for Journals by Title or ISSN
for Articles by Keywords
help

Publisher: Universidade Federal do Ceará   (Total: 20 journals)   [Sort by number of followers]

Showing 1 - 20 of 20 Journals sorted alphabetically
Ameríndia - História, cultura e outros combates     Open Access  
Argumentos - Revista de Filosofia     Open Access  
Arquivos de Ciências do Mar     Open Access  
Entrelaces     Open Access  
Entrepalavras     Open Access   (Followers: 2)
Extensão em Ação     Open Access  
Fisioterapia & Saúde Funcional     Open Access   (Followers: 2)
Geologia     Open Access  
Informação em Pauta     Open Access  
Nomos     Open Access  
Passagens     Open Access  
Psicologia     Open Access   (Followers: 1)
Revista Brasileira de Higiene e Sanidade Animal     Open Access   (Followers: 1)
Revista de Ciências Sociais     Open Access  
Revista de Letras     Open Access  
Revista de Medicina da UFC     Open Access  
Revista de Psicologia     Open Access  
Revista de Saúde Digital e Tecnologias Educacionais     Open Access  
Revista Dialectus     Open Access  
Transversal     Open Access  
Journal Cover
Revista de Ciências Sociais
Number of Followers: 0  

  This is an Open Access Journal Open Access journal
ISSN (Print) 2318-4620
Published by Universidade Federal do Ceará Homepage  [20 journals]
  • Apresentação: O difícil caminho da democracia na América Latina no
           contexto da nova instabilidade presidencial

    • Authors: André Luiz Coelho Farias de Souza
      Pages: 14 - 27
      Abstract: Apresentação do Dossiê.   
      PubDate: 2018-02-28
      Issue No: Vol. 49, No. 1 (2018)
       
  • Presidencialismo em Crise ou Parlamentarismo por Outros Meios'
           Impeachments presidenciais no Brasil e na América Latina

    • Authors: Yuri Kasahara, Leiv Marsteintredet
      Pages: 30 - 54
      Abstract: O objetivo desse artigo é contextualizar o impeachment da presidente brasileira Dilma Rousseff na literatura mais ampla sobre interrupções de mandatos presidenciais na América Latina. Contrariando a tese linziana de instabilidade sistêmica, argumentamos que sistemas presidencialistas latino-americanos têm encontrado vias institucionais para lidar com crises entre os poderes Executivo e Legislativo. Isso não significa, porém, que as soluções para os impasses são despidas de controvérsias. Problemas de legitimidade, questionamentos legais e elevados níveis de polarização política permeiam boa parte dos casos de presidentes cujos mandatos são interrompidos por ação do poder Legislativo. Diante desse contexto e inspirados no recente caso brasileiro, propomos a introdução de alguns mecanismo institucionais em regimes presidencialistas destinados a facilitar a resolução de impasses político-institucionais. 
      PubDate: 2018-02-28
      Issue No: Vol. 49, No. 1 (2018)
       
  • Os Neogolpes e as Interrupções de Mandatos Presidenciais na América
           Latina: os casos de Honduras, Paraguai e Brasil

    • Authors: Leonardo Valente Monteiro
      Pages: 55 - 97
      Abstract: Este artigo tem como objetivo caracterizar conceitualmente as deposições dos presidentes do Brasil Dilma Rousseff, do Paraguai Fernando Lugo, e de Honduras Manuel Zelaya, como neogolpes, mostrando ao mesmo tempo, que tal prática tornou-se um novo modus operandiregional, em substituição aos golpes clássicos levados a cabo com êxito pela última vez nos anos 60 e 70, e com o objetivo de derrubar governos progressistas e restaurar forças políticas conservadoras, por vias não eleitorais, no comando dos Poderes Executivos destes países. Tal objetivo decorre para o cumprimento de outro secundário, porém não menos importante, que é o de apontar a correlação entre os neogolpes na América Latina e a atual conjunta geopolítica regional e internacional, marcada por uma intensa reação norte-americana ao avanço em nível global de polos alternativos de poder, por uma política forte de realinhamento de sua área de influência direta, o continente americano, e pelo revigoramento de forças políticas latino-americanas conservadoras, tradicionalmente mais próximas aos Estados Unidos que as progressistas. 
      PubDate: 2018-02-28
      Issue No: Vol. 49, No. 1 (2018)
       
  • Regressão Democrática na América Latina: do ciclo político
           progressista e ao ciclo político neoliberal e autoritário

    • Authors: Josué Medeiros
      Pages: 98 - 133
      Abstract: O presente artigo tem como objetivo analisar o quadro político da América Latina a partir de noção de ciclo político. Entende-se que, desde 2015, o continente vive um noco ciclo político neoliberal e antidemocrático, em substituição ao ciclo político progressista (Soares Lima: 2008) que marcou a região desde o final do século XX. Trata-se, com o conceito de ciclo político, de inserir o conjunto de quedas presidenciais recentes - Zelaya, Honduras, em 2009, Lugo, Paraguai, 2012 e Rousseff, Brasil, 2016 – em processo político mais amplo de avanço do neoliberalismo e das forças oligárquicas, no qual podemos listar a vitória de Macri na Argentina em 2015, a derrota, em 2016, de Evo Morales no plebiscito sobre uma nova reeleição, uma possível vitória de Pinera no Chile nas eleições presidenciais de dezembro de 2017 e, por último mas não menos importante, a persistente e profunda crise política e social na Venezuela. Tal processo mais amplo deve contemplar, portanto, dinâmicas conjunturais com tendências mais permanentes, e é com essa dialética que o presente artigo buscará, primeiro, definir o que é um ciclo político, para em seguida, aprofundar as caraterísticas do novo ciclo político, em especial o seu caráter de redução do alcance da democracia representativa, nos termos em que alguns autores (Wanderley Guilherme dos Santos, Luís Felipe Miguel, José Maurício Domingues) estão apresentando para o Brasil.  
      PubDate: 2018-02-28
      Issue No: Vol. 49, No. 1 (2018)
       
  • Aprovação Presidencial (1996-2015) na América Latina: mais
           participação pode ser uma saída quando a economia vai mal'

    • Authors: Daiane Boelhouwer Menezes
      Pages: 134 - 165
      Abstract: Em uma região onde não raro os Presidentes não conseguem terminar seus mandatos, é interessante perguntar, para além do desempenho da economia, o quanto a aprovação presidencial pode variar com o uso de mecanismos de democracia direta e com eventos políticos. Apontar a relevância dessas questões econômicas, institucionais e propriamente políticas, como a destituição de presidentes, na avaliação que os cidadãos fazem do Chefe do Executivo é o objetivo aqui. Os dados provêm do Latinobarometro e englobam pesquisas de opinião realizadas anualmente em 16 países de 1996 a 2015, analisadas por meio de modelos multiníveis. Os coeficientes gerados indicam que, entre as variáveis micro, a percepção da situaçãoeconômica corrente do país é a mais importante, ao passo que entre as de nível macro, eleições, referendos e plebiscitos facultativos, assim como eventos políticos positivos são as que mais influenciam a aprovação do Chefe do Executivo. 
      PubDate: 2018-02-28
      Issue No: Vol. 49, No. 1 (2018)
       
  • Hegemonia, Fração de Classe e Financeirização do Capital: elementos
           para uma abordagem marxista e sistêmica sobre a crise política
           brasileira

    • Authors: Mayra Goulart da Silva, Beatriz Soares Lourenço, Júlio César Pereira de Carvalho
      Pages: 166 - 201
      Abstract: A dissolução da era Bretton Woods e o subsequente processo de financeirização do capitalismo global demarcaram uma inflexão nas relações entre economia e política, traduzindo-se na hegemonia das frações rentistas sobre os demais segmentos da elite (NAYYAR, 2006; EPSTEIN & POWER, 2003) e na modulação das margens de autonomia dos governos face às pressões do mercado (CAMPELO, 2015). Diante deste panorama, o objetivo deste paper é oferecer um enquadramento analítico para a compreensão dos fenômenos que levaram à interrupção do governo do Partido dos Trabalhadores (2003-2016). Para isso, foi utilizada uma metodologia multidimensional que abrange variáveis endógenas e exógenas capazes de contemplar a singularidade do caso brasileiro, mas, também, sua inserção em um contexto regional e global.  
      PubDate: 2018-02-28
      Issue No: Vol. 49, No. 1 (2018)
       
  • Os Juristas Políticos e suas Convicções: para uma anatomia do
           componente jurídico do golpe de 2016 no Brasil

    • Authors: Pedro Luiz Lima, Jorge Chaloub
      Pages: 202 - 252
      Abstract: O presente artigo busca contribuir para a interpretação do componente jurídico do golpe de 2016 a partir de uma investigação sobre o protagonismo contemporâneo da figura do jurista político no Brasil. Uma reconstrução histórica das condições institucionais de emergência deste personagem, dadas a nova feição do Judiciário após 1988 e a sua inserção em um movimento global de maior monta, embasa a interpretação sobre os modos de seu protagonismo, efetuada através de análises de discurso tendo como objeto a atuação na esfera pública de dois dos mais relevantes personagens desse tipo: o ministro do Supremo Tribunal Federal Luís Roberto Barroso e o juiz Sérgio Moro. Busca-se desenvolver a hipótese de que, malgrado relevantes distinções em seus modos de atuação, ambos convergem na postulação de dois imperativos que determinaram a formação do contexto ideológico do golpe de 2016: a) legitimar o avanço das instâncias judiciais sobre a política e a sociedade, ampliando o “combate à corrupção”, através da deslegitimação das instâncias políticas; b) atribuir protagonismo à “sociedade civil organizada”, contra as limitações intrínsecas à esfera da política e os vícios congênitos do Estado brasileiro, em um movimento de saneamento virtuoso das relações políticas e sociais no país, via a desobstrução de supostas potências socializadoras do mercado.  
      PubDate: 2018-02-28
      Issue No: Vol. 49, No. 1 (2018)
       
  • O Impeachment de Dilma Rousseff e a Instabilidade Política na América
           Latina: a aplicabilidade do modelo de Perez-Liñan

    • Authors: Gabriel Gutierrez Mendes
      Pages: 253 - 278
      Abstract: ResumoO presente artigo tem o objetivo de analisar o recente episódio de impeachment da presidenta Dilma Rousseff, em 2016, no Brasil, à luz da abordagem teórica do trabalho do cientista político Anibal Perez-Liñan presente em seu livro “Presidential impeachment and the new political instability in Latin America”. O propósito central do trabalho é verificar em que medida os traços característicos dos processos de impedimento observados por Perez-Liñan em sua pesquisa podem ser encontrados no caso brasileiro. De acordo com o autor, o que se viu nos últimos anos foi o estabelecimento de um novo padrão de instabilidade política na região da América Latina, em que o chefe do Executivo é removido do comando do país através de mecanismos constitucionais. O presente trabalho ambiciona compreender possíveis relações entre os casos analisados por Perez-Liñan e o papel jogado pelas manifestações de massa, pela veiculação de escândalos de corrupção na mídia de massa, do Legislativo e do Judiciário no episódio do impedimento de Dilma.   
      PubDate: 2018-02-28
      Issue No: Vol. 49, No. 1 (2018)
       
  • O Nome das Coisas: a disputa simbólica impeachment versus golpe na
           mídia internacional

    • Authors: Monalisa Soares Lopes, Grazielle Albuquerque
      Pages: 279 - 316
      Abstract: A pauta do golpe na imprensa internacional como estratégia de denúncia e disputa simbólica do governo Dilma Rousseff é o objeto deste artigo que, através de uma análise focada na comunicação, reconstrói o movimento usado pelo Executivo para romper a espiral do silêncio presente na imprensa nacional. Uma análise de conjuntura reconstrói os eventos que antecederam o impeachment, o acirramento discursivo em torno do impeachment/golpe e mostra como a trajetória para pautar o golpe numa arena internacional permanece e atualiza seus sentidos a partir do aprofundamento da crise brasileira.     
      PubDate: 2018-02-28
      Issue No: Vol. 49, No. 1 (2018)
       
  • Da Instabilidade Política ao Mau Desempenho Constitucional: uma análise
           dos processos de destituição presidencial paraguaios após 1990

    • Authors: Gustavo Silva Mattos
      Pages: 317 - 346
      Abstract: Este artigo objetiva analisar o processo de destituição do presidente paraguaio Fernando Lugo, ocorrido no ano de 2012, compará-lo a outras tentativas de destituição presidencial ocorridas no país e, em seguida, conectá-lo aos impasses nas relações bilaterais entre o Paraguai e o Brasil ocorridos durante o seu governo. É utilizada para tal uma consulta da literatura de instabilidade política latino-americana, de Samuel Huntington (1994) a Aníbal Pérez-Liñan (2007) tanto para encontrar uma unidade que caracterize a instabilidade paraguaia pós-democrática quanto para singularizar o processo de destituição constitucional sofrido pelo presidente Lugo. Esse processo apresenta características similares com outras tentativas de deposição no país, mas a ausências de “crime de responsabilidade” e a falta de apoio internacional apontam novas formas de resolução do conflito de poderes que ferem as regras do jogo democrático.  
      PubDate: 2018-02-28
      Issue No: Vol. 49, No. 1 (2018)
       
  • Instabilidade Político-Militar, Deslocamentos Compulsórios e a Vida
           Cotidiana em Moçambique: uma agenda de pesquisa

    • Authors: Albino José Eusébio, Sônia Barbosa Magalhães
      Pages: 349 - 374
      Abstract: Duas décadas depois do fim da guerra civil pós-independência em 1992, Moçambique vive uma “tensão político-militar” envolvendo a Resistência Nacional de Moçambique (RENAMO) e Forças de Defesa e Segurança (FDS). O objetivo do presente trabalho é fazer uma reflexão sobre alguns efeitos sociais dessa tensão na vida cotidiana dos moçambicanos, lançando alguns questionamentos para uma futura pesquisa etnográfica. Ao longo do trabalho fazemos também um exame crítico a certos discursos dominantes na “arena pública” moçambicana que reduzem os efeitos socioeconômicos da atual tensão político-militar ao “afugentamento dos investimentos estrangeiros” e consequentemente inviabilização do “desenvolvimento” do país. Esses discursos “invisibilizam” os cotidianos efeitos socioeconômicos do atual conflito para os “cidadãos comuns”, especialmente aqueles que vivem nas áreas rurais, principais zonas de conflito.
      PubDate: 2018-02-28
      Issue No: Vol. 49, No. 1 (2018)
       
  • O Auge e o Declínio: a trajetória institucional da SUDENE e o futuro do
           planejamento no Nordeste

    • Authors: Luciléia Aparecida Colombo
      Pages: 375 - 399
      Abstract: Este artigo se propõe a analisar o comportamento da Superintendência do Desenvolvimento do Nordeste (SUDENE), especialmente entre os anos de 1959 até 2001(nascimento e extinção). Buscaremos analisar quais foram os fatores que motivaram sua extinção, concomitantemente à análise do processo decisório, salientando o papel dos atores políticos envolvidos, buscando compreender também a ascensão da Agência do Desenvolvimento do Nordeste (ADENE) em substituição à Superintendência. Utilizamos uma metodologia de fonte primária, que consta das Atas do Conselho Deliberativo da Sudene, bem como os jornais da época de fundação e extinção e os programas elaborados pela SUDENE durante o regime militar. Buscamos realizar essa análise através da teoria institucionalista, especialmente porque consideramos a path dependency importante para o objeto em questão. O presente artigo justifica-se porque o conhecimento de tal trajetória é essencial como parte da memória do desenvolvimento regional no Brasil.
      PubDate: 2018-02-28
      Issue No: Vol. 49, No. 1 (2018)
       
  • Sociologia das Ausências e das Emergências na Análise
           Teórico-Epistemológica de uma Política Pública Participativa

    • Authors: Adriane Ferrarini Vieira Ferrarini
      Pages: 400 - 425
      Abstract: Processos participativos atuam em dimensões imateriais da desigualdade e da emancipação definidas pela imposição colonial do pensamento ocidental. A sociologia das ausências e das emergências visa garimpar e conferir legitimidade a saberes e práticas esquecidos ou invisibilizados na busca por alternativas emancipatórias latentes e descolonizadoras. O artigo apresenta o uso deste referencial teórico-epistemológico na análise de uma política participativa. Os resultados evidenciaram o desvelamento de facetas cognitivas, políticas e culturais no processo e no resultado, menos usuais em análises de políticas. A ruptura com a hierarquização de saberes, o reconhecimento dos sujeitos através da participação efetiva e a valorização do local foram identificados com maior clareza e se mostraram indissociáveis das
      aquisições materiais e da sustentabilidade preconizada pela política.
      PubDate: 2018-02-28
      Issue No: Vol. 49, No. 1 (2018)
       
  • O Imaginário como algo Inimaginável. A sociologia rez de
           chaussée de Roger Bastide

    • Authors: Dora Vianna Vasconcellos
      Pages: 426 - 455
      Abstract: O artigo dedicado a Roger Bastide pretende, a partir das noções de imaginário e inconsciente usadas pelo autor, identificar o que seria um possível viés no seu pensamento. É que, apesar de ter tentado identificar o que seria a decantação da África em meio a trama sincrética cultural brasileira, Bastide não testemunhou existir uma auto-representação independente para a camada subordinada. É o que se depreende de seus estudos sobre o lirismo dos poetas negros no Brasil. Não haveria traços africanos na poesia. Essa constatação revela o que teria sido uma possível filiação do autor à tradição durkheimiana em função de uma leitura demasiadamente sociológica das noções de imaginário e inconsciente e de uma concordância com a ensaística de Gilberto Freyre
      PubDate: 2018-02-28
      Issue No: Vol. 49, No. 1 (2018)
       
  • Apresentação

    • Authors: Antonio Cristian Saraiva Paiva, Eliane Superti
      Pages: 458 - 460
      Abstract: Apresentação Dinter
      PubDate: 2018-02-28
      Issue No: Vol. 49, No. 1 (2018)
       
  • Das Ribeiras ao Cais de Macapá: a cidade vista sob a trajetória
           de um migrante

    • Authors: Verônica Xavier Luna, Antonio George Lopes Paulino
      Pages: 461 - 497
      Abstract: Este artigo é um breve recorte da tese de doutorado defendida no Programa de Pós-Graduação em Sociologia da Universidade Federal do Ceará – UFC, intitulada Um cais que abriga histórias de vida: homens e máquinas construindo o social na cidade de Macapá (1943-1970). O tema central do artigo trata da trajetória de um migrante que entrecruza campo e cidade, com destaque para suas ações políticas no decurso da gentrificação de áreas do espaço urbano de Macapá. Ocupa-se, portanto, em interface com a História e a Sociologia, da narrativa de uma trajetória construída a partir das ações de um ribeirinho em seu cais (lugar), depois deslocada para o cais da cidade de Macapá. Toma-se por referente o deslocamento do migrante como caminho de ressocialização no percurso de sua trajetória na cidade de Macapá. A pesquisa desenvolveu-se em torno de três eixos principais de análise: trajetória de deslocamento campo-cidade, projeto de gentrificação urbana de Macapá e trajetória política e profissional do ribeirinho. Os resultados apontam para a compreensão de que a cidade é uma virtualidade sempre se fazendo e refazendo, portanto, construto de sujeitos singulares e plurais em ação.
      PubDate: 2018-02-28
      Issue No: Vol. 49, No. 1 (2018)
       
  • Experiências de Perda e Ressignificação da Moradia: sobre sofrimento
           social de mulheres macapaenses no contexto de uma tragédia urbana

    • Authors: Roberta Scheibe, Leonardo Damasceno de Sá
      Pages: 498 - 534
      Abstract: Este artigo descreve e analisa, numa perspectiva etnobiográfica, a situação social de mulheres moradoras do bairro Perpétuo Socorro, em Macapá, após um incêndio de proporções trágicas que destruiu suas casas, vidas e laços sociais. A partir deste evento crítico, ocorrido em outubro de 2013, a pesquisa deteve-se nos percursos das mulheres em busca da reconstrução do cotidiano e dos sentidos de vida que foram impactados pela tragédia. O texto propõe uma reflexão sobre as práticas socioculturais e condições existenciais imbricadas na reconfiguração do cotidiano de quatro mulheres que vivenciaram violências difusas ao longo da vida. E discute o modo como os sujeitos foram redimensionados no contexto da perda e da ressignificação da realidade social por meio dos relatos das mulheres, obtidos em campo pela escuta socioanalítica de falas e silêncios.
      PubDate: 2018-02-28
      Issue No: Vol. 49, No. 1 (2018)
       
  • O Pathos Docente em Narrativas: relações entre trabalho, subjetividades
           docentes e adoecimento psíquico

    • Authors: Selma Gomes Silva, Antonio Cristian Saraiva Paiva
      Pages: 535 - 577
      Abstract: Este artigo compõe parte de pesquisa de doutoramento em Sociologia e tem como objetivo discutir trabalho, subjetividade e pathos docente, suas manifestações e possíveis conexões. Para o desenvolvimento desse estudo optou-se por uma investigação de cunho qualitativo, com uso de narrativas e análise de trajetórias de trabalho e histórias de adoecimento com o intuito de compreender relações entre trabalho, sofrimento e adoecimento psíquico de docentes em tratamento na Casa do Professor/SEED-AP. A partir do material produzido por meio da pesquisa, lançamos mão da noção de pathos docente para exprimir modos de subjetivação acionados para lidar com o entrelaçamento de múltiplas situações adversas vivenciadas pelos professores no contexto existencial, familiar e de trabalho. Entrelaçam-se, nas histórias contadas, experiências de precarização, assédio de modos de gestão objetivistas, desprestígio e desidealização do ofício de ensinar. O sofrimento e o adoecimento aparecem como formas de resistência e sobrevivência das subjetividades docentes.
      PubDate: 2018-02-28
      Issue No: Vol. 49, No. 1 (2018)
       
  • A Democracia na Periferia: uma análise de “La difícil democracia: una
           mirada desde la periferia europea” de Boaventura de Sousa Santos.

    • Authors: Marcos Antonio da Silva
      Pages: 580 - 588
      Abstract: Resenha de Boaventura de Sousa Santos “La difícil democracia: una mirada desde la periferia europea”. Madrid: Ediciones AKAL, 2016.
      PubDate: 2018-02-28
      Issue No: Vol. 49, No. 1 (2018)
       
  • A Democracia Impedida

    • Authors: Clayton Mendonça Cunha Filho
      Pages: 589 - 593
      Abstract: Resenha de: SANTOS, Wanderley Guilherme dos. A democracia impedida: o Brasil no século XXI. 1. ed. Rio de Janeiro: FGV Editora, 2017.
      PubDate: 2018-02-28
      Issue No: Vol. 49, No. 1 (2018)
       
  • Para Além do Objeto: método etnográfico em pesquisa sociológica de
           torcidas organizadas de futebol

    • Authors: Marcílio Dantas Brandão
      Pages: 594 - 598
      Abstract: Resenha de RIBEIRO, Josiane Maria de Castro. Experiência e sentido nas torcidas organizadas Cearamor e M.O.F.I. Fortaleza: Expressão Gráfica Editora, 2011. 
      PubDate: 2018-02-28
      Issue No: Vol. 49, No. 1 (2018)
       
  • Gênero e Sexualidade para Iniciantes

    • Authors: Gislene Oliveira Rodrigues, Wagner Xavier Camargo
      Pages: 599 - 607
      Abstract: Resenha de Jaimee Garbacik. Gender & Sexuality for beginners.
      Danbury: For Beginners LLC. 2013. 217 pp. 
      PubDate: 2018-02-28
      Issue No: Vol. 49, No. 1 (2018)
       
  • Instruções aos autores

    • Authors: Secretaria RCS
      Pages: 609 - 618
      Abstract: How to submit to the Revista de Ciências Sociais
      PubDate: 2018-02-28
      Issue No: Vol. 49, No. 1 (2018)
       
 
 
JournalTOCs
School of Mathematical and Computer Sciences
Heriot-Watt University
Edinburgh, EH14 4AS, UK
Email: journaltocs@hw.ac.uk
Tel: +00 44 (0)131 4513762
Fax: +00 44 (0)131 4513327
 
Home (Search)
Subjects A-Z
Publishers A-Z
Customise
APIs
Your IP address: 54.234.13.175
 
About JournalTOCs
API
Help
News (blog, publications)
JournalTOCs on Twitter   JournalTOCs on Facebook

JournalTOCs © 2009-