for Journals by Title or ISSN
for Articles by Keywords
help

Publisher: Universidade Federal do Ceará   (Total: 20 journals)   [Sort by number of followers]

Showing 1 - 20 of 20 Journals sorted alphabetically
Ameríndia - História, cultura e outros combates     Open Access  
Argumentos - Revista de Filosofia     Open Access  
Arquivos de Ciências do Mar     Open Access  
Entrelaces     Open Access  
Entrepalavras     Open Access   (Followers: 2)
Extensão em Ação     Open Access  
Fisioterapia & Saúde Funcional     Open Access   (Followers: 2)
Geologia     Open Access  
Informação em Pauta     Open Access  
Nomos     Open Access  
Passagens     Open Access  
Psicologia     Open Access   (Followers: 1)
Revista Brasileira de Higiene e Sanidade Animal     Open Access   (Followers: 1)
Revista de Ciências Sociais     Open Access  
Revista de Letras     Open Access  
Revista de Medicina da UFC     Open Access  
Revista de Psicologia     Open Access  
Revista de Saúde Digital e Tecnologias Educacionais     Open Access  
Revista Dialectus     Open Access  
Transversal     Open Access  
Journal Cover
Entrepalavras
Number of Followers: 2  

  This is an Open Access Journal Open Access journal
Published by Universidade Federal do Ceará Homepage  [20 journals]
  • Institucional

    • Authors: Revista Entrepalavras
      PubDate: 2018-04-29
      Issue No: Vol. 8, No. 1 (2018)
       
  • Folha de rosto

    • Authors: Revista Entrepalavras
      PubDate: 2018-04-29
      Issue No: Vol. 8, No. 1 (2018)
       
  • Expediente

    • Authors: Revista Entrepalavras
      PubDate: 2018-04-29
      Issue No: Vol. 8, No. 1 (2018)
       
  • Apresentação

    • Authors: Revista Entrepalavras
      Pages: 05 - 09
      PubDate: 2018-04-29
      Issue No: Vol. 8, No. 1 (2018)
       
  • Análisis de la variación denominativa del léxico del
           turismo en diccionarios de ELE

    • Authors: Glauber Lima Moreira, Lucimara Alves Costa
      Pages: 10 - 29
      Abstract: La variación terminológica ha sido objeto de diversos estudios sobre la Terminología en los últimos años. Con el hecho de que la variación es una propiedad inherente al término y que puede manifestarse en cualquier ámbito de conocimiento (CABRÉ, 2008), las nuevas teorías de la Terminología han estudiado ese fenómeno teniendo en cuenta los factores funcionales, contextuales y también cognitivos. En este sentido, la presente investigación tiene como objetivo analizar el fenómeno de la variación denominativa en el ámbito del Turismo, utilizando como corpus los diccionarios Señas, Salamanca y Diccionario de español para extranjeros. Para ello, consideramos una metodología que consiste en un análisis semántico para establecer el patrón de especificación y las relaciones intratérminos de esas variantes (KAGEURA, 2002).
      PubDate: 2018-04-28
      DOI: 10.22168/2237-6321-11098
      Issue No: Vol. 8, No. 1 (2018)
       
  • Muito além da flexão: um enfoque funcionalista do item linguístico meio
           no vernáculo conquistense e em livros didáticos de português

    • Authors: Gilsileide Cristina Barros Lima, Valéria Viana Sousa, Jorge Augusto Alves da Silva
      Pages: 30 - 49
      Abstract: O item linguístico meio assume diversas funções ao longo da sua trajetória na Língua Portuguesa. Entrevistas extraídas de corpus do Português Culto de Vitória da Conquista apontam os vários usos dessa palavra. Nos livros didáticos de Língua Portuguesa, entretanto, desprezam-se os valores discursivo e textual que lhe são próprios, e que tendem a se fixar na língua, e mantém-se a atenção apenas na categorização gramatical e na noção preconizada pelo ensino formal de forma estigmatizada ou erro.
      PubDate: 2018-03-25
      DOI: 10.22168/2237-6321-1918
      Issue No: Vol. 8, No. 1 (2018)
       
  • A heterogeneidade enunciativa em memes do “Bode Gaiato”

    • Authors: Marcela Regina Vasconcelos da Silva Nascimento
      Pages: 50 - 70
      Abstract: Este trabalho tem como objetivo analisar formas de heterogeneidade mostrada em memes do Bode Gaiato. Fundamentamo-nos, sobretudo, nos estudos de Jacqueline Authier-Revuz (1982, 1990), nos quais a autora, apoiando-se em concepções de descentramento do sujeito da psicanálise freudo-lacaniana e na noção de dialogismo de Bakhtin, discute os efeitos da presença de diversas vozes no discurso de um locutor, mostrando como todo discurso é atravessado por múltiplas vozes, de modo que não se pode acreditar na existência de discurso homogêneo. Para tanto, após a revisão de estudos teóricos de Authier-Revuz (1982, 1990), Bakhtin (2002), Benveniste (1989), Dunker (2010) e Flores; Teixeira (2005), coletamos 17 textos publicados no perfil do Bode Gaiato, numa das mais acessadas redes sociais, o Facebook. Esses textos foram, então, analisados à luz dos teóricos supracitados. Foi constatado que há, nos memes analisados, um entrecruzamento de vozes sociais bastante significativo para a construção do dizer, de modo que reconhecer essas vozes, remetendo-as aos discursos que evocam, é relevante para a compreensão desses textos. Comprova-se, assim, que todo discurso é intrinsecamente heterogêneo e que o sujeito não se constitui sozinho.
      PubDate: 2018-03-31
      DOI: 10.22168/2237-6321-11047
      Issue No: Vol. 8, No. 1 (2018)
       
  • O conceito bakhtiniano de cronotopo nas análises de discursos em
           situação de autoconfrontação

    • Authors: Wescley Batista Lopes, Rozania Maria Alves de Moraes, Joao Batista Costa Gonçalves
      Pages: 71 - 92
      Abstract: O presente artigo analisa o discurso de duas professoras estagiárias de francês como língua estrangeira, do Núcleo de Línguas Estrangeiras da Universidade Estadual do Ceará (NLE – UECE), sujeitos da pesquisa de Farias (2011) que participaram de um processo dialógico e reflexivo de análise da atividade docente, denominado autoconfrontação. Com isso, visamos analisar marcas linguístico-discursivas, para observar se houve a instauração de diversos espaços-tempos ou cronotopos no discurso das protagonistas, durante o processo da autoconfrontação. Empregamos as teorias desenvolvidas por Bakhtin e o Círculo sobre o dialogismo e sobre o cronotopo (BAKHTIN, 2013; 2014), os estudos de Vieira e Faïta (2003), Clot et al. (2000), Amorim (2012) e Machado (1995; 1998). Em nossos resultados, evidenciamos, a partir das análises realizadas, as diversas formas de manifestação linguístico-discursiva do cronotopo no discurso das participantes da pesquisa, como o emprego de formas verbais e adverbiais para marcar o tempo e o espaço das cenas da enunciação analisadas pelos docentes.
      PubDate: 2018-03-31
      DOI: 10.22168/2237-6321-11055
      Issue No: Vol. 8, No. 1 (2018)
       
  • Reflexões sobre o discurso docente acerca da indisciplina e do mau
           desempenho escolar

    • Authors: Roberta Rafaela Bernardino da Silva Soares, Otávia Marques de Farias
      Pages: 93 - 118
      Abstract: O discurso não é neutro, nem ingênuo. Ele administra e articula memórias, ideologias e silêncios que constituem o homem e sua história. Partindo de tais pressupostos, este estudo analisa o discurso docente sob a perspectiva da Análise do Discurso francesa, fundamentando-se principalmente em Orlandi (2003), Brandão (2004) e Maingueneau (2005). Examinamos os posicionamentos de professores de Língua Portuguesa do Ensino Fundamental II sobre indisciplina e mau desempenho escolar. Para isso, foram realizadas e registradas em arquivos de áudio seis entrevistas semiestruturadas com professores do município de Barreira e sete entrevistas com professores do município de Redenção, ambos situados na região do Maciço de Baturité, no Ceará. Problematizamos os entrecruzamentos discursivos presentes no discurso docente e refletimos sobre a construção simbólica da realidade a partir do olhar desses sujeitos aparentemente neutros, mas carregados de ideologias. Em nossas entrevistas, percebemos que os docentes apropriaram-se de quatro ideias socialmente instituídas: a) A interação em sala é regulada pelo professor; b) A indisciplina é fruto da relação do aluno com seu contexto familiar; c) Respeito se associa à ideia de temor; d) Afetividade é o principal instrumento de aproximação com os alunos. Os resultados apontam para tensões entre o discurso da pedagogia atual e o discurso da pedagogia tradicional, frequentemente misturados nos enunciados do corpus coletado; para a ação da memória e do esquecimento, na constituição do discurso analisado, no sentido de reformular pré-construídos e produzir o efeito de novidade; para a presença de discursos outros, como o sexista, o capitalista, o jurídico e o religioso, também evidenciada nos textos analisados.
      PubDate: 2018-03-25
      DOI: 10.22168/2237-6321-11019
      Issue No: Vol. 8, No. 1 (2018)
       
  • Um estudo sociorretórico da seção de Conclusão em artigos originais da
           cultura disciplinar da área de Nutrição

    • Authors: Jorge Tércio Soares Pacheco, Cibele Gadelha Bernardino, Tatiane Lima de Freitas
      Pages: 119 - 139
      Abstract: Este estudo apresenta uma proposta sociorretórica para a seção de Conclusão em artigos acadêmicos originais da cultura disciplinar da área de Nutrição, compreendendo como essa área específica constrói a referida seção do gênero. Como sustentação teórica, nós nos apoiamos nos pressupostos teórico-metodológicos de Swales (1990) no que se refere aos gêneros acadêmicos e nos modelos de configuração retórica propostos por Nwogu (1997) e Costa (2015) para artigos na área de Medicina. Para a descrição da área, fundamentamo-nos no conceito de Hyland (2000) sobre cultura disciplinar. Nossa pesquisa constitui um estudo exploratório-descritivo, de base qualitativa e quantitativa, dispondo de um corpus de trinta exemplares do gênero artigo acadêmico original na área de Nutrição, igualmente, distribuídos em seis periódicos de relevância para a área em estudo. Conforme a análise, a seção de Conclusão caracteriza-se por destacar os principais resultados e indicar as implicações práticas que a pesquisa poderá possibilitar ao conhecimento na área.
      PubDate: 2018-04-23
      DOI: 10.22168/2237-6321-11101
      Issue No: Vol. 8, No. 1 (2018)
       
  • A coesão nominal em livros didáticos do ensino médio: uma análise à
           luz do Interacionismo Sociodiscursivo

    • Authors: Francisco Wallisson Ferreira Ferreira Dodó, Mônica de Souza Serafim
      Pages: 140 - 158
      Abstract: O objetivo principal deste trabalho é analisar, à luz do Interacionismo Sociodiscursivo, as propostas de ensino e aprendizagem da coesão nominal em duas coleções de livros didáticos de Português do Ensino Médio adotada pelo Programa Nacional do Livro Didático –PNLD. Para tanto, verificou-se que o ensino da coesão nominal nos livros didáticos aborda os elementos coesivos com função de introdução ou de retomada; também foi analisado se/como as propostas de abordagem de atividades nos livros didáticos contemplam as classes gramaticais como elementos linguísticos que contribuem para a coesão nominal ou se sua abordagem esvazia-se na nomenclatura gramatical ou estrutural. Para a análise, discutiram-se as contribuições dos estudos de Bronckart (1999; 2012), Machado (2009), Givón (1995), Dik (1978), Halliday & Hasan (1976), Apothéloz (2003) e Adam (2011). A pesquisa constatou que os livros trabalham a diferença entre anáfora e catáfora, atribuindo, no entanto, um olhar mais resumitivo a esta. Também constatou-se que, na maioria das questões, mesmo que sutilmente, o foco esvazia-se no ensino nomenclatural ou de identificação ou internalização de conceitos; quando se afirma estar trabalhando os conteúdos gramaticais, a fim de construir a coesão no texto, percebe-se que as questões pouco exploram as possibilidades de construção de progressão textual, limitando as formas de coesão a exercícios de substituição, objetivando que o aluno aprenda as classes gramaticais. Tal fato evidencia, assim, uma perspectiva que vê as classes gramaticais como elementos de coesão, no entanto limitada.
      PubDate: 2018-04-28
      DOI: 10.22168/2237-6321-11179
      Issue No: Vol. 8, No. 1 (2018)
       
  • O gênero tirinhas na coleção didática “Português Linguagens” e o
           trabalho com a leitura em sala de aula

    • Authors: Tarcilane Fernandes da Silva
      Pages: 159 - 181
      Abstract: O gênero tirinhas, como um texto que se constrói eminentemente por meio de imagens, comporta lugares vazios que devem ser preenchidos pelo leitor por meio de conexões, inferências, ativação de conhecimentos prévios e de mundo. Embasados nisso, propomos essa investigação que tem como corpora de análise os livros didáticos “Português Linguagens 3”, de Cereja e Magalhães (1990, 1994, 2013). Nosso objetivo é analisar se estes manuais, por meio de suas atividades, têm levado o aluno a desenvolver e a enriquecer suas habilidades de leitura. Como resultados, pudemos perceber que apesar da recorrente presença desse gênero nos manuais, não houve um trabalho de aprimoramento das habilidades de leitura do aluno, as tiras apenas exemplificavam conteúdos gramaticais. Nos poucos casos em que se propuseram atividades interpretativas, limitaram-se a um único aspecto desse texto: o verbal, deixando-se de lado um elemento primordial na constituição desse gênero, o imagético. 
      PubDate: 2018-04-24
      DOI: 10.22168/2237-6321-11053
      Issue No: Vol. 8, No. 1 (2018)
       
 
 
JournalTOCs
School of Mathematical and Computer Sciences
Heriot-Watt University
Edinburgh, EH14 4AS, UK
Email: journaltocs@hw.ac.uk
Tel: +00 44 (0)131 4513762
Fax: +00 44 (0)131 4513327
 
Home (Search)
Subjects A-Z
Publishers A-Z
Customise
APIs
Your IP address: 54.166.141.12
 
About JournalTOCs
API
Help
News (blog, publications)
JournalTOCs on Twitter   JournalTOCs on Facebook

JournalTOCs © 2009-