for Journals by Title or ISSN
for Articles by Keywords
help

Publisher: Universidade Federal do Ceará   (Total: 22 journals)   [Sort by number of followers]

Showing 1 - 22 of 22 Journals sorted alphabetically
Ameríndia - História, cultura e outros combates     Open Access  
Argumentos - Revista de Filosofia     Open Access  
Arquivos de Ciências do Mar     Open Access  
Contextus - Revista Contemporânea de Economia e Gestão     Open Access   (Followers: 1)
Entrelaces     Open Access  
Entrepalavras     Open Access   (Followers: 2)
Extensão em Ação     Open Access  
Fisioterapia & Saúde Funcional     Open Access   (Followers: 2)
Geologia     Open Access  
Informação em Pauta     Open Access  
Nomos     Open Access  
Passagens     Open Access  
Psicologia     Open Access   (Followers: 1)
Revista Brasileira de Higiene e Sanidade Animal     Open Access   (Followers: 1)
Revista de Ciências Sociais     Open Access  
Revista de Letras     Open Access  
Revista de Medicina da UFC     Open Access  
Revista de Psicologia     Open Access  
Revista de Saúde Digital e Tecnologias Educacionais     Open Access  
Revista Dialectus     Open Access  
Revista Labor     Open Access  
Transversal     Open Access  
Journal Cover Psicologia
  [1 followers]  Follow
    
  This is an Open Access Journal Open Access journal
   ISSN (Print) 2179-1740
   Published by Universidade Federal do Ceará Homepage  [22 journals]
  • Capa, Editorial e Sumário

    • Authors: Antonio Caubi Ribeiro Tupinambá
      PubDate: 2017-10-24
      Issue No: Vol. 8, No. 2 (2017)
       
  • ADOECIMENTO E O SOFRIMENTO DE TRABALHADORES ACOMETIDOS POR LER/DORT

    • Authors: Maria do Carmo Baracho de Alencar, Thalita Lacerda Nobre
      Abstract: O objetivo deste estudo foi o de compreender as relações entre a organização do trabalho e o agravamento dos casos por LER/DORT, além das repercussões na saúde na situação de afastamento do trabalho pela doença. Métodos: Foram levantados dados sociodemográficos e de trabalho de prontuários de sujeitos atendidos no Centro de Referência em Saúde do Trabalhador- CEREST, da cidade de Santos/SP, e selecionados sujeitos com diagnósticos clínicos estabelecidos para LER/DORT e que haviam vivenciado a situação de afastamento do trabalho por motivo da doença. Os sujeitos foram convidados a participar de entrevista individual e semiestruturada, com base em roteiros pré-elaborados. As entrevistas foram gravadas e transcritas na íntegra para análise de conteúdo categorial temática. Os resultados obtidos trouxeram a compreensão de que houve envolvimento dos modos de organização do trabalho no agravamento dos casos, e as consequências interferem na saúde do trabalhador e no seu cotidiano de vida, resultando em sofrimento psíquico. Evidencia-se a necessidade de uma maior inserção de equipes multiprofissionais em ações interdisciplinares, e com psicólogos junto a esta temática.
      PubDate: 2017-10-24
      Issue No: Vol. 8, No. 2 (2017)
       
  • PRECISÃO ENTRE JUÍZES PARA UM NOVO SISTEMA DE
           CODIFICAÇÃO DO TESTE DE WARTEGG

    • Authors: Fernando Pessotto, Ricardo Primi
      Abstract: Dentre os parâmetros psicométricos necessários para o uso de testes psicológicos está a precisão que, de forma geral, indica a consistência dos resultados. Uma das formas de verificação deste parâmetro é a concordância entre juízes, expressa num índice que informa o grau de concordância de protocolos avaliados por diferentes profissionais. Com o objetivo de verificar a concordância entre juízes para o Teste de Wartegg, o presente estudo contou com 4 juízes avaliando 8 protocolos de forma independente (às cegas). Os resultados indicaram coeficientes kappa variando de 0,23 à 0,74 para os protocolos, sendo que, para algumas variáveis os valores foram mais altos. De forma geral, embora tenham se encontrado bom grau de concordância entre as codificações dos juízes para alguns critérios, outros demonstraram-se não estar claros de forma suficiente. Neste sentido, se fazem necessárias reformulações dos critérios evidenciados como ruins a fim de favorecer o desenvolvimento do sistema proposto.
      PubDate: 2017-10-24
      Issue No: Vol. 8, No. 2 (2017)
       
  • BRINCAR COMO LINGUAGEM DA CRIANÇA: CONTRIBUIÇÕES
           CONTEMPORÂNEAS

    • Authors: Joyce Hilario Maranhão, Camilla Araújo Lopes Vieira
      Abstract: Esse estudo teórico apresenta um levantamento bibliográfico acerca das contribuições teóricas da clínica psicanalítica freudo-lacaniana no que se refere à constituição psíquica e à função do brincar como uma modalidade da fantasia. O objetivo foi realizar uma interlocução entre os escritos de Freud e Lacan com as ideias de autores psicanalíticos contemporâneos, que têm construído um conhecimento sobre a clínica psicanalítica com crianças. Realizou-se o levantamento bibliográfico das obras dos autores Ciaccia (2005), Flesher (2012), Kraemer e Betts (1989), Jerusalinsky (2004), Oliveira (2008), Santa-Roza (1993), Souza (2007), Vidal (1992). O estudo orientou atividades com crianças em uma instituição não governamental em que o brincar foi um dos caminhos possíveis para a escuta do sujeito na infância, discurso este produzido a partir da significação de suas vivências em contexto de privação alimentar e vulnerabilidade socioeconômica. Acredita-se que a apropriação da teoria psicanalítica sobre o brincar e sua relação com a constituição do sujeito pode auxiliar na construção de espaços que proporcionam a capacidade lúdica e o agenciamento de narrativas criativas, a fim de que o sujeito possa expressar suas fantasias e dar sentido as suas vivências no laço social.
      PubDate: 2017-10-24
      Issue No: Vol. 8, No. 2 (2017)
       
  • “ELES NASCEM PARA MORRER”: UMA ANÁLISE PSICOSSOCIAL DA PROBLEMÁTICA
           DOS HOMICÍDIOS DE JOVENS EM FORTALEZA

    • Authors: João Paulo Pereira Barros, Luis Fernando de Souza Benicio
      Abstract: Dados relativos à questão da violência urbana envolvendo jovens permitem considerar a escala de homicídios desse segmento um dos principais dispositivos de controle social de populações e territórios pauperizados e estigmatizados, tornando-se um dos principais desafios ético-político no cenário brasileiro. A cidade de Fortaleza dispõe de indicadores preocupantes no que concerne ao número de homicídios envolvendo segmentos juvenis, apresentando maior índice de homicídios na adolescência (IHA) entre as capitais brasileiras. Diante disso, este estudo objetiva problematizar o fenômeno dos homicídios de jovens na cidade de Fortaleza sob o ponto de vista psicossocial, tomando-o como um analisador das implicações das relações de poder e dos modos de subjetivação contemporâneos no cotidiano das margens urbanas brasileiras. A problematização se desenvolverá em diálogos da Psicologia Social com autores como Foucault, Deleuze, Guattari e Agamben. São postos em análise processos de sujeição de juventudes pobres no Brasil pela sua associação com o risco e a violência, bem como os processos psicossociais produtores de jovens “indignos de vida” a quem se atribui a pecha de “envolvidos”.
      PubDate: 2017-10-24
      Issue No: Vol. 8, No. 2 (2017)
       
  • FENOMENOLOGIA NAS OBRAS DE CARL ROGERS: APONTAMENTOS PARA O CENÁRIO
           BRASILEIRO

    • Authors: Paulo Coelho Castelo Branco, Sérgio Dias Cirino
      Abstract: Analisamos a relação de Carl Rogers com a Fenomenologia segundo uma perspectiva historiográfica que examina a ocorrência de citações e referências que ele fez a filósofos de orientação fenomenológica. As obras de Rogers foram organizadas em ordem cronológica de publicação e lidas conforme as técnicas de leitura seletiva e interpretativa. Rogers mencionou cinco filósofos de orientação fenomenológica: José Ortega y Gasset, Paul Tillich, Simone de Beauvoir, Maurice Merleau-Ponty e Martin Heidegger. Destes, somente Heidegger é efetivamente trabalhado em um texto sobre o ensino e os demais filósofos procedem de indicações e citações de outros autores. Nos livros em que Rogers referencia esses filósofos não há nenhuma discussão sobre a Fenomenologia; porém, há textos em que Rogers disserta sobre a Fenomenologia sem citar fenomenólogos. A Fenomenologia que Rogers menciona não é a filosófica, a qual ele teve ressalvas, mas é um paradigma estadunidense de ciência empírica e estudos da personalidade. A despeito disso, desenvolve-se no Brasil um movimento pós-rogeriano de orientação filosófica fenomenológica. Ponderamos, finalmente, algumas observações sobre o que distingue o movimento brasileiro daquele paradigma contatado por Rogers nos EUA. 
      PubDate: 2017-10-24
      Issue No: Vol. 8, No. 2 (2017)
       
  • A DIFUSÃO DAS REDES SOCIAIS DIGITAIS E AS NOVAS EXPRESSÕES DO EU

    • Authors: Idilva Maria Pires Germano, Maria Camila Gabriele Moura
      Abstract: As mudanças sociais e tecnológicas trazidas pela internet e pela difusão, cada vez mais abrangente, das redes sociais digitais inauguraram novos fenômenos narrativos, cujas proporções se irradiam e estabelecem novos padrões discursivos. O presente trabalho tem por escopo a análise das novas formas de narração de si na denominada Era Digital, apresentando o surgimento e evolução dessas novas narrativas e situando-as no presente momento histórico, fortemente marcado por uma nova lógica de consumo, informação e comunicação. Além disso, buscou-se, por meio do estudo, mapear a natureza destas narrativas enquanto relatos autobiográficos, trazendo à tona, além dos contornos da figura do narrador e do objeto narrado, a problematização da superexposição espontânea da imagem do indivíduo nas redes sociais. Por fim, intenta-se discutir acerca dos possíveis limites de tal superexposição, cuja delimitação ainda se encontra em processo de construção, diante das questões éticas que começam a ser levantadas e discutidas. 
      PubDate: 2017-10-24
      Issue No: Vol. 8, No. 2 (2017)
       
  • “ERA ÓBVIO QUE ISSO IRIA ACONTECER”: CONSIDERAÇÕES SOBRE O VIÉS
           RETROSPECTIVO

    • Authors: Bruno Stefani Ferreira de Oliveira
      Abstract: O viés retrospectivo é o fenômeno de perceber e avaliar eventos diferentemente, uma vez que eles tenham ocorrido. Dada uma falha cognitiva, pessoas tendem a ter distorções da memória e a produzir falsas sensações de inevitabilidade e previsibilidade. Os objetivos deste trabalho foram fazer uma revisão de literatura do viés retrospectivo e discutir as implicações teóricas e práticas do tema. Uma pesquisa, realizada nas principais bases de dados do país, não encontrou nenhum artigo relacionado com o tema. A partir de uma seleção das principais pesquisas internacionais sobre o assunto, foi feita uma análise que mostrou os níveis cognitivos do viés retrospectivo, suas implicações e as estratégias usadas para atenuar o viés. Nas considerações finais, são discutidos o impacto e a importância do conhecimento desse fenômeno no dia a dia de tomadores de decisão e cidadãos, assim como a necessidade de se explorar o tema em pesquisas nacionais.
      PubDate: 2017-10-24
      Issue No: Vol. 8, No. 2 (2017)
       
  • REGULAÇÃO EMOCIONAL E TRABALHO EMOCIONAL NO ATENDIMENTO AOS USUÁRIOS DE
           UNIDADES DO SUS NA BAHIA

    • Authors: Rui Maia Diamantino, Sonia Maria Guedes Gondim
      Abstract: O estudo objetivou avaliar o valor preditivo das estratégias de regulação emocional na percepção de trabalho emocional dos atendentes propondo-se que reavaliação é mais utilizada do que supressão (H1), reavaliação prediz o uso de ação profunda (H2), supressão prediz o uso de ação superficial (H3) e emoções genuínas são menos utilizadas do que ação superficial e ação profunda (H4). 260 participantes responderam ao questionário de regulação emocional e à escala de trabalho emocional. Para testar as hipóteses foi usado o teste t de medidas pareadas. As hipóteses H2 e H3 foram avaliadas com a análise de regressão linear. Houve prevalência de uso da reavaliação e de emoções genuínas, corroborando a H1 e refutando a H4. Reavaliação prediz o uso de ação profunda, confirmando H2. Supressão não prediz a ação superficial, refutando H3. Conclui-se que os participantes baseiam seu trabalho emocional no uso mais adaptativo de ação profunda. Também utilizam emoções espontâneas, sinalizando haver uma convergência entre o que se sente e o que se espera da atuação profissional.
      PubDate: 2017-10-24
      Issue No: Vol. 8, No. 2 (2017)
       
  • LIDERANÇA E PERSONALIDADE : REFLEXÕES SOBRE O SOFRIMENTO
           PSÍQUICO NO TRABALHO

    • Authors: Adriana Maria Gurgel Gomes
      Abstract: Resumo:O presente artigo é um estudo teórico sobre liderança e o sofrimento psíquico no trabalho baseado na obra de Chisthophe Dejours. O cenário atual do mundo do trabalho e as exigências idealizadas para a ocupação de cargos de liderança juntamente com a estruturação psíquica do sujeito são facilitadores para o surgimento do sofrimento psíquico no trabalho. As mudanças no trabalho causadas pela rapidez da tecnologia, velocidade de informações, globalização da economia e desemprego são presentes na vida dos líderes nas organizações. O líder é exigido a estar preparado lidar com estas mudanças e conviver com incertezas que são favoráveis ao surgimento de ansiedade e diminuição da autoestima. O perfil profissional exigido pelas organizações para os lideres contém elevadas exigências de habilidades e competências profissionais além de pressões sobre resultados, capacidade de decidir e de conviver com constantes ameaças de desemprego. Estas exigências da organização do trabalho são fatores desencadeantes para o sofrimento psíquico. Outro fator que contribui para a instauração do sofrimento psíquico diz respeito à história de vida do sujeito e suas características de personalidade. Exercer cargos de liderança pode de acordo com a organização do trabalho e a personalidade do líder causar sofrimento psíquico sendo necessários estudos mais aprofundados sobre esta temática. Palavras Chaves: Liderança; sofrimento psíquico; personalidade; organização do trabalho 
      PubDate: 2017-10-24
      Issue No: Vol. 8, No. 2 (2017)
       
  • INTERVENÇÃO COM FAMÍLIAS DE PESSOAS COM DEFICIÊNCIA INTELECTUAL:
           ANÁLISE DA PRODUÇÃO CIENTÍFICA

    • Authors: Mayse Itagiba Rooke, Bruna Rocha Almeida, Cristina Fuentes Mejía
      Abstract: As famílias de pessoas com deficiência intelectual (DI) podem vivenciar, em razão das especificidades da deficiência e suas consequências, momentos difíceis, permeados por dúvidas, incertezas, inseguranças e angústias. Nesse sentido, programas de intervenção direcionados ao convívio familiar quando há uma pessoa com DI possibilitam formas de promoção do desenvolvimento e prevenção a problemas ao funcionamento da família e dos membros individualmente. Assim, objetivou-se realizar um levantamento bibliográfico das publicações referentes a intervenções com famílias de pessoas com DI no âmbito da América Latina, Espanha e Portugal. Para isso, realizou-se uma busca sistemática nas bases de dados Scielo e Redalyc e na ferramenta de busca Google Acadêmico. Foram encontradas 37 publicações, com predominância de artigos teóricos/revisão de literatura e de origem espanhola. A maioria das intervenções foi do tipo ‘orientação’ e ‘grupo de apoio’, direcionada a genitores/cuidadores. Espera-se que haja uma maior produção sobre intervenção, família e deficiência, especialmente na América Latina. 
      PubDate: 2017-10-24
      Issue No: Vol. 8, No. 2 (2017)
       
  • THE PILLARS OF RESILIENCE OBSERVED IN PSYCHOMOTOR PRACTICE

    • Authors: Alexandra Moreno Pinho, Crescencia Pastor, Maria Teresa Anguera
      Abstract: Neste artigo, descrevemos um estudo em que a observação sistemática foi utilizada para investigar a promoção da resiliência na prática psicomotora. O trabalho faz parte de um estudo maior intitulado "A promoção da resiliência no vínculo estabelecido entre adolescentes e educadores" (http://hdl.handle.net/10803/96515) tese apoiada em aspectos teóricos e práticos da resiliência analisados no contexto de uma relação formada entre um pequeno grupo de adolescentes e seu psicoterapeuta. Descrevemos uma abordagem metodológica inovadora que envolveu a construção de um instrumento de observação ad hoc para analisar a promoção dos pilares de resiliência dentro de uma série de sessões da prática psicomotora.
      PubDate: 2017-10-24
      Issue No: Vol. 8, No. 2 (2017)
       
  • DOS BENEFÍCIOS SOCIAIS NA REFORMA PSIQUIÁTRICA: NECESSIDADE,
           DEMANDA E DESEJO

    • Authors: Laura Resende Moreira, Fuad Kyrillos Neto
      Abstract: O artigo discute as práticas inclusivas nos serviços de atenção psicossocial, de forma a articular a concessão de benefícios sociais à dimensão da práxis clínica, pautada na escuta do sujeito. Retoma-se o contexto de criação do campo da saúde mental no Brasil, ressaltando a importância do modelo basagliano para a consolidação dos movimentos sociais que protagonizaram a luta contra o modelo asilar de tratamento da loucura e pela inclusão social dos pacientes psiquiátricos. Em seguida, discorremos acerca da escuta clínica na teoria psicanalítica, no intuito de asseverar o desenvolvimento desta como elemento fundamental para o trabalho institucional. Utilizam-se os conceitos psicanalíticos de necessidade, demanda e desejo, com o propósito de articulá-los à noção de escuta nos serviços substitutivos. Por fim, indicamos que a relação entre a psicanálise e a saúde mental implica a aposta que se faz no desejo, na emergência do sujeito como resultado de um trabalho clínico dentro das instituições, na medida em que essa aposta nos permite escapar de certa normalização dos usuários de saúde mental a um convívio social aceitável. 
      PubDate: 2017-10-24
      Issue No: Vol. 8, No. 2 (2017)
       
  • RACISMO E JULGAMENTO SOCIAL NA INTERNET: CRIANÇAS E JOVENS NEGROS
           COMO ALVOS

    • Authors: Jorge Wambaster Freitas Farias, Roger Silva Sousa, Tiago Jessé Souza de Lima, Walberto Silva dos Santos, Suély Conde Ferreira
      Abstract: RESUMO: Este estudo teve como objetivo avaliar o preconceito racial, emitido na internet, contra crianças e jovens negros em conflito com a Lei, mediante o julgamento social atribuído. Para tanto, selecionaram-se notícias que retratam a apreensão de jovens negros, acusados ou suspeitos de terem cometido roubos. Foram analisados, por meio do software IRAMUTEQ, 879 comentários sobre essas notícias, os quais constituíram um único corpus submetido a uma Classificação Hierárquica Descendente (CHD) e a Análises de Similitude. A CHD reteve 83,32% dos segmentos de texto, dividindo o corpus em três classes. Os resultados indicaram expressivo preconceito racial contra crianças e jovens negros, estigmatizando-os e legitimando as suas mortes. Significativamente, predomina nos comentários a concepção dos jovens como uma ameaça à ordem social, responsabilizando a ausência dos pais, a permissividade da Lei e as pessoas envolvidas com a promoção de Direitos Humanos. Em síntese, o estudo traz contribuições para a análise do preconceito racial na internet contra jovens negros em conflito com a lei, possibilitando avaliar expressões do preconceito e da discriminação racial no Brasil.Palavras-Chave: Preconceito; racismo; discriminação; julgamento social; negros. ABSTRACT: This study aims to evaluate the racial prejudice, issued over the internet, against black children in conflict with the law, through the attributed social judgment. Therefore, reports were selected that portray the apprehension of young black people, accused or suspected of having committed robberies. Through IRAMUTEQ software, 879 comments on the news were analyzed which constituted a single corpus submitted to a Descending Hierarchical Classification (DHC) and Similitude Analysis. The DHC retained 83,32% of the text segments, dividing the corpus into three classes. The results indicated expressive racial prejudice against black children and young people, stigmatizing them and legitimizing their deaths. Significantly, it predominates on the comments the concept of young people as a threat to the social order, blaming the absence of the parents, the permissiveness of the law and the people involved in the promotion of Human Rights. In summary, this study brings contributions to the analysis of racial prejudice over the internet against young black people in conflict with the law, making it possible to evaluate expressions of prejudice and racial discrimination in Brazil.Keywords: Prejudice; Racism; Discrimination; Social judgment; Blacks.
      PubDate: 2017-10-24
      Issue No: Vol. 8, No. 2 (2017)
       
  • UMA EXPERIÊNCIA DA PSICOLOGIA COM MEDIAÇÃO DE CONFLITOS – ESTÁGIO EM
           PSICOLOGIA E PROCESSOS DE GESTÃO

    • Authors: Italo Emanuel Pinheiro de Lima, Rayane Pereira Bacural, Fernanda Indira Sampaio Pacífico de Sousa, Karla Daniely Silva Lima
      Abstract: O estágio supervisionado tem como objetivo promover o desenvolvimento de habilidades e competências necessárias para a formação do estudante de psicologia, tornando-se um momento crucial de transição entre o papel estudantil e profissional. O presente trabalho consiste em um relato da experiência decorrente das práticas de estágio desenvolvidas durante três semestres pelos alunos do curso de Psicologia do Centro Universitário Doutor Leão Sampaio matriculados na ênfase Psicologia e Processos de Gestão. Buscaremos aqui discutir a configuração do serviço de mediação de conflitos como prática institucional, a entrada da psicologia e estruturação de suas atividades no cotidiano do campo de estágio e os reflexos desse trabalho na dinâmica organização. Como estratégias metodológicas foram utilizadas as supervisões acadêmicas, como lugar de sistematização dos fenômenos e discussão das práticas, além dos registros de campo trazidos pelos estagiários. Consideramos que o espaço construído pela Psicologia no campo de estágio promoveu significativas mudanças não só na dimensão operacional, mas também em elementos nos níveis estratégicos e políticos da instituição e da profissão, possibilitando uma prática mais alinhada com os princípios que orientam a Defensoria Pública como local de acesso e promoção da cidadania.
      PubDate: 2017-10-24
      Issue No: Vol. 8, No. 2 (2017)
       
  • DIREITO E PSICANÁLISE: A PRÁTICA JURÍDICA COMO UM
           IMPOSSÍVEL

    • Authors: Túlio Moreira Tavares, Maria Celina Peixoto Lima
      Abstract: Ao longo dos anos, a teoria psicanalítica foi requisitada inúmeras vezes para pensar sobre questões que estão para além do âmbito puramente individual. Neste escrito a teoria é utilizada com o objetivo de pensar o Direito tal como ele se apresenta atualmente, levando em consideração uma perspectiva sustentada pela teoria psicanalítica. Para isto, foram estudadas algumas das principais obras de Freud, como “Totem e tabu” e “Mal-estar na civilização”, entre outras, assim como os estudos de alguns outros autores e estudiosos da teoria psicanalítica e do Direito. Através destes estudos, foi possível observar como o Direito, enquanto uma prática dita restritiva, possui um papel de grande importância não só para a construção, mas, também, para sustentação da sociedade tal como a conhecemos atualmente. Constata-se, ao fim dos estudos realizados, sua aproximação com a prática do governar, a qual é considerada por Freud como sendo uma das três profissões que ele nomeou “impossíveis”. 
      PubDate: 2017-10-24
      Issue No: Vol. 8, No. 2 (2017)
       
  • INSERÇÃO E TRABALHO DE PSICÓLOGAS/OS EM CONTEXTOS RURAIS:
           INTERPELAÇÕES À PSICOLOGIA

    • Authors: Kátya de Brito e Silva, João Paulo Macedo
      Abstract: Objetivou-se identificar as formas de aproximação, inserção e atuação de psicólogas/os em contextos rurais. Participaram da pesquisa cinco psicólogas/os que atuam em dois Centros de Referência da Assistência Social (CRAS), três Equipes Volantes do CRAS e um Núcleo de Apoio a Saúde da Família (NASF), localizados em três municípios de pequeno porte no Piauí. Os instrumentos foram observação participante, conversas informais, diários de campo e entrevistas semiestruturadas, sendo os dados analisados por meio da análise de conteúdo temática. O rural enquanto categoria teórica e forma de representação ficou invizibilizado nos discursos das/os participantes. As dificuldades relatadas quanto à inserção profissional foram muito mais pelas condições de trabalho nas políticas sociais do que propriamente pelo rural. Identificou-se, nesse sentido, a carência de planejamentos e intervenções voltadas para as especificidades desses contextos. Conclui-se que a atuação de psicólogas/os com rural demanda muitos debates, sendo um campo desafiador para profissão.
      PubDate: 2017-10-24
      Issue No: Vol. 8, No. 2 (2017)
       
  • HABILIDADES SOCIAIS EDUCATIVAS EM MÃES DE CRIANÇAS/ADOLESCENTES COM
           DIABETES MELLITUS TIPO 1

    • Authors: Luziane de Fátima Kirchner, Priscila Benitez, Daniely Ildegardes Brito Tatmatsu, Giovan Willian Ribeiro, Vânia Maria Vargas, Zilda Aparecida Pereira Del Prette
      Abstract: Este estudo comparou as Habilidades Sociais Educativas de mães de crianças e adolescentes com e sem Diabetes Mellitus Tipo 1. Utilizou-se como medida de avaliação o Inventário de Habilidades Sociais Educativas para Pais (IHSE-Pais), o Critério de Classificação Socioeconômica Brasil e o Controle Glicêmico (HbA1C) obtido pelo prontuário médico. Os resultados mostraram que as HSEs de mães de crianças e adolescentes com e sem diabetes não são significativamente diferentes, no entanto, no grupo de mães com filhos diabéticos, as variáveis idade da mãe e do filho, tempo em tratamento e Controle Glicêmico (HbA1C) apresentaram correlação com fatores do IHSE-Pais. Os dados são discutidos em suas implicações para intervenções junto aos familiares de crianças com diabetes e doenças crônicas em geral.
      PubDate: 2017-10-24
      Issue No: Vol. 8, No. 2 (2017)
       
  • “PORQUE IGNORAVAM MINHA SOLIDÃO TANTO QUANTO EU”: SOBRE A
           (AUTO)BIOGRAFIA DE MAURAS LOPES CANÇADO

    • Authors: Stephanie Caroline Ferreira de Lima, Aluísio Ferreira de Lima
      Abstract: O presente manuscrito trata de uma análise da narrativa de Maura Lopes Cançado no livro “Hospício é deus: Diário I”, publicado originalmente em 1965. Para tanto, foi realizada a articulação da leitura cuidadosa do diário autobiográfico com os referenciais teóricos relacionados à Psicologia Social, em especial, as contribuições de Theodor W. Adorno, Giorgio Agamben e Judith Butler. Em forma de ensaio, o artigo foi dividido em quatro partes, nas quais são apresentados: a) a contextualização do diário; b) a (auto)biografia de Maura Lopes Cançado; c) as narrativas acerca da condição do internamento no Hospital Gustavo Riedel; e d) as considerações acerca do que se pode apreender com a narrativa da autora. Esse itinerário permitiu a discussão da precariedade experienciada por Maura Cançado enquanto uma mulher que não correspondia às expectativas morais e sociais de sua época, articulada com todos os efeitos que o enquadramento psiquiátrico produziu em suas internações no hospício.
      PubDate: 2017-10-24
      Issue No: Vol. 8, No. 2 (2017)
       
  • MAL-ESTAR NA SOCIEDADE: UMA PROPOSTA DE DIÁLOGO ENTRE SKINNER E FREUD

    • Authors: Florença Lucia Coelho Justino
      Abstract: O presente ensaio tem como objetivo apresentar uma proposta de diálogo entre Skinner e Freud no que tange à cultura e a sua influência sobre o  indivíduo. Os dois autores, apesar de não  trataram do tema cultura de forma contemporânea, ou seja, na mesma época, e sob o mesmo enfoque teórico e epistemológico, descrevem por meio de diferentes processos o papel das práticas culturais  no sofrimento do indivíduo. 
      PubDate: 2017-10-24
      Issue No: Vol. 8, No. 2 (2017)
       
  • RESENHA DE O FRACASSO DO PROJETO DE SER: BURNOUT, EXISTÊNCIA E
           PARADOXOS DO TRABALHO

    • Authors: Dímitre Sampaio Moita, Verônica Siqueira Araújo
      Abstract: RESENHA DE O FRACASSO DO PROJETO DE SER: BURNOUT, EXISTÊNCIA E PARADOXOS DO TRABALHO
      PubDate: 2017-10-24
      Issue No: Vol. 8, No. 2 (2017)
       
  • O QUE É A FENOMENOLOGIA - PARTE III, A FENOMENOLOGIA DE SARTRE -
           PIERRE THÉVENAZ (1952)

    • Authors: José Olinda Braga
      Abstract: O QUE É A FENOMENOLOGIA - PARTE III, A FENOMENOLOGIA DE SARTRE - PIERRE
      THÉVENAZ (1952)
      PubDate: 2017-10-24
      Issue No: Vol. 8, No. 2 (2017)
       
 
 
JournalTOCs
School of Mathematical and Computer Sciences
Heriot-Watt University
Edinburgh, EH14 4AS, UK
Email: journaltocs@hw.ac.uk
Tel: +00 44 (0)131 4513762
Fax: +00 44 (0)131 4513327
 
Home (Search)
Subjects A-Z
Publishers A-Z
Customise
APIs
Your IP address: 54.234.45.10
 
About JournalTOCs
API
Help
News (blog, publications)
JournalTOCs on Twitter   JournalTOCs on Facebook

JournalTOCs © 2009-2016