for Journals by Title or ISSN
for Articles by Keywords
help

Publisher: Universidade do Estado do Rio de Janeiro   (Total: 34 journals)   [Sort by number of followers]

Showing 1 - 34 of 34 Journals sorted alphabetically
Abusões     Open Access  
Ballot     Open Access  
Caderno Seminal     Open Access  
Cadernos de Estudos Sociais e Políticos     Open Access   (Followers: 1)
Cadernos do Desenvolvimento Fluminense     Open Access  
Childhood & Philosophy     Open Access   (Followers: 5)
DEMETRA : Alimentação, Nutrição & Saúde     Open Access  
e-Mosaicos : Revista Multidisciplinar de Ensino, Pesquisa, Extensão e Cultura do Instituto de Aplicação Fernando Rodrigues da Silveira     Open Access  
Ekstasis : Revista de Hermenêutica e Fenomenologia     Open Access  
Em Pauta : Teoria Social e Realidade Contemporânea     Open Access  
Epos : Genealogias, Subjetivaçãoes e Violências     Open Access  
Espaço e Cultura     Open Access  
Geo UERJ     Open Access  
História, Natureza e Espaço - Revista Eletrônica do Grupo de Pesquisa NIESBF     Open Access  
Intellèctus     Open Access   (Followers: 1)
Jornal Brasileiro de TeleSSaúde     Open Access  
Logos : Comunicação e Universidade     Open Access  
Matraga - Revista do Programa de Pós-Graduação em Letras da UERJ     Open Access  
Pensares em Revista     Open Access  
Polêm!ca     Open Access  
Psicologia e Saber Social     Open Access  
Revista da Faculdade de Direito da UERJ     Open Access  
Revista de Contabilidade do Mestrado em Ciências Contábeis da UERJ     Open Access  
Revista de Direito da Cidade     Open Access   (Followers: 1)
Revista de Finanças Públicas, Tributação e Desenvolvimento     Open Access   (Followers: 1)
Revista Direito e Práxis     Open Access  
Revista Enfermagem UERJ     Open Access   (SJR: 0.258, h-index: 8)
Revista Internacional de Ciências     Open Access   (Followers: 1)
Revista Maracanan     Open Access  
Revista Neiba, Cadernos Argentina Brasil     Open Access  
Revista Tamoios     Open Access  
Soletras Revista     Open Access   (Followers: 1)
Sustinere : Revista de Saúde e Educação     Open Access  
Textos Escolhidos de Cultura e Arte Populares     Open Access  
Journal Cover Pensares em Revista
  [0 followers]  Follow
    
  This is an Open Access Journal Open Access journal
   ISSN (Online) 2317-2215
   Published by Universidade do Estado do Rio de Janeiro Homepage  [34 journals]
  • Apresentação

    • Authors: Graça Lima, Eloisa Porto Corrêa Allevato Braem, Armando Ferreira Gens Filho
      Abstract: Apresentação do dossiê O livro ilustrado para crianças e jovens
      Issue No: Vol. 0
       
  • HERANÇAS GRÁFICAS QUE DERAM ORIGEM AO LIVRO DE IMAGEM

    • Authors: Hanna Araújo, Lucia Reily
      Abstract: O livro de imagem é uma produção editorial na qual a narrativa é alicerçada e conduzida pela sequência de imagens.  No Brasil, a partir da década de 1970, houve o aparecimento deste gênero e sua produção tem aumentado a cada ano. Este artigo busca evidenciar as origens e heranças gráficas, nacionais e internacionais, que culminaram com o desenvolvimento da narrativa visual. Busca demonstrar a partir de diversos exemplos como os conteúdos das histórias variam de acordo com a época e a concepção de infância em vigor, reveladas a partir de alguns exemplos.
      Issue No: Vol. 0
       
  • DA PALAVRA AO TRAÇO, DA VIDA À MORTE, DA NÃO CONCESSÃO À
           EXPERIÊNCIA: INÊS E A POSSIBILIDADE DE ENCONTRO ÉTICO E ESTÉTICO NO
           LIVRO ILUSTRADO

    • Authors: Cristiane Rogério Carvalho
      Abstract: O presente artigo visa refletir sobre o papel do texto e da imagem no livro ilustrado como forma de narrativa em conjunto, em um projeto gráfico que propõe e fomenta este diálogo. A autora se apropria do livro Inês, de Roger Mello e Mariana Massarani, para evidenciar esta saudável costura de palavra, imagem e objeto-livro como defesa do direito à literatura, às narrativas da tradição, às possibilidades gráficas de qualidade, bem como o não cerceamento de temas ou formas de narrativa por conta de interpretações que limitem a potência da história em nome de algum tipo de superproteção ao jovem leitor.
      Issue No: Vol. 0
       
  • FACES E INTERFACES DO VERBAL E DA IMAGEM NO LIVRO PARA CRIANÇA E
           JOVENS

    • Authors: Maria Zilda da Cunha, Maria Auxiliadora Fontana Baseio
      Abstract: Este artigo pretende abordar as relações entre palavra e imagem na Literatura de recepção infantil e juvenil, considerando alguns dos desafios impostos pela contemporaneidade. Sabe-se que essa literatura, em sua gênese, apresenta-se reconhecida por sua oralidade e escritura, entretanto, no decurso da história, se entretece com as artes visuais, tornando-se um sistema complexo em que se hibridizam códigos e linguagens. A perspectiva metodológica que assumimos está fundamentada nos princípios semióticos e nos princípios de literatura comparada. Tal perspectiva reconhece os diálogos que a literatura estabelece com outras artes, outros saberes e com as demais formas de representação.
      Issue No: Vol. 0
       
  • O PROJETO GRÁFICO COMO MEDIADOR DE LEITURA: O CASO DO
           REENDEREÇAMENTO

    • Authors: Ana Crelia Penha Dias, Raquel Cristina de Souza e Souza
      Abstract: Este artigo apresenta algumas considerações sobre o fenômeno do reendereçamento – a publicação, para crianças e jovens, de obras literárias produzidas originalmente para adultos, sem modificação textual – à luz dos recentes estudos sobre o livro ilustrado. São analisadas duas obras reendereçadas: O espelho, conto de Machado de Assis, ilustrado por Fernando Vilela e publicado em 2008; e Minsk, conto de Graciliano Ramos, ilustrado por Rosinha, e publicado em 2013. A leitura proposta para cada uma das obras pretende levantar algumas questões sobre as tensões e confluências entre projeto estético, projeto gráfico, mercado editorial e escola.  
      Issue No: Vol. 0
       
  • A importância do referencial artístico na produção visual: uma
           análise da ilustração de Henry Clark para Ms. Found in a bottle

    • Authors: Alexandre Linhares Guedes, Pedro Saraiva
      Abstract: Quando nos propomos realizar algo relacionado a uma linha de pensamento pouco explorada, entendemos assim, corremos o risco de parecer um “bandeirante”. Todavia, consideramos ser necessário abrir perspectivas distintas de abordagem no desenvolvimento de pesquisas voltadas para a ilustração de livros. Neste sentido, tra­ta­­mos o tema a partir de uma orientação que pretendeu compreender aspectos subjacentes ao processo de elaboração visual e seus níveis de parentesco artístico na produção da imagem nar­rativa. Visando essa finalidade, empregamos como objeto de estudo uma das ilustrações realizadas pelo artista gráfico irlandês Harry Clarke (1889-1931) para o conto Ms. Found in a Bottle (A Senhorita Encontrada em uma Garrafa), de 1919, em Tales of Mystery and Imagination (Contos de Imaginação e Mistério), escrito por Edgar Allan Poe (1809-1849).
      Issue No: Vol. 0
       
  • A FABULOSA INCURSÃO DE DINO BUZZATI NA LITERATURA INFANTIL

    • Authors: Mariarosaria Fabris
      Abstract: O escritor italiano Dino Buzzati é mais conhecido por seus numerosos contos e, principalmente, pelo romance O deserto dos tártaros (1940). Em A famosa invasão dos ursos na Sicília (1945), considerada, em geral, sua única incursão na literatura infanto-juvenil, ele oferece uma vasta gama de linguagens verbais e visuais. Ao criar essa fábula sobre ursos que deixam suas montanhas para conquistarem uma cidade dos homens, Buzzati, com frequência, rearranja o mesmo conteúdo de diferentes formas. Alguns autores sugerem que A famosa invasão dos ursos na Sicília responde, de forma crítica, aos dramáticos acontecimentos históricos contemporâneos de sua composição e convidam a refletir sobre a relação entre a fábula e o que ela pretende representar. Esse livro ilustrado, no entanto, impõe-se antes pela criatividade que cativa o leitor, graças à complexa riqueza da interação entre palavras e imagens. O relato é confiado a um narrador onisciente, o qual, amiúde, provoca o humor com sua intrusão na narrativa, às vezes irreverente, amenizando a amarga reflexão que essa marcante obra propõe.
      Issue No: Vol. 0
       
  • A PEDRA, O SAPO E O LIVRO PARA CRIANÇAS

    • Authors: Miguel Carvalho
      Abstract: A linguagem é o miolo da discussão colocada nesse artigo. Ou, a reflexão crítica dela. Que é também a motivação da escrita desse texto e o propósito da criação para a literatura infantil. A linguagem não é propriamente acadêmica, mas o tratamento e o cuidado são tão sérios quanto cobrados. Os autores tratados basicamente são de dois tipo: os de reflexões mais teóricas - Constantino Bértolo e Octávio Paz - e dois com reflexões poéticas: Manoel de Barros e Guimarães Rosa. Outros também temperam o texto, mas pouco.
      Issue No: Vol. 0
       
  • O PERSONAGEM ENCALHADO: FIGURAÇÕES DO FAZER LITERÁRIO EM
           ÂNGELA LAGO

    • Authors: Diana Navas, Luiz Carlos Girão Correia
      Abstract: O presente estudo objetiva empreender uma análise das estratégias metaficcionais às quais recorre Angela Lago na elaboração de O personagem encalhado (2006). Considerando que a autora inscreve textos verbal e visual nesta obra, almeja-se demonstrar como a narrativa assume configurações metaficcionais não apenas no plano verbal – como é comum nas narrativas contemporâneas destinadas ao público jovem –, mas também em seu aspecto visual, exibindo e materializando – em termos verbais e visuais – os impasses encontrados no processo de criação de um texto literário. 
      Issue No: Vol. 0
       
  • OS CONTOS DE FADAS E SEUS RECONTOS POR

    • Authors: Regina Silva Michelli Perim
      Abstract: Os contos de fadas ou contos maravilhosos habitam o imaginário humano há muitos séculos, principalmente por abordarem sentimentos ligados à essência da alma humana, como o amor, a rivalidade, o ciúme, a inveja etc.; permanecem, porém, atravessando as eras ao se renovarem por meio de releituras, atualizando-se aos novos tempos, o que vemos na literatura, no cinema ou em outras mídias. Da mesma forma, também as imagens povoam a história dos seres humanos desde os mais remotos tempos, forma de representar o vivido em desenhos, pinturas, esculturas. Este texto tem por objetivo refletir sobre a ilustração em livros dedicados a crianças e jovens. Nosso olhar recai sobre a história de A Bela e a Fera, pelo traço de Rui de Oliveira, num reconto por imagens. A narrativa foi originalmente escrita por Jeanne Marie Le Prince de Beaumont e publicada em 1757, tonando-se bastante famosa por tematizar o amor que ultrapassa as limitações impostas pelas aparências. A fundamentação teórica que orienta o trabalho tem por base Lúcia Pimentel Goés, Lucia Santaella, Luís Camargo, Rui de Oliveira.  
      Issue No: Vol. 0
       
  • INFÂNCIA, PASOLINI E EDWARD GOREY ¬– UM ESTUDO SOBRE
           ESTILO

    • Authors: Nilton Gonçalves Gamba Junior
      Abstract: O presente artigo relaciona os estudos de Pier Paolo Pasolini sobre a dimensão social do estilo e a literatura infanto-juvenil. Apresentamos uma tipologia organizada em função de faixa etária, que amplia e contrapõe a visão isolada da fase infantil. Como objeto de análise, utilizamos a obra de Edward Gorey − The Grashlycrumb Tinnies.
      Issue No: Vol. 0
       
  • PIERRE-JULES HETZEL E A LITERATURA ILUSTRADA PARA CRIANÇAS E JOVENS

    • Authors: Edmar Guirra
      Abstract: Na história da edição francesa, o desenvolvimento de uma nova economia do livro ao longo do século XIX está atrelado ao surgimento de um “tempo dos editores”, tornado possível graças a conjunturas que tiveram papel catalisador em um meio profissional ainda em definição. Ao mesmo tempo, assiste-se ao desenvolvimento do ensino primário, marcado, sobretudo, por leis que asseguravam a expansão do número de escolas, a qualificação de professores e, ainda, a gratuidade, a obrigatoriedade e a laicidade do ensino. O resultado desses empreendimentos é o advento de um novo público leitor. Com essa transformação, surgem novos engajamentos e lutas nos campos literário e editorial. Atento às potencialidades do mercado, Pierre-Jules Hetzel se lança na via da edição ilustrada para crianças e jovens, publicando livros e magazines e respondendo, igualmente, às preocupações pedagógicas das famílias e a seus anseios ideológicos: uma literatura para crianças e jovens baseada na utilidade e no divertimento, em harmonia com a escola leiga e republicana. De Le livre des enfants (1837) às Viagens extraordinárias de Jules Verne, passando pelas Fables de Florian (1842) e pelo Magasin d’Éducation et de Récréation (1864), Hetzel se posicionará nos campos literário e editorial contra uma concepção de livros insípidos. Neste artigo, ao analisar prefácios e editoriais de lançamentos de Hetzel, discutiremos os projetos estético e ideológico deste editor, vinculados à sua concepção de literatura ilustrada para crianças e jovens, mapeando sua trajetória nos campos editorial e literário.  
      Issue No: Vol. 0
       
  • A INTERFERÊNCIA DE IMAGINÁRIOS SOCIODISCURSIVOS NA LEITURA DE
           CONTOS ILUSTRADOS

    • Authors: Anabel Medeiros Azerêdo de Paula, Beatriz dos Santos Feres
      Abstract: Neste trabalho pretende-se investigar como o processo de inferências de imaginários sociodiscursivos auxilia a construção de sentidos na leitura de contos ilustrados, destinados ao público infantil. Essas narrativas constituem-se de textos verbovisuais, cujos sentidos emergem das relações que se estabelecem entre a linguagem verbal e a visual. Esses sentidos revelam-se através de um processo de interpretação, que se realiza pela percepção e pela contextualização dos seres do mundo, manifestados não só de modo icônico nas ilustrações, mas também pelo reconhecimento do universo construído pelo homem, concebido e categorizado de maneira simbólica pelas palavras. O texto verbo-visual requer do leitor uma competência semântica, que lhe permita identificar os discursos que circulam na sociedade, formulados a partir de saberes de conhecimento e de crença sobre o mundo. O leitor precisa inferir  informações ao texto para calcular o sentido da obra, a partir do acionamento de saberes compartilhados, que se materializam no texto verbo-visual através de elementos linguísticos e imagéticos. O aporte teórico para analisar como as inferências de imaginários sociodiscursivos constroem o sentido do texto se concentra na Teoria Semiolinguística de Análise do Discurso, postulada por Patrick Charaudeau (2008, 2006) e o corpus investigado se constitui de obra de Souza Júnior (2014).  
      Issue No: Vol. 0
       
  • BOCEJO (2012): LITERATURA (SEM CAFEÍNA) PARA LEITORES BEM ACORDADOS

    • Authors: Fernando Teixeira Luiz
      Abstract: Resenha do livro MORICONI, R. & BRENMAN, ILAN Bocejo São Paulo: Companhia das Letrinhas, 2012.
      Issue No: Vol. 0
       
  • NOMINATA DE PARECERISTAS

    • Authors: Pensares em Revista
      Issue No: Vol. 0
       
  • SOBRE OS AUTORES

    • Authors: Pensares em Revista
      Abstract: MInibios dos autores e organizadores
      Issue No: Vol. 0
       
 
 
JournalTOCs
School of Mathematical and Computer Sciences
Heriot-Watt University
Edinburgh, EH14 4AS, UK
Email: journaltocs@hw.ac.uk
Tel: +00 44 (0)131 4513762
Fax: +00 44 (0)131 4513327
 
Home (Search)
Subjects A-Z
Publishers A-Z
Customise
APIs
Your IP address: 54.227.127.109
 
About JournalTOCs
API
Help
News (blog, publications)
JournalTOCs on Twitter   JournalTOCs on Facebook

JournalTOCs © 2009-2016