for Journals by Title or ISSN
for Articles by Keywords
help

Publisher: Universidade do Estado do Rio de Janeiro   (Total: 34 journals)   [Sort by number of followers]

Showing 1 - 34 of 34 Journals sorted alphabetically
Abusões     Open Access  
Ballot     Open Access  
Caderno Seminal     Open Access  
Cadernos de Estudos Sociais e Políticos     Open Access   (Followers: 1)
Cadernos do Desenvolvimento Fluminense     Open Access  
Childhood & Philosophy     Open Access   (Followers: 5)
DEMETRA : Alimentação, Nutrição & Saúde     Open Access  
e-Mosaicos : Revista Multidisciplinar de Ensino, Pesquisa, Extensão e Cultura do Instituto de Aplicação Fernando Rodrigues da Silveira     Open Access  
Ekstasis : Revista de Hermenêutica e Fenomenologia     Open Access  
Em Pauta : Teoria Social e Realidade Contemporânea     Open Access  
Epos : Genealogias, Subjetivaçãoes e Violências     Open Access  
Espaço e Cultura     Open Access  
Geo UERJ     Open Access  
História, Natureza e Espaço - Revista Eletrônica do Grupo de Pesquisa NIESBF     Open Access  
Intellèctus     Open Access   (Followers: 1)
Jornal Brasileiro de TeleSSaúde     Open Access  
Logos : Comunicação e Universidade     Open Access  
Matraga - Revista do Programa de Pós-Graduação em Letras da UERJ     Open Access  
Pensares em Revista     Open Access  
Polêm!ca     Open Access  
Psicologia e Saber Social     Open Access  
Revista da Faculdade de Direito da UERJ     Open Access  
Revista de Contabilidade do Mestrado em Ciências Contábeis da UERJ     Open Access  
Revista de Direito da Cidade     Open Access   (Followers: 1)
Revista de Finanças Públicas, Tributação e Desenvolvimento     Open Access   (Followers: 1)
Revista Direito e Práxis     Open Access  
Revista Enfermagem UERJ     Open Access   (SJR: 0.258, h-index: 8)
Revista Internacional de Ciências     Open Access   (Followers: 1)
Revista Maracanan     Open Access  
Revista Neiba, Cadernos Argentina Brasil     Open Access  
Revista Tamoios     Open Access  
Soletras Revista     Open Access   (Followers: 1)
Sustinere : Revista de Saúde e Educação     Open Access  
Textos Escolhidos de Cultura e Arte Populares     Open Access  
Journal Cover Psicologia e Saber Social
  [0 followers]  Follow
    
  This is an Open Access Journal Open Access journal
   ISSN (Online) 2238-779X
   Published by Universidade do Estado do Rio de Janeiro Homepage  [34 journals]
  • Editorial

    • Authors: Rafael Pecly Wolter, Aline Passeri Dias
      Abstract:
      DOI :10.12957/psi.saber.soc.2017.30662Mais um número da nossa querida revista Psicologia e Saber Social vai ao ar. Por certo este 11º número foi o mais difícil, as condições materiais da Universidade do Estado do Rio de Janeiro se deterioraram a tal ponto que a publicação deste número beira o heroísmo da equipe. Trabalhamos sem receber, em alguns casos até usamos o nosso próprio dinheiro para que a revista siga em frente. Toda publicação de um número nos dá a sensação de um dever cumprido, no caso dos últimos números esta sensação foi duplicada. Publicamos esta edição em meio a uma grave crise pela qual a UERJ atravessa. Crise que não é exclusiva da nossa universidade e que faz parte de um desmonte da Ciência e da Educação Pública no Brasil, mas que nos anos de 2016 e 2017 teve como um dos principais símbolos a oitava melhor universidade do país.

      PubDate: 2017-10-03
      Issue No: Vol. 6 (2017)
       
  • Dimensões alteritárias da Ebola no Brasil: um estudo na revista
           Veja

    • Authors: Lassana Danfá, Renata Lira dos Santos Aléssio
      Abstract:
      DOI :10.12957/psi.saber.soc.2017.23554RESUMO: O presente trabalho tem como objetivo analisar, numa perspectiva psicossocial, como a imprensa aborda e constrói a noção do risco, sobre o Ebola. Propomos discutir como as formas de falar dessa epidemia podem estar atreladas às dimensões alteritárias. A amostra foi composta por cinco matérias encontradas no acervo eletrônico da revista semanal Veja, no período compreendido entre março de 2014 e fevereiro de 2015, tendo sido utilizado o descritor “ebola”. Utilizamos como método a análise de conteúdo com foco no eixo semântico (sentidos) e sintático (forma). Os resultados apontam 4 eixos de construção de sentidos: a metáfora da companhia militar para demonstrar o combate do homem contra um vírus potencialmente destrutivo; a alteridade radical, colocando o outro africano como “estranho e “poluente”; o distanciamento, em que o vírus Ebola é colocado como problema inerentemente africana e por último a ideia da infra-humanização, colocando as qualidades do africano como sub-humanas. Palavras-chave: ebola; África; alteridade; risco; africano. ABSTRACT: This study aims to analyze, from a psychosocial perspective, how the press builds and deals with the concept of risk of the Ebola outbreak. We propose to discuss how the ways of speaking about this epidemic can be linked to the dimensions of alterity. The sample consisted of five articles found in the electronic collection of the weekly magazine Veja, in the period between March 2014 and February 2015, using the descriptor "Ebola". As method of data analysis it was used the content analysis, focusing the semantic axis (direction) and the syntactic axis (shape). The analysis reveals four categories: the metaphor of the military company to demonstrate man's struggle against a potentially destructive virus; radical alterity, placing the African as “strange” and “pollutant”; the place occupied by the Ebola, which is far away from the west and as a looming problem of Africa; and finally the idea of infra-humanization, putting the african qualities as subhuman. Keywords: ebola; Africa; alterity; risk; african. 
      PubDate: 2017-10-03
      Issue No: Vol. 6 (2017)
       
  • Águas da desunião nacional: representações da transposição do rio
           São Francisco

    • Authors: Lauriston de Araújo Carvalho, Maria Cristina Smith Menandro
      Abstract:
      DOI :10.12957/psi.saber.soc.2017.23717RESUMO: Nessa última década, as secas tornaram-se mais frequentes nas regiões brasileiras, por isso a água tem se tornado um bem constantemente debatido nos meios de comunicação. Entendendo a integração de rios com bacias hidrográficas como política pública fundamental de acesso à água, o presente estudo objetivou conhecer as representações sociais da transposição do rio São Francisco no Jornal Estado de Minas entre 1999 e 2008. A coleta foi realizada no site do jornal, perfazendo um total de 316 reportagens. Para tratamento dos dados foi utilizado o software Alceste. Os resultados mostram discursos contra e a favor do projeto nos governos FHC e Lula. Os discursos contrários ao projeto clamam pela revitalização do rio. Através das falas dos pescadores, o rio é objetivado na figura de uma pessoa doente em virtude do seu estado degradado e ancorado em épocas de matas ciliares preservadas. A revitalização seria a salvação do rio, tornando-se principal argumento contra o projeto. Paralelamente, o uso da transposição para fins econômicos torna-o questionável e ancorado ao histórico de obras públicas inconclusas no Nordeste e de objetivos escusos. Nos discursos favoráveis, propalados especialmente por políticos, a transposição é imprescindível para o desenvolvimento econômico do Nordeste. Tais desenvolvimentos são elementos representacionais ligados à ideia de seca, pois as estiagens contribuíram para as históricas migrações forçadas e estagnação do desenvolvimento da região. Dessa forma, na problemática da crise hídrica, a ideia da transposição como propulsor do desenvolvimento e remediação da seca, mostra-o como redentor do Nordeste/nordestino, explorado pelo jornal e propagandas governamentais. Palavras-chave: representação social; rio São Francisco; transposição; meio ambiente; imprensa. ABSTRACT: In this last decade droughts have become more frequent in the Brazilian regions, where the water becomes constantly discussed in the media. Understanding the transposition of the São Francisco River as a fundamental public policy on these problems, this study aimed to understand the social representations of the transposition of the São Francisco River in the Estado de Minas newspaper from 1999 to 2008. The collection was made in the newspaper's website, making a total of 316 reports. The data collected was analyzed by Alceste software. The results show speeches against and favor of the project in the FHC and Lula administrations. Speeches against the project claim for the revitalization of the river. Through the speeches of fishermen, the river is objectified a sick person because of its degraded state and anchored in preserved riparian forests. The revitalization would be the salvation of the river, becoming main argument against the project. Same time, the use of transposition for economic purposes becomes questionable and anchored to the history of unfinished public constructions in the Northeast and shady goals. Speeches in favor, made especially by politicians, transposition is essential for the economic of the Northeast. Such development is representational element linked to the idea of drought, therefore, the aridity contributed to the historical migration and stagnation of the region. Thus, in the water crisis, the idea of transposition as a driver of development and remediation of drought, shows him as redeemer of the Northeast/northeastern, exploited by newspaper and government advertisements. Keywords: social representation; São Francisco river; transposition; environment; press.
      PubDate: 2017-10-03
      Issue No: Vol. 6 (2017)
       
  • Realidade mediada: compreendendo qualidades restauradoras de ambientes
           através da fotografia

    • Authors: Maíra Longhinotti Felippe, Ariane Kuhnen, Bettieli Barboza da Silveira, Camila Klein
      Abstract:
      DOI :10.12957/psi.saber.soc.2017.25083RESUMO: O uso da técnica fotográfica tem atraído cada vez mais a atenção de pesquisadores no campo disciplinar da psicologia de modo geral e, especificamente, nos estudos das relações humano-ambientais, tais quais aqueles dedicados à investigação de ambientes restauradores: ambientes que permitem ou promovem a recuperação de recursos psicofisiológicos e sociais alterados pelas condições da vida cotidiana. Face às potencialidades de uso da fotografia nesse âmbito de estudo e à escassez de trabalhos sobre o tema no Brasil, o presente artigo objetiva apresentar a aplicação de técnicas fotográficas em duas investigações executadas em hospitais, acerca da capacidade restauradora de ambientes, e dedicadas ao exame da restauração a partir da condição de estresse. O Estudo 1 percorre o espaço de um hospital de custódia e tratamento psiquiátrico, localizado na Região Sul do Brasil, e discute a aplicação de imagens na função autofotográfica associada a entrevistas com funcionários da instituição. O Estudo 2 envolve pacientes pediátricos em quartos de internação de hospitais gerais no norte da Itália e apresenta a execução de entrevistas a partir da fotografia em sua função modelo. O artigo também introduz algumas modalidades de uso da fotografia em pesquisas psicológicas, possibilidades de análise, revisa aplicações da técnica fotográfica em estudos sobre ambientes restauradores e aponta potencialidades e limitações metodológicas relativas. Palavras-chave: fotografia; ambientes restauradores; restauração; hospital; estresse. ABSTRACT: The use of photographic techniques has increasingly attracted researches’ attention in the disciplinary field of Psychology generally and, specifically, in the study of human-environmental relationships, such as those dedicated to the research on restorative environments: environments that allow or promote recovery of psychophysiological and social resources altered by the conditions of everyday life. Given the potential use of photography in this area and the lack of studies on the subject in Brazil, this article presents the application of photographic techniques in two investigations about the restorative capacity of environments. Such studies were performed in hospitals and examined the restoration from the stress condition. Study 1 examines the space in a custody and psychiatric treatment hospital, located in Southern Brazil, and discusses the application of images, which were produced by the participants, associated with interviews with staff of the institution. Study 2 involves pediatric patients in general hospital inpatient rooms in North Italy and presents interviews from photographs used in a model function. The article also introduces some modes of photography use in psychological research, analysis possibilities, it reviews applications of photographic technique in studies on restorative environments and it points out their methodological strengths and limitations. Keywords: photography; restorative environments; restoration; hospital; stress. 
      PubDate: 2017-10-03
      Issue No: Vol. 6 (2017)
       
  • Editorial da seção - O estudo das relações entre práticas sociais e
           representações: retomando questões

    • Authors: Pedro Humberto Faria Campos
      Abstract:
      DOI :10.12957/psi.saber.soc.2017.30664O tema das relações entre práticas sociais e representações sociais não é novo. Desde a retomada do interesse pela TRS, em meados dos anos 80, multiplicam-se os estudos que visam, direta ou indiretamente, a compreensão das práticas pela via das representações sociais. Como pode ser exemplificado pelo vasto conjunto de estudos sobre a representação social do trabalho docente. As relações de influência são complexas, sendo necessário, atualmente delinear sob quais condições, são as práticas que determinam as representações sociais e sob quais outras condições ocorre o inverso. O estado atual da teoria nos mostra que três condições afetam a relação entre as práticas e as representações: a) a percepção que os sujeitos têm da situação como sendo reversível ou irreversível; b) o grau de autonomia dos sujeitos face cada situação específica; c) por fim, o grau de ativação das cargas afetivas mobilizadas, tendo como referência a memória coletiva.
      PubDate: 2017-10-03
      Issue No: Vol. 6 (2017)
       
  • Representações sociais e práticas corporais de rejuvenescimento para
           mulheres de meia-idade

    • Authors: Adriana de Aguiar, Brigido Vizeu Camargo, Andrea Barbará da Silva Bousfield
      Abstract:
      DOI :10.12957/psi.saber.soc.2017.30665RESUMO: Utilizando-se do aporte teórico das representações sociais, este estudo teve como objetivo analisar a relação entre as representações sociais (RS) do rejuvenescimento com práticas corporais relativas a este objeto em mulheres de meia idade, enfatizando atitudes, crenças e normas como elementos de mediação entre os dois construtos. Um levantamento de dados foi realizado com 100 mulheres de meia-idade (M=49 anos e 8 meses; DP= 6 anos e 9 meses) e o instrumento utilizado consistiu em um questionário estruturado. Foram consideradas 8 práticas corporais de rejuvenescimento, divididas em duas modalidades: práticas não invasivas (práticas alimentares, exercícios físicos, cosméticos/cremes anti-idade e tinturas para cabelo) e práticas minimamente invasivas e invasivas (Botox, peeling químico, preenchimento cutâneo e cirurgia plástica). Foram realizadas análises descritivo-relacionais, com auxílio do software SPSS. Os resultados mostram ampla aceitação de práticas corporais de rejuvenescimento, com maior aprovação de práticas não invasivas do que minimamente invasivas e invasivas. O rejuvenescimento enquanto objeto de saúde e bem-estar subjetivo foi uma representação compartilhada por todas as mulheres, no entanto, enquanto objeto de beleza, observaram-se crenças positivas entre as mulheres com atitudes mais favoráveis às práticas corporais de rejuvenescimento e negativas entre as desfavoráveis a estas práticas. As atitudes, crenças e normas referentes às práticas de rejuvenescimento se relacionaram à maior intencionalidade de adoção destas práticas, assim como a adoção concreta. Os resultados sugerem que há relação entre RS do rejuvenescimento e as práticas corporais relativa a este objeto, embora sejam necessários outros estudos para abordar em detalhes esta relação. Palavras-chaves: representações sociais; rejuvenescimento; práticas corporais. ABSTRACT: Using the theoretical framework of social representations (SR), this research aimed at analysing the relationship between the SR of rejuvenation and their associated body practices of rejuvenation among middle-aged women, emphasizing attitudes, beliefs and norms as elements of negotiation between the two constructs. A survey was conducted with 100 middle-aged women (M=49 years and 8 months; SD= 6 years and 9 months) and it used a structured questionnaire. It was considered 8 rejuvenation body practices, divided into two modalities: non-invasive practices (feeding practices, physical exercises, cosmetics/ anti-aging creams and dyeing of white hair) and minimally invasive and invasive practices (botox, chemical peels, dermal filling and plastic surgery). Descriptive-relational analyzes were performed with the support of the software SPSS. The results suggest wide acceptation of rejuvenation body practices, in special the non-invasive ones when compared with invasive and minimally invasive practices. The rejuvenation as an object of health and subjective well-being was a representation shared by all women, however, as an object of beauty, positive beliefs were observed among women with attitudes more favorable to body rejuvenation practices and negative among those unfavorable to these practices. The attitudes, beliefs and norms regarding rejuvenation practices were related to the greater intentionality of adopting these practices, as well as the concrete adoption. The results suggest that there is a relationship between RS of rejuvenation and body practices regarding this object, although further studies are needed to address this relationship in detail.Keywords: social representations; rejuvenation; body practices.
      PubDate: 2017-10-03
      Issue No: Vol. 6 (2017)
       
  • Representações sociais e práticas em escolas do ensino fundamental:
           efeitos de unidades de polícia pacificadora (UPP) no Rio de Janeiro

    • Authors: Rita de Cássia Pereira Lima, Ivan Soares dos Santos
      Abstract:
      DOI :10.12957/psi.saber.soc.2017.30666RESUMO: O objetivo do estudo é refletir sobre relações entre representações sociais e práticas com base em um estudo sobre representações de Unidades de Polícia Pacificadora (UPP) elaboradas por professores do Ensino Fundamental no Rio de Janeiro. Foram realizadas entrevistas semidirigidas com 30 docentes de três escolas, 10 em cada escola, respectivamente Escola 1, Escola 2 e Escola 3. A análise apoiou-se na análise de conteúdo temática. Para os professores da Escola 1, uma unidade da UPP em frente ao portão principal provocou melhora nas práticas desenvolvidas na escola. A representação social desse objeto social, presente em interações e práticas cotidianas, objetivou-se no termo “segurança”. Na Escola 2, com favelas próximas e sem UPP, os docentes não formaram representação social desse objeto, ausente de suas práticas. Com desconfiança da UPP, o “Estado” é o maior criticado, destaque no discurso desse grupo. Quanto aos professores da Escola 3, situada em bairro tradicional do Rio, sem favelas e sem UPP, esse objeto também não está nas práticas cotidianas, não havendo representação social. Um tipo de “segurança ideal”, mais no plano da expectativa que da concretização, coordena o discurso desse grupo. As diferenças nos resultados entre os três grupos mostram que a presença da UPP nas práticas escolares, assim como das práticas na elaboração de representações sociais sobre esse objeto, está associada ao contexto de interação entre a UPP e os sujeitos. Se os campos de prática e de interações são diferentes, o campo representacional tende a ser diferente também. Palavras-chave: representações sociais; práticas; unidade de polícia pacificadora (UPP); professores; escola. ABSTRACT : The aim of this paper is to reflect upon the relation between social representations and practices based on a study on representations of  Police Pacification Units ( UPP, in Brazilian Portuguese) done by Middle School teachers in Rio de Janeiro. Thirty teachers from three schools (10 from each school respectively School 1, School 2, School 3) had taken part in a semi-guided interview. The analysis has been backed up by thematic content analysis. According to the teachers in School 1, a UPP unit across from the main gate of the school has improved the practices at school. The social representation of this social medium, present in daily practices and interactions, turned out as “security”.  In School 2, which is surrounded by slums and without UPPS, the teachers did not constitute any social representation of this medium, missing its practices. With scepticism over UPPS, the Government is the one to be criticized, pointed out in those groups speech.  Regarding School 3, placed in a traditional neighborhood in Rio, without slums or UPPS, that medium is not among in daily practices either, therefore, there is not social representation. Some kind of “ ideal safety”, more in terms of expectations than in terms of accomplishment, which coordinates this group’s speech. The differences in the results among the three groups show that the presence of UPPS in school practices as well as the practices in the construction of social representation over that medium are associated to the context of the interaction between the UPPS and the individual. If the practice field and the interaction field are different, the representation field tends to be different as well. Keywords: social representation; practices; Police Pacification Unit (UPP); teachers; school.
      PubDate: 2017-10-03
      Issue No: Vol. 6 (2017)
       
  • Intervenção em práticas de cuidado à criança no contexto hospitalar:
           representações sociais da equipe de saúde

    • Authors: Érica Nayla Harrich Teibel, Daniela Barros da Silva Freire Andrade
      Abstract:
      DOI :10.12957/psi.saber.soc.2017.30668RESUMO: Esse estudo tem como objetivo compreender e identificar redes de significações sobre práticas do cuidado à criança no contexto hospitalar, segundo profissionais que trabalham em uma Enfermaria Pediátrica. Para tanto se fundamenta na Teoria das representações sociais, elencando pontos possíveis de articulação com os estudos de Bruner sobre a narrativa, buscando a compreensão sobre as imbricações em relação a um projeto de intervenção e o compartilhamento de significados. Foram realizadas onze entrevistas semiestruturadas com profissionais de diferentes áreas de atuação que trabalham em uma enfermaria pediátrica de um hospital universitário. O corpus foi processado pelo programa computacional IRAMUTEQ que permitiu a realização da análise de Classificação Hierárquica Descendente favorecendo a identificação de diferentes classes nas narrativas apresentadas. Para efeito deste trabalho, foi analisada a classe 1 intitulada A prática de sentar e contar história que indicou a presença de diferentes significações sobre o cuidado de crianças no contexto hospitalar junto aos profissionais entrevistados. Elas remetem historicamente tanto ao paradigma da Medicina flexneriana quanto ao da Política Nacional de Humanização, e se apresentaram como matéria prima para a elaboração de novas narrativas, retratando diferentes contextos de interação nas práticas de cuidado abordadas. Palavras-chave: práticas de cuidado; narrativa; representações sociais; enfermaria pediátrica. ABSTRACT: This study aims to comprehend and identify the meanings' network about the child care practices in the hospital context according to the professional staff that work in a pediatric ward. Therefore, its fundamentals is based on the social representations theory (Moscovici, 2012), connecting the possible articulation points with the studies of Bruner about the narrative (2001, 2002, 2008, 2014), searching for an understanding about the imbrication of an intervention project and meanings sharing (Jodelet, 2007). Eleven semi structured interviews were realized with the professional staff of different fields of action that work in a pediatric ward in a university hospital. The study corpus was processed by the computational program IRAMUTEQ that allowed the realization of the Descendent Hierarchical Classification analyses favoring the identification of different classes in the represented narratives. For the purpose of this work, the Class One entitled as The practice of sitting and storytelling was analyzed and indicated the presence of a few different meanings about the child care in the hospital context among the interviewed professionals. The meanings refer historically to both the Flexnerian Medicine Paradigm and to the Humanization National Politics, and presented themselves as raw material to the new narratives elaboration, delineating different contexts of interaction on the approached practices and cares. Keywords: care practices; narrative; social representations; pediatric ward.
      PubDate: 2017-10-03
      Issue No: Vol. 6 (2017)
       
  • Envelhecimento e representações sociais sobre a participação política
           em Portugal e no Brasil

    • Authors: Miriam Cabrera Corvelo Delboni, Silvia Virginia Coutinho Areosa, Paula Cristina Cadima Remoaldo, Maria Clara Costa Oliveira
      Abstract:
      DOI :10.12957/psi.saber.soc.2017.30669RESUMO: Este estudo construído a partir de uma pesquisa qualitativa exploratória busca compreender as representações sociais sobre a participação política dos idosos em Portugal e no Brasil. Para delimitar o estudo foram escolhidas duas regiões, Braga em Portugal e Santa Maria no Brasil. Aplicou-se entrevistas semiestruturadas à 29 idosos (pessoas com mais de 60 anos) 14 em Braga e 15 em Santa Maria. As análises dos dados tiveram como embasamento a Teoria das Representações Sociais, conforme proposta por Serge Moscovici e a técnica de Análise de Conteúdo proposta por Laurence Bardin. Encontrou-se que há distinções nas formas de significar a participação em cada país e a interpretação e o sentimento dos idosos portugueses e brasileiros é de que não os querem presentes nos espaços de representação política. Palavras-chave: envelhecimento; representação social; participação. ABSTRACT: This study constructed from an exploratory qualitative research, search to understand the social representations about the political participation of the elderly in Portugal and Brazil. To delimited the study it were chosen two regions, Braga in Portugal and Santa Maria in Brazil. Semi-structured interviews were applied to 29 elderly (people with more than 60 years) 14 in Braga and 15 in Santa Maria. The analysis of the data had as basis the Theory of Social Representations, as proposed by Serge Moscovici and the Content Analysis technique proposed by Laurence Bardin. It was found that there are distinctions in the ways of meaning participation in each country and the interpretation and sentiment of the Portuguese and Brazilian elders is that they don’t want them present in the spaces of political representation. Keywords: aging; social representation; participation.
      PubDate: 2017-10-03
      Issue No: Vol. 6 (2017)
       
  • Perfil de drogadição e práticas sociais entre moradores de
           rua

    • Authors: Lila Spadoni, Cilas Pereira Machado Júnior, Letícia Houston Mamede Barroso, Ana Luiza Boni, Margareth Regina Gomes Veríssimo de Faria, Sandra Maria Brunini de Souza
      Abstract:
      DOI :10.12957/psi.saber.soc.2017.30670RESUMO: Este artigo apresenta dados que indicam a existência de três grupos sociais entre os moradores de rua: os alcoolistas, os adictos de crack e os polidrogaditos. Para isto, utiliza-se do arcabouço teórico e metodológico da abordagem estruturalista das representações sociais para demonstrar que cada grupo é reconhecido entre os moradores de rua como tendo um perfil de práticas. A amostra é composta por uma população de internos de uma instituição não governamental, que se dedica exclusivamente ao cuidado dessa população. Os resultados indicam diferenças entre os alcoolistas e usuários de crack ou polidrogaditos. Palavras-chave: moradores de rua; representações sociais; drogadição. ABSTRACT: This article presents data indicating the existence of three social groups among the homeless: alcoholics, crack addicts and multiple drug users. For this, it uses the theoretical and methodological framework of the structuralist approach of social representations to demonstrate that each group is recognized among the homeless as having a conduit profile. The sample consists of mens who are into a non-governmental organization dedicated exclusively to the care of this population. The results indicate some differences between alcoholics and crack or multiple drugs users. Keywords: homeless, social representations, drougs addiction.
      PubDate: 2017-10-03
      Issue No: Vol. 6 (2017)
       
 
 
JournalTOCs
School of Mathematical and Computer Sciences
Heriot-Watt University
Edinburgh, EH14 4AS, UK
Email: journaltocs@hw.ac.uk
Tel: +00 44 (0)131 4513762
Fax: +00 44 (0)131 4513327
 
Home (Search)
Subjects A-Z
Publishers A-Z
Customise
APIs
Your IP address: 54.196.201.241
 
About JournalTOCs
API
Help
News (blog, publications)
JournalTOCs on Twitter   JournalTOCs on Facebook

JournalTOCs © 2009-2016