomou-se como lócus o município de Campo Grande-MS, onde foram realizadas entrevistas com os gestores municipais responsáveis pela implementação da formação continuada nos anos de 2012 a 2017 e com a coordenadora da Instituição de Ensino Superior responsável pela implementação do PNAIC. Constatou-se que o PNAIC, apesar de apresentar organização nos processos de gestão, oferecer subsídios para a formação do professor alfabetizador e materiais para as salas de aula, depende de outras instâncias para que o ensino chegue às turmas de alfabetização com qualidade. Só será possível vislumbrar uma superação dos desafios evidenciados se houver a necessária articulação entre a gestão do PNAIC, a Secretaria de Educação e a gestão escolar.
      PubDate: 2018-05-15
      DOI: 10.24115/S2446-6220201842473p.54-66
      Issue No: Vol. 4, No. 2 (2018)
       
  • PNAIC e a educação básica em Jataí-GO: a importância da formação de
           professores

    • Authors: Ari Raimann, Ana Kátia Assis Ferreira
      Pages: 67 - 81
      Abstract: O objetivo geral desta investigação foi o analisar as mudanças ocorridas na alfabetização de alunos das escolas públicas do município de Jataí-Go, a partir da adesão e implantação do PNAIC, consequentemente da formação de professores. A pesquisa documental, de natureza qualitativa, tomou por base a perspectiva histórico-crítica. O Pacto é norteado por quatro eixos fundamentais: formação continuada de professores alfabetizadores; materiais didáticos, literatura e tecnologias educacionais; avaliação sistemática; e gestão, controle e mobilização social. Tal política pública visa adequar alfabetização e escolarização, promovendo a alfabetização dos estudantes até os oito anos de idade ao final do 3º ano do Ensino Fundamental da Educação Básica.  O estudo revela que o conjunto de formação, currículo e diretrizes de cada escola, além da formação oferecida pelo PNAIC, contribuíram para aumentar os níveis de leitura e escrita.
      PubDate: 2018-05-15
      DOI: 10.24115/S2446-6220201842474p.67-81
      Issue No: Vol. 4, No. 2 (2018)
       
  • Alfabetização e formação de professores: potencialidades e limites
           segundo coordenadores locais do PNAIC-Mato Grosso

    • Authors: Cancionila Janzkovski Cardoso, Silvia de Fátima Pilegi Rodrigues, André Luís Janzkovski Cardoso
      Pages: 82 - 100
      Abstract: O objetivo deste texto é analisar o processo de formação de professores alfabetizadores do PNAIC-Mato Grosso, restrito aos anos de 2013 a 2015, na perspectiva dos Coordenadores Locais, evidenciando potencialidades e limites desta política pública de formação. O corpus é composto por 180 comentários, oriundos de pesquisas Survey, realizadas anualmente, sendo 63 de 2013, 60 de 2014 e 57 de 2015. A pesquisa valeu-se da análise de conteúdo (BARDIN, 2002) para o tratamento e sistematização dessa massa de dados, chegando a seis categorias: apoio, atuação, avaliação, mudança, desafios e dificuldades. As categorias retratam percepções dos respondentes, como eles vivenciaram o processo de implementação do PNAIC, suas aprendizagens e percurso formativo (individual e coletivo). Os dados demonstram, também, os desafios e dificuldades enfrentados por docentes que desempenham funções ligadas à gestão (no caso em análise, os Coordenadores Locais), que sinalizam para pontos importantes a serem corrigidos e/ou superados.
      PubDate: 2018-05-15
      DOI: 10.24115/S2446-6220201842475p.82-100
      Issue No: Vol. 4, No. 2 (2018)
       
  • Valorização docente do professor alfabetizador em Dourados
           – MS

    • Authors: Flávia Paula Nogueira Aranda, Fabio Perboni, Elizangela Tiago da Maia
      Pages: 101 - 113
      Abstract: O presente texto parte de dados empiricos coletados em pesquisa que abordou a temática da valorização docente no município de Dourados (MS). O conceito de valorização docente abarca ao menos quatro aspectos, o salário, a carreira, as condições de trabalho e a formação. Pautado por uma metodologia que se utilizou de pesquisa bibliográfica e documental este artigo apresentamos um recorte com foco nos professores alfabetizadores. Analisamos em que medida existem práticas de valorização para este segmento do magistério, historicamente pouco prestigiado pelas políticas educacionais. Observamos que existem no município ao menos duas medidas específicas para esse segmento. A primeira mais pontual, propicia aos docentes do primeiro e segundo ano do ensino fundamental um adicional de 10% sobre o salário inicial. A segunda, decorrente da indução do governo federal por meio do PNAIC, se constitui em experiencia significativa de valorização docente por criar condições de formação específica sobre processo alfabetizador.
      PubDate: 2018-05-15
      DOI: 10.24115/S2446-6220201842476p.101-113
      Issue No: Vol. 4, No. 2 (2018)
       
  • Alfabetização na gestão democrática escolar: alguns
           apontamentos

    • Authors: Andréia Vicência Vitor Alves, Alessandra Domingos de Souza
      Pages: 114 - 122
      Abstract: A gestão democrática escolar se constitui em um fator importante para a promoção da formação humana e para a cidadania. Considerando que a gestão educacional abrange todos os aspectos relacionados à educação escolar (pedagógicos, políticos, administrativos e financeiros) sendo o modo de organização da escola, bem como da organização do processo de ensino-aprendizagem realizado em sala de aula, este artigo busca apreender alfabetização no contexto da gestão democrática escolar, isso por meio de pesquisa bibliográfico sobre o tema. Concluímos que a gestão democrática escolar tem um papel imprescindível no processo de alfabetização dos alunos ao possibilitar que a escola se torne um espaço de ensino e aprendizagem que respeite as diferentes visões e propicie a participação da comunidade escolar e local na construção do projeto educacional da escola conforme os seus anseios, que o aluno aprenda na escola e apesar dela, e esteja preparado para a vida.
      PubDate: 2018-05-15
      DOI: 10.24115/S2446-6220201842477p.114-122
      Issue No: Vol. 4, No. 2 (2018)
       
  • O lugar das crianças de 0 a 3 anos nas políticas educacionais no
           Brasil e em Portugal

    • Authors: Angela Scalabrin Coutinho, Catarina Tomás
      Pages: 123 - 132
      Abstract: Tendo como quadro teórico-metodológico de referência a sociologia da infância e a concepção de criança enquanto ator social, sujeito de direitos, o artigo tem por objetivo apresentar uma análise das políticas educacionais voltadas para as crianças de 0 a 3 anos no Brasil e em Portugal, com a perspectiva de identificar o lugar que ocupam nas agendas de discussão no campo da educação nesses países, sobretudo a partir dos anos 80 até à atualidade. A análise centrar-se-á em documentos oficiais – legislação e recomendações – que deliberam sobre o direito à educação e que orientam as práticas educacionais com as crianças menores de três de anos, e que possibilitam identificar os principais vetores dessas políticas, indicando suas potencialidades e limites.
      PubDate: 2018-05-15
      DOI: 10.24115/S2446-6220201842478p.123-132
      Issue No: Vol. 4, No. 2 (2018)
       
  • Políticas públicas, formação de professores e práticas de
           alfabetização e letramento: o curso de especialização em docência na
           educação infantil

    • Authors: Ana Paula Gaspar Melim, Ordália Alves Almeida
      Pages: 133 - 141
      Abstract: Este artigo aborda experiências de formação continuada de professores de Educação Infantil, oferecidas pela Universidade Federal de Mato Grosso do Sul, Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul em parceria com a Coordenadoria de Educação Infantil – COEDI/SEB/MEC e União Nacional de Dirigentes Municipais/UNDIME, que operacionalizaram o curso de especialização em “Docência na Educação Infantil”. Investigamos concepções da(s) professores/as, processos vivenciados na disciplina “Cotidiano e organização do trabalho pedagógico na Educação Infantil – Letramento”, a partir de análises das narrativas da(s) professores/as de Educação Infantil, da rede municipal de Campo Grande/MS, que participaram do curso, especialmente sobre a compreensão dos conceitos de alfabetização e letramento. A experiência vivida ampliou espaços de discussões acerca da formação de professores, evidenciando a necessidade de fomentar políticas públicas de formação, bem como promovendo reflexões a respeito do trabalho de práticas de alfabetização e letramento na Educação Infantil.
      PubDate: 2018-05-15
      DOI: 10.24115/S2446-6220201842479p.133-141
      Issue No: Vol. 4, No. 2 (2018)
       
  • As políticas de alfabetização no Brasil no contexto do ensino
           fundamental: aspectos normativo-legais

    • Authors: Elis Regina dos Santos Viegas, Virgília Margarida Rebouças
      Pages: 142 - 152
      Abstract: Este artigo tem como objetivo identificar e analisar as políticas de alfabetização direcionadas aos primeiros anos do ensino fundamental no Brasil. Apresenta-se como suporte de pesquisa o levantamento bibliográfico-documental, tendo como ponto partida o arcabouço normativo-legal promulgado a partir dos anos de 1990. A partir disso, observa-se que as metas traçadas nas instâncias governamentais almejam um tipo de educação a ser ofertada, qual seja, uma educação de qualidade baseada em projeções, o que no nosso entendimento envolve aspectos muito mais complexos, como: acesso as vagas e garantia de permanência; valorização docente; gestão democrática; infraestrutura física e pedagógica; políticas complementares de apoio social; entre outros. Portanto, todas as ações – ampliação do tempo escolar, focalização de faixa etária, formação continuada docente, avaliação, etc. – no sentido de transformar o quadro da alfabetização só serão significativas se, de fato, conseguirem promover efeitos reais na sala de aula.
      PubDate: 2018-05-15
      DOI: 10.24115/S2446-6220201842480p.142-152
      Issue No: Vol. 4, No. 2 (2018)
       
  • Análise das condições de trabalho na educação especial nos planos
           municipais de educação do interior da Bahia

    • Authors: Osni Oliveira Noberto da Silva, Theresinha Guimarães Miranda, Miguel Angel Garcia Bordas
      Pages: 153 - 168
      Abstract: Este artigo tem como objetivo investigar como as condições de trabalho dos professores da Educação Especial, são tratados nos planos municipais de educação das cidades da região do Piemonte da Diamantina. O estudo foi desenvolvimento a partir da pesquisa documental e análise dos dados foi feita através da Hermenêutica objetiva. A articulação entre o Plano Nacional e os Planos Municipais é visível. Ainda que não exista a garantia de que tudo que foi colocado como meta seja de fato materializado, os Planos servem inegavelmente como importantes instrumentos de diagnósticos e planejamento de ações para a melhoria da Educação de curto a médio prazo.
      PubDate: 2018-05-15
      DOI: 10.24115/S2446-6220201842451p.153-168
      Issue No: Vol. 4, No. 2 (2018)
       
  • A educação no contexto de crise do capital e as relações entre estado,
           mercado e terceiro setor nas políticas educacionais

    • Authors: Maria Raquel Caetano
      Pages: 169 - 178
      Abstract: Este artigo analisa as relações entre o público e o privado no contexto de crise do capital em que se utiliza como estratégia o repasse das políticas de educação para o Terceiro Setor Mercantil. A educação entrou definitivamente para a agenda empresarial brasileira baseada na crença da maior eficiência e qualidade com o objetivo de garantir a igualdade de oportunidade a todos. Dessa forma, o trabalho apresenta um movimento educacional organizado pelo empresariado que visa dar a direção da política e as reformas da educação no atual contexto histórico, político e social.
      PubDate: 2018-05-15
      DOI: 10.24115/S2446-6220201842463p.169-178
      Issue No: Vol. 4, No. 2 (2018)
       
  • Políticas de ações afirmativas: itinerário histórico e pontuações
           quanto à realidade brasileira

    • Authors: Elisangela Nunes do Nascimento Abreu, Paulo Gomes Lima
      Pages: 179 - 196
      Abstract: O objetivo desse artigo é contextualizarmos a  formação das políticas de ações afirmativas, os elementos envolvidos em sua proposição, motivos, formas de seu delineamento, centralidade sobre os grupos a serem atingidos, desdobramentos e algumas resultantes de sua implementação em dálogo com a realidade brasileira. Trata-se de uma revisão de literatura, cujo tratamento deu-se por meio da abordagem qualitativa, sem no entanto, pretender apresentar qualquer estado do conhecimento sobre a temática. Concluimos que as ações afirmativas possuem limites inerentes a sua utilização, os quais não foram impedimentos para que diferentes países, assim como no Brasil, com histórico de dimensionável desigualdade racial e social as utilizassem, no entanto, até que se coloque sobre a agenda do dia discussões e encaminhamentos para a universalização, democratização e humanização da educação superior, assumem o papel de marco para a elaboração de políticas públicas mais consistentes quanto à oportunização à esse nível educacional.
      PubDate: 2018-05-15
      DOI: 10.24115/S2446-6220201842481p.179-196
      Issue No: Vol. 4, No. 2 (2018)
       
  • Paulo Freire e a atualidade de seu pensamento

    • Authors: Lucas Lannes Machado de Melo
      Pages: 197 - 199
      Abstract: O organizador da obra, o professor doutor Paulo Gomes Lima, tem Doutorado em Educação Escolar pela UNESP e pós-doutorado pela UNICAMP. Atualmente é líder do GEPLAGE – Grupo de Estudos e Pesquisas Estado, Políticas, Planejamento, Avaliação e Gestão da Educação, credenciado pela UFSCAR e com vínculo no Diretório dos Grupos de Pesquisas CNPQ. Foi coordenador do Núcleo de Estudos e Formação Continuada de Profissionais da Educação (NEFOPE) à época da elaboração do livro que, após concluído e antes de ser publicado, foi socializado no I Ciclo de Debates Universidade e Educação Básica: a atualidade do pensamento de Paulo Freire, em setembro de 2009.
      PubDate: 2018-05-15
      DOI: 10.24115/S2446-6220201842482p.197-199
      Issue No: Vol. 4, No. 2 (2018)
       
  • Estágio supervisionado e práticas educativas em foco

    • Authors: Jociane Marthendal Oliveira Santos
      Pages: 200 - 203
      Abstract: Estágio Supervisionado e Práticas Educativas: diálogos interdisciplinares tem como foco ampliar as discussões e pesquisas sobre estágios supervisionados e se estes estariam provocando o surgimento para um campo próprio de investigações interdisciplinares. A presente obra foi publicada pela Editora UEMS em 2011, tem 336 páginas, e é composta por prefácio, apresentação da obra, agradecimentos. O livro é dividido em três partes. A primeira composta por três capítulos que tratam dos questionamentos de modelos e concepções sobre o fazer-se professor e o estágio como proposta de oportunizar a constituição e auto percepção do sujeito docente; a segunda, também composta por três capítulos reúne áreas distintas relacionadas a questões relativas às práticas educativas na formação docente e a terceira e última parte; organizada em nove capítulos, apresenta e discute experiências de estágio supervisionado em diferentes cursos de licenciatura.
      PubDate: 2018-05-15
      DOI: 10.24115/S2446-6220201842490p.200-203
      Issue No: Vol. 4, No. 2 (2018)
       
 
 
JournalTOCs
School of Mathematical and Computer Sciences
Heriot-Watt University
Edinburgh, EH14 4AS, UK
Email: journaltocs@hw.ac.uk
Tel: +00 44 (0)131 4513762
Fax: +00 44 (0)131 4513327
 
Home (Search)
Subjects A-Z
Publishers A-Z
Customise
APIs
Your IP address: 54.225.32.164
 
About JournalTOCs
API
Help
News (blog, publications)
JournalTOCs on Twitter   JournalTOCs on Facebook

JournalTOCs © 2009-